Concessão Pinhal Interior Norte - Page 6 - SkyscraperCity
 

forums map | news magazine | posting guidelines

Go Back   SkyscraperCity > European Forums > Fórum Português > Transportes e Infra-Estruturas > Rodovias


Global Announcement

As a general reminder, please respect others and respect copyrights. Go here to familiarize yourself with our posting policy.


Reply

 
Thread Tools
Old January 18th, 2010, 01:25 AM   #101
Sesnando
Registered User
 
Join Date: Feb 2008
Posts: 1,397
Likes (Received): 6

Luís, tal como dizes a estrada entre C. Branco e o cruzamento da N112 para Oleiros não é má, em algumas zonas é mais ou menos um IC e não acho que esse seja um problema essencial no distrito. Naquela zona o tempo marginal de percurso só aumenta quando cruzas o Zêzere em direcção à Pampilhosa da Serra, aí é que as coisas pioram de facto, porque se entra numa zona onde não há interesse político em revalorizar a ligação.
Sesnando no está en línea   Reply With Quote
Sponsored Links
Advertisement
 
Old January 18th, 2010, 02:33 PM   #102
JB.
CB city
 
JB.'s Avatar
 
Join Date: Sep 2009
Location: Castelo Branco
Posts: 474
Likes (Received): 9

Não é má porque há uns anos atrás fizeram uma recta onde antes havia um conjunto de curvas que davam a volta às montanhas... Essa zona está boa e tem um traçado que permite ir aos 100km/h nas calmas. Agora o resto é que é pior... Já antes do cruzamento há zonas com curvas que eram escusadas. Quando entramos no concelho de Oleiros então, não há 100 metros de estrada que se aproveitem. Só curvas e mais curvas...
__________________
Castelo Branco - Portugal [X]
Castelo Branco - Zona de Lazer [X]
JB. no está en línea   Reply With Quote
Old January 18th, 2010, 03:00 PM   #103
joseep
Registered User
 
joseep's Avatar
 
Join Date: Aug 2009
Location: Lisboa
Posts: 2,419
Likes (Received): 1211

Quote:
Originally Posted by JB. View Post
Não é má porque há uns anos atrás fizeram uma recta onde antes havia um conjunto de curvas que davam a volta às montanhas... Essa zona está boa e tem um traçado que permite ir aos 100km/h nas calmas. Agora o resto é que é pior... Já antes do cruzamento há zonas com curvas que eram escusadas. Quando entramos no concelho de Oleiros então, não há 100 metros de estrada que se aproveitem. Só curvas e mais curvas...
Concordo, já fiz essa ligação inúmeras vezes. Apesar de tudo ainda podia ser bastante melhorada.
Acho que o eixo Sertã-Oleiros-C. Branco este último troço também justificava uma remodelação.
Espero é que realizem pelos menos o que está prometido, é essencial. Para quem realiza a viagem desde Lisboa, ficará um bom trajecto, após a requalificação da N2 (partes que faltam), entre Vila de Rei e Sertã.
joseep no está en línea   Reply With Quote
Sponsored Links
Advertisement
 
Old January 22nd, 2010, 01:35 PM   #104
Maxair
Registered User
 
Join Date: Jan 2009
Posts: 492
Likes (Received): 23

Quote:
Originally Posted by Sesnando View Post
Luís, tal como dizes a estrada entre C. Branco e o cruzamento da N112 para Oleiros não é má, em algumas zonas é mais ou menos um IC e não acho que esse seja um problema essencial no distrito. Naquela zona o tempo marginal de percurso só aumenta quando cruzas o Zêzere em direcção à Pampilhosa da Serra, aí é que as coisas pioram de facto, porque se entra numa zona onde não há interesse político em revalorizar a ligação.
Não é má, é péssima! A partir do Salgueiro do campo até à zona do Padrão (cruzamento com N238->corrigido) vai piorando e piorando e a N238( ->corrigido) então é a desgraça completa. Não sei onde vês esse IC! O presidente da câmara de Oleiros já pede uma ligação condigna há imensos anos e nunca mais é feita.

Sempre que uma pessoa vá a Oleiros fica enjoada por causa da estrada... Não será motivo para construir um traçado novo? É que ninguém tem vontade de ir a Oleiros só por causa da estrada. Quanto a mim é uma prioridade elevada, ainda maior do que a ligação Sertã-Oleiros, mas não se decidiu assim.

Last edited by Maxair; January 22nd, 2010 at 05:50 PM.
Maxair no está en línea   Reply With Quote
Old January 22nd, 2010, 01:55 PM   #105
Sesnando
Registered User
 
Join Date: Feb 2008
Posts: 1,397
Likes (Received): 6

Eu acho que tu tens aí um erro no teu post, pelo menos eu não o consegui compreender. De qualquer das formas, também acho que precisas de ter a noção da relatividade para compreenderes o que foi dito. A N112 entre C. Branco e o concelho de Oleiros pode não ser uma A23, mas nessa zona está muito longe de ter as características que ela própria tem quando se distancia ainda mais da sede de distrito.
Sesnando no está en línea   Reply With Quote
Old January 22nd, 2010, 05:54 PM   #106
Maxair
Registered User
 
Join Date: Jan 2009
Posts: 492
Likes (Received): 23

Queria dizer N238 e escrevi N112, já corrigi no original.

Eu acho que a estrada é bastante má entre Salgueiro do Campo e o Padrão mas também já ouvi que é pior ainda para a frente em direcção à Pampilhosa da Serra. Confesso que já não passo lá desde miúdo e não me lembro, mas é difícil imaginar pior. Claramente tem de ser feito um novo traçado a ligar Oleiros e a Pampilhosa da Serra a Castelo Branco!
Maxair no está en línea   Reply With Quote
Old January 23rd, 2010, 02:16 AM   #107
Viriatuus
Registered User
 
Join Date: Dec 2007
Location: Porto
Posts: 19,556
Likes (Received): 1084



Com muito mais prioridade que um qualquer IC31 para o qual já há alternativas bastante razoáveis. Agora em Oleiros e na Pampilhosa é que não há alternativas.
Viriatuus no está en línea   Reply With Quote
Old January 23rd, 2010, 02:00 PM   #108
JB.
CB city
 
JB.'s Avatar
 
Join Date: Sep 2009
Location: Castelo Branco
Posts: 474
Likes (Received): 9

São situações diferentes Viriatuus.

Do ponto de vista que apresentas, sim é verdade que a actual estrada que liga Castelo Branco a Oleiros é pior que a que liga Castelo Branco à fronteira. Mas daqui podemos concluir que a construção de uma nova estrada no primeiro caso tem mais importância que o IC31? Não me parece...

Para começar o número de utilizadores que cada uma vai ter está longe de ser igual. Vantagem: IC31

Uma delas tem uma importância estratégica para o desenvolvimento do distrito como um todo e não só da zona de Oleiros. Qual? O IC31

Enquanto que uma liga uma capital de distrito a uma capital de concelho, a outra liga dois países permitindo que se forme aquela que será a via rodoviária mais curta entre as suas capitais. Mais um ponto para o IC31

No fundo, a única coisa que torna a ligação Oleiros - Castelo Branco importante é o facto de actual estrada ser uma miséria mas, analisando todos os factores, só se pode concluir que o IC31 será muito mais útil a todo o distrito e que a sua construção é fulcral para o seu desenvolvimento. Ao ponto de ter até sido comparado com a A23.

No entanto, a estrada de Oleiros a Castelo Branco também é muitíssimo importante para o concelho de Oleiros e permitirá acabar com o isolamento da vila. Tal como o IC31 tem que ser construída o quanto antes. Simplesmente não é tão importante como esta última.
__________________
Castelo Branco - Portugal [X]
Castelo Branco - Zona de Lazer [X]
JB. no está en línea   Reply With Quote
Old January 23rd, 2010, 04:23 PM   #109
Wolf2009
Lobito for friends
 
Wolf2009's Avatar
 
Join Date: Jun 2008
Location: Vila Nogueira de Azeitão
Posts: 10,946
Likes (Received): 11

Quote:
Originally Posted by JB. View Post
São situações diferentes Viriatuus.

Do ponto de vista que apresentas, sim é verdade que a actual estrada que liga Castelo Branco a Oleiros é pior que a que liga Castelo Branco à fronteira. Mas daqui podemos concluir que a construção de uma nova estrada no primeiro caso tem mais importância que o IC31? Não me parece...

Para começar o número de utilizadores que cada uma vai ter está longe de ser igual. Vantagem: IC31

Uma delas tem uma importância estratégica para o desenvolvimento do distrito como um todo e não só da zona de Oleiros. Qual? O IC31

Enquanto que uma liga uma capital de distrito a uma capital de concelho, a outra liga dois países permitindo que se forme aquela que será a via rodoviária mais curta entre as suas capitais. Mais um ponto para o IC31

No fundo, a única coisa que torna a ligação Oleiros - Castelo Branco importante é o facto de actual estrada ser uma miséria mas, analisando todos os factores, só se pode concluir que o IC31 será muito mais útil a todo o distrito e que a sua construção é fulcral para o seu desenvolvimento. Ao ponto de ter até sido comparado com a A23.

No entanto, a estrada de Oleiros a Castelo Branco também é muitíssimo importante para o concelho de Oleiros e permitirá acabar com o isolamento da vila. Tal como o IC31 tem que ser construída o quanto antes. Simplesmente não é tão importante como esta última.
Não estavam com ideias de expandir essa auto-estrada para a zona do pinhal?
__________________
Azeitão a Concelho

Dizer que não existe alternativa é o contrário da Liberdade
Wolf2009 no está en línea   Reply With Quote
Old January 23rd, 2010, 09:16 PM   #110
JB.
CB city
 
JB.'s Avatar
 
Join Date: Sep 2009
Location: Castelo Branco
Posts: 474
Likes (Received): 9

Não me parece. Isso só faria sentido se viesse a existir uma ligação por auto-estrada entre Castelo Branco e Coimbra, coisa que não está prevista de momento (e provavelmente nunca irá estar). Eu nunca ouvi falar de uma auto-estrada nessa zona
__________________
Castelo Branco - Portugal [X]
Castelo Branco - Zona de Lazer [X]
JB. no está en línea   Reply With Quote
Old January 23rd, 2010, 09:20 PM   #111
Luís da Beira
Registered User
 
Luís da Beira's Avatar
 
Join Date: Aug 2009
Location: Gavião, Alentejo
Posts: 456
Likes (Received): 8

Não se pode encher todo o território de auto-estradas.
Para aquela zona, já seria bom que se construíssem estradas decentes.
Os novos tapetes de alcatrão só beneficiam o pavimento, nada mais.
__________________

A discordância é livre
Luís da Beira no está en línea   Reply With Quote
Old January 23rd, 2010, 10:12 PM   #112
Viriatuus
Registered User
 
Join Date: Dec 2007
Location: Porto
Posts: 19,556
Likes (Received): 1084

JB permite-me discordar. Em primerio lugar estás a referir-te só a Oleiros e esqueces-te da Pampilhosa. Em segundo lugar uma nova estrada que substitua a EN112 faz todo o sentido e mais que o referido IC31. Porquê?

1 - Liga directamente duas capitais de distrito, Coimbra e Castelo Branco, sendo desnecessário fazer a voltinha ao bilhar grande pelo IC8.

2 - Repõe uma situação caricata que é uma estrada nacional de primeira categoria ter sido preterida em relação a estradas nacionais de segunda categoria.

3 - A actual ligação pela EN112 é muito pior que a ligação por qualquer uma das EN239 ou EN240. Isto é indesmentível.

4 - O potencial de crescimento económico para toda a zona atravessada pela EN112 incluindo as suas pontas, Castelo Branco e Lousã/Coimbra é muito superior à da eventual construção do IC31.

5 - Que tempo é que poupo entre Castelo Branco e Plasencia com a construção do IC31 comparativamente ao que pouparia com a construção duma via Castelo Branco/Coimbra? De certeza que a poupança é maior no segundo caso que no primeiro.

6 - Que tráfego é que induzo com a construção de cada uma das estradas? Não tenho resposta certa, mas tendo em conta que Coimbra é maior que Plasencia e encontra-se no mesmo país...
Viriatuus no está en línea   Reply With Quote
Old January 23rd, 2010, 10:57 PM   #113
JB.
CB city
 
JB.'s Avatar
 
Join Date: Sep 2009
Location: Castelo Branco
Posts: 474
Likes (Received): 9

Quote:
Originally Posted by Viriatuus View Post
1 - Liga directamente duas capitais de distrito, Coimbra e Castelo Branco, sendo desnecessário fazer a voltinha ao bilhar grande pelo IC8.
Isso é importante sem dúvida. Mas pelo IC31 teremos ligação directa e sempre por auto-estrada/IC com duas faixas de rodagem em cada sentido não só a Plasencia como também a Cáceres para não ir muito longe. Ter uma estrada como deve ser para cidades como estas não é mais importante ter uma via de segunda para Coimbra? Eu acho que é...


Quote:
Originally Posted by Viriatuus View Post
3 - A actual ligação pela EN112 é muito pior que a ligação por qualquer uma das EN239 ou EN240. Isto é indesmentível.
Isso é verdade, eu próprio o admiti.

Quote:
Originally Posted by Viriatuus View Post
4 - O potencial de crescimento económico para toda a zona atravessada pela EN112 incluindo as suas pontas, Castelo Branco e Lousã/Coimbra é muito superior à da eventual construção do IC31.
Mas o potencial de crescimento para Castelo Branco, Monfortinho, Alcains e para a Beira Baixa no geral, principalmente na vertente do turismo e do comércio vai ser tremendamente superior aos benefícios que a zona atravessada pela N112 terá. Vamos deixar de estar de costas voltadas para Espanha e vamos, finalmente, tirar partido do facto de estarmos colados à fronteira. Vai ser por aqui que passará todo o tráfego Lisboa - Madrid e portanto, mesmo os hotéis terão muito mais hóspedes. É inegável que esta estrada será muito mais proveitosa, no entanto sê-lo-á principalmente para o distrito de Castelo Branco enquanto que a outra também interessa a Coimbra.

Quote:
Originally Posted by Viriatuus View Post
5 - Que tempo é que poupo entre Castelo Branco e Plasencia com a construção do IC31 comparativamente ao que pouparia com a construção duma via Castelo Branco/Coimbra? De certeza que a poupança é maior no segundo caso que no primeiro.
Para Oleiros deve ser cerca de 1h e 15m de viagem. Poderias poupar meia-hora de Castelo Branco a Oleiros e, consequentemente a Coimbra, na melhor das hipóteses. A extensão de estrada que vai a obras de Castelo Branco a Plasencia é muito maior. Imaginando que de Castelo Branco a Oleiros são 60km, poupas meia hora em 60km. Ora os quilómetros de estrada que vão ser construídos do lado português e do lado espanhol juntos são para aí duas vezes a distância de Castelo Branco a Oleiros logo, mesmo que poupes só 20 minutos por cada 60km, isto dá 2x20minutos=40minutos.

Quote:
Originally Posted by Viriatuus View Post
6 - Que tráfego é que induzo com a construção de cada uma das estradas? Não tenho resposta certa, mas tendo em conta que Coimbra é maior que Plasencia e encontra-se no mesmo país...
Mas a estrada seria pior e não estás a contar com Cáceres por exemplo nem com o tráfego Lisboa-Madrid. O IC31 terá muito mais utilizadores, isso não é sequer comparável...
__________________
Castelo Branco - Portugal [X]
Castelo Branco - Zona de Lazer [X]
JB. no está en línea   Reply With Quote
Old January 24th, 2010, 12:54 AM   #114
Viriatuus
Registered User
 
Join Date: Dec 2007
Location: Porto
Posts: 19,556
Likes (Received): 1084



O IC31 infelizmente e ainda por cima está mal desenhado. Tenta ser uma variante em simultâneo à EN239 e à EN240 e acaba por não ser nada disso obviamente. É a continuação do mau planeamento de estradas em Portugal em que se tenta ao mesmo tempo ser alternativa ao trajecto a), ao b) e às vezes ainda ao c), etc. Mas especialmente e ao contrário do que dizes, não liga Castelo Branco a Cáceres! Que grande volta para ir duma cidade à outra! O trajecto mais curto entre as duas cidades e com toda a probabilidade ainda o mais rápido é a EN240 e a passagem na fronteira de Segura. Em 80% do trajecto podes manter os 90 km/h...

Quote:
Vai ser por aqui que passará todo o tráfego Lisboa - Madrid
Isso nunca acontecerá. A A6 em Portugal e a A5 em Espanha continuarão a ser uma boa alternativa, e também não percebo qual será o grande número de veículos que poderá ser desviado. Afinal de contas a fronteira do Caia tem, números redondos, 10 mil de TMDA, do qual uma boa parte, é tráfego local, seja o mais curto Elvas/Badajoz, seja o mais longo Alentejo central Extremadura central, outra parte ainda tem como origem/destino a Andaluzia, tráfegos esses que nunca serão desviados para o IC31. Não te vai restar muito para o IC31...

Continuo na minha, o IC31 está longe de ser prioritário, quer para Castelo Branco e a sua região, quer para o País. E para Castelo Branco será muito mais interessante e portanto prioritário a ligação directa a Coimbra e também a Portalegre (e neste caso também não faz muito sentido o aproveitamento do "IP2" que se pretende por Gardete/Fratel, melhor seria um trajecto directo a oriente da actual EN18)

Quanto às actuais EN239 e EN240 deveriam ser rectificados os troços menos adequados ao tráfego moderno e feitas as variantes necessárias às povoações. No caso da EN240 (e EN355) bem pouco, não serão necessários mais que uma dúzia de kms. Na EN239 não serão mais kms, simplesmente neste caso continuarão a ser sempre necessários pois estão localizados na zona onde o IC31 nunca será alternativa, i. e., entre Vale de Prazeres e Orca na EN233, bem como na necessidade da construção duma variante a Proença-a-Velha.

E podem eventualmente prever a duplicação da EN233 entre Castelo Branco e o entroncamento com a EN240 (4 Kms?).
Viriatuus no está en línea   Reply With Quote
Old January 24th, 2010, 01:23 PM   #115
Wolf2009
Lobito for friends
 
Wolf2009's Avatar
 
Join Date: Jun 2008
Location: Vila Nogueira de Azeitão
Posts: 10,946
Likes (Received): 11

Quote:
Originally Posted by JB. View Post
Não me parece. Isso só faria sentido se viesse a existir uma ligação por auto-estrada entre Castelo Branco e Coimbra, coisa que não está prevista de momento (e provavelmente nunca irá estar). Eu nunca ouvi falar de uma auto-estrada nessa zona
O novo IC3, acho que vai ser em perfil de Auto-Estrada.

Em relação ao IC31:

IC31 | Castelo Branco-Monfortinho

--------------------------------------------------------------------------------

Quote:
O IC31, que ligará a Castelo Branco até à fronteira com Espanha, pelas Termas de Monfortinho, deverá ser concessionada já em 2009. A garantia foi dada ao Reconquista pelo Secretário de Estado Adjunto das Obras Públicas, Paulo Campos.

A concessão do IC31 deverá ser lançada a concurso já no próximo ano. Isso mesmo garantiu ao Reconquista o Secretário de Estado Adjunto das Obras Públicas, Paulo Campos. À margem da apresentação do pacote de estradas do Pinhal Interior, aquele membro do Governo referiu que “a nossa expectativa é que até 2009 possa ser lançada a concessão do IC31”

Aquela via, em perfil de auto-estrada já tinha sido considerada pelo Plano Regional de Ordenamento do Território, como uma via estratégica para a região centro do país. A garantia do Secretário de Estado foi também transmitida aos autarcas da região, no passado domingo. Aquele responsável não esconde a ideia do próprio IC31 se prolongar para a Zona do Pinhal.
“Existe uma enorme vontade do Governo para resolver a questão do IC31. Em conversas que tenho mantido com membros do Governo com influência sobre esta matéria, aquilo que me foi transmitido é que existe vontade em avançar com a obra. Estou convencido que em 2009 haverá condições para se lançar a concessão da obra”, assegura Joaquim Morão, presidente da Câmara de Castelo Branco.

É desta forma que Joaquim Morão, presidente da Câmara de Castelo Branco aborda a questão da construção daquela via que, em perfil de auto-estrada, fará a ponte com a A23 e com a auto-estrada que já está a ser construída em Espanha, entre Madrid e a fronteira portuguesa, junto às Termas de Monfortinho.

Para o presidente da Câmara, não há qualquer dúvida sobre a importância estratégica dessa via. “Hoje temos a A23 que nos aproxima do litoral e da capital portuguesa, mas ao mesmo tempo, com o IC31 ficaremos também mais perto de Madrid. Há um dado que não pode ser esquecido pelos portugueses. Espanha está a fazer a auto-estrada até à nossa fronteira. O troço até Plascência está concluído, vai arrancar a ligação até El Batain, e depois até Cória. Ou seja falta pouco tempo para termos a auto-estrada espanhola junto à nossa fronteira”.

Com o IC31, Castelo Branco ganhará, no entender de Joaquim Morão, uma nova centralidade. “Com a A23 já ganhámos outra centralidade, não só para com Lisboa, mas também com o norte do país. Todo o trânsito que se faz para Norte é por aqui que passa. Com a ligação a Espanha, pelo IC31, ficaremos com uma via estratégica e importante para Espanha e a sua capital”.

Trabalho de casa

Como já tinha referido ao Reconquista, aquando da classificação do IC31 como via estratégica para a Região centro, Joaquim Morão, assegura, que a Câmara de Castelo Branco tem “estado a fazer o trabalho de casa no que respeita a essa matéria. Todos nós aspiramos a que essa via seja construída”. Ao lado da autarquia albicastrense surge a de Idanha-a-Nova, com a qual tem existido um excelente entendimento.

O autarca lembra que na última cimeira entre os governos dos dois países, realizada no final do último mês, em Braga, ficou decidido que o estudo prévio do IC31 iria ser feito. Uma notícia já avançada pelo Reconquista, na altura, em que o autarca albicastrense sublinha esse comprometimento.

Por: João Carrega

Fonte: http://www.reconquista.pt/noticia.as...Action=noticia
__________________
Azeitão a Concelho

Dizer que não existe alternativa é o contrário da Liberdade
Wolf2009 no está en línea   Reply With Quote
Old January 24th, 2010, 09:57 PM   #116
JB.
CB city
 
JB.'s Avatar
 
Join Date: Sep 2009
Location: Castelo Branco
Posts: 474
Likes (Received): 9

Quote:
Originally Posted by Viriatuus View Post
Isso nunca acontecerá. A A6 em Portugal e a A5 em Espanha continuarão a ser uma boa alternativa, e também não percebo qual será o grande número de veículos que poderá ser desviado. Afinal de contas a fronteira do Caia tem, números redondos, 10 mil de TMDA, do qual uma boa parte, é tráfego local, seja o mais curto Elvas/Badajoz, seja o mais longo Alentejo central Extremadura central, outra parte ainda tem como origem/destino a Andaluzia, tráfegos esses que nunca serão desviados para o IC31. Não te vai restar muito para o IC31...
Com este parágrafo é que tu disseste tudo. A começar pela palavra que usaste para qualificar aquilo que a A6 vai passar a ser: uma alternativa. Não passará disso para quem quer ir de Lisboa a Madrid ou vice-versa. Essa viagem vai passar a fazer-se por Monfortinho. A fronteira de Caia bem pode ter uma média de 10 mil utentes por dia mas vai passar a ter menos com a construção do IC31. E, mais importante que isso, como tu mesmo disseste, e muito bem, grande parte dos utentes que fazem essa travessia são habitantes de Elvas ou Badajoz. Como quem atravessa a fronteira em Caia para ir para Madrid vai deixar de o fazer, a própria A6 vai perder muitos utentes. Arrisco-me mesmo a dizer que será menos utilizada que a A23 e que o IC31. Podem haver tráfegos que não serão desviados, mas o IC31 vai ter a sua própria área de abrangência. Para começar Madrid, depois Toledo, Talavera de la Reina, norte de Extramadura, Getafe (e todas as outras grandes cidades perto de Madrid), Guadalajara, e se quisermos ir mais longe, mesmo o trânsito entre Lisboa e Zaragoza ou Barcelona se fará por aqui. É uma via com uma importância inegável. Mas pronto, já me dou por satisfeito por teres deixado de comparar o IC31 com a estrada de Castelo Branco a Oleiros e teres começado a compara-lo à A6.
__________________
Castelo Branco - Portugal [X]
Castelo Branco - Zona de Lazer [X]
JB. no está en línea   Reply With Quote
Old January 24th, 2010, 11:52 PM   #117
Viriatuus
Registered User
 
Join Date: Dec 2007
Location: Porto
Posts: 19,556
Likes (Received): 1084



Não é como dizes, em primeiro lugar porque o tráfego Lisboa/Madrid, por assim dizer, é só uma parte do tráfego no Caia. Portanto o IC31 iria captar apenas uma parte minoritária do tráfego no Caia. Para além disso nem todo o tráfego de "Lisboa" para Madrid terá como escolha preferencial o IC31. Para localizações na Península de Setúbal por exemplo, a passagem pelo Caia continuará a ser interessante dado que evitam a travessia do Tejo. Quanto a Barcelona (e já agora Valência), irá ser feita uma autovia a ligar Mérida a Puertollano o que tornará novamente a fronteira do Caia mais atractiva que a do IC31. No todo o tráfego pelo IC31 será pequeno e provavelmente não justificará uma nova via desde já, muito menos uma AE. Há no País e especialmente em Castelo Branco, outras vias que justifiquem melhor investimento a curto/médio prazo.

Reparei também que deixaste sem comentário a minha crítica em relação à tua ideia de que o IC31 serviria também para as ligações a Cáceres. Presumo que concordas agora que o novo IC31 não irá melhorar a ligação entre Castelo Branco e aquela cidade.

Last edited by Viriatuus; January 24th, 2010 at 11:58 PM.
Viriatuus no está en línea   Reply With Quote
Old January 25th, 2010, 12:16 AM   #118
JB.
CB city
 
JB.'s Avatar
 
Join Date: Sep 2009
Location: Castelo Branco
Posts: 474
Likes (Received): 9

Há alguém que se atreva a fazer mais 100 ou 200 km só para evitar a travessia do Tejo? Até parece que o Tejo é um obstáculo assim tão grande... Com duas pontes e uma terceira a caminho isso não me parece uma justificação plausível para o uso da A6 em detrimento do IC31.

Quanto ao resto, não tens razão... Mesmo com a ligação Mérida-Puertollano, utilizar a A6 para ir de Lisboa a Barcelona fica muito mais longe que pelo IC31. Enquanto que esta permite uma ligação quase em linha recta entre Lisboa e Barcelona, passando por Madrid, a outra não. É simples. O IC31 vai torna-se numa via privilegiada para ligar Portugal e Espanha. Uma das mais importantes senão mesmo a mais importante. Não sei em que te baseias para dizer que o tráfego no IC31 vai ser pequeno. Dificilmente, escolhendo a dedo os pontos onde a estrada iria passar farias uma travessia melhor para ligar Lisboa-Madrid-Barcelona que aquela que vais conseguir com o IC31 e então uma que passasse por Lisboa-Madrid-Zaragoza-Barcelona (que são apenas das cidades mais populosas e importantes da península ibérica) não conseguirias de certeza absoluta.
__________________
Castelo Branco - Portugal [X]
Castelo Branco - Zona de Lazer [X]
JB. no está en línea   Reply With Quote
Old January 25th, 2010, 12:56 AM   #119
Sky11
Hugs are always free
 
Sky11's Avatar
 
Join Date: Feb 2006
Location: Lisboa
Posts: 4,909
Likes (Received): 4

Quote:
Originally Posted by JB. View Post
Há alguém que se atreva a fazer mais 100 ou 200 km só para evitar a travessia do Tejo? Até parece que o Tejo é um obstáculo assim tão grande... Com duas pontes e uma terceira a caminho isso não me parece uma justificação plausível para o uso da A6 em detrimento do IC31.
O IC31 vai, de facto, encurtar a ligação Lisboa - Madrid. Mas nem de perto nem de longe em 100 km....
Aposto em 30 no máximo.
__________________
Friendship is like the ocean. You can always see the beginning but you can never see how far it goes
Sky11 no está en línea   Reply With Quote
Old January 25th, 2010, 01:08 AM   #120
JB.
CB city
 
JB.'s Avatar
 
Join Date: Sep 2009
Location: Castelo Branco
Posts: 474
Likes (Received): 9



O que disse foi baseado naquela zona. É diferente ir na diagonal, como no IC31, que ir em linha recta e depois cortar para cima, como na entrada em Espanha pela A6. Posso ter exagerado, mas ainda são uns quilómetros valentes de diferença.
__________________
Castelo Branco - Portugal [X]
Castelo Branco - Zona de Lazer [X]
JB. no está en línea   Reply With Quote
Sponsored Links
Advertisement
 


Reply

Tags
arganil, coimbra, condeixa, lousã

Thread Tools

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off



All times are GMT +2. The time now is 06:25 AM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.11 Beta 4
Copyright ©2000 - 2019, vBulletin Solutions Inc.
vBulletin Security provided by vBSecurity v2.2.2 (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2019 DragonByte Technologies Ltd.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2019 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us