Projectos e Noticias do RIBATEJO - SkyscraperCity
 

forums map | news magazine | posting guidelines

Go Back   SkyscraperCity > European Forums > Fórum Português > Arquitectura e Urbanismo > Sul > Projectos


Global Announcement

As a general reminder, please respect others and respect copyrights. Go here to familiarize yourself with our posting policy.


Reply

 
Thread Tools
Old August 27th, 2008, 12:52 AM   #1
Cidade_Branca
Architect
 
Cidade_Branca's Avatar
 
Join Date: Jul 2004
Location: Lisboa
Posts: 12,300
Likes (Received): 3007

Santarém | Biblioteca Municipal | Guedes de Amorim

Santarém | Biblioteca Municipal | Guedes de Amorim

Projecto de nova biblioteca municipal de Santarém sem verbas para avançar

A Câmara de Santarém vai candidatar no Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN) o projecto de construção da nova biblioteca municipal no Campo Emílio Infante da Câmara. A construção do arquivo municipal no mesmo local, já está candidatado ao Quadro Comunitário de Apoio III.

A informação foi prestada à vereadora independente Luís Mesquita, que quis saber o ponto de situação dos dois processos, ambos lançados pelo anterior executivo, com a informação de que tinham projecto e candidaturas com meios para avançar.

O vice-presidente da autarquia, Ramiro Matos (PSD), disse que o projecto da biblioteca terá que ser reavaliado. “O projecto da biblioteca é antigo e alguma legislação foi já ultrapassada o que forçou à alteração do projecto inicial. A alteração produzida pelo arquitecto Guedes de Amorim, responsável pelo projecto, comportava um valor muito elevado”, explicou Ramiro Matos.

O vereador referiu que o QCA III não está esgotado em termos de verbas e que existe uma reserva de 5 por cento do total dos fundos para projectos ainda lançados até ao final da sua vigência.

Neste caso, salientou, terão de ser as autarquias a assumir 100 por cento do financiamento, para só serem ressarcidas ao final de dois anos. “O ministério da Cultura também nos informou que, neste momento, não dispõe de verbas para financiamento do projecto da biblioteca”, acrescentou.

in http://www.omirante.pt/index.asp?idE...Action=noticia
Cidade_Branca no está en línea   Reply With Quote
Sponsored Links
Advertisement
 
Old September 10th, 2009, 12:58 PM   #2
GND
Registered User
 
Join Date: May 2009
Posts: 97
Likes (Received): 1

Torres Novas | Projectos e Noticias

Hotel e parque de logística em Torres Novas


Aproveitar a excelente localização, com dois eixos rodoviários fundamentais (A1 e A23), a apetência dos terrenos da Zibreira para a instalação de áreas de logística e a necessidade de mais unidades hoteleiras de qualidade no concelho de Torres Novas são factores que levam o promotor a arriscar um investimento de 15 milhões de euros no Logistic Park Hotel da Zibreira cujo projecto foi apresentado oficialmente na sexta-feira, 4 de Setembro, no Castelo de Torres Novas.
Fernando Soares, consultor de investimento imobiliário, que descobriu várias “minas” no concelho de Torres Novas, e tem estado ligado aos negócios imobiliários do Grupo Mateus, não tem dúvidas do sucesso deste projecto. A obra vai arrancar no Outono e, segundo o promotor, tem condições para entrar em funcionamento em 2011. E já existem vários interessados em instalar-se nos 23 armazéns, com áreas diferenciadas até 600 m2 e a possibilidade de serem acoplados. Os espaços serão disponibilizados na nova área logística implantada num terreno com 37 mil m2, onde a logística ocupa 15 mil m2 e o hotel 3300 m2.

In: http://www.omirante.pt/index.asp?idE...Action=noticia
GND no está en línea   Reply With Quote
Old September 10th, 2009, 01:33 PM   #3
GND
Registered User
 
Join Date: May 2009
Posts: 97
Likes (Received): 1

Projectos e Noticias do RIBATEJO

...

Last edited by GND; March 2nd, 2012 at 03:58 PM.
GND no está en línea   Reply With Quote
Sponsored Links
Advertisement
 
Old September 10th, 2009, 01:39 PM   #4
GND
Registered User
 
Join Date: May 2009
Posts: 97
Likes (Received): 1

Dois novos hóteis aprovados para Abrantes

A Câmara Municipal de Abrantes já recebeu a aprovação da Direcção Geral do Turismo para avançar com o novo hotel no Barro Vermelho. Esta unidade hoteleira pertence ao grupo Starotéis e significa um investimento de 11 milhões de euros. Vai criar 60 novos postos de trabalho directos e deve entrar em funcionamento em 2010. Terá capacidade máxima de 112 camas e 224 utentes, distribuídas por 112 unidades de alojamento (9 das quais adaptadas a pessoas com mobilidade condicionada), sendo 83 quartos duplos, 8 suites e 21 apartamentos.
A Câmara aprovou também, esta semana, a instalação do Hotel Rural “Segredos de Aldeia”, uma unidade hoteleira que vai ser construída na localidade de Carreira do Mato, freguesia de Aldeia do Mato. O hotel está projectado para ter 10 quartos, uma sala de estar e refeições e um SPA, instalados em dois pisos e com uma área de implantação total de 663 metros quadrados. O investimento previsto é de 754 mil euros.

In:http://www.oribatejo.pt/2009/07/dois...para-abrantes/

GND no está en línea   Reply With Quote
Old September 10th, 2009, 01:43 PM   #5
GND
Registered User
 
Join Date: May 2009
Posts: 97
Likes (Received): 1

Alorna quer construir parque empresarial e hotel em Almeirim

A Sociedade Agrícola da Alorna está interessada em construir um parque empresarial, um hotel e vários serviços de apoio numa propriedade que possui junto à Estrada Nacional 114 à saída de Almeirim em direcção a Coruche e perto do acesso à Auto-Estrada 13 (A13). O estudo prévio para a construção do empreendimento já deu entrada na Câmara de Almeirim. A autarquia aprovou numa reunião extraordinária no dia 26 alterar o artigo 5º do Plano Director Municipal para permitir o investimento.


Segundo o presidente do município, Sousa Gomes (PS), esta alteração do PDM tem a ver com a definição do volume de ocupação que não tinha sido fixado para esta zona. Apesar do plano já prever a instalação naquela área de actividades diversificadas, como empresas ligadas ao comércio, serviços e outras instalações de apoio. Para que o investimento se concretize é necessário também elaborar um plano de pormenor para a zona, tarefa que foi delegada na sociedade agrícola que depois tem que submeter o documento à apreciação da autarquia.


Segundo o estudo prévio, a Alorna propõe-se a criar 78 lotes, dos quais 74 se destinam à instalação de empresas. Os restantes serão ocupados com portaria, o hotel com capacidade para 60 quartos, uma estação de serviço e instalações de apoio, que incluem salas de reuniões, bar, restaurante e sala de estar e de convívio.

In:http://www.omirante.pt/index.asp?idE...Action=noticia
GND no está en línea   Reply With Quote
Old September 10th, 2009, 01:52 PM   #6
GND
Registered User
 
Join Date: May 2009
Posts: 97
Likes (Received): 1

Central do Pego menos poluente

A Central do Pego assume a partir desta semana a liderança da produção de energia eléctrica em Portugal de uma forma “mais amiga” do ambiente. A central inaugurou oficialmente na terça-feira, dia 8, o sistema de redução de emissões que permitiu à central reduzir em 13 vezes as emissões de dióxidos de enxofre, em 5 vezes as partículas enviadas para atmosfera e em 5 vezes os óxidos de azoto. Este sistema representou um investimento de 170 milhões de euros, realizado entre 2006 e 2009, e permite à empresa cumprir já a partir deste ano metas ambientais europeias estabelecidas para apenas 2016. O projecto envolveu cerca de 400 trabalhadores directos e já permitiu a criação de mais 50 postos de trabalho em permanência, a juntar aos 250 trabalhadores que já existem na Central do Pego. Cerca de 50% do investimento teve incorporação nacional e 10 milhões foram mesmo gastos em fornecimento de bens e serviços de empresas locais.

A juntar a todo este investimento na actual central a carvão, os accionistas da Tejo Energia, empresa que detém a Central do Pego, criaram uma nova empresa a Elecgas que está já a construir no Pego uma nova central a gás natural de ciclo combinado. Uma central que terá uma capacidade de produzir 830 megawatts e que em conjunto com a central já existente, cuja capacidade é de 630 megawatts, vão tornar o Centro de Produção do Pego no maior pólo produtor de electricidade do país, com uma capacidade instalada de 1460 megawatts.

A nova central a gás representa um investimento de 530 milhões de euros e vai criar em permanência 60 novos postos de trabalho. Nesta altura, em que se atinge já o pico de construção, trabalham na construção da nova central cerca de 600 trabalhadores, um número que depressa vai chegar aos 700.

In:http://www.oribatejo.pt/2009/09/cent...enos-poluente/
GND no está en línea   Reply With Quote
Old September 10th, 2009, 02:22 PM   #7
GND
Registered User
 
Join Date: May 2009
Posts: 97
Likes (Received): 1

Câmara de Santarém aprova plano de urbanização para viabilizar complexo médico e social

A Câmara de Santarém aprovou a elaboração de um Plano de Urbanização para a zona onde a Lusofundo pretende construir um "complexo médico-social, de turismo e lazer" que poderá vir a ser classificado Projecto de Interesse Nacional (PIN).


O presidente da autarquia, Francisco Moita Flores (independente eleito pelo PSD), disse na reunião de segunda-feira que o investimento privado previsto para a Quinta da Capa Rota, Achete, irá resolver o problema da desertificação da zona central do concelho.


A unidade de cuidados continuados integrados, aliada a uma vertente de turismo e de lazer, num investimento da ordem dos 275 milhões de euros, foi anunciada por Moita Flores em Setembro como uma das partes do pacote de contrapartidas negociadas com o Governo na sequência da decisão de construir o novo aeroporto em Alcochete.


O autarca disse na altura que a unidade, a desenvolver por um consórcio francês, belga e suíço e que prevê a criação de 1.360 camas para a prestação de cuidados continuados e paliativos, irá gerar mais de 4.000 postos de trabalho directos (2.500), indirectos e induzidos, estando o processo a ser desenvolvido no âmbito da Agência Portuguesa de Investimento, podendo vir a ser classificado como PIN pelo Ministério da Economia.


O director do Departamento de Ordenamento e Desenvolvimento da autarquia, António Duarte, disse que caberá ao município estabelecer as orientações "do que poderá ser feito", assumindo uma função de coordenação do plano urbanístico.


Se for aprovado como PIN, qualquer alteração terá de voltar a ser submetida a ratificação camarária, disse o arquitecto, "sossegando" a vereadora não inscrita Luísa Mesquita, que manifestou o receio de a autarquia não ter qualquer poder de decisão sobre a intervenção a realizar no espaço.


António Duarte adiantou que o plano de urbanização será suportado por um contrato de planeamento a celebrar entre o município e os proprietários do terreno, estabelecendo "os parâmetros a respeitar na elaboração do plano".


"Entendemos que investimentos com esta dimensão e impacto social não aparecem todos os dias", devendo por isso "ser incentivados, particularmente numa zona para onde estamos a tentar encontrar parceiros que sirvam de motor às estratégias de desenvolvimento do Norte do concelho", afirma o arquitecto no parecer submetido à apreciação do executivo.


Segundo a proposta, apenas 35 por cento dos 223,28 hectares da propriedade serão urbanizados, com um índice bruto de construção de 0.175 parâmetros, "que dão garantias de qualidade e qualificação da envolvente", afirma o arquitecto, sublinhando que o plano deverá incluir um relatório de avaliação ambiental estratégica, "a ser concluído num prazo de dois anos e executado pelo proprietário do terreno, sob a orientação da Câmara".


O espaço poderá ser utilizado para construção de infra-estruturas de saúde e residências assistidas, para turismo e lazer, "associado às actividades agrícolas e aos elementos patrimoniais e históricos", sendo permitida uma altura de dois pisos, "admitindo-se até quatro pisos em figuras turísticas, residências assistidas e demais equipamentos ou usos de saúde e serviços".

In:http://www.omirante.pt/index.asp?idE...Action=noticia



Empreendimento A Santo:http://www.asantoimobiliaria.pt/defa...x?id=5&subid=1
GND no está en línea   Reply With Quote
Old September 11th, 2009, 12:51 PM   #8
GND
Registered User
 
Join Date: May 2009
Posts: 97
Likes (Received): 1

Parque do Almonda traz mais 325 estacionamentos a Torres Novas

As obras para a construção do parque de estacionamento subterrâneo do Almonda, em Torres Novas, arrancam na próxima segunda-feira, dia 7. A cerimónia de lançamento da primeira pedra decorreu este sábado, antes da inauguração oficial das obras de requalificação da envolvente do castelo de Torres Novas. Duas obras que para o presidente da Câmara Municipal, António Rodrigues, se juntam à requalificação da praça 5 de Outubro no projecto mais alargado de regeneração urbana da cidade.

O Parque de Estacionamento do Almonda vai reabilitar o antigo espaço da feira e agora transformado em espaço de estacionamento desregulado, numa obra que vai criar um espaço de estacionamento subterrâneo semi-enterrado com capacidade para 325 lugares de estacionamento pago, regulado por parquímetros. O novo parque é uma obra orçada em 3,5 milhões de euros e que é inteiramente suportada pela empresa vencedora do concurso, a Lena Engenharia e Construções, que vai ficar responsável pela sua exploração. O parque vai abranger uma área de 3740 metros quadrados e vai incluir na cobertura alguns lugares de estacionamento e uma zona verde com espaço para dois quiosques.

António Rodrigues referiu que está garantida a protecção das margens do rio e a continuidade da ligação pedonal entre a rua do Nogueiral e a ponte sobre o rio. O autarca justificou o atraso do início da obra como facto de ser um projecto que envolve “muita exigência técnica” e por compreender o período de estudo da empresa concessionária neste tempo de crise. O autarca referiu ainda que enquanto a obra durar – a previsão é que seja seis meses – vai ser possível estacionar em ambos os sentidos da Avenida 8 de Julho até à rotunda da Várzea. Também o parque por detrás do mercado é alternativa assim como o parque do Teatro Virgínia, que vai passar a ser pago, e o parque junta à Escola Prática de Polícia que também vai ter parquímetros.

O autarca pretende ainda avançar com dois novos parques de estacionamento no centro histórico, um no largo da Igreja de S. Salvador e outro no lugar de um antigo edifício contíguo à Câmara Municipal.

A comitiva seguiu depois rumo ao Castelo onde visitou as obras da envolvente, um projecto que custou cerca de 900 mil euros, financiados a 62% por fundos comunitários. A obra envolveu a construção de uma larga zona pedonal em torno do Castelo, que inclui um jardim árabe, um parcela que custou 480 mil euros. Foram também feitas obras nas torres, no valor de 200 mil euros e obras de fundo da Alcaidaria que custaram 250 mil euros. No decurso da obra foi também possível desenterra e recuperar uma antiga muralha fernandina e no futuro a autarquia quer recuperar a antiga muralha da cerca. “É a transformação de uma referência abandonada numa referência viva da cidade”, disse António Rodrigues.

O projecto de recuperação do Castelo envolve ainda, no futuro, a criação de motivos de atracção dentro das torres que poderão passar pela recriação da conquista de 1148, pela concessão do foral por D. Sancho em 1190 ou pelas invasões castelhanas. É também objectivo da autarquia recriar a lenda de Gil Paes e instalar dois telescópios, numa torre a sul e noutra a norte, para permitir aos visitantes ter uma vista diferente sobre a cidade e a paisagem. Também o jardim vai ser reorganizado para permitir acolher eventos desportivos e culturais e espectáculos.

In:O Ribatejo


Fotos:http://www.oribatejo.pt/2009/09/parq...-torres-novas/
GND no está en línea   Reply With Quote
Old September 11th, 2009, 01:04 PM   #9
GND
Registered User
 
Join Date: May 2009
Posts: 97
Likes (Received): 1

Chamusca lidera consórcio para aproveitamento de resíduos

A Câmara Municipal da Chamusca vai liderar um consórcio de 11 entidades que prevê um investimento global de 150 milhões de euros no EcoParque do Relvão, considerado uma infra-estrutura única no país na recolha e aproveitamento de resíduos.

Fonte da autarquia disse à agência Lusa que são 22 os projectos abrangidos na candidatura ao PROVERE (Programas de Valorização Económica de Recursos Endógenos), cuja estratégia de eficiência foi reconhecida oficialmente.

“Enquanto as outras candidaturas partem normalmente de um recurso natural existente no seu território, a nossa baseou-se no reconhecimento do potencial de uma infra-estrutura dedicada à recolha de resíduos – e onde se situam os dois únicos centros de recolha de resíduos industriais perigosos do país (CIRVER) – e ao aproveitamento energético e energias renováveis”, disse à Lusa o chefe de gabinete do presidente da Câmara, João Rodrigues.

A candidatura envolve as empresas já instaladas no EcoParque do Relvão, como os dois CIRVER ou o aterro da Resitejo, as que se estão a instalar, como a que vai tratar os resíduos hospitalares do país, e outras ainda em fase de projecto, disse.

Entre os projectos incluídos na candidatura encontra-se o que está a ser desenvolvido com o Instituto Superior Técnico (IST), o Simbio, que visa a criação de simbioses, de forma a que os resíduos de umas empresas instaladas no parque sirvam de matéria-prima para outras.

Também o Instituto Politécnico de Portalegre inseriu dois projectos, um destinado à criação de uma Unidade de Electrólise Alcalina Avançada, com vista à produção de hidrogénio como nova fonte de energia, e outro de aproveitamento de rícino como fonte energética alternativa, disse.

Há ainda projectos que visam a modernização dos sistemas produtivos das empresas e outros que visam a produção de energias alternativas, adiantou.

No caso da Resitejo, que faz a recolha dos resíduos urbanos na região, há um projecto para a optimização da recolha selectiva de resíduos e outro para valorização energética do biogás a partir de uma das células do aterro que já está encerrada.

A empresa Lena Ambiente tem um projecto para desenvolvimento de uma central de produção de electricidade a partir de resíduos orgânicos, que visa a produção de 15 Megawatts de energia/ano, num investimento de 48 milhões de euros.

A autarquia candidata um projecto para a infra-estruturação da segunda fase do EcoParque, com vista à instalação de novas empresas, a realização de estudos para aprofundamento do projecto com o Instituto Superior Técnico e para a eficiência energética do parque e ainda a criação de um Centro de Empresas, que deverá incluir um laboratório a ser utilizado por várias empresas, num valor total de perto de 5 milhões de euros.

As empresas envolvidas nesta candidatura passam a beneficiar de majorações e tratamento diferenciado na apresentação de candidaturas ao Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN).

Com a apresentação dos projectos, a decorrer depois de uma reunião com todas as entidades envolvidas destinada a iniciar a concretização da estratégia aprovada, a autarquia pretende divulgar as potencialidades do Relvão como “pólo de excelência na área dos resíduos e das energias renováveis”, disse.

In:http://www.oribatejo.pt/2009/09/cham...o-de-residuos/
GND no está en línea   Reply With Quote
Old September 11th, 2009, 07:31 PM   #10
Barragon
Barra for Friends
 
Barragon's Avatar
 
Join Date: Dec 2004
Location: Barreiro
Posts: 140,517
Likes (Received): 15746

Abrantes ainda não tem thread é uma cidade bonita... gostei do hotel
__________________
::: Portuguese Forum :::

Tocha :: Mira :: Vagos :: Ílhavo :: Praia da Barra :: Curia :: Anadia :: Oliveira do Bairro :: Águeda

Fat people are harder to kidnap
Barragon no está en línea   Reply With Quote
Old September 11th, 2009, 07:36 PM   #11
Barragon
Barra for Friends
 
Barragon's Avatar
 
Join Date: Dec 2004
Location: Barreiro
Posts: 140,517
Likes (Received): 15746

Gostei do site do grupo a santo
__________________
::: Portuguese Forum :::

Tocha :: Mira :: Vagos :: Ílhavo :: Praia da Barra :: Curia :: Anadia :: Oliveira do Bairro :: Águeda

Fat people are harder to kidnap
Barragon no está en línea   Reply With Quote
Old September 14th, 2009, 01:33 PM   #12
Barragon
Barra for Friends
 
Barragon's Avatar
 
Join Date: Dec 2004
Location: Barreiro
Posts: 140,517
Likes (Received): 15746

Urbanização do quartel divide Santarém

Oposição critica eventual urbanização de metade dos 26 hectares da antiga Escola Prática de Cavalaria. Moita Flores afirma que isso não está em causa. Assunto volta hoje à câmara

A proposta de elaboração de um plano de pormenor para os 26 hectares da antiga Escola Prática de Cavalaria que a Câmara de Santarém pretende adquirir à empresa pública Estamo está a gerar forte polémica na cidade. O assunto foi abordado na última reunião camarária e a votação foi adiada para a sessão de hoje, a pedido dos eleitos do PS. O executivo quer instalar ali a Fundação da Liberdade, com museus, auditórios e um parque ligado ao tema da liberdade e dos direitos humanos, e ocupar uma parte dos 26 hectares com áreas de habitação, comércio e serviços.

A oposição socialista não concorda, afirma que o executivo PSD pretende urbanizar cerca de 13 dos 26 hectares disponíveis e António Carmo (candidato do PS à câmara) já disse que isso gerará "uma densidade habitacional pesada, sacrificando a cidade com mais betão, quando actualmente existem muitos fogos para vender". O presidente da câmara, Francisco Moita Flores diz, por seu turno, que estas afirmações traduzem apenas "ignorância e algum histerismo pré-eleitoral" e que em causa "estão muito menos hectares de ocupação".

Na última sessão camarária, Moita Flores apresentou uma proposta para que fosse elaborado um plano de pormenor para 26, 2 hectares, incluindo áreas urbanizáveis (cerca de 13 hectares) e áreas de Reserva Ecológica, onde poderão ser instalados alguns equipamentos de cariz turístico. O autarca explicou que os parâmetros indicados visam também criar condições para que a Fundação da Liberdade "se alimente a si própria" e concretize os projectos previstos.

Já na semana passada, António Carmo defendeu que a câmara não deve tomar uma decisão destas a um mês das eleições autárquicas, sem ouvir a população. O candidato propõe, por isso, um amplo debate público e o adiamento da votação para depois das eleições. Embora admita que é necessário gerar receitas, António Carmo não aceita construção de alta densidade nesta zona e defende que sejam privilegiados espaços verdes e destinados ao desporto e lazer.

Moita Flores sustenta, por seu lado, que, nesta fase, está apenas em causa estabelecer parâmetros para a elaboração do plano. "Só com a aprovação prévia deste pressuposto, tal como do estudo de viabilidade financeira, que está a ser realizado, é que vai ser desenhado e proposto o futuro plano de pormenor", afirma o autarca, garantindo que ainda não há "nem arquitecto, nem distribuição de espaços", assim como não está ainda definida a localização dos vários equipamentos previstos para a Fundação da Liberdade.

Assegurando que, neste momento, trata-se apenas de um "banal procedimento administrativo", uma vez que o plano será apreciado e votado na câmara depois de feito, Moita Flores diz que sempre propôs que "este espaço fosse dedicado à Liberdade e não fosse permitida a especulação imobiliária em torno de um dos pilares da história de Santarém".

Público
__________________
::: Portuguese Forum :::

Tocha :: Mira :: Vagos :: Ílhavo :: Praia da Barra :: Curia :: Anadia :: Oliveira do Bairro :: Águeda

Fat people are harder to kidnap
Barragon no está en línea   Reply With Quote
Old September 14th, 2009, 01:34 PM   #13
Barragon
Barra for Friends
 
Barragon's Avatar
 
Join Date: Dec 2004
Location: Barreiro
Posts: 140,517
Likes (Received): 15746

Casa dos Patudos em obras para Centenário da República

Edifício de Alpiarça legado por José Relva - o homem que proclamou a República - será recuperado até Março

A Casa dos Patudos, em Alpiarça, está em obras até Março, com o objectivo de a transformar num pólo das comemorações nacionais do centenário da República. O imóvel e todo seu recheio, desde a pintura à escultura, tapeçaria e cerâmica, entre outras áreas artísticas, integram o importante legado que José Relvas deixou a Alpiarça e ao país.

Este destacado dirigente do Partido Republicano Português teve um papel de grande relevo na revolução de Outubro de 1910 e foi ele que proclamou a República da varanda dos Paços do Concelho de Lisboa, sendo depois o primeiro ministro das Finanças do regime republicano.

"A Casa dos Patudos necessitava de uma intervenção profunda para combater a natural degradação do edifício que, em certas áreas, ameaçava já a conservação da colecção", afirma Vanda Nunes, presidente da câmara local, a entidade responsável pelo legado. A autarca salienta que nas obras, que custarão 2,57 milhões de euros, serão reabilitadas áreas do edifício abandonadas ou fechadas desde a sua conversão em museu, na década de 1960. Além disso está previsto "criar uma loja e uma casa de chá com esplanada, ajardinar espaços, implantar relvados, prados e fiadas de vinha e dar mais visibilidade à personalidade de José Relvas e ao trabalho de Raul Lino, autor do projecto". Será também criado um centro de investigação relativo à vida e obra de José Relvas.

A par das obras em curso, a Casa dos Patudos vai ser sujeita a fortes alterações ao nível da sua gestão. "A manutenção das colecções é muito exigente do ponto de vista técnico e dispendiosa no plano financeiro. E a verdade é que o actual modelo de gestão não está adequado às exigências que impendem sobre os museus, tanto na perspectiva do turismo cultural como no da organização interna", observa Vanda Nunes. "Queremos um modelo que permita maior autonomia para planear as actividades, um financiamento mais consistente, um quadro de pessoal mais apetrechado e uma direcção mais responsabilizada", diz a autarca, frisando que um conselho consultivo coordenado por João Serra, comissário da Exposição sobre José Relvas que no ano passado esteve patente na Assembleia da República, está a contribuir para a definição do melhor tipo de gestão.

Público
__________________
::: Portuguese Forum :::

Tocha :: Mira :: Vagos :: Ílhavo :: Praia da Barra :: Curia :: Anadia :: Oliveira do Bairro :: Águeda

Fat people are harder to kidnap
Barragon no está en línea   Reply With Quote
Old September 18th, 2009, 12:16 AM   #14
traveler
BANNED
 
Join Date: Jun 2005
Posts: 8,875
Likes (Received): 300

15/09/2009
Nuno Miguel Brás e Marcos Simões Silva vencem concurso Ideias SIL
Os arquitectos Nuno Miguel Brás e Marcos Simões Silva vencerão o 1º prémio do IV Concurso Ideias SIL, com o projecto para a reconversão da praça de Toiros de Santarém e área envolvente. Este projecto, que contou com o apoio da Secção Regional Sul da Ordem dos Arquitectos (OASRS), tem uma «uma dupla valência: a Praça enquanto edifício e a Praça enquanto elemento urbano", valências essas que se interrelacionam e se “alimentam” mutuamente», lê-se na memória descritiva do projecto.
Este espaço será ainda «um grande edifício multiusos, capaz de receber múltiplos acontecimentos e espectáculos (…)». Enquanto elemento urbano, a Praça "está na génese do gesto com o qual se pretende responder às intenções urbanas traçadas. Esse gesto assume a forma da espiral que envolve o actual cilindro que define o edifício. Essa espiral vai resolvendo e criando em diferentes níveis, diversos espaços com múltiplas potencialidades e características, que complementam a grande arena multiuso»", de acordo com a memória descritiva do projecto.
traveler no está en línea   Reply With Quote
Old November 1st, 2009, 02:34 PM   #15
Barragon
Barra for Friends
 
Barragon's Avatar
 
Join Date: Dec 2004
Location: Barreiro
Posts: 140,517
Likes (Received): 15746

Quinta da Capa Rota - Santarém:

http://www.joaopaciencia.com/planurb...rota/vw02.html

__________________
::: Portuguese Forum :::

Tocha :: Mira :: Vagos :: Ílhavo :: Praia da Barra :: Curia :: Anadia :: Oliveira do Bairro :: Águeda

Fat people are harder to kidnap
Barragon no está en línea   Reply With Quote
Old November 2nd, 2009, 02:56 AM   #16
Império-CostaAzul
Pexito na Alma
 
Império-CostaAzul's Avatar
 
Join Date: Sep 2008
Location: Lisboa/Sesimbra
Posts: 4,194
Likes (Received): 169

Excelentes projectos, estou a gostar de ver
__________________
ESTRELA.LX

&

๑۩۞۩๑ Sesimbra ๑۩۞۩๑
Vila Pexita, Terra de Mar

"Entre muralhas, defesa lusitana, surge um oásis chamado Costa Azul, nenhum caminho até hoje conhecido nos levará a tão estimado Paraíso, só aqui a natureza toma forma, assim bem na Arrábida, no Oceano, no Sado, formas cheias de vida, uma árvore, um roaz, uma gaivota. Aqui o Homem sempre sorriu ao futuro, numa união de terra, rio, serra e mar."
Império-CostaAzul no está en línea   Reply With Quote
Old November 2nd, 2009, 12:37 PM   #17
Barragon
Barra for Friends
 
Barragon's Avatar
 
Join Date: Dec 2004
Location: Barreiro
Posts: 140,517
Likes (Received): 15746

Este último então
__________________
::: Portuguese Forum :::

Tocha :: Mira :: Vagos :: Ílhavo :: Praia da Barra :: Curia :: Anadia :: Oliveira do Bairro :: Águeda

Fat people are harder to kidnap
Barragon no está en línea   Reply With Quote
Old November 2nd, 2009, 06:53 PM   #18
Wolf2009
Lobito for friends
 
Wolf2009's Avatar
 
Join Date: Jun 2008
Location: Vila Nogueira de Azeitão
Posts: 10,946
Likes (Received): 11

Quote:
Originally Posted by Império-CostaAzul View Post
Excelentes projectos, estou a gostar de ver
Concordo contigo
__________________
Azeitão a Concelho

Dizer que não existe alternativa é o contrário da Liberdade
Wolf2009 no está en línea   Reply With Quote
Old November 17th, 2009, 01:49 AM   #19
Barragon
Barra for Friends
 
Barragon's Avatar
 
Join Date: Dec 2004
Location: Barreiro
Posts: 140,517
Likes (Received): 15746



Valley Park - Cartaxo

http://www.risco.org/pt/02_03_valleypark.html
__________________
::: Portuguese Forum :::

Tocha :: Mira :: Vagos :: Ílhavo :: Praia da Barra :: Curia :: Anadia :: Oliveira do Bairro :: Águeda

Fat people are harder to kidnap
Barragon no está en línea   Reply With Quote
Old December 11th, 2009, 09:44 PM   #20
Cidade_Branca
Architect
 
Cidade_Branca's Avatar
 
Join Date: Jul 2004
Location: Lisboa
Posts: 12,300
Likes (Received): 3007

Projectos e Notícias de ABRANTES

Política 10 Dez 2009, 01:00h


Autarquia de Abrantes aprova orçamento de 37 milhões de euros para 2010


A Câmara Municipal de Abrantes, de maioria socialista, aprovou, com os votos contra da oposição, o Plano de Actividades e Orçamento para 2010 que ascende a 37 milhões de euros.


Segundo a presidente da autarquia, Maria do Céu Albuquerque, o modelo de gestão do Plano de Actividades, Investimentos e Orçamento para o próximo ano “tem por base o Plano Estratégico Abrantes + Viva”, apresentado nas últimas eleições autárquicas, “embora integre a estratégia do anterior executivo", nomeadamente os projectos e obras em curso.


Dos projectos que transitam do ano de 2009, a autarca destacou a conclusão da construção do novo quartel dos Bombeiros, a requalificação da margem sul do Aquapolis – Parque Urbano Ribeirinho, a par da construção de um Centro Náutico e da concepção de um projecto para a requalificação do parque de campismo de Rossio ao Sul do Tejo.


Céu Albuquerque destacou ainda a conclusão do projecto de arquitectura do futuro Museu Ibérico de Arqueologia e Arte, a elaboração dos projectos para os novos centros escolares de Bemposta, Alferrarede e Rio de Moinhos e a comparticipação da Câmara nos projectos da nova Escola Superior de Tecnologia de Abrantes e da requalificação da Escola D. Miguel de Almeida.


Ao nível do planeamento, o Plano integra a continuação da revisão do Plano Director Municipal, a conclusão dos planos de pormenor dos parques industriais (norte e sul) e da área ribeirinha norte, bem como a conclusão do plano de pormenor da zona industrial do Pego.


No campo da Cultura, Turismo e Desporto, a autarquia aposta em 2010 na criação de uma Rota do Património Arqueológico, no desenvolvimento da Grande Rota do Zêzere e na valorização do Tejo através da projecção do Centro de Interpretação do Tejo Ibérico e dos percursos ribeirinhos.


Segundo Céu Albuquerque, o Plano e Orçamento “são condicionados pela contratualização do conjunto de investimentos assumidos até ao ano de 2013 e outros compromissos no âmbito do Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN) e de outros instrumentos de incentivo”.


O Plano de Actividades e Orçamento da Câmara de Abrantes vão ser discutidos e votados na próxima Assembleia Municipal, que está marcada para dia 18 de Dezembro.


IN http://www.omirante.pt/noticia.asp?i...Action=noticia




Câmara de Abrantes aumenta orçamento

Autor Bruno Oliveira em destaque, twitter, Últimas Dez 10, 2009

O orçamento da Câmara Municipal de Abrantes para o próximo ano, no valor global de cerca de 37 milhões de euros, foi aprovado pela maioria socialista com os votos contra dos vereadores do PSD e do movimento Independentes pelo Concelho de Abrantes (ICA). O orçamento para 2010 é superior em cerca de dois milhões de euros em relação ao do ano passado, um aumento que se baseia nos projectos previstos que vão ter comparticipação dos fundos comunitários, mas também na diminuição da despesa corrente, o que permite à autarquia aumentar a despesa de investimento.

O orçamento agora aprovado, representa, na sua essência o programa eleitoral socialista sufragado nas eleições. Este é, segundo a presidente da Câmara Municipal de Abrantes, Maria do Céu Albuquerque, um orçamento de alguma contenção face ao momento de crise económica, com preocupações assentes na redução da despesa. Maria do Céu Albuquerdestacou ainda o conjunto de projectos que vão ser ser implementados ao nível dao apoio à terceira idade e da área social, como generalização do Balcão Social Móvel, que tem por objectivo percorrer as freguesias; a criação do programa FINSOCIAL para apoio às actividades associativas com intervenção social; a criação do Centro de Inclusão Social; a instalação da residência universitária no Centro Histórico e a implementação dos Centros Comunidade Viva nas freguesias.

Projectos para 2009 Dos projectos que transitam do ano de 2009, destacam-se, a conclusão da construção do Quartel dos Bombeiros; o Aquapolis, com a requalificação da margem Sul, de Rossio ao Sul do Tejo; a construção do Centro Náutico na margem Norte; a conclusão do projecto de arquitectura do futuro Museu Ibérico de Arqueologia e Arte; a elaboração dos projectos para os centros escolares de Bemposta, Alferrarede e Rio de Moinhos e a comparticipação da Câmara nos projectos da nova ESTA e da requalificação da Escola D. Miguel de Almeida. A Requalificação do Jardim do Castelo também está prevista, assim como a execução da Estação da Biodiversidade na quinta da Arca D’Água, local onde vai nascer num lago artificial a construir um carpódromo. O centro histórico da cidade também está contemplado para 2010 com o lançamento do Programa Integrado de Valorização do Centro Histórico de Abrantes em que se inclui o projecto para o novo Mercado Diário e a requalificação do Vale da Fontinha, local que irá acolher o parque de feiras e mercados da cidade.

Está ainda prevista a conclusão do projecto para distribuição de água ao sul do concelho a partir da albufeira do Castelo do Bode e o lançamento do plano de pormenor do centro histórico. Trata-se por isso, segundo Maria do Céu Albuquerque, de um “orçamento ambicioso, face à situação actual nacional e internacional”.

Centros escolares representam maior investimento

Dois milhões de euros é o valor previsto para a conclusão da margem Sul do Aquapólis, maior obra a construir em 2010 e que engloba a requalificação da margem, a criação de uma praça com quiosques, para actividades comerciais. A acrescentar ainda o lançamento do concurso do Centro Náutico, na marquem Norte do Aquapólis. Outra das áreas com maior investimento em 2010 é a educação. O financiamento da Câmara para a construção do novo edifício da Escola Superior de Tecnologia, as obras de requalificação da Escola D. Miguel de Almeida e a construção de três novos centros escolares a juntar a Chainça e Pego, que deverão ficar concluídos no início de 2010, somam um dos maiores investimentos da autarquia.

Jerónimo Belo Jorge

jeró[email protected]

IN http://www.oribatejo.pt/2009/12/cama...nta-orcamento/
Cidade_Branca no está en línea   Reply With Quote
Sponsored Links
Advertisement
 


Reply

Tags
abrantes, almeirim, lezíria, projectos, ribatejo, rio maior, santarém

Thread Tools

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off



All times are GMT +2. The time now is 10:56 AM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.11 Beta 4
Copyright ©2000 - 2019, vBulletin Solutions Inc.
vBulletin Security provided by vBSecurity v2.2.2 (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2019 DragonByte Technologies Ltd.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2019 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us