Juiz de Fora (MG) - Page 13 - SkyscraperCity
 

forums map | news magazine | posting guidelines

Go Back   SkyscraperCity > Latin American & Caribbean Forums > Brasil > Fóruns Gerais > Projetos e Obras > Brasil em Obras


Global Announcement

As a general reminder, please respect others and respect copyrights. Go here to familiarize yourself with our posting policy.


Reply

 
Thread Tools Rating: Thread Rating: 602 votes, 4.92 average.
Old November 6th, 2010, 06:10 AM   #241
Leojf
Registered User
 
Leojf's Avatar
 
Join Date: Jan 2008
Location: Rio de Janeiro/RJ
Posts: 2,815
Likes (Received): 31

Quote:
Originally Posted by Driano MG View Post
Notícias das obras de asfaltamento da Independência, JF parou de novo...

Na Independência

Obras de asfaltamento param trânsito do Centro



Eduardo Vanini, Júlia Pessôa e Sandra Zanella
Repórteres

As obras do programa “Nova Juiz de Fora” deram um nó no trânsito da região central, entre a manhã e a tarde de ontem. Como os trabalhos de troca do asfalto da Avenida Independência estavam concentrados entre os cruzamentos com Getúlio Vargas e Batista de Oliveira - importante área para a fluidez do tráfego - o movimento chegou a ser interrompido em vários trechos, provocando um efeito cascata na Avenida Rio Branco, até o Bairro Manoel Honório, na Zona Leste, e na Avenida Brasil. Vias adjacentes também ficaram tumultuadas. Quem mais sofreu foram funcionários e usuários de coletivos. Uma fila de ônibus se formou na Getúlio Vargas, e passageiros chegaram a esperar meia-hora para atravessar a via. A retenção chegava até o Mergulhão. Os picos de estrangulamento aconteceram entre 10h e 11h e entre 13h30 e 15h30. O fluxo voltou ao normal depois das 16h, quando os trabalhos foram suspensos.

O problema tomou essa dimensão devido ao dia e ao horário em que as obras foram executadas. Segundo informações da Secretaria de Transporte e Trânsito (Settra), como acontece toda sexta-feira, o volume de veículos nas ruas é 20% superior aos outros dias da semana. No entanto, como explicou a assessoria da pasta, o fluxo ficou ainda maior por ser véspera do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que traz um grande número de pessoas à cidade para a realização das provas, das quais participarão mais de 18 mil estudantes hoje e amanhã.

Diante da situação, a maioria dos passageiros dos coletivos preferiu seguir a pé para seus destinos, enquanto motoristas chegaram a desligar os veículos e aguardar do lado de fora. Um professor que preferiu não se identificar contou que saiu do Bairu, na Zona Leste, por volta das 9h30 e, 40 minutos depois de permanecer no engarrafamento, preferiu seguir andando. “Normalmente, levo 15 minutos de ônibus até a Getúlio Vargas. Ninguém sabia o que estava acontecendo. Só quando passamos do Mergulhão é que vimos a extensão do problema.” O presidente da Associação de Moradores do Centenário, Zona Leste, contou que, durante a tarde, os ônibus que ligam o bairro ao Centro demoraram mais de duas horas para retornar. O resultado foram pontos lotados e muitos moradores se deslocando a pé. “Pessoas que precisavam trabalhar ou estudar não tiveram outra alternativa”, pontuou.

A Settra deslocou 14 agentes de trânsito para os pontos mais críticos na tentativa de amenizar o problema. No entanto, os trabalhos não foram suficientes para conter a insatisfação dos juizforanos. “Estas intervenções precisam ter um planejamento melhor ou ser feitas fora de horários de pico. Da forma como são realizadas, é impossível encontrar caminhos alternativos para evitar este caos”, reclama a pedagoga Beatriz Saleh da Cunha, que optou por ir a pé do Santa Terezinha, região Nordeste, ao Centro. Para quem estava de carro, o clima também era de apreensão. A empresária Janaína Gomes enfrentou 40 minutos de congestionamentos na Getúlio e estava atrasada para um consulta médica. “Desde que começaram essas obras, estou sempre retida em vários pontos da cidade. Os trabalhos têm que ser feitos em outro horário. Durante a tarde é insustentável.”

PJF diz não ter alternativas
A Secretaria de Obras informou, por meio da assessoria, que, devido ao perfil dinâmico das obras, o ritmo de produção é diferente a cada dia. Sendo assim, não é possível definir em qual dia cada trecho será atendido. A assessoria disse, ainda, não ser possível trabalhar exclusivamente em feriados e finais de semana, pelo fato de haver um cronograma a ser cumprido. Com o tumulto de ontem, a secretaria interrompeu os serviços mais cedo, por volta das 16h, para evitar retenções no horário de pico da tarde. Amanhã, em função da aplicação das provas do Enem e da realização da Corrida do Fogueira, os serviços foram suspensos. As conclusão das intervenções está prevista para 15 de dezembro.

Barão de Cataguases
Ainda na manhã de ontem, a construção de uma rede de captação pluvial na Rua Barão de Cataguases agravou o transtorno na cidade. Na cruzamento da via com a Rua Santo Antônio, o tráfego ficou retido por cerca de uma hora, causando reflexos na Rua Benjamin Constant e na Rua Roberto de Barros.”É um absurdo a cidade parar desta forma em plena sexta-feira, está tudo congestionado”, diz a vendedora Jeanne Barbosa. A moradora de um prédio na Barão de Cataguases, que preferiu não ser identificada, reclama, ainda, que há pouca orientação à população. “Fui obrigada a alugar uma vaga em outro lugar porque não pude ter acesso à minha própria garagem, e não sabia que isso ia acontecer.”

http://www.tribunademinas.com.br/geral/geral10.php
Obra da transtorno mesmo, mas isso ai é so pra trocar asfalto, imagina quando fizerem obras maiores na Getulio Vargas e Rio Branco
Leojf no está en línea   Reply With Quote
Sponsored Links
Advertisement
 
Old November 6th, 2010, 07:03 AM   #242
Driano MG
Mineiro da Mata
 
Driano MG's Avatar
 
Join Date: Sep 2007
Location: Juiz de Fora
Posts: 11,255
Likes (Received): 2703


Vou começar a estocar alimento no meu trabalho, ninguém vai conseguir chegar em casa...

Mas sério essas obras já estão dando transtornos ainda maires do que imaginei, infelizmente pelo traçado da cidade eu não vejo alternativas, só espero que eles executem as obras da Rio Branco e Getúlio no período de férias das faculdades pra situação ficar um pouco menos caótica.
Driano MG no está en línea   Reply With Quote
Old November 6th, 2010, 07:10 AM   #243
Driano MG
Mineiro da Mata
 
Driano MG's Avatar
 
Join Date: Sep 2007
Location: Juiz de Fora
Posts: 11,255
Likes (Received): 2703

Quote:
Originally Posted by Leojf View Post
A inauguração do Sales ta prevista para terceira semana de dezembro
É pelo visto o pessoal já vai fazer as compras de Natal nele...
Driano MG no está en línea   Reply With Quote
Sponsored Links
Advertisement
 
Old November 6th, 2010, 04:21 PM   #244
Renan MG
The Force´s Strong in you
 
Renan MG's Avatar
 
Join Date: Dec 2005
Location: Juiz de Fora -MG-
Posts: 588
Likes (Received): 1

Valeu, pessoal ! De fato, quem é vivo sempre aparece, e enfim reapareci, kkkkkkkkkk !

Passo todos os dias ao lado dessa obra do Sales,e achei muito legal eles terem usado aquele espaço para construir um supermercado. O bairro bandeirantes, apesar de já ter mais de 10mil habitantes, não tem um mercado de verdade, assim como Bom Clima e Quintas também não possuem. Vai ter uma demanda boa !
Renan MG no está en línea   Reply With Quote
Old November 7th, 2010, 12:00 AM   #245
silviomarques
Registered User
 
silviomarques's Avatar
 
Join Date: Mar 2010
Location: Juiz de Fora
Posts: 3,333
Likes (Received): 308

Quote:
Originally Posted by Driano MG View Post

Vou começar a estocar alimento no meu trabalho, ninguém vai conseguir chegar em casa...

Mas sério essas obras já estão dando transtornos ainda maires do que imaginei, infelizmente pelo traçado da cidade eu não vejo alternativas, só espero que eles executem as obras da Rio Branco e Getúlio no período de férias das faculdades pra situação ficar um pouco menos caótica.
Não entendo porque eles não estão fazendo tudo de uma só vez, ou melhor, porque eles não sobem as tampas da cesama e outras mais ao mm tempo que asfaltam.
Depois é outro transtorno com aqueles cavaletes.
silviomarques no está en línea   Reply With Quote
Old November 7th, 2010, 03:45 AM   #246
Leojf
Registered User
 
Leojf's Avatar
 
Join Date: Jan 2008
Location: Rio de Janeiro/RJ
Posts: 2,815
Likes (Received): 31

CD DO BAHAMAS

É de impressionar a magnitude do Centro de Distribuição - com área superior a 350 mil metros quadrados - que o Bahamas está construindo na BR-040, no trevo da BR-267. A obra, em ritmo acelerado, inclui na primeira etapa um pavilhão com 20 mil metros quadrados e o setor administrativo da rede do supermercado.
Na visita que o superintendente comercial da Rádio Solar, Sinval Cruz e este colunista fizeram ao CD do Bahamas, os diretores Jovino Campos e Paulo Roberto Lopes confirmaram para fevereiro o início das operações

Fonte:http://www.tribunademinas.com.br/dois/cesar.php
Leojf no está en línea   Reply With Quote
Old November 7th, 2010, 12:00 PM   #247
silviomarques
Registered User
 
silviomarques's Avatar
 
Join Date: Mar 2010
Location: Juiz de Fora
Posts: 3,333
Likes (Received): 308

Quote:
Originally Posted by Renan MG View Post
Valeu, pessoal ! De fato, quem é vivo sempre aparece, e enfim reapareci, kkkkkkkkkk !

Passo todos os dias ao lado dessa obra do Sales,e achei muito legal eles terem usado aquele espaço para construir um supermercado. O bairro bandeirantes, apesar de já ter mais de 10mil habitantes, não tem um mercado de verdade, assim como Bom Clima e Quintas também não possuem. Vai ter uma demanda boa !
Seja bem vindo de novo Renam.
Pois é, muitas pessoas destes bairros acabavam se deslocando para fazer suas compras. O Sales está fazendo um grande investimento na região e pelo menos por enquanto não terá concorrência.
silviomarques no está en línea   Reply With Quote
Old November 7th, 2010, 06:35 PM   #248
flavioengineer
Progresso para JF!
 
flavioengineer's Avatar
 
Join Date: Oct 2010
Location: Juiz de Fora
Posts: 1,599
Likes (Received): 435

Quote:
Originally Posted by Driano MG View Post
Notícias das obras de asfaltamento da Independência, JF parou de novo...

Na Independência

Obras de asfaltamento param trânsito do Centro



Eduardo Vanini, Júlia Pessôa e Sandra Zanella
Repórteres

As obras do programa “Nova Juiz de Fora” deram um nó no trânsito da região central, entre a manhã e a tarde de ontem. Como os trabalhos de troca do asfalto da Avenida Independência estavam concentrados entre os cruzamentos com Getúlio Vargas e Batista de Oliveira - importante área para a fluidez do tráfego - o movimento chegou a ser interrompido em vários trechos, provocando um efeito cascata na Avenida Rio Branco, até o Bairro Manoel Honório, na Zona Leste, e na Avenida Brasil. Vias adjacentes também ficaram tumultuadas. Quem mais sofreu foram funcionários e usuários de coletivos. Uma fila de ônibus se formou na Getúlio Vargas, e passageiros chegaram a esperar meia-hora para atravessar a via. A retenção chegava até o Mergulhão. Os picos de estrangulamento aconteceram entre 10h e 11h e entre 13h30 e 15h30. O fluxo voltou ao normal depois das 16h, quando os trabalhos foram suspensos.

O problema tomou essa dimensão devido ao dia e ao horário em que as obras foram executadas. Segundo informações da Secretaria de Transporte e Trânsito (Settra), como acontece toda sexta-feira, o volume de veículos nas ruas é 20% superior aos outros dias da semana. No entanto, como explicou a assessoria da pasta, o fluxo ficou ainda maior por ser véspera do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que traz um grande número de pessoas à cidade para a realização das provas, das quais participarão mais de 18 mil estudantes hoje e amanhã.

Diante da situação, a maioria dos passageiros dos coletivos preferiu seguir a pé para seus destinos, enquanto motoristas chegaram a desligar os veículos e aguardar do lado de fora. Um professor que preferiu não se identificar contou que saiu do Bairu, na Zona Leste, por volta das 9h30 e, 40 minutos depois de permanecer no engarrafamento, preferiu seguir andando. “Normalmente, levo 15 minutos de ônibus até a Getúlio Vargas. Ninguém sabia o que estava acontecendo. Só quando passamos do Mergulhão é que vimos a extensão do problema.” O presidente da Associação de Moradores do Centenário, Zona Leste, contou que, durante a tarde, os ônibus que ligam o bairro ao Centro demoraram mais de duas horas para retornar. O resultado foram pontos lotados e muitos moradores se deslocando a pé. “Pessoas que precisavam trabalhar ou estudar não tiveram outra alternativa”, pontuou.

A Settra deslocou 14 agentes de trânsito para os pontos mais críticos na tentativa de amenizar o problema. No entanto, os trabalhos não foram suficientes para conter a insatisfação dos juizforanos. “Estas intervenções precisam ter um planejamento melhor ou ser feitas fora de horários de pico. Da forma como são realizadas, é impossível encontrar caminhos alternativos para evitar este caos”, reclama a pedagoga Beatriz Saleh da Cunha, que optou por ir a pé do Santa Terezinha, região Nordeste, ao Centro. Para quem estava de carro, o clima também era de apreensão. A empresária Janaína Gomes enfrentou 40 minutos de congestionamentos na Getúlio e estava atrasada para um consulta médica. “Desde que começaram essas obras, estou sempre retida em vários pontos da cidade. Os trabalhos têm que ser feitos em outro horário. Durante a tarde é insustentável.”

PJF diz não ter alternativas
A Secretaria de Obras informou, por meio da assessoria, que, devido ao perfil dinâmico das obras, o ritmo de produção é diferente a cada dia. Sendo assim, não é possível definir em qual dia cada trecho será atendido. A assessoria disse, ainda, não ser possível trabalhar exclusivamente em feriados e finais de semana, pelo fato de haver um cronograma a ser cumprido. Com o tumulto de ontem, a secretaria interrompeu os serviços mais cedo, por volta das 16h, para evitar retenções no horário de pico da tarde. Amanhã, em função da aplicação das provas do Enem e da realização da Corrida do Fogueira, os serviços foram suspensos. As conclusão das intervenções está prevista para 15 de dezembro.

Barão de Cataguases
Ainda na manhã de ontem, a construção de uma rede de captação pluvial na Rua Barão de Cataguases agravou o transtorno na cidade. Na cruzamento da via com a Rua Santo Antônio, o tráfego ficou retido por cerca de uma hora, causando reflexos na Rua Benjamin Constant e na Rua Roberto de Barros.”É um absurdo a cidade parar desta forma em plena sexta-feira, está tudo congestionado”, diz a vendedora Jeanne Barbosa. A moradora de um prédio na Barão de Cataguases, que preferiu não ser identificada, reclama, ainda, que há pouca orientação à população. “Fui obrigada a alugar uma vaga em outro lugar porque não pude ter acesso à minha própria garagem, e não sabia que isso ia acontecer.”

http://www.tribunademinas.com.br/geral/geral10.php
NOSSA! Com essa foto Juiz de Fora tá igualzinha a Bombaim na Índia!
A cidade tá um caos e esse prefeito salafrário só sabe roubar dinheiro da população aumentando o IPTU!
flavioengineer no está en línea   Reply With Quote
Old November 7th, 2010, 10:34 PM   #249
Driano MG
Mineiro da Mata
 
Driano MG's Avatar
 
Join Date: Sep 2007
Location: Juiz de Fora
Posts: 11,255
Likes (Received): 2703

Quote:
Originally Posted by Leojf View Post
CD DO BAHAMAS

É de impressionar a magnitude do Centro de Distribuição - com área superior a 350 mil metros quadrados - que o Bahamas está construindo na BR-040, no trevo da BR-267. A obra, em ritmo acelerado, inclui na primeira etapa um pavilhão com 20 mil metros quadrados e o setor administrativo da rede do supermercado.
Na visita que o superintendente comercial da Rádio Solar, Sinval Cruz e este colunista fizeram ao CD do Bahamas, os diretores Jovino Campos e Paulo Roberto Lopes confirmaram para fevereiro o início das operações

Fonte:http://www.tribunademinas.com.br/dois/cesar.php
O tamanho impressiona mesmo...
Driano MG no está en línea   Reply With Quote
Old November 8th, 2010, 11:47 AM   #250
silviomarques
Registered User
 
silviomarques's Avatar
 
Join Date: Mar 2010
Location: Juiz de Fora
Posts: 3,333
Likes (Received): 308

Quote:
Originally Posted by flavioengineer View Post
NOSSA! Com essa foto Juiz de Fora tá igualzinha a Bombaim na Índia!
A cidade tá um caos e esse prefeito salafrário só sabe roubar dinheiro da população aumentando o IPTU!
Pois é, não adianta mais ficar adiando as obras. Há anos ouvimos falar na construção de viadutos para a cidade...
JF realmente não foi planejada para crescer tanto, e com o volume de construções atual já se pode imaginar o que vem por aí, principalmente se nada for feito.
silviomarques no está en línea   Reply With Quote
Old November 8th, 2010, 11:16 PM   #251
Renan MG
The Force´s Strong in you
 
Renan MG's Avatar
 
Join Date: Dec 2005
Location: Juiz de Fora -MG-
Posts: 588
Likes (Received): 1

ALGUMA COISA precisará ser feita, isso é fato !
O problema do trânsito em JF só piora a cada ano e definitivamente chegará a um nível insuportável se nada for feito nos próximos 10-15 anos ou até menos !
Meu pai trabalha na MRS e disse-me que a empresa vai construir na cidade cerca de 5 viadutos nos próximos 5 anos. Veremos !
Renan MG no está en línea   Reply With Quote
Old November 9th, 2010, 12:21 AM   #252
Leojf
Registered User
 
Leojf's Avatar
 
Join Date: Jan 2008
Location: Rio de Janeiro/RJ
Posts: 2,815
Likes (Received): 31

Quote:
Originally Posted by Renan MG View Post
ALGUMA COISA precisará ser feita, isso é fato !
O problema do trânsito em JF só piora a cada ano e definitivamente chegará a um nível insuportável se nada for feito nos próximos 10-15 anos ou até menos !
Meu pai trabalha na MRS e disse-me que a empresa vai construir na cidade cerca de 5 viadutos nos próximos 5 anos. Veremos !
Tomara, tem q ser feito obras, o quanto antes melhor
Leojf no está en línea   Reply With Quote
Old November 9th, 2010, 03:49 AM   #253
Leojf
Registered User
 
Leojf's Avatar
 
Join Date: Jan 2008
Location: Rio de Janeiro/RJ
Posts: 2,815
Likes (Received): 31

Sem sinalização, obras viram transtorno em JF

Renata Brum
Repórter

Atrasos ou perda de compromissos, estresse, nervosismo, poeira, pontos de ônibus desativados e outros lotados. São situações vividas atualmente pelos juiz-foranos que moram ou transitam diariamente pela região central que, desde julho, passa por diversas frentes de obras dentro do programa “Nova Juiz de Fora”. Apesar das intervenções resultarem em melhorias para o município, o transtorno toma dimensão ampliada pela ausência de sinalização e orientação aos motoristas. Desde a primeira intervenção, na Santo Antônio, o reflexo negativo no trânsito é sentido pela população. Diante da aproximação das festas de fim de ano, quando o fluxo tende a crescer cerca de 15%, segundo a Settra, a preocupação só aumenta.

Atualmente seis pontos passam por obras (clique aqui e confira a arte). Um dos principais corredores da cidade, a Avenida Independência, está sendo recapeada e fresada. Quem circula e trabalha na via fala sobre o quanto as obras afetam a rotina e colaboram para pequenos acidentes, como registrados ontem. Pouco antes das 10h, o choque entre um ônibus e uma máquina utilizada na obra levou à interdição momentânea da pista da Independência no sentido Centro/Cascatinha. Por volta das 14h, um motociclista chegou a colidir a moto contra o para-choque de um Gol, sofrendo escoriações pelo corpo. Como a via já operava em meia pista, os acidentes causaram lentidão no trânsito, com reflexos nas avenidas Rio Branco e Getúlio Vargas.

Para o proprietário de uma lanchonete instalada na avenida, Saulo Henriques, 46 anos, as obras deveriam ser realizadas em horários alternativos. “Não existe obras em avenidas principais em plena luz do dia em qualquer cidade do porte de Juiz de Fora. É um absurdo. ” O motorista Raphael Lemos, 27, diz que tenta pegar rotas alternativas, mas não consegue escapar. “Se você passa por outra via, outros motoristas também pensaram a mesma coisa e vai estar tudo parado também. A alternativa que tenho adotado para fugir da Independência é passar pela Rua Antônio Dias, acessando o Granbery e a Rio Branco, seguindo para os bairros da Zona Sul, ou então utilizando a Conexão Sul.”

Ainda na Independência, o trecho entre a Curva do Lacet e o Pórtico Sul da UFJF também traz transtorno para os motoristas. Como muitos condutores precisam reduzir pelo trecho em aclive, os que seguem atrás acabam batendo nos veículos da frente. O pastor Cristiano Franco lamenta o resultado no tráfego. “Morei em Belo Horizonte quatro anos e lá é um verdadeiro canteiro de obras, mas a maioria é realizada aos fins de semana ou de madrugada.”

Na Olegário Maciel, o sistema de drenagem precisa ser concluído para que o recapeamento do trecho entre as ruas Padre Café e Almirante Barroso aconteça. Para os comerciantes, o trabalho segue em ritmo lento. Já na Barão de Cataguases, os motoristas que são surpreendidos com a interdição reclamam da ausência de orientação: “não há avisos prévios em vias anteriores à interdição”, desabafa a representante comercial Érica Freitas, 35.

As obras também afetam diretamente quem depende do transporte coletivo. A fisioterapeuta Rosilane Ribeiro, 35, conta que ficou mais de uma hora no ponto. “Não passava ônibus. Tive que pedir meu pai para me buscar.” Já os moradores da Luiz Perry queixam-se da demora na conclusão das obras.

Secretário admite falha e promete intensificar orientação
Ontem também teve início a retirada das antigas calçadas da Rua Santo Antônio, o que deixou o trânsito em meia pista entre Marechal Deodoro e Floriano Peixoto, causando retenções nas proximidades. Segundo a Secretaria de Obras (SO), as obras complementam o projeto de reurbanização da Santo Antônio e estão sendo realizadas em parceria com os moradores. Apesar de a secretaria garantir que o projeto privilegiará a acessibilidade e a melhoria da circulação em geral, quem passa pelo local reclama. “Fica difícil andar e acessar os estabelecimentos e os prédios”, comenta Moacir Weiss, proprietário de uma academia.

Na mesma região será realizado hoje o asfaltamento da Luiz Perry, entre a Santo Antônio e a Olegário Maciel, o que requer ainda mais atenção dos motoristas. Já entre as ruas Olímpio Reis e Visconde de Mauá, as obras de drenagem continuam.

O secretário de Obras, Jefferson Rodrigues, admite que há falhas na orientação dos motoristas e promete intensificar as campanhas de divulgação das obras, sobretudo porque, para o próximo ano, estão previstas as construções das trincheiras da Praça dos Três Poderes e da Benjamin Constant. “A tendência é piorar, pois teremos que cercar e isolar áreas para conseguirmos erguer essas obras. Mas os juiz-foranos precisam entender que é para a melhoria da cidade.”

O secretário adianta que apenas as obras da Santo Antônio e da parte alta da Independência devem se arrastar durante dezembro. “A previsão é de que o recapeamento da Independência seja concluído até a próxima semana. Depois finalizaremos as obras na Olegário, o que também tende a causar algum transtorno, para depois ficarmos apenas com a drenagem e o recapeamento da Independência, perto da UFJF e, com a Santo Antônio, onde as interferências serão mínimas. O objetivo é liberar a região central antes das festas de fim de ano, mas não podemos simplesmente suspender as obras.”

Jefferson ainda explica que a prioridade da Prefeitura tem sido realizar as obras com o menor tempo e custo possíveis, o que exclui a possibilidade de realizar as intervenções durante os fins de semana ou durante as madrugadas.”Se trabalharmos somente nos finais de semana, as obras se arrastarão. Se trabalharmos à noite, além de perturbar o descanso dos moradores, o custo fica muito mais alto por conta do adicional noturno e, com isso, conseguiríamos realizar menos obras.”



Fonte: http://www.tribunademinas.com.br/geral/geral20.php
Leojf no está en línea   Reply With Quote
Old November 9th, 2010, 02:53 PM   #254
flavioengineer
Progresso para JF!
 
flavioengineer's Avatar
 
Join Date: Oct 2010
Location: Juiz de Fora
Posts: 1,599
Likes (Received): 435

Bom dia a todos! Algumas considerações merecem ser feitas sobre a caótica situação em que se encontra nossa cidade de Juiz de Fora com relação à essas 6 obras.
A primeira delas é a respeito da formação profissional do senhor Jefferson Rodrigues, secretário de obras. Ele é formado em quê? Ele possui formação em Engenharia de Trânsito? Porque o que Juiz de Fora mais precisa é de um bom gestor de trânsito, o que me parece não ser o referido secretário.
A segunda consideração é a respeito da datas iniciadas das referidas obras. Porque não iniciaram no mês de JULHO/2010, quando o tráfego de veículos decresce consideravelmente? E se a Prefeitura já tinham os recursos em caixa para a realização das mesmas?
A terceira consideração e talvez a mais importante delas é sobre o horário em que essas 6 obras estão sendo feitas. Juiz de Fora é uma cidade que cresceu encravada entre morros e possui uma área plana pouco extensa, o que pode ser notado para onde nascem novos bairros: 80% deles em área de morro. Além disso, nossa cidade cresceu completamente de modo desordenado e sem nenhum projeto urbanistico-arquitetonico que pudesse contornar o problema da dimensão e tamanho das avenidas e ruas, que são extremamente estreitas. Por essa razão e pelo elevado número de usuários automobilísticos e usuários de coletivos, a melhor saída deveria ser a seguinte:
2 turnos de trabalhos de 12 horas para os finais de semana, o primeiro turno iniciaria às 3 h da manhã de sábado e terminaria às 3h da manhã de domingo. O segundo turno iniciaria às 3h da manhã de domingo e terminaria às 3h de segunda. Além disso, não seria necessário iniciar 6 obras de uma só vez!
Em Belo Horizonte, a Prefeitura sempre avisa com antecedencia de dias quando, onde e quanto tempo durarão as obras em vias públicas. Em relação ao horário, é assim que se trabalha nos EUA, onde os cidadãos são sempre respeitados e seus impostos são valorizados.
Nós estamos pagando uma fortuna de IPTU! Nenhum outro prefeito onerou tanto o cidadão juizforense(juizforano) com tão enorme carga tributária e ainda tem o descaramento de tratar seus eleitores e não eleitores com o mínimo de respeito e consideração.
Tenho certeza de que esse será o último mandato de vida pública do senhor Custódio Mattos e sua curriola incompetente, que não consegue gerir com competência e duvido até, com honestidade, os recursos recebidos dos tributos arrecadados.

Toda mudança pode gerar um certo desconforto e chamar recapeamento e alguns asfaltamentos de NOVA JUIZ DE FORA, é no minimo, um acinte à nossa inteligência. Além disso, uma outra crítica: você contraram pintores de paredes ou o quê para fazer o recapeamento do asfalto? Por que o recapeamento tem bordas irregulares e não chega até à margem das divisas e calçadas??? Preguiça ou incompentencia de terminar o serviço? Um absurdo! O da Av. Independencia tem vários pontos de irregularidades, tanto de espessura quanto de margem recapeada. O mesmo vale para a rua Santo Antônio.
Senhor Prefeito: nos faça um favor: nos respeite!
flavioengineer no está en línea   Reply With Quote
Old November 9th, 2010, 03:24 PM   #255
Driano MG
Mineiro da Mata
 
Driano MG's Avatar
 
Join Date: Sep 2007
Location: Juiz de Fora
Posts: 11,255
Likes (Received): 2703


Concordo, qq pessoa leiga saberia que essas obras da maneira que estão sendo executadas causariam esses transtornos, a empresa que ganhou a licitação é de São Carlos mas com a supervisão direta da Secretária de Obras em todas as frentes. Não é possível uma cidade como a nossa ainda ter uma metodologia de execução de uma cidade de 10 mil habitantes.

Se em Matias Barbosa no ano passado o asfaltamento da área central causou tumulto por ter sido feito durante o horário comercial (e olha que foi feito mais aos sábados) imagina então em JF... as vezes é inacreditável o amadorismo da nossa administração, não só do Custódio mas dos outros anteriores tb, meu pai sempre fala que tem saudades do Melo Reis, ele governava a cidade de forma eficiente no presente mas tb preparava ela pro futuro.

Last edited by Driano MG; November 9th, 2010 at 08:58 PM.
Driano MG no está en línea   Reply With Quote
Old November 9th, 2010, 03:28 PM   #256
Driano MG
Mineiro da Mata
 
Driano MG's Avatar
 
Join Date: Sep 2007
Location: Juiz de Fora
Posts: 11,255
Likes (Received): 2703

Deixando claro que a cidade precisa e mto dessas melhorias, reconheço que a topografia e o traçado da cidade não ajudam mto numa adequação de tráfego nessas situações, mas deixar pra fazer uma obra na Independência, próximo já do final do ano e em horário de pico é demais...
Driano MG no está en línea   Reply With Quote
Old November 9th, 2010, 08:42 PM   #257
Leojf
Registered User
 
Leojf's Avatar
 
Join Date: Jan 2008
Location: Rio de Janeiro/RJ
Posts: 2,815
Likes (Received): 31

Isso ai, falta planejamento. Achar q os impactos das obras vão se resolver por si so ñ da, mas deixa-las de fazer tb ñ da.
Leojf no está en línea   Reply With Quote
Old November 10th, 2010, 03:42 AM   #258
Leojf
Registered User
 
Leojf's Avatar
 
Join Date: Jan 2008
Location: Rio de Janeiro/RJ
Posts: 2,815
Likes (Received): 31

Nas principais vias

Calçada padronizada melhora acessibilidade



Juiz de Fora terá novas calçadas. A padronização dos passeios acontece em toda a extensão de quatro dos mais importantes eixos da região central: na Santo Antônio - onde intervenções começaram na última segunda-feira -, na Olegário Maciel e nas avenidas Independência e Rio Branco. Esta última sofrerá, ainda, a remodelação dos canteiros centrais. Segundo a Prefeitura, a licitação para a escolha da empresa que implantará a nova estrutura das floreiras está em andamento, e o resultado deve ser conhecidos nas próximas semanas. Com a alteração das calçadas, o objetivo é garantir mais conforto, segurança e acessibilidade para todos os juiz-foranos, principalmente idosos, gestantes e deficientes físicos. Em um projeto piloto, o Bairro Santa Cruz, na Zona Norte, também foi escolhido e receberá as mesmas intervenções nas calçadas.

A remodelação dos passeios está incluída no plano de reurbanização do programa “Nova Juiz de Fora” e estava prevista em todos os corredores que receberam ou estão recebendo obras de drenagem e novo asfaltamento. O Executivo estuda a proposta de estender o projeto para toda a cidade, como adiantou, ontem, em entrevista à Tribuna, o prefeito Custódio Mattos (PSDB). “Tivemos um conflito inicial em razão de a manutenção de calçadas ser de responsabilidade dos proprietários dos imóveis, porém, como as calçadas na área central são de uso comum, fizemos uma reunião com os representantes de condomínios da Rua Santo Antônio, e o custo será dividido. Os moradores pagarão por uma calçada simples, mas adotaremos um padrão diferenciado, visando a melhoria da acessibilidade e da circulação. A ideia é qualificar esteticamente e funcionalmente os espaços centrais. Temos um projeto de lei alinhavado para restringir a liberdade de construção das calçadas. Com isso, ao longo do tempo, Juiz de Fora, terá uma única padronagem para os passeios”, explicou o prefeito.

Arquiteto e chefe do Departamento de Projetos da Secretaria de Obras, Leonardo de Paula apresentou o novo modelo. Segundo ele, a calçada será dividida em três faixas. Uma de serviço, que ficará próxima ao meio-fio e será construída em piso intertravado, e onde serão acomodados todos os equipamentos e mobiliários urbanos, como postes, árvores, lixeiras e placas. A faixa central será construída com piso direcional tátil para orientar os deficientes, sendo que nas esquinas será instalado o piso de alerta. A terceira faixa, chamada “faixa livre”, será destinada em piso de concreto antiderrapante, para a circulação em geral dos pedestres sem obstáculos e sem ondulações e deformidades.

Além do novo piso, que terá cores diferenciadas para alertar os transeuntes, a reurbanização prevê novos meios-fios pré-moldados e novas sarjetas, que serão moldadas em concreto na transição do asfalto novo para o meio-fio. O arquiteto destacou ainda a implantação de outros elementos que trarão segurança. “Não serão somente novas calçadas. Ao longo das esquinas teremos dispositivos para a travessia de pedestres. Em algumas, faremos rampas em sequência da calçada, e em outras a rampa ampliada que aproxima as esquinas e define as baias de estacionamento, além do ‘traffic calming’ - faixa diferenciada em piso intertravado e piso tátil.”

Somente na Santo Antônio, entre a Independência e Paula Lima, conforme o arquiteto, são quase dois quilômetros de novas calçadas . A expectativa é de que em quatro meses as intervenções nesta rua sejam concluídas. A elaboração do projeto contou com a participação de um grupo de arquitetos da cidade.

Na Rio Branco e na Independência, a faixa de serviço da calçada será concluída com pedras portuguesas. “Vamos reaproveitar as pedras que estão nas vias e são facilmente removíveis, mas o conceito será o mesmo desenvolvido na Santa Antônio”, explicou Leonardo.

Canteiros
Já os canteiros centrais serão mais baixos do que os atuais cerca de 30 centímetros e contarão com irrigação automática. Eles serão construídos com bloco pré-moldado de concreto, cercando toda a floreira. Segundo o arquiteto, um cano possibilitará o escoamento direto da água para a sarjeta, evitando infiltração. “Eles serão mais baixos, medindo cerca de 50 centímetros. As árvores serão mantidas, mas a vegetação baixa precisará ser modificada”, explica.



Fonte: http://www.tribunademinas.com.br/geral/geral20.php

Last edited by Leojf; November 10th, 2010 at 04:25 AM.
Leojf no está en línea   Reply With Quote
Old November 10th, 2010, 03:46 AM   #259
Renan MG
The Force´s Strong in you
 
Renan MG's Avatar
 
Join Date: Dec 2005
Location: Juiz de Fora -MG-
Posts: 588
Likes (Received): 1

É complicado, pessoal... sinceramente tenho medo do problema do trânsito em JF... não sei como isso irá se resolver. Alguns já falaram em metrô. Realmente adiantaria algo ???
Renan MG no está en línea   Reply With Quote
Old November 10th, 2010, 03:49 AM   #260
Renan MG
The Force´s Strong in you
 
Renan MG's Avatar
 
Join Date: Dec 2005
Location: Juiz de Fora -MG-
Posts: 588
Likes (Received): 1

Bom, hoje eu passei pela avenida independência e até que ela está boa de dirigir. Mesmo que irregular em alguns pontos, pelo menos não tem buracos, hehehe !

Senti INVEJA quando estive na Av. Paulista em São Paulo. O asfalto é incrivelmente bom lá !!!

E naquela região da independência para cima, há muitos e muitos prédios UC. Fiquei impressionado com a obra do hospital, ela é bem grande mesmo. Na UFJF também pode-se ver muitas obras UC, o que inclui um PLANETÁRIO e um novo ICH (Instituto de Ciências Humanas)
Renan MG no está en línea   Reply With Quote
Sponsored Links
Advertisement
 


Reply

Tags
juiz de fora, minas gerais

Thread Tools
Rate This Thread
Rate This Thread:

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off



All times are GMT +2. The time now is 09:12 PM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.11 Beta 4
Copyright ©2000 - 2019, vBulletin Solutions Inc.
vBulletin Security provided by vBSecurity v2.2.2 (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2019 DragonByte Technologies Ltd.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2019 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us