Abrantes | Museu Ibérico de Arqueologia e Arte | Carrilho da Graça - SkyscraperCity
 

forums map | news magazine | posting guidelines

Go Back   SkyscraperCity > European Forums > Fórum Português > Arquitectura e Urbanismo > Sul > Projectos


Global Announcement

As a general reminder, please respect others and respect copyrights. Go here to familiarize yourself with our posting policy.


Reply

 
Thread Tools
Old July 27th, 2008, 12:39 PM   #1
Cidade_Branca
Architect
 
Cidade_Branca's Avatar
 
Join Date: Jul 2004
Location: Lisboa
Posts: 12,300
Likes (Received): 3007

Abrantes | Museu Ibérico de Arqueologia e Arte | Carrilho da Graça





A criação do Museu Ibérico de Arqueologia e Arte em Abrantes vai ser a aposta prioritária da câmara local na área da cultura nos próximos anos.

A preservação e divulgação de um valioso espólio arqueológico, baseado em peças anteriores à fundação de Portugal, está na origem da criação do Museu Ibérico de Arqueologia e Arte de Abrantes.

Pretende-se que o novo Museu Ibérico seja auto-suficiente e saiba articular-se num trabalho em rede e num circuito de descobertas histórico / patrimoniais integrando Abrantes e a sub-região no arco patrimonial norte de Lisboa, nomeadamente com centros monumentais, turísticos e religiosos de referência desde Sintra, Mafra, Óbidos, Caldas da Rainha, descendo por toda esta zona do Tejo, Almourol e Abrantes.

O Museu, a ser instalado no Edifício do Convento de S. Domingos, classificado "Imóvel de Interesse Público" no centro de Abrantes, vai integrar um centro de investigação em Arqueologia.

O novo Museu Ibérico de Arqueologia e Arte, tem o projecto de arquitectura das instalações pelo Arquitecto Carrilho da Graça e o projecto museográfico pelo Professor Fernando António Batista Pereira.

in http://www.guiadacidade.pt/portugal/...&distritoid=14
Cidade_Branca no está en línea   Reply With Quote
Sponsored Links
Advertisement
 
Old July 27th, 2008, 01:07 PM   #2
Barragon
Barra for Friends
 
Barragon's Avatar
 
Join Date: Dec 2004
Location: Barreiro
Posts: 140,659
Likes (Received): 15795

Isto deveria ir para os Projectos
__________________
::: Portuguese Forum :::

Tocha :: Mira :: Vagos :: Ílhavo :: Praia da Barra :: Curia :: Anadia :: Oliveira do Bairro :: Águeda

Fat people are harder to kidnap
Barragon no está en línea   Reply With Quote
Old July 27th, 2008, 08:15 PM   #3
Arpels
Αλέξανδρος
 
Arpels's Avatar
 
Join Date: Aug 2004
Location: Guarda/Barreiro
Posts: 53,107
Likes (Received): 382

bom projecto abrange uma area mto rica em património para exposição.
Arpels no está en línea   Reply With Quote
Sponsored Links
Advertisement
 
Old July 27th, 2008, 08:30 PM   #4
Marco Bruno
Les cites obscures
 
Marco Bruno's Avatar
 
Join Date: Aug 2003
Location: Lisbon
Posts: 10,675
Likes (Received): 3602

boa notícia! não conhecia este projecto!
__________________
Lx Projectos
Marco Bruno no está en línea   Reply With Quote
Old August 27th, 2008, 01:11 AM   #5
Cidade_Branca
Architect
 
Cidade_Branca's Avatar
 
Join Date: Jul 2004
Location: Lisboa
Posts: 12,300
Likes (Received): 3007

Museu Ibérico de Arqueologia e Arte considerado projecto de interesse nacional

Museu Ibérico de Arqueologia e Arte considerado projecto de interesse nacional

O ministro da cultura considerou que o futuro Museu Ibérico de Arqueologia e Arte, de Abrantes, “é um projecto de interesse nacional”, asseguran-do que o governo prestará um “contributo interessado e empe-nhado” na sua integração na Rede Nacional de Museus. José Pinto Ribeiro, que este ano pre-sidiu às cerimónias oficiais do dia da Cidade, assistiu à apre-sentação do projecto do museu cujo espólio arqueológico é anterior à fundação de Portugal.

O titular da pasta da cultura sublinhou ainda que “é impor-tante, mais do que o apoio do ministério da Cultura à sua criação, que este Museu Ibérico seja auto-suficiente e saiba articular-se num trabalho em rede e num circuito de desco-bertas histórico/patrimoniais integrando Abrantes e a sub-região no arco patrimonial norte de Lisboa, nomeadamente com centros monumentais, turísticos e religiosos de referência desde Sintra, Mafra, Óbidos, Caldas da Rainha, descendo por toda esta zona do Tejo, Almourol e Abrantes”.

Uma equipa formada por um arqueólogo, um museólogo e um arquitecto já delinearam as principais ideias que irão nortear o futuro museu. As cerimónias do Dia da Cidade, foram o mote para a apresentação ao minis-tro, aos convidados e à co-munidade do ante-projecto de arquitectura das instalações, pelo arquitecto Carrilho da Graça e o projecto museográfico pelo professor Fernando António Batista Pereira. Foi também exposta a maqueta do projecto, no local das cerimónias, nos Claustros do Convento de S. Domingos, local que vai ser reconvertido e ampliado para acolher este museu, que o presidente da Câmara assumiu ser “a aposta prioritária da Câmara na área da cultura nos próximos anos”. Considerando ser este “um projecto no qual Abrantes encontra a sua espe-cialização cultural que irá requalificar e redimensionar in-teiramente a imagem da cidade e a projectará no futuro”, Nelson de Carvalho sublinhou a vontade de ver o futuro Museu a reposicionar Abrantes no espa-ço dos museus europeus.

O futuro Museu Ibérico de Arqueologia e Arte vai acolher o espólio arqueológico da Fundação Ernesto Lourenço Estrada. Uma colecção notável de objecto arqueológicos recolhidos em vários pontos da Península Ibérica ao longo de meio século por João Estrada. Também irá albergar a colecção de arte contemporânea doada pela pintora Maria Lucília Moita e a colecção legada pelo es-cultor João Charters de Almeida.

in http://www.jornalregional.com/?p=cfc...7fb6a6f447ca29
Cidade_Branca no está en línea   Reply With Quote
Old August 27th, 2008, 11:50 AM   #6
Barragon
Barra for Friends
 
Barragon's Avatar
 
Join Date: Dec 2004
Location: Barreiro
Posts: 140,659
Likes (Received): 15795

Muito bom não sei é qual o revestimento... não há renders?
__________________
::: Portuguese Forum :::

Tocha :: Mira :: Vagos :: Ílhavo :: Praia da Barra :: Curia :: Anadia :: Oliveira do Bairro :: Águeda

Fat people are harder to kidnap
Barragon no está en línea   Reply With Quote
Old August 30th, 2008, 04:39 AM   #7
O Prof Godin
O Prof Godin
 
O Prof Godin's Avatar
 
Join Date: Sep 2006
Location: Coimbra
Posts: 6,689
Likes (Received): 33

…grande silo…
__________________
Curam habe de bono nomine: hoc enim magis permanebit, quam mille thesauri
pretiosi, e magni

É a própria vida que tem de mudar…

Crónicas de Coimbra,…país profundo…
O Prof Godin no está en línea   Reply With Quote
Old June 27th, 2009, 11:47 AM   #8
Barragon
Barra for Friends
 
Barragon's Avatar
 
Join Date: Dec 2004
Location: Barreiro
Posts: 140,659
Likes (Received): 15795

Museu Ibérico de Arte e Arqueologia de Abrantes gera fascínio e críticas

Torre de 45 metros em pleno centro histórico foi a principal crítica apontada durante a apresentação da obra projectada pelo arquitecto Carrilho da Graça

Abrantes vai acolher dentro de alguns anos uma notável colecção de peças arqueológicas no futuro Museu Ibérico de Arte e Arqueologia (MIAA), um investimento que colocará a cidade na rota dos melhores museus temáticos da Europa. A aposta da autarquia abrantina é arrojada e a fasquia foi elevada com a entrega do projecto ao arquitecto João Luís Carrilho da Graça. O investimento vai ser uma marca do território em pleno centro histórico de Abrantes e pretende ser um estímulo decisivo para a sua reanimação. Mas, apesar do fascínio que apresenta, não está isento de críticas e incertezas. Foi delas que anteontem à noite, em Abrantes, se ouviu na apresentação e debate sobre o MIAA.

A enorme altura da torre, que será o ex libris do museu, e a sua localização "provocatória" no alto da encosta de Abrantes, bem como a sua proximidade com o vetusto Convento de São Domingos e a ameaça da torre à própria cerca do convento, foram algumas das críticas apontadas pelos participantes no debate, onde predominavam arquitectos e alguns dos candidatos já anunciados à Câmara de Abrantes.

Outros criticaram a sua localização no centro histórico, mostrando preferência por outros locais com acessos mais facilitados. "É um projecto fantástico, mas para outro sítio da cidade", criticou um participante, enquanto outro técnico referiu que em vez de um diálogo entre o museu e a cidade, era o contrário que acontecia: "Eu só vejo um monólogo - o projecto fala e a cidade ouve!" As primeiras críticas de quantos encheram a Igreja de Santa Maria, no castelo, foram de tal modo corrosivas que o autor do projecto, Carrilho da Graça, acabou por ironizar perguntando se não haveria na sala ninguém que gostasse do projecto.

O rio ibérico

Claro que havia. Os 45 metros de altura da torre onde ficará parte significativa do espólio arqueológico têm um forte impacto visual, mas a sua verticalidade pretende também retratar, como sublinhou um participante, o próprio carácter da fundação "vertical" de Abrantes no alto de um monte e com uma visão de 360 graus à sua volta e ao longo de várias dezenas de quilómetros. A torre está também deliberadamente voltada para o rio Tejo, o que faz sentido: sendo um museu que recolhe peças recolhidas em toda a Península Ibérica, dali contempla o mais ibérico dos rios.

"Os arquitectos fazem projectos a partir das suas convicções e a beleza desta paisagem, em 360 graus à volta de Abrantes, e a extraordinária e intensa originalidade da colecção de peças arqueológicas que serão expostas levou-me a fazer uma ligação entre a paisagem e a torre, construída do interior para o exterior, com diversas janelas e vistas sobre Abrantes", referiu Carrilho da Graça, notando que a exposição das peças ao longo da torre será feita de forma cronológica.

Em relação à proximidade entre a moderna torre a criar e o Convento de São Domingos, instalado já no século XVI, o arquitecto notou que a distância entre ambos foi a máxima possível, procurando que a torre ganhasse independência e o conjunto dos dois se mantivesse integrado numa espécie de unidade. Frisando que não é particular adepto da edificação de torres, Carrilho da Graça notou ainda que foi em Abrantes que lhe ocorreu pela primeira vez a ideia de recorrer a uma torre: "Mas o projecto só correrá bem se tiver apoios, faz-me confusão se não tiver o apoio dos abrantinos."

A colecção

"É estonteante a qualidade e o número de peças espectaculares quer pela sua qualidade estética quer pelo seu valor histórico que constituem a colecção de peças arqueológicas que vão ficar expostas no Museu Ibérico de Abrantes." É nestes termos que Albano Santos, até há poucos anos arquitecto do município e actualmente candidato independente à Câmara de Abrantes, se refere ao espólio do futuro museu abrantino. São cerca de 5000 peças arqueológicas adquiridas sobretudo em leilões em Portugal e no estrangeiro por João Estrada, um abastado e curioso coleccionador de peças de arte ligadas à arqueologia, que construiu um espólio patrimonial de grande valor. Apercebendo-se do enorme potencial das peças na posse da Fundação Ernesto Lourenço Estrada & Filhos, a autarquia ofereceu o espaço do Convento São Domingos para expor o enorme legado artístico, tendo João Estrada aceite de imediato.

"Este sítio era irrecusável e o projecto, ao ser aceite por Carrilho da Graça, ficou com a fasquia muito alta. É uma equipa de projectistas de nível internacional a puxar pela colecção Estrada para cima e, por isso, o futuro Museu Ibérico irá ser decerto uma marca de território que vai pôr Abrantes entre as cidades com museus de dimensão europeia", sublinhou Albano Santos.

Peças desde os períodos neolítico e da idade do ferro, passando pelo romano, paleocristão e bronze médio e final, até às pequenas esculturas de influência orientalizante e islâmica, muito se poderá ver no futuro MIAA, que contará ainda com soluções de climatização, ventilação, iluminação e aproveitamento da luz natural consideradas inovadoras. Entre as dúvidas para a sua concretização foram apresentadas sobretudo as de natureza financeira: o timing do investimento, na actual fase económica do país, e a forma de financiamento das obras.

Público
__________________
::: Portuguese Forum :::

Tocha :: Mira :: Vagos :: Ílhavo :: Praia da Barra :: Curia :: Anadia :: Oliveira do Bairro :: Águeda

Fat people are harder to kidnap
Barragon no está en línea   Reply With Quote
Old June 29th, 2009, 08:42 AM   #9
Gwo Loo Waan
BANNED
 
Join Date: Feb 2009
Posts: 838
Likes (Received): 1

E porque não "Museu Português..."? Afinal não são os espanhóis que têm que arcar com esta despesa.
Gwo Loo Waan no está en línea   Reply With Quote
Old June 29th, 2009, 11:00 AM   #10
Arpels
Αλέξανδρος
 
Arpels's Avatar
 
Join Date: Aug 2004
Location: Guarda/Barreiro
Posts: 53,107
Likes (Received): 382

boa, já temos tantos museus quase exclusivamente Tugas que faz falta algo conjunto
Arpels no está en línea   Reply With Quote
Old July 1st, 2009, 12:42 AM   #11
manel5
Registered User
 
Join Date: Nov 2008
Location: Cairo
Posts: 457
Likes (Received): 1

Nao gosto mt da torre...

Museu e museu...quanto mais gente o financiar melhor...

Isso de quereres museus portugueses e fascismo
manel5 no está en línea   Reply With Quote
Old July 6th, 2009, 06:13 PM   #12
Arpels
Αλέξανδρος
 
Arpels's Avatar
 
Join Date: Aug 2004
Location: Guarda/Barreiro
Posts: 53,107
Likes (Received): 382

Petição contra construção do Museu Ibérico de Arqueologia e Arte de Abrantes

Uma petição com o objectivo de fazer suspender todas as resoluções relativas à construção do Museu Ibérico de Arqueologia e Arte de Abrantes (MIAA), foi posta a circular on-line tendo recolhido 550 assinaturas no espaço de uma semana.


A petição, a que se pode aceder em www.gopetition.com/, pede que o projecto seja ‘repensado’ assentando em quatro pressupostos que apontam para a "excessiva altura” da torre que vai albergar o Museu e reclamando pela ‘suspenção camarária de todas as resoluções sobre a sua construção.


A petição pede que a campanha autárquica se centre na discussão do projecto e que seja suscitado um referendo local sobre a matéria, a realizar em Assembleia Municipal pós-eleições autárquicas.


Segundo disse à agência Lusa o autor e primeiro subscritor da petição, José Carreiras, a petição “reivindica uma decisão democrática sobre o MIAA, uma vez que a autarquia não tem legitimidade para impor em fim de mandato, e sem um verdadeiro debate público, um projecto que terá um enorme impacto sobre a cidade e que merece as maiores dúvidas e objecções dos abrantinos”.


A discussão sobre este projecto, continuou, “deve ser retirada imediatamente da esfera da discussão especializada porque antes da arquitectura, o que está em causa é urbanismo e democracia. Não podemos aceitar uma civitas imposta e não discutida”.


Promovido pela Câmara Municipal de Abrantes e pela Fundação Estrada, o MIAA tem o propósito de apresentar as colecções de Arqueologia, de História e de Arte, desde a Pré-História até à Época Contemporânea, reunidas pelas duas instituições.


Com um orçamento previsto na ordem dos 12,5 milhões de euros, o arquitecto Carrilho da Graça, autor do projecto, disse à agência Lusa que, ao projectar o Museu, procurou “a maneira mais interessante de expor a colecção” tendo chegado à conclusão que a melhor forma de o fazer seria “uma torre que conciliasse a beleza da cidade e da paisagem, com a intensidade dos objectos a expor”.


O projecto, já aprovado pelo Instituto de Gestão do Património Arquitectónico e Arqueológico (IGESPAR) “é uma obra que vai alterar radicalmente a paisagem da cidade de Abrantes, vai permitir uma vista privilegiada para vários pontos da cidade e vai constituir-se como um novo ex-libris da região”.


“Na petição que circula há um aspecto que desagrada, disse Carrilho da Graça, tendo afirmado que “a caricaturagem do projecto e a sua divulgação com fotomontagens totalmente incorrectas não é admissível”.


Segundo acrescentou, “essa eventual polémica está a ser baseada em representações caricaturais de projecto, das quais eu discordo, e é natural que as pessoas que não conhecem o projecto fiquem com má impressão ao ver aquela imagem e que o considerem um atentado ao património”.


“O meu ponto de vista não é esse, estou disponível para explicar o projecto as vezes que forem necessárias mas não posso é desmontar as caricaturas que são feitas do Museu, a não ser judicialmente ou através da Ordem dos Arquitectos”, disse Carrilho da Graça, afirmando-se “bastante convicto” do que está a fazer.


Diga o que pensa sobre este Artigo. O seu comentário será enviado directamente para a redacção de O MIRANTE.


http://www.omirante.pt/index.asp?idE...Action=noticia
Arpels no está en línea   Reply With Quote
Old July 7th, 2009, 09:06 PM   #13
manel5
Registered User
 
Join Date: Nov 2008
Location: Cairo
Posts: 457
Likes (Received): 1

Em portugal tudo tem vertigens
manel5 no está en línea   Reply With Quote
Old July 15th, 2009, 01:26 PM   #14
Jaime Rebotim
 
Join Date: Jul 2009
Posts: 5
Likes (Received): 0

Museu "ibérico de arqueologia" e Arte ?

Sobre este museu e as suas colecções, por enquanto tema inesgotável, aqui vos deixo alguns documentos introdutórios divulgados pela Câmara Municipal de Abrantes, sobre a proposta museológica, e o exame preliminar das colecções, elaborados por duas conceituadas personalidades do meio.

A começar pela proposta programática preliminar do professor António Baptista Pereira.

http://www.cm-abrantes.pt/NR/rdonlyr...PRELIMINAR.pdf

Seguida do relatório preliminar dos principais núcleos expositivos dos arqueólogos Luiz Oosterbeek (coordenador), e Davide Delfino e Gustavo Porto Carrero.

http://www.cm-abrantes.pt/NR/rdonlyr...eembro2007.pdf

Culminando na proposta final.

http://www.cm-abrantes.pt/NR/rdonlyr.../dossier_b.pdf

No entanto não entendo como é que três reputados e experientes arqueólogos ao examinarem as peças ditas arqueológicas reunidas pelo fundador das colecções a expor, não conseguiram perceber que grande parte dos artefactos são alegadamente falsos, designadamente aqueles em ouro e bronze, tendo sido adquiridos a elementos de uma organização internacional de traficantes de obras de arte, que as forjam e contrabandeiam há mais de uma década para Portugal. E que várias imagens de santos da colecção de arte sacra, á semelhança de outras já apreendidas em inspecções da Polícia Judiciária, foram roubadas nomeadamente de igrejas do Baixo Alentejo por membros de uma rede de gatunos de antiguidades !?

Sobre assuntos relacionados com este escândalo cultural recomenda-se a sua consulta nos tópicos de vários outros sites e foruns:

http://artederoubar.blogspot.com/200...gal-saque.html

http://www.prorestauro.com/phpBB3/vi...php?f=9&t=4609

http://arqueologia.informe.com/polic...ola-dt355.html

http://arqueologia.informe.com/antig...vo-dt1013.html

http://arqueologia.informe.com/legal...os-dt1546.html

http://arqueologia.informe.com/bpn-c...ia-dt1552.html

Com consideração.
Jaime Rebotim no está en línea   Reply With Quote
Old September 16th, 2009, 09:57 PM   #15
vanadio
City of the Tower
 
vanadio's Avatar
 
Join Date: Jul 2009
Location: Abrantes - Portugal
Posts: 291
Likes (Received): 11

Sou de Abrantes e realmente não consigo entender esta aversão pelo projecto.
No meu entendimento este é um projecto que leva modernismos a Abrantes, algo que muita falta faz, e que para além disso enaltece a cidade com a torre como referência.
É também em grande parte por culpa dessas pessoas que muitos projectos que iriam ser benéficos para a cidade nunca chegaram a ser aprovados...
Espero que a construção vá para a frente na próxima legislação.
vanadio no está en línea   Reply With Quote
Old September 16th, 2009, 10:13 PM   #16
Barragon
Barra for Friends
 
Barragon's Avatar
 
Join Date: Dec 2004
Location: Barreiro
Posts: 140,659
Likes (Received): 15795

Bem vindo caro vanado

Como está este projecto? a zona está vedada?
__________________
::: Portuguese Forum :::

Tocha :: Mira :: Vagos :: Ílhavo :: Praia da Barra :: Curia :: Anadia :: Oliveira do Bairro :: Águeda

Fat people are harder to kidnap
Barragon no está en línea   Reply With Quote
Old September 16th, 2009, 10:43 PM   #17
vanadio
City of the Tower
 
vanadio's Avatar
 
Join Date: Jul 2009
Location: Abrantes - Portugal
Posts: 291
Likes (Received): 11

Por enquanto está em fase de antevisão e apresentação de projecto até Outubro.
Na zona estão algumas áreas vedadas, e tem andado por lá uma grande massa de arqueologistas.
Agora com as eleições não sei como vai ficar, mas caso continue no mesmo partido está quase assegurada a continuação do projecto.
vanadio no está en línea   Reply With Quote
Old September 19th, 2009, 02:22 AM   #18
O Prof Godin
O Prof Godin
 
O Prof Godin's Avatar
 
Join Date: Sep 2006
Location: Coimbra
Posts: 6,689
Likes (Received): 33

:interessante…assinei a petição (noutro local) sem saber que a obra era do Carrilho da Graça……não altera nada…
__________________
Curam habe de bono nomine: hoc enim magis permanebit, quam mille thesauri
pretiosi, e magni

É a própria vida que tem de mudar…

Crónicas de Coimbra,…país profundo…
O Prof Godin no está en línea   Reply With Quote
Old September 19th, 2009, 06:35 PM   #19
Arpels
Αλέξανδρος
 
Arpels's Avatar
 
Join Date: Aug 2004
Location: Guarda/Barreiro
Posts: 53,107
Likes (Received): 382

Quote:
Originally Posted by Jaime Rebotim View Post
Sobre este museu e as suas colecções, por enquanto tema inesgotável, aqui vos deixo alguns documentos introdutórios divulgados pela Câmara Municipal de Abrantes, sobre a proposta museológica, e o exame preliminar das colecções, elaborados por duas conceituadas personalidades do meio.

A começar pela proposta programática preliminar do professor António Baptista Pereira.

http://www.cm-abrantes.pt/NR/rdonlyr...PRELIMINAR.pdf

Seguida do relatório preliminar dos principais núcleos expositivos dos arqueólogos Luiz Oosterbeek (coordenador), e Davide Delfino e Gustavo Porto Carrero.

http://www.cm-abrantes.pt/NR/rdonlyr...eembro2007.pdf

Culminando na proposta final.

http://www.cm-abrantes.pt/NR/rdonlyr.../dossier_b.pdf

No entanto não entendo como é que três reputados e experientes arqueólogos ao examinarem as peças ditas arqueológicas reunidas pelo fundador das colecções a expor, não conseguiram perceber que grande parte dos artefactos são alegadamente falsos, designadamente aqueles em ouro e bronze, tendo sido adquiridos a elementos de uma organização internacional de traficantes de obras de arte, que as forjam e contrabandeiam há mais de uma década para Portugal. E que várias imagens de santos da colecção de arte sacra, á semelhança de outras já apreendidas em inspecções da Polícia Judiciária, foram roubadas nomeadamente de igrejas do Baixo Alentejo por membros de uma rede de gatunos de antiguidades !?

Sobre assuntos relacionados com este escândalo cultural recomenda-se a sua consulta nos tópicos de vários outros sites e foruns:

http://artederoubar.blogspot.com/200...gal-saque.html

http://www.prorestauro.com/phpBB3/vi...php?f=9&t=4609

http://arqueologia.informe.com/polic...ola-dt355.html

http://arqueologia.informe.com/antig...vo-dt1013.html

http://arqueologia.informe.com/legal...os-dt1546.html

http://arqueologia.informe.com/bpn-c...ia-dt1552.html

Com consideração.
vai haver uma colecção de imagens de santos exposta neste museu, isto é, uma secção de arte sacra se sim como é possivel virem parar a este museu e não serem reconhecidas?
Arpels no está en línea   Reply With Quote
Old September 21st, 2009, 02:43 AM   #20
Gwo Loo Waan
BANNED
 
Join Date: Feb 2009
Posts: 838
Likes (Received): 1

Museu Ibérico? Isso dá-me vómitos!

Nada é menos do que o momento presente, se entendermos por isso o indizível instante que separa o passado do futuro ...
Gwo Loo Waan no está en línea   Reply With Quote
Sponsored Links
Advertisement
 


Reply

Tags
arqueología, arte

Thread Tools

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off



All times are GMT +2. The time now is 04:26 AM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.11 Beta 4
Copyright ©2000 - 2019, vBulletin Solutions Inc.
vBulletin Security provided by vBSecurity v2.2.2 (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2019 DragonByte Technologies Ltd.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2019 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us