Rede Ferroviaria Nacional - Page 511 - SkyscraperCity
 

forums map | news magazine | posting guidelines

Go Back   SkyscraperCity > European Forums > Fórum Português > Transportes e Infra-Estruturas > Ferrovias


Global Announcement

As a general reminder, please respect others and respect copyrights. Go here to familiarize yourself with our posting policy.


Reply

 
Thread Tools
Old October 2nd, 2015, 06:13 PM   #10201
Morpheuspt
Registered User
 
Join Date: Feb 2012
Location: Penacova
Posts: 2,323
Likes (Received): 586

LOL!
Morpheuspt no está en línea   Reply With Quote
Sponsored Links
Advertisement
 
Old October 2nd, 2015, 06:26 PM   #10202
toniho
Registered User
 
toniho's Avatar
 
Join Date: Sep 2010
Posts: 13,765
Likes (Received): 4078

Quote:
[bitola UIC desde Sines] além Madrid e até aos Pirinéus, assegurando uma ligação ferroviária interoperável de mercadorias entre Portugal e o Centro da Europa
Foi o que foi dito.

Mais

Quote:
O Governo português, tal como estabelecido no Plano Estratégico de Transportes 2011-2015, reitera o seu objectivo de investir numa rede de caminho-de-ferro, em bitola europeia, para transporte de mercadorias do porto de Sines para o resto da Europa, aproveitando o pacote de fundos comunitários que garante uma elevada taxa de comparticipação
toniho no está en línea   Reply With Quote
Old October 2nd, 2015, 06:27 PM   #10203
toniho
Registered User
 
toniho's Avatar
 
Join Date: Sep 2010
Posts: 13,765
Likes (Received): 4078

Aqui no forum ate ficaram muito contentes com a soluçao apresentada

Quote:
É impressão minha, ou o ministro dos transportes está mesmo a levar a melhor sobre o assunto linha AV ou linha VE mista? Será que conseguirá empurrar os Espanhóis a reclassificar a linha Badajoz-Madrid para linha mista?

Se a ideia dos Espanhóis, é usarem Portugal para forçar os Franceses a abrir Canfranc, acho que é uma jogada de génio. Em troca deixam cair a LAV Badajoz-Madrid, que passará a linha mista, muito provavelmente a 250Km/h.
E de Madrid a Segóvia, usariam uma outra linha secundária, aonde se pudesse fazer a alteração de bitola...

Não será assim. A UE e o governo Português querem implementar a bitola UIC em Portugal. E assim nascerá uma linha dupla Évora-Caia, uma linha em bitola ibérica e outra em UIC, possivelmente usando o antigo canal da AV. E provavelmente fazer-se-à o mesmo de Évora para Oeste.

No futuro deves ter a linha Sines-Funcheira-Poceirão-Évora-Caia duplicada, aonde uma das vias é em bitola UIC e a outra em bitola ibérica.

A linha Poceirão-Caia terá ambas as bitolas. Os comboios com destino a Espanha circularão pela linha de bitola ibérica, ao passo que os comboios com destinos trans-Pirinéus usarão a bitola UIC. Assim sendo os comboios saídos de Portugal não tem de ir para o terminal de carga de Madrid, nem sequer têm de passar por esta cidade.

Eu estou mesmo a ver é o Álvaro levar as suas intenções por diante a os foristas que tanto o criticaram ficarem todos mal...
E até dizia que era um disparate construir isso em bitola ibérica, tinha que ser logo em europeia:

Ainda gostava de saber, aonde viste tamanho disparate...
Então se o objectivo é fazer uma linha mista Portugal-França, porque carga d'água iriam construir em bitola ibérica?
toniho no está en línea   Reply With Quote
Sponsored Links
Advertisement
 
Old October 2nd, 2015, 06:34 PM   #10204
Oponopono
Registered User
 
Join Date: Aug 2009
Posts: 19,300
Likes (Received): 2692

Isso foi dito nos tempos do tal Álvaro que achava que o seu ministério terminava nos Pirinéus e não no Caia. Entretanto apercebeu-se que do Caia aos Pirinéus é seara doutro lavrador e o assunto bitola Europeia foi morrendo. Nunca mais se ouviu falar em tal coisa.

Quanto ao contentamento a que aludes, espera pelo lançamento das expropriações para a construção da linha de mercadorias e vais ver o Sr. Contente a, subitamente, ficar com o sorriso muito amarelado. E não será por causa da bitola.
Oponopono no está en línea   Reply With Quote
Old October 2nd, 2015, 07:28 PM   #10205
Morpheuspt
Registered User
 
Join Date: Feb 2012
Location: Penacova
Posts: 2,323
Likes (Received): 586

Quando isso comecar a chatear o pessoal dos montados, vamos ver gente a correr "oh tia oh tia, que me estão a tirar a quinta".

Last edited by Morpheuspt; October 2nd, 2015 at 07:54 PM.
Morpheuspt no está en línea   Reply With Quote
Old October 3rd, 2015, 12:37 PM   #10206
Hugoferreiraleite
Registered User
 
Hugoferreiraleite's Avatar
 
Join Date: Oct 2008
Location: Baguim do Monte - Red River City
Posts: 8,336
Likes (Received): 419

Quote:
Originally Posted by Oponopono View Post
Sim, seria um perfeito disparate.
Estás a ser irónico ou é mesmo uma afirmação?


Quote:
Felizmente desta vez detecta-se facilmente de onde vem o disparate. Os tram-trains não têm as mesmas velocidades dos comboios. No máximo, 100km/h.
Opono os comboios que fazem serviço regional/urbano na linha do Minho e Braga... Lé o resto da frase!


Quote:
O que é que tem o traseiro a ver com os fundilhos?
Ai Opono Opono... Chega a ser constrangedor! LOL
__________________
Baguinense de gema...
Hugoferreiraleite no está en línea   Reply With Quote
Old October 3rd, 2015, 12:41 PM   #10207
Oponopono
Registered User
 
Join Date: Aug 2009
Posts: 19,300
Likes (Received): 2692

Quote:
Originally Posted by Hugoferreiraleite View Post
Estás a ser irónico ou é mesmo uma afirmação?
É mesmo uma afirmação.


Quote:
Originally Posted by Hugoferreiraleite View Post
Opono os comboios que fazem serviço regional/urbano na linha do Minho e Braga... Lé o resto da frase!
Alcançam os 120km/h em vários pontos do seu percurso e, os 592.2, os 140km/h nos escassos sítios onde os podem atingir. Os 592 e os 592.2 não são as 600 dos últimos tempos nem as 450. Andam mesmo. Em todo o caso, como no ramal de Braga e em várias estações da linha do Minho até Nine as plataformas são de 90cm a circulação dos tram-train é complicada. Os únicos que existem para plataformas altas e baixas são uma versão dos Urbos da CAF e apenas para plataformas altas de 76cm, não de 90cm.
__________________

Hugoferreiraleite liked this post

Last edited by Oponopono; October 3rd, 2015 at 12:47 PM.
Oponopono no está en línea   Reply With Quote
Old October 3rd, 2015, 12:51 PM   #10208
transportfanboy
Registered User
 
Join Date: Aug 2014
Location: Birmingham
Posts: 786
Likes (Received): 290

Quote:
Originally Posted by Morpheuspt View Post
Quando isso comecar a chatear o pessoal dos montados, vamos ver gente a correr "oh tia oh tia, que me estão a tirar a quinta".
Quando é para expropriar, é sempre terrenos agrícolas da melhor qualidade....
__________________

Hugoferreiraleite liked this post
transportfanboy no está en línea   Reply With Quote
Old October 3rd, 2015, 07:41 PM   #10209
Karlussantus
Registered User
 
Join Date: Feb 2008
Location: Braga
Posts: 4,715
Likes (Received): 631

Quote:
Originally Posted by Hugoferreiraleite View Post
Olha aí está algo que não tinha pensado! Nos regionais que terminam em Nine...

E agora deixo uma pergunta, tendo em conta o grau de utilização dos Regionais da CP na linha do Minho (que deve ser baixo) seria um disparate pensar na adaptação dos Regionais do Minho para Tram-via, após a eletrificação da linha?
Desta forma conseguiria-se menor custo operacional, e complementariedade entre as duas redes!
Não digo até à fronteira com Espanha, mas tipo IR Porto-Viana (parando só nas estações) e depois R até à fronteira, e Tram-trains Viana-Nine-Braga-Guimarães parando em todas ou quase. Poderia fazer sentido e seria uma forma da CP

Não perdes coisa nenhuma... Tal como te mostrei tens vários exemplos de ferrovia ligeira circular junto da pesada! Aliás esse é o maior benefício dela!

Os tram-tains têm a mesma velocidade máxima dos comboios. Logo, os tempos de viagem são aqueles que o projeto entender justificar-se...
Na minha opinião seria um disparate, pelo que o Oponopono disse, e com a agravante de estarmos a falar de um horizonte temporal em que a Modernização e Eletrificação da Linha do Minho já será uma realidade. Onde os troços a 120 e 140 serão ainda mais significativos e com a possibilidade de colocares outro tipo de material circulante que atinja velocidades superiores.

Com a pesada podes ter os tram-trains a operar, só que quanto maior for a distância e menor o número de paragens na linha, mais precisamos da pesada.
Tendo a pesada consegues o prolongamento dos Regionais Valença-Viana-Barcelos-(Braga-Guimarães). Que terão maior procura relativamente ao Valença-Viana-Barcelos-Nine, pelo que terão maior sustentabilidade e podem ponderar retirar algumas das atuais paragens ao longo do percurso Nine-Valença em alguns dos regionais, tornando o serviço ainda mais rápido.

Sem a conclusão do anel só consegues ter os futuros urbanos Porto-Viana, os urbanos de Braga até Nine e alguns do longo curso, a drenarem para os regionais. Isto retira Braga, a Linha de Guimarães (Santo Tirso-Vizela-Guimarães) e alguns dos Longo Curso obrigando os restantes a parar em Nine.
Com a conclusão do anel os urbanos de Viana, Braga e Guimaraes drenam diretamente, Braga e Guimaraes ficam na ligação direta e os longo curso também drenam diretos, além de até poderem seguir diretos até Barcelos, Viana, Valença e Vigo.

Com a conclusão do anel, consegues criar uma rede, colocar as principais cidades no corredor Porto-Vigo, unir a procura, e além disso consegues o milagre dos números que te permite descongestionar a zona crítica da Rede do Norte. Mas para já não vou falar disso.
Vê o esquema do Longo Curso, brevemente coloco os esquemas dos restantes serviços.

Deu para perceber a vantagem, e o que se perde só tendo ligeira!?


Quote:
Originally Posted by Hugoferreiraleite View Post
Tal como disse a gastar € por gastar, porque não um tram-via entre Braga e Guimarães e com o € que se poupa dois ou três túneis da linha de Guimarães para acelerar os serviços?

Como isso terias exatamente o mesmo serviço na linha entre Braga e Guimarães, mas passarias a ter IC's competetivos na linha de Guimarães.



Sabes que não te basta duplicar o número de comboios para se duplicar o número de passageiros, certo?

Qual interligação?
O trafego IC entre Braga e Guimarães será praticamente idêntico ao de Porto a Espinho, zero!?

Para os IC de Guimarães terem mais passageiros não tens somente de lhes aumentar o horário, a CP já o teria feito se fosse tão simples. Para aumentar a procura tens de aumentar a atractividade do serviço e isso poderá ser feito melhorando o tempo de ligação.
O teu plano é mandar o IC de Guimarães via Braga e isso mantem os tempos "da quase 1h atual", que como está demonstrado é insuficiente.
Parece-me sinceramente que não estás a compreender o que estou a dizer, e o efeito de rede que se obtém...

Por muito que melhores o IC para Guimaraes a procura está reduzida as estações de Santo tirso, Vizela e Guimaraes pelo longo curso, com o respetivos urbanos, transportes públicos e outros modos de transporte a drenarem procura pelo longo curso nestas estações. Porque a restante procura ficou em Lousado e no Porto. Nota que a procura pelo IC não é para ligar Guimaraes a Vizela ou Santo Tirso, tal como teimas em referir entre Braga e Guimaraes...

Ora concluindo o anel ferroviário e prolongando o IC apenas até Braga, para simplificar o raciocínio. À procura anteriormente referida tens que somar a da estação das Taipas e de Braga com os urbanos de Braga, os transportes públicos e outros modos a drenarem procura pelo longo curso, e vice-versa. Tens ainda que adicionar os regionais que passam a fazer ligação a Guimaraes, e os interregionais e internacionais que passam a poder fazer o percurso via Braga.

Dá para entender porque é que os 20 passageiros que chegavam ao Porto vindos de Guimaraes são agora 160 a 200!?
A procura Braga-Guimaraes ficou em Guimaraes, estes são passageiros com destino a Aveiro, Coimbra, Lisboa, ... Vindos de todo o Minho, ao invés do IC atual com passageiros apenas da Linha de Guimaraes.


Quote:
Originally Posted by Hugoferreiraleite View Post
A CP pode hoje mesmo o fazer. A linha de Guimarães com o seu comboio por hora não está nem a metade da capacidade máxima...
A CP só não o faz, porque tem a esperança de captar passageiros ao longo da linha que lhe permita aumentar a receita, mas acima de tudo, porque a implementação de expressos, levaria à criação de serviços lentos na linha de Guimarães que esses sim, seriam mega-deficitários!
É precisamente a falta de procura que não permite isso. Mas se colocares a Vila das Taipas e Braga também na ligação, com o prolongamento do urbano até Braga, já tens mais gente quando o Urbano parte de Guimaraes. A que se soma toda a procura que acima referi. Se perceberes o efeito da conclusão do anel para os anteriores também percebes porque é que sem qualquer investimento conseguimos ter Porto-Guimaraes mais rápido.

Last edited by Karlussantus; October 3rd, 2015 at 08:18 PM.
Karlussantus no está en línea   Reply With Quote
Old October 5th, 2015, 03:17 AM   #10210
Arucard
Registered User
 
Arucard's Avatar
 
Join Date: Apr 2009
Posts: 2,412
Likes (Received): 270

Relativamente à nova linha ferroviária, onde se prevê o ponto de insercção na Linha de Leste ?
Será antes ou depois da estação ferroviária de Elvas ?
Eu percebi que o plano original era seguir a LAV até à fronteira, agora a linha segue directo até à Linha de Leste e segue para Badajoz pelo traçado actual que será intervencionado e electrificado pelo menos até à estação ferroviária de Badajoz.

Mesmo que aproveitem a nova linha para alguns serviços de passageiros, eu acredito que a solução mais plausível seja prolongar o serviço IC de Évora até Badajoz, a questão é saber se Elvas terá direito a uma paragem.
Arucard no está en línea   Reply With Quote
Old October 5th, 2015, 03:20 AM   #10211
Oponopono
Registered User
 
Join Date: Aug 2009
Posts: 19,300
Likes (Received): 2692

Quote:
Originally Posted by Arucard View Post
Será antes ou depois da estação ferroviária de Elvas ?
Antes.


Quote:
Originally Posted by Arucard View Post
Eu percebi que o plano original era seguir a LAV até à fronteira, agora a linha segue directo até à Linha de Leste e segue para Badajoz pelo traçado actual que será intervencionado e electrificado pelo menos até à estação ferroviária de Badajoz.
Electrificado só até Elvas. Não até Badajoz. Ficará como está Vilar Formoso - Fuentes d'Oñoro. Quando for electrificado do lado Espanhol aí então será electrificado até à fronteira de ambos os lados.
Oponopono no está en línea   Reply With Quote
Old October 5th, 2015, 10:51 AM   #10212
jpasan
Registered User
 
Join Date: Feb 2015
Location: Vila Nova de Gaia
Posts: 605
Likes (Received): 167

Olha que está previsto no projecto a electrificaçao entre Elvas e a fronteira do lado Português.

Quote:
- a modernização e eletrificação da Linha do Leste entre Elvas e a fronteira (extensão 9 km) através da qual será assegurada a ligação a Espanha;
Não diz prazos, mas está no comunicado
jpasan no está en línea   Reply With Quote
Old October 5th, 2015, 11:28 AM   #10213
Oponopono
Registered User
 
Join Date: Aug 2009
Posts: 19,300
Likes (Received): 2692

Também li isso mas é certamente um acrescento já a contar com o futuro em que será necessariio electrificar até à fronteira. Do lado Espanhol não só não está previsto electrificar já até Badajoz como nem sequer se sabe se quando um dia a electrificação lá chegar vai ser em 3000V ou em 25000V.

Em todo o caso era só o que mais faltava ser Portugal a electrificar linhas em Espanha. Nem a ADIF ia nisso.
Oponopono no está en línea   Reply With Quote
Old October 5th, 2015, 01:48 PM   #10214
Arucard
Registered User
 
Arucard's Avatar
 
Join Date: Apr 2009
Posts: 2,412
Likes (Received): 270

Só se Portugal negociasse por extra-territorialidade, a electrificação de Elvas até um dos cais da estação de Badajoz, tornando-o de facto uma zona neutra, embora ignoro se o alcaide de Badajoz aceitasse uma solução desse tipo.
(Era como se a rede ferroviária portuguesa electrificada tivesse um ponto terminal naquela cidade espanhola.)

No projecto de 2011, a nova linha ferroviária convencional seguia sempre ao lado da LAV, e entrava em Espanha numa nova estação de passageiros colado à fronteira do qual não havia problemas com a electrificação do lado português.
Como o projecto foi alterado, perguntava se Badajoz não tivesse arranjado um plano B que garantisse algum espaço de manobra a seu proveito.
Arucard no está en línea   Reply With Quote
Old October 5th, 2015, 02:04 PM   #10215
Oponopono
Registered User
 
Join Date: Aug 2009
Posts: 19,300
Likes (Received): 2692

Quote:
Originally Posted by Arucard View Post
Só se Portugal negociasse por extra-territorialidade, a electrificação de Elvas até um dos cais da estação de Badajoz, tornando-o de facto uma zona neutra, embora ignoro se o alcaide de Badajoz aceitasse uma solução desse tipo.
O Alcalde de Badajoz não é tido nem achado para o assunto.


Quote:
Originally Posted by Arucard View Post
Como o projecto foi alterado, perguntava se Badajoz não tivesse arranjado um plano B que garantisse algum espaço de manobra a seu proveito.
Seu proveito? A ideia dos comboios de passageiros existe apenas na cabeça dos entusiastas e dum ou outro presidentes de câmara. Mais ninguém.
Oponopono no está en línea   Reply With Quote
Old October 5th, 2015, 02:26 PM   #10216
jpasan
Registered User
 
Join Date: Feb 2015
Location: Vila Nova de Gaia
Posts: 605
Likes (Received): 167

Ainda há uns milhares de pessoas, não muitos porque no Sul não vive muita gente, que gostaria da opção de fazer a viagem de comboio.

Como tu estás longe e não tens interesse em voltar, é muito falar assim. Agora quem lá vive ou pelo intenções de voltar pensa diferente e quer ver o país evoluir
jpasan no está en línea   Reply With Quote
Old October 5th, 2015, 02:32 PM   #10217
Oponopono
Registered User
 
Join Date: Aug 2009
Posts: 19,300
Likes (Received): 2692

Quote:
Originally Posted by jpasan View Post
Ainda há uns milhares de pessoas, não muitos porque no Sul não vive muita gente, que gostaria da opção de fazer a viagem de comboio.
Diz quem? É que a Rodoviaria do Alentejo faz a ligação com um mini-bus e nem sei se o serviço é diário. De Évora ha meia dúzia de gatos pingados que ainda se deslocam a Badajoz mas no sentido contrário nem isso.


Quote:
Originally Posted by jpasan View Post
Como tu estás longe e não tens interesse em voltar, é muito falar assim. Agora quem lá vive ou pelo intenções de voltar pensa diferente e quer ver o país evoluir
É indiferente onde se vive para saber fazer uma certa análise da realidade. Se isso fosse verdade os técnicos de transportes não podiam trabalhar fora da sua cidade. E não é isso que acontece, de todo. Quanto ao evoluir, acrescentar ainda mais prejuízos à empresa dos comboios é tudo menos evoluir. Tem sido graças aos iluminados que apregoam essa do "país evoluir" que ele acabou na bancarrota. Para perder dinheiro já basta irem até Évora.
Oponopono no está en línea   Reply With Quote
Old October 5th, 2015, 02:36 PM   #10218
smasher_marques
Registered User
 
Join Date: Mar 2009
Posts: 3,602
Likes (Received): 316

De facto o país evoluiu, não foi em populismos irrealistas ontem.
__________________

Oponopono liked this post
smasher_marques no está en línea   Reply With Quote
Old October 5th, 2015, 02:44 PM   #10219
Oponopono
Registered User
 
Join Date: Aug 2009
Posts: 19,300
Likes (Received): 2692

Esta história de Badajoz e várias outras do mesmo género fez-me agora ocorrer à cabeça a frase um bom amigo, já falecido, que alcançou um cargo com algum relevo no caminho de ferro Português. Dizia ele que o drama do caminho de ferro em Portugal é ter mais amigos do que passageiros. Estava coberto de razão como, aliás, era seu apanágio.
__________________

TugaObserv liked this post
Oponopono no está en línea   Reply With Quote
Old October 5th, 2015, 02:53 PM   #10220
Contribuinte
Registered User
 
Join Date: May 2011
Posts: 4,580
Likes (Received): 1639

Mas na génese está algo mais profundo e firmemente enraizado na sociedade portuguesa, em geral, que é o absoluto desrespeito pelo dinheiro público.
__________________
“They [socialists] always run out of other people's money.”
Margaret Thatcher, Fev.5, 1976.
Contribuinte no está en línea   Reply With Quote
Sponsored Links
Advertisement
 


Reply

Tags
alentejo, ferrovia, nal, portugal, rede ferroviária, refer, tgv, ttt, viseu

Thread Tools

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off


Similar Threads
Thread Thread Starter Forum Replies Last Post
Rede Ferroviária Federal S/A- 50 anos (1957-2007) Ramos Transporte Ferroviário 1 October 28th, 2007 06:43 PM
Corredor Oeste irá integrar rede ferroviária mike_headbanger Transporte Ferroviário 2 October 22nd, 2007 09:55 PM


All times are GMT +2. The time now is 07:22 AM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.11 Beta 4
Copyright ©2000 - 2020, vBulletin Solutions Inc.
vBulletin Security provided by vBSecurity v2.2.2 (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2020 DragonByte Technologies Ltd.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2020 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us