Porto | Projectos de Reabilitação Urbana - Page 5 - SkyscraperCity
 

forums map | news magazine | posting guidelines

Go Back   SkyscraperCity > European Forums > Fórum Português > Arquitectura e Urbanismo > Porto > Projectos


Global Announcement

As a general reminder, please respect others and respect copyrights. Go here to familiarize yourself with our posting policy.


Reply

 
Thread Tools
Old March 4th, 2007, 05:24 PM   #81
JohnnyMass
Whatever
 
JohnnyMass's Avatar
 
Join Date: Feb 2005
Location: Porto
Posts: 45,988
Likes (Received): 1511

gostava de saber mais propriamente "como" é que vão manter o que dizem que vão manter... é que a ver pelo render as coberturas e volumes dos edifícios estão completamente diferentes. Os edifícios têm alturas diferentes e aparecem tb todos da mesma altura.

ou seja, vão manter as fachadas mas o carácter será completamente adulterado com a adição de mais pisos.
__________________
Edit my Signature
JohnnyMass no está en línea   Reply With Quote
Sponsored Links
Advertisement
 
Old March 4th, 2007, 07:41 PM   #82
Fern
...
 
Fern's Avatar
 
Join Date: Dec 2004
Location: Lisbon
Posts: 17,468
Likes (Received): 2152

Nesse sentido pode-se sempre contar com a tua visao! Espero que nao fique mais uma adaptacao horrivel como as que querem fazer na avenida da liberdade...
De resto e' bom que se reabilite o quarteirao.
Fern no está en línea   Reply With Quote
Old March 4th, 2007, 08:06 PM   #83
Phobos
Registered User
 
Phobos's Avatar
 
Join Date: Sep 2003
Location: Porto
Posts: 9,540

@Portvscalem:Não lembro-me de já ter visto isso.Se puderes faz um thread com esse projecto!


Quote:
Originally Posted by JohnnyMass View Post
gostava de saber mais propriamente "como" é que vão manter o que dizem que vão manter... é que a ver pelo render as coberturas e volumes dos edifícios estão completamente diferentes. Os edifícios têm alturas diferentes e aparecem tb todos da mesma altura.

ou seja, vão manter as fachadas mas o carácter será completamente adulterado com a adição de mais pisos.
Não parece que seja o caso.Se reparares bem eles vão mudar os telhados,mas não a volumetria dos edificios.O unico edificio mais alto do que o resto é o da esquina,e esse ficará mais alto também depois da reforma,só que com outra configuração de telhado.Ao nivel da rua acredito que não será perceptível essa mudança nos telhados.
__________________
www.deforma.wordpress.com
Phobos no está en línea   Reply With Quote
Sponsored Links
Advertisement
 
Old March 4th, 2007, 09:43 PM   #84
O Prof Godin
O Prof Godin
 
O Prof Godin's Avatar
 
Join Date: Sep 2006
Location: Coimbra
Posts: 6,689
Likes (Received): 33

Parece-me bem…
O Prof Godin no está en línea   Reply With Quote
Old March 4th, 2007, 09:50 PM   #85
Arpels
Αλέξανδρος
 
Arpels's Avatar
 
Join Date: Aug 2004
Location: Guarda/Barreiro
Posts: 53,138
Likes (Received): 381

assim a olho visto parece td bem, seria interessante ver o outro lado do quarteirão....
Arpels no está en línea   Reply With Quote
Old March 4th, 2007, 10:16 PM   #86
Marco Bruno
Les cites obscures
 
Marco Bruno's Avatar
 
Join Date: Aug 2003
Location: Lisbon
Posts: 10,654
Likes (Received): 3570

O Burmester tem pouca coisa construída, mas o que tem construído gosto!
__________________
Lx Projectos
Marco Bruno no está en línea   Reply With Quote
Old March 5th, 2007, 12:17 AM   #87
JohnnyMass
Whatever
 
JohnnyMass's Avatar
 
Join Date: Feb 2005
Location: Porto
Posts: 45,988
Likes (Received): 1511

Quote:
Originally Posted by Fern View Post
Nesse sentido pode-se sempre contar com a tua visao! Espero que nao fique mais uma adaptacao horrivel como as que querem fazer na avenida da liberdade...
De resto e' bom que se reabilite o quarteirao.
pode contar-se com a minha visão? não percebi.
__________________
Edit my Signature
JohnnyMass no está en línea   Reply With Quote
Old March 5th, 2007, 02:27 AM   #88
Fern
...
 
Fern's Avatar
 
Join Date: Dec 2004
Location: Lisbon
Posts: 17,468
Likes (Received): 2152

O facto de nao te deixares levar pela conversa da recuperacao, visto que muitas vezes acabam por adulterar os edificios para fazer mais dinheiro.
Fern no está en línea   Reply With Quote
Old March 6th, 2007, 09:22 PM   #89
JohnnyMass
Whatever
 
JohnnyMass's Avatar
 
Join Date: Feb 2005
Location: Porto
Posts: 45,988
Likes (Received): 1511

ah sim, disso não tenho a menor dúvida... espero estar enganado embora os renders não enganem.
__________________
Edit my Signature
JohnnyMass no está en línea   Reply With Quote
Old March 21st, 2007, 04:19 PM   #90
mynuster
12 Years of SSC!
 
mynuster's Avatar
 
Join Date: Aug 2006
Location: Viseu
Posts: 8,456
Likes (Received): 424

Porto | Centro Histórico começa a Renascer


Projectos de requalificação dos imóveis estão expostos na Porto Vivo - Sociedade de Reabilitação

O Centro Histórico do Porto vai começar a ganhar nova vida já a partir do segundo semestre do próximo ano. A SACHE - Solidariedade e Amizade, Cooperativa de Habitação Económica, que comprou cinco imóveis na zona, espera que as obras de requalificação estejam concluídas naquela data e os apartamentos habitados de imediato. Enquanto isso, já comprou mais um prédio e está em negociações com vista a novas aquisições. "Há muitos interessados em viver na Baixa", reconheceu Pedro Dias Ferreira, presidente da Direcção da Cooperativa.

Para os projectos de requalificação dos imóveis - comprados no ano passado, em leilão, à Câmara do Porto - a SACHE convidou jovens arquitectos, cujos trabalhos estão expostos na Porto Vivo, Sociedade de Reabilitação Urbana.

Joana Restivo e Filipe Simões Moreira são os responsáveis pelo projecto da Rua de Trás. Por seu lado, o trabalho de António Oliveira, Rafael Sousa e Teresa Rafael irá resultar na requalificação do edifício da Rua de D. Hugo (este projecto foi, igualmente, o vencedor do concurso).

O projecto de Telmo Castro irá ganhar corpo na Rua do Corpo da Guarda e o de David Miguel Malheiro na Rua da Laje. Nuno Abrantes e Rodrigo Brito são os autores do projecto de requalificação do prédio da Rua de Mouzinho da Silveira.

Obras em breve


É intenção da SACHE iniciar as obras de requalificação no segundo semestre deste ano e tem havido "reuniões constantes", com a Porto Vivo.

"Nos prédios das ruas do Corpo da Guarda e de Mouzinho da Silveira, teremos de andar ao ritmo da Sociedade de Reabilitação Urbana (SRU), pois já existe um documento estratégico para o quarteirão onde estão inseridos. Os outros edifícios podem ser licenciados autonomamente e o processo é mais rápido", revelou Pedro Dias Ferreira.

Uma das condições impostas pelo leilão, era a apresentação dos pedidos de licenciamento no prazo de um ano. "Temos tido reuniões constantes, com a SRU, pois os imóveis que comprámos estão situados em quarteirões diferentes (ruas de Mouzinho da Silveira, do Corpo da Guarda, de Trás, de D. Hugo e da Laje). Mas está tudo a ser resolvido", sublinhou o presidente da SACHE.

Mais compras

A procura de habitações no Centro Histórico está a aumentar, principalmente junto dos mais jovens, o que já levou a cooperativa a comprar mais um imóvel, na Rua de Trás.

"Estamos a negociar com a Câmara do Porto a compra do prédio ao lado, por forma a emparcelarmos os dois. E estamos a negociar mais aquisições, seja com a autarquia, com a SRU ou privados. Consideramos que esta é uma forma essencial de reabilitar o Centro Histórico e a Baixa do Porto. É uma forma mais barata de comprar uma casa com qualidade na Baixa da cidade", sublinhou Pedro Dias Ferreira.

A SACHE, que constrói para o segmento médio-alto, tem registado um aumento crescente de inscrições de "filhos da primeira geração dos nossos sócios" e já tem "sócios em lista de espera" para casas no Centro Histórico.

"Muita gente ainda tem algum receio de vir para a Baixa por razões de segurança. A vantagem de uma cooperativa é que só constrói quando tem compradores. Isto é, assim que seja finalizada a reconstrução de um prédio, ele é imediatamente habitado", concluiu Pedro Dias Ferreira.
__________________
mynuster no está en línea   Reply With Quote
Old March 21st, 2007, 05:24 PM   #91
Herrmando
Registered User
 
Join Date: Jul 2004
Posts: 10,073
Likes (Received): 848

Já fui ver essa exposição. Tem alguns bons trabalhos, uns preservando quase completamente as fachadas, outros com opções mais ambiciosas e modernas. Esse que aparece na foto, por exemplo, não gostei:p
Herrmando no está en línea   Reply With Quote
Old March 21st, 2007, 06:12 PM   #92
Arpels
Αλέξανδρος
 
Arpels's Avatar
 
Join Date: Aug 2004
Location: Guarda/Barreiro
Posts: 53,138
Likes (Received): 381

bem este k aparece na foto é de fugir se for para fazrem isto tenham paciencia bem k o pessoal do porto podia ir la cobrir os projectos
Arpels no está en línea   Reply With Quote
Old April 3rd, 2007, 03:43 AM   #93
traveler
BANNED
 
Join Date: Jun 2005
Posts: 8,885
Likes (Received): 300

Porto Vivo SRU e BPI assinam protocolo

Porto Vivo SRU e BPI assinam protocolo
A Porto Vivo SRU e o BPI assinaram recentemente um protocolo segundo o qual o BPI se tornará o Banco Patrocinador Oficial do Concurso de Ideias para a Revitalização da Frente Ribeirinha do Porto na Zona de Intervenção Prioritária, a ser lançado. Este acordo define ainda um conjunto de produtos financeiros que o Banco passará a disponibilizar para o apoio especializado ao investimento em Reabilitação Urbana no Centro Histórico e na Baixa Portuense.
Os produtos e condições a disponibilizar pela instituição bancária visam o financiamento ao investidor a realizar pelos actuais proprietários dos imóveis, e também o que vier a ser realizado por novos investidores em reabilitação, com destaque para o Crédito Habitação, com vantagens acrescidas, para aquisição, troca de casa, construção, obras e transferência de outra instituição de crédito. Este protocolo foi assinado no passado dia 23 de Março, na presença do Presidente do Conselho de Administração do BPI, Artur Santos Silva, e do Presidente do Conselho de Administração da Porto Vivo, SRU, Arlindo Cunha.
traveler no está en línea   Reply With Quote
Old April 3rd, 2007, 03:59 AM   #94
Daniel_Portugal
I Love You... Soraia
 
Daniel_Portugal's Avatar
 
Join Date: Sep 2005
Location: PORTO Metro Area
Posts: 28,107
Likes (Received): 45

grande BPI.

excelente noticia. mais um gigante a patrocinar este movimento so pode trazer bons resultados.

fico mt contente k haja mta gente a querer investir na baixa portuense. e muita gente interessada em viver na baixa portuense. aquilo está de facto a melhorar. ainda ontem tive lá e ja tem tado mais movimentado do que ha algum tempo.

daki a 10/15 anos espero ver na baixa uma "zona industrial" historica.
__________________
pila
Daniel_Portugal no está en línea   Reply With Quote
Old April 3rd, 2007, 01:54 PM   #95
Portvscalem
a revolta da francesinha
 
Portvscalem's Avatar
 
Join Date: Jan 2007
Location: Porto/Barcelona
Posts: 10,260
Likes (Received): 101

ei ei ei ei .....isso soou memo mal...zona industrial.....bahhhhhhh
realme nte a baixa ta a melhorar...o outr dia tb dei lá um saltinho....fui à FNAC, e ao via catarina.....
Portvscalem no está en línea   Reply With Quote
Old April 23rd, 2007, 05:36 AM   #96
marcoaraujo
Registered User
 
Join Date: May 2006
Posts: 714
Likes (Received): 337

Novo fôlego na Baixa do Porto em 2008

A requalificação da Baixa do Porto vai ganhar um novo fôlego no próximo ano. O Banco Europeu de Investimento (BEI) vai emprestar 200 milhões de euros para a revitalização dos centros históricos do Porto e Lisboa, sendo que o Porto vai receber a grande fatia do bolo. Parte daquela verba começará a ser aplicada, já em 2008, na renovação dos espaços públicos da Baixa portuense e na criação de infraestruturas mais modernas. A ideia é melhorar a qualidade dos centros urbanos e, assim, atrair investimento privado.

As zonas prioritárias dos Aliados, Mouzinho e Infante vão ser as primeiras a beneficiar dos milhões do BEI, conforme explicou, ao JN, Arlindo Cunha, presidente do Conselho de Administração da Porto Vivo/SRU (Sociedade de Reabilitação Urbana). "Vai servir para avançar com uma série de projectos para parques de estacionamento, melhorias nos arruamentos e nas infraestruturas, como a electricidade e o gás", afirmou o responsável.

O crédito permitá, também, pôr em marcha o projecto desenhado para o quarteirão da Sé/Vitória. Ali, uma das ideias é criar alojamento a baixos custos para estudantes, ateliês e residências para idosos.

O empréstimo do BEI enquadra-se num plano mais vasto de reabilitação dos centros históricos de Lisboa e do Porto, que envolve um investimento de 1,5 mil milhões de euros e que visa também dinamizar o mercado do arrendamento. O crédito europeu, concedido a 30 anos, representa 10% do total do investimento que se pretende executar até 2009. A grande parte do financiamento (90%) terá de ser privada. Os 200 milhões de euros vão ser geridos pelo futuro Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana (IHRU), que substituirá o Instituto Nacional da Habitação (INH) e o Instituto de Gestão do Património Habitacional do Estado (IGAPHE).

O plano de recuperação das zonas históricas prevê intervenções em dez mil fracções, cuja área bruta ascende a 1,57 milhões de metros quadrados. A maior parte das obras é para executar no Porto, onde está prevista a recuperação de edificado correspondente a uma área bruta de 1,25 milhões de metros quadrados.

Benefícios fiscais na Baixa

Ao contrário do que inicialmente previa a Porto Vivo, o empréstimo, cujo contrato foi assinado entre o BEI e o IHRU no passado dia 15 de Março, só poderá ser usado em 2008 porque não foi inscrito no Orçamento de Estado deste ano. Terá, assim, de ser incluído no Orçamento do próximo ano, de forma a que as verbas sejam disponibilizadas.

As melhorias que as obras vão proporcionar no espaço público deverão funcionar como chamariz ao investimento privado. Essa é, aliás, uma das teses defendidas, desde o início, pela Porto Vivo, a par da necessidade de beneficiar quem aposta na Baixa.

Nesse sentido, a SRU apresentou, recentemente, uma simulação (ver infográfico) que compara os custos da reabilitação no centro histórico e Baixa portuense com os custos da construção nova fora da Baixa. Em suma, construir uma habitação com 100 metros quadrados fora da zona de intervenção da Porto Vivo, custa mais 45% do que reabilitar um imóvel com a mesma área no centro histórico do Porto (área Património Mundial). Quem optar por reabilitar na Baixa em vez de comprar fora ganha 15%.

As vantagens decorrem, em grande parte, dos benefícios fiscais para quem aposta na reabilitação do edificado. De acordo com a mesma simulação, e com os mesmos parâmetros de comparação, a construção nova fora da Baixa tem mais 38% de carga fiscal do que a reabilitação no centro histórico.

Os encargos fiscais atractivos proporcionam competitividade e, como tal, a Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto comparou estes custos em seis concelhos do Grande Porto e concluiu que o Porto está num nível intermédio. A comparação faz parte do estudo estratégico para o enquadramento de intervenções de reabilitação urbana na Baixa do Porto, elaborado em 2004, que serviu de base ao masterplan da Porto Vivo. Segundo o documento, em termos de encargos fiscais, é mais barato construir/reconstruir no Porto do que em Gaia, na Maia e em Valongo. Matosinhos e Gondomar são os concelhos mais competitivos.
__________________
http://galerialisboa.com.sapo.pt -> As melhores fotos da capital
marcoaraujo no está en línea   Reply With Quote
Old April 23rd, 2007, 11:02 AM   #97
Arpels
Αλέξανδρος
 
Arpels's Avatar
 
Join Date: Aug 2004
Location: Guarda/Barreiro
Posts: 53,138
Likes (Received): 381

a zona da Sé bem precisa contudo acho pouco dinheiro para tanta coisa a fazer....
Arpels no está en línea   Reply With Quote
Old April 23rd, 2007, 06:35 PM   #98
pedrodepinto
Feliz 2019 ;)!
 
pedrodepinto's Avatar
 
Join Date: Nov 2006
Posts: 30,620
Likes (Received): 695

Quote:
Originally Posted by Arpels View Post
a zona da Sé bem precisa contudo acho pouco dinheiro para tanta coisa a fazer....
, a zona da Sé está um tanto "degradada"; quanto ao dinheiro depende do que for feito e com o quê ...
pedrodepinto no está en línea   Reply With Quote
Old April 24th, 2007, 03:30 AM   #99
Phobos
Registered User
 
Phobos's Avatar
 
Join Date: Sep 2003
Location: Porto
Posts: 9,540

Excelente notícia.Espero que os beneficios fiscais voltem a trazer gente para o Porto,e principalmente,para a Baixa.
__________________
www.deforma.wordpress.com
Phobos no está en línea   Reply With Quote
Old April 24th, 2007, 11:42 AM   #100
Arpels
Αλέξανδρος
 
Arpels's Avatar
 
Join Date: Aug 2004
Location: Guarda/Barreiro
Posts: 53,138
Likes (Received): 381

Quote:
Originally Posted by pedrodepinto View Post
, a zona da Sé está um tanto "degradada"; quanto ao dinheiro depende do que for feito e com o quê ...
o que eu queria dizer é k se é para arranjar fachadas e deixar os edificios desabitados não vai dar em grande coisa, com o tempo os prédios vão degradando e nem se combate a fuga aos centros antigos nem se resolve o problema da degradação k é mais rápida com os prédios desabitados.
Arpels no está en línea   Reply With Quote
Sponsored Links
Advertisement
 


Reply

Tags
centro historico, porto, reabilitação, urbana

Thread Tools

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off



All times are GMT +2. The time now is 01:26 AM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.11 Beta 4
Copyright ©2000 - 2019, vBulletin Solutions Inc.
vBulletin Security provided by vBSecurity v2.2.2 (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2019 DragonByte Technologies Ltd.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2019 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us