CP Turístico e Histórico | Comboio Presidencial - Comboio Histórico do Douro - MiraDouro - Comboio Histórico do Vouga - Page 4 - SkyscraperCity
 

forums map | news magazine | posting guidelines

Go Back   SkyscraperCity > European Forums > Fórum Português > Transportes e Infra-Estruturas > Ferrovias


Global Announcement

As a general reminder, please respect others and respect copyrights. Go here to familiarize yourself with our posting policy.


Reply

 
Thread Tools
Old January 19th, 2012, 03:19 PM   #61
Rodalvesdepaula
Scooter/motorbike lover
 
Rodalvesdepaula's Avatar
 
Join Date: Apr 2008
Location: São Roque (SP)
Posts: 59,743
Likes (Received): 56655

Quote:
Originally Posted by Lino View Post
Que burrice... esses comboios históricos são oportunidades de ouro no turismo, no estrangeiro atraem gente, em Portugal só a linha do Douro atrai logo gente. Quando dizia aos turistas que poderiam conhecer a região do Douro Vinhateiro de comboio muitos ficavam com a pulga atrás da orelha, com vontade de saber mais, perguntando onde poderiam apanhar, até onde iria... aqui o comboio Coimbra-Figueira bem que poderia ser bem melhor explorado, as vistas são fantásticas, as terras pelas quais passa são muito simpáticas, bonitas e acolhedoras. Só é pena não passar pelo centro de Montemor.

Mas vender um comboio turístico, enfim... coisas burras da CP. Ainda bem que o boicotaram.
Como disse: a CP tem uma verdadeira galinha dos ovos de outro com o comboio de Douro, mas parece querer matar a galinha para se alimentar ao invés de vender os ovos de ouro para conseguir recursos.

No Brasil, há cidades inteiras que até tiram as suas rendas com os comboios turísticos. Eis alguns exemplos de como o comboio histórico pode trazer benefícios para todos, inclusive para o Estado:

Tiradentes, Minas Gerais


Bento Gonçalves (já andei neste comboio)


Jaguariúna, São Paulo


Com estes comboios, as próprias cidades se transformam em atrações turísticas. Vem turista até dos EUA e Europa passear nestes comboios que citei acima.
Rodalvesdepaula no está en línea   Reply With Quote
Sponsored Links
Advertisement
 
Old January 19th, 2012, 04:09 PM   #62
Viriatuus
Registered User
 
Join Date: Dec 2007
Location: Porto
Posts: 19,577
Likes (Received): 1093



É pedir demais à CP... e aos nossos sucessivos governantes...
Viriatuus no está en línea   Reply With Quote
Old January 23rd, 2012, 01:24 PM   #63
pai nosso
Registered User
 
pai nosso's Avatar
 
Join Date: Sep 2009
Location: Portugal
Posts: 14,156
Likes (Received): 5834

in "Público"


Museu Nacional Ferroviário deve ficar com comboio histórico que a CP tentou vender


Falhada a venda no estrangeiro, o comboio histórico de via estreita, que está estacionado na Régua, deverá ser exposto num núcleo museológico em Sernada do Vouga, Águeda
pai nosso no está en línea   Reply With Quote
Sponsored Links
Advertisement
 
Old January 23rd, 2012, 02:18 PM   #64
Rodalvesdepaula
Scooter/motorbike lover
 
Rodalvesdepaula's Avatar
 
Join Date: Apr 2008
Location: São Roque (SP)
Posts: 59,743
Likes (Received): 56655

Poderiam usar a Linha do Vouga para por o comboio histórico a rodar...
Rodalvesdepaula no está en línea   Reply With Quote
Old February 7th, 2012, 08:43 PM   #65
Contribuinte
Registered User
 
Join Date: May 2011
Posts: 4,537
Likes (Received): 1617

Que ternura...

Então o objetivo de qualquer empresa não é remunerar os acionistas?
Ou há alguém com dois dedos de testa que se meta num negócio para perder dinheiro?

Qualquer trabalhador vive do seu trabalho se esse trabalho tiver valor que permita suportar todos os encargos e dar lucro aos acionistas.
Se não, não há empresa, não há investimentos, nem postos de trabalho.

Isto de se achar que a riqueza se pode distribuir antes sequer de ser criada há de ser a nossa desgraça...
__________________
“They [socialists] always run out of other people's money.”
Margaret Thatcher, Fev.5, 1976.
Contribuinte no está en línea   Reply With Quote
Old February 7th, 2012, 08:53 PM   #66
Fern
...
 
Fern's Avatar
 
Join Date: Dec 2004
Location: Lisbon
Posts: 17,411
Likes (Received): 2286

Quote:
Originally Posted by Herrmando View Post
E se for num museu em Lx ainda melhor.
Ou em Cascais para aumentar a oferta cultural aqui da zona.
__________________
"I contend that for a nation to try to tax itself into prosperity is like a man standing in a bucket and trying to lift himself up by the handle." - Winston Churchill
Fern no está en línea   Reply With Quote
Old February 9th, 2012, 04:19 PM   #67
RoadsterRunner
Profissional da desordem
 
RoadsterRunner's Avatar
 
Join Date: Oct 2008
Location: Lisboa
Posts: 4,989
Likes (Received): 339

Pessoalmente até considero este como um avanço por parte da CP.
Não tivessem sido tornados públicos os escândalos anteriores com o agora célebre sucateiro, esse comboio já estava ás postas num aterro do norte do País.
__________________
A CRIL está com uma TMD superior a 85000 !
All hail the CRIL
Um sonho chamado TTT
RoadsterRunner no está en línea   Reply With Quote
Old May 23rd, 2012, 02:03 PM   #68
Marnoto
Registered User
 
Join Date: Nov 2011
Location: Aveiro
Posts: 709
Likes (Received): 57

Quote:
Originally Posted by Rodalvesdepaula View Post
Poderiam usar a Linha do Vouga para por o comboio histórico a rodar...
O Comboio Histórico da Via Estreita já está na Estação de Sernada do Vouga.
Vai iniciar dentro de algum tempo, viagens turísticas entre Sernada e Aveiro, a vapor e Diesel.
Marnoto no está en línea   Reply With Quote
Old May 23rd, 2012, 04:55 PM   #69
mtao
Registered User
 
Join Date: Nov 2009
Posts: 1,125
Likes (Received): 5

Quote:
Originally Posted by Contribuinte View Post
Que ternura...

Então o objetivo de qualquer empresa não é remunerar os acionistas?
Ou há alguém com dois dedos de testa que se meta num negócio para perder dinheiro?

Qualquer trabalhador vive do seu trabalho se esse trabalho tiver valor que permita suportar todos os encargos e dar lucro aos acionistas.
Se não, não há empresa, não há investimentos, nem postos de trabalho.

Isto de se achar que a riqueza se pode distribuir antes sequer de ser criada há de ser a nossa desgraça...
Sugiro já que se obvie a essa "desgraça" acabando já e de vez com as "Estradas de Portugal", já que nenhuma estrada dá lucro.
mtao no está en línea   Reply With Quote
Old December 22nd, 2018, 11:26 PM   #70
DiogoBaptista
Registered User
 
DiogoBaptista's Avatar
 
Join Date: May 2011
Posts: 8,876
Likes (Received): 14124


Comboio n.º 31201 (Seguimento de Material "Composição Presidencial&quot - Vessada by Valério Santos, no Flickr

Quote:
Comboio n.º 31201 (Seguimento de Material "Composição Presidencial") - Vessada

Material Circulante: CP 1413 + A7yf 704 + SRyf2 + Sy3 + Sy4 + Sy5 + Dyf 408
Hora: 17:12
Data: 11-09-2018
Local: Vessada (PK 261 - Linha do Norte)
Serviço: Comboio n.º 31201 (Entroncamento --» Contumil) [Seguimento de Material "Composição Presidencial"]
__________________

pai nosso liked this post
DiogoBaptista no está en línea   Reply With Quote
Old December 22nd, 2018, 11:58 PM   #71
DiogoBaptista
Registered User
 
DiogoBaptista's Avatar
 
Join Date: May 2011
Posts: 8,876
Likes (Received): 14124


Comboio n.º 20811 (Comboios Históricos na Linha do Douro 2018) - Pinhão by Valério Santos, no Flickr

Quote:
Comboio n.º 20811 (Comboios Históricos na Linha do Douro 2018) - Pinhão

Material Circulante: CP 0186 + ACDt 481 + ACDt 484 + CTF 5511 + CTF 5513 + CTF 2282
Hora: 16:10
Data: 23-09-2018
Local: Estação do Pinhão (PK 126 - Linha do Douro)
Serviço: Comboio n.º 20811 (Régua --» Tua) [Comboios Históricos na Linha do Douro 2018]
__________________

pai nosso liked this post
DiogoBaptista no está en línea   Reply With Quote
Old December 23rd, 2018, 12:17 AM   #72
ERVATUGA
- Take it easy -
 
ERVATUGA's Avatar
 
Join Date: Apr 2010
Location: Shéol
Posts: 69,761
Likes (Received): 21191

Que belo comboio
__________________
- Please, be Happy -
ERVATUGA no está en línea   Reply With Quote
Old December 23rd, 2018, 02:34 AM   #73
Barragon
Barra for Friends
 
Barragon's Avatar
 
Join Date: Dec 2004
Location: Barreiro
Posts: 148,356
Likes (Received): 16763

__________________
::: Portuguese Forum :::

Alcobaça :: Mosteiro de Alcobaça :: Batalha :: Leiria

Fat people are harder to kidnap

DiogoBaptista liked this post
Barragon no está en línea   Reply With Quote
Old December 23rd, 2018, 07:16 AM   #74
DiogoBaptista
Registered User
 
DiogoBaptista's Avatar
 
Join Date: May 2011
Posts: 8,876
Likes (Received): 14124


Comboio n.º 20802 (Comboio Histórico na Linha do Vouga 2018) - Águeda by Valério Santos, no Flickr

Quote:
Comboio n.º 20802 (Comboio Histórico na Linha do Vouga 2018) - Águeda

Material Circulante: CP 9004 + CEyf 466 + CEyf 4178 + CEyf 4169
Hora: 16:55
Data: 22-09-2018
Local: Estação de Águeda (PK 14 - Linha do Vouga)
Serviço: Comboio Especial n.º 20802 (Macinhata --» Aveiro - Vouga) [Comboio Histórico na Linha do Vouga 2018]
__________________

pai nosso liked this post
DiogoBaptista no está en línea   Reply With Quote
Old December 23rd, 2018, 11:22 PM   #75
DiogoBaptista
Registered User
 
DiogoBaptista's Avatar
 
Join Date: May 2011
Posts: 8,876
Likes (Received): 14124


CP 1424 • 13511 • Terronhas • 21-10-2018 by Gil Ismael Braga Monteiro, no Flickr

Quote:
CP 1424 • 13511 • Terronhas • 21-10-2018

Serviço especial de passageiros; Comboio Presidencial, edição Harvest Edition 2018.
Comboio 13511 procedente de Porto São Bento e com destino ao Pocinho.
__________________

pai nosso liked this post
DiogoBaptista no está en línea   Reply With Quote
Old December 23rd, 2018, 11:34 PM   #76
ERVATUGA
- Take it easy -
 
ERVATUGA's Avatar
 
Join Date: Apr 2010
Location: Shéol
Posts: 69,761
Likes (Received): 21191

__________________
- Please, be Happy -

DiogoBaptista liked this post
ERVATUGA no está en línea   Reply With Quote
Old March 18th, 2019, 04:14 PM   #77
DiogoBaptista
Registered User
 
DiogoBaptista's Avatar
 
Join Date: May 2011
Posts: 8,876
Likes (Received): 14124

COMBOIO PRESIDENCIAL

Quote:
Comboio Presidencial envolto em polémica acaba em 2020
Quote:
Uma eventual situação de favorecimento por parte do Museu Nacional Ferroviário na cedência do comboio Presidencial ao empresário Gonçalo Castel Branco lançou suspeitas sobre um projecto que vai ter o seu fim em 2020. O empresário diz que não usufruiu de quaisquer vantagens e que até agora só perdeu dinheiro com a exploração do comboio de luxo.
Quote:
O restauro da composição onde viajaram os dignatários do Estado Novo custou 1,5 milhões de euros, naturalmente financiado com fundos comunitários de 1,2 milhões de euros porque a Fundação Museu Nacional Ferroviário está tecnicamente falida, tendo vindo a acumular prejuízos nos últimos anos. O contrato assinado em 2019 com a CCDR do Centro previa que Fundação usasse depois o comboio em “passeios turístico-culturais” mediante parceiros públicos ou privados.

Em 2015, o empresário Gonçalo Castel Branco, que à data tinha como sócia Marta Sousa (mulher de Miguel Relvas) acordam com o Museu a exploração do Comboio Presidencial na linha do Douro em viagens que incluem refeições a bordo concebidas por chefs de renome e que culminavam com uma visita à Quinta do Vesúvio em Vila Nova de Foz Côa. No preçário, o bilhete mais barato para esta viagem turística, gastronómica e cultural custa 500 euros, podendo chegar aos 2000 se o cliente quiser pernoitar numa unidade hoteleira de luxo na zona da Régua.

As taxas de ocupação do Presidencial – que por não ter ar condicionado só tem circulado nos fins-de-semana de Maio e Outubro por serem os mais neutros em termos de temperatura – tem sido próxima dos cem por cento, o que levantou dúvidas sobre o mau negócio da Fundação ao ceder uma composição que geraria lucros sem outra contrapartida que não fosse um plano estratégico de marketing que Gonçalo Castel Branco realizou para o museu ferroviário.

Mais: a própria CP, que tracciona o comboio com uma das suas locomotivas, aceitou, no primeiro ano em que a composição circulou (2016), fazer um desconto de 10 mil euros na prestação do serviço de tracção (é uma locomotiva da transportadora pública que reboca as carruagens do Presidencial).

Media player poster frame
Com a crise ferroviária a agravar-se no último Verão, esta história tinha todos os ingredientes para tornar-se explosiva: Jaime Ramos, ex-presidente da Câmara do Entroncamento eleito pelo PSD e à data presidente da Fundação Museu Nacional Ferroviário (tecnicamente falida), é quem atribui o comboio (recuperado com dinheiros públicos) à empresa da mulher de Miguel Relvas para realizar um negócio de luxo.

Gonçalo Castel Branco refuta quaisquer situações de favorecimento, mas admite que as repercussões desta história nas redes sociais foram fatais para o seu projecto. Mas vai à luta: “primeiro, a Marta começou a trabalhar comigo ainda antes de casar com o Miguel Relvas e saiu da empresa seis meses depois do Presidencial ser lançado sem nunca ter ganho um euro; segundo, não houve qualquer favorecimento porque outros operadores também se mostraram interessados no comboio mas não aceitaram as condições impostas pelo Museu; terceiro, eu próprio também ainda não ganhei dinheiro com o projecto, o qual só deverá atingir o break even dentro de dois anos”.

Dada a sua especificidade como peça de museu, o Presidencial obriga a cuidados dispendiosos na sua exploração e está limitado a 8000 quilómetros por ano. Ainda assim, desde 2016 já realizou mais viagens do que durante toda a sua vida ao serviço dos presidentes da República. E já ganhou o prémio do melhor evento público do mundo.

Gonçalo Castel Branco diz que a média do custo por cada edição do The Presidential está ligeiramente acima dos 200 mil euros, dos quais 90 mil euros são custos ferroviários. Já as receitas têm rondado os 161 mil euros, pelo que o projecto está ainda no vermelho.

Os pesados encargos de circulação são confirmados pela própria Fundação do Museu Nacional Ferroviário que em resposta ao PÚBLICO confirma que “a T&M suporta os custos relacionados com o cumprimento do plano de manutenção, reparação de danos ou avarias, custos de operação (aluguer de locomotiva para tracção das carruagens do comboio, tripulação, combustível e taxa de utilização da infra-estrutura), seguro de casco e vigilância do comboio quando parqueado”.

O empresário diz que poderia ganhar dinheiro se nos próximos dois anos pudesse realizar quatro edições, mas que só foram autorizadas duas para poupar na quilometragem do comboio. “Se tudo correr bem, vou sair sem prejuízos nem lucros, mas graças a esta experiência acabei por abrir caminho a que outros operadores possam investir no turismo ferroviário”.

O mentor do Presidencial diz que não pensou inicialmente fazer um comboio de luxo, mas que foram os elevados custos de exploração que o obrigaram a praticar preços tão elevados. E refuta as “contas astronómicas” que viu nas redes sociais sobre uma alegada facturação de 800 mil euros nas 25 viagens vezes 64 lugares (lotação do comboio) vezes 500 euros. “Desses 1600 lugares, 200 foram para jornalistas e patrocinadores (que fornecem bens e serviços a troco de lugares oferecidos), o que só dá 1400 lugares vendidos, mas nem todas as edições tiveram lotação esgotada e há ainda a descontar os 20% de comissão das agências de viagens e os impostos”.

Gonçalo Castel Branco diz que este projecto lhe deu “muito gozo, mas nenhum lucro” e que tem outra empresa ligada à produção de eventos que lhe permite viver. “Eu podia ganhar dinheiro se explorasse barcos turísticos, mas gosto de comboios...”, lamenta. Para logo contra-atacar: “causamos incómodo aos interesses instalados no Douro pois somos os operadores de turismo ferroviário mais bem-sucedidos em termos mediáticos”. Uma alusão a Mário Ferreira, da Douro Azul, que tem um comboio turístico no Tua que ainda não conseguiu pôr em circulação.

E insiste que nunca foi favorecido na cedência do Presidencial. “Sei de concorrentes que abordaram repetidamente o Museu Ferroviário para ficar com o comboio, mas não aceitaram os pesados encargos que a sua circulação acarreta para um tão limitado número de lugares e de quilometragem”.
Quote:
O Presidencial morreu. Viva o comboio Vintage!

O próximo projecto de Gonçalo Castel Branco, já em curso, é o Comboio Vintage, que se destina a um segmento de mercado mais vasto e menos exclusivo que o Presidencial. Gonçalo Castel Branco diz que vai comprar seis carruagens Shindlers à CP para as recuperar e transformar num comboio turístico que não só circulará na linha do Douro como em praticamente todo o país.

Numa primeira fase o comboio terá quatro carruagem: duas restaurante, uma cozinha e uma de apoio. Os restaurantes sobre carris terão um mobiliário desenhado e patenteado expressamente para este comboio, que permite transformar o veículo em salão com piano bar. Numa segunda fase, o comboio contará com duas carruagens-cama.

“Será um Expresso do Oriente português, com preços mais em conta do que o Presidencial e que poderá ser acessível a quase todos os portugueses”, diz Gonçalo Castel Branco.

O investimento ronda um milhão de euros, mas o empresário diz que espera um retorno num prazo relativamente curto porque este comboio não terá limitações de quilometragem e poderá circular o ano inteiro e em toda a rede da CP. “Portugal tem condições únicas para o turismo ferroviário. A maior parte das linhas férreas acompanha rios, montanhas, atravessa planícies, chega a sítios históricos... e o comboio tanto pode andar no interior como fazer percursos entre Lisboa, Sintra e Cascais”.

A solidez financeira do projecto é garantida por sócios luso-americanos que, segundo Gonçalo Castel Branco, “ficaram encantados com o projecto desde que viajaram no Presidencial e se deram conta do potencial do turismo ferroviário em Portugal”. Os novos accionistas detêm agora 51% do capital da T&M.

Esta será a primeira vez que um privado compra carruagens da CP para desenvolver um projecto turístico. As Shindler foram construídas na Suíça e vieram para Portugal em 1949 e 1950, tendo sido retiradas do serviço nos anos 90 deste século. Em 2004 a CP investiu um milhão de euros para recuperar oito destas carruagens, salvando-as da sucata, para criar o Comboio do Vinho do Porto que, após algumas viagens seria descontinuado.

A composição esteve abandonada durante oito anos até que em 2016 a empresa volta a recuperar seis carruagens para criar o Miradouro, um comboio turístico low cost que circulou durante dois verões no Douro e cujas carruagens estão agora a fazer serviço regular de passageiros.

Gonçalo Castel Branco faz questão de explicar que a recuperação das suas carruagens não será feita com recursos públicos e que está a recrutar pessoal reformado da EMEF para trabalhar no seu projecto. “Não faria sentido afectar operários para trabalharem num comboio turístico quando estes fazem falta para a manutenção de comboios que satisfazem a mobilidade das pessoas”, diz.

“Pode parecer chocante falar em turismo ferroviário quando se sabe das dificuldades actuais dos comboios em Portugal, mas o crescimento deste segmento iria libertar recursos à ferrovia para se dedicar à operação de transporte público”, explica, dando o exemplo do Douro onde uma grande parte das pessoas viaja de comboio pela viagem em si e não para satisfazer uma necessidade de mobilidade entre uma origem e um destino.

Last edited by DiogoBaptista; March 18th, 2019 at 04:24 PM.
DiogoBaptista no está en línea   Reply With Quote
Old March 18th, 2019, 05:01 PM   #78
MM7.4
Registered User
 
Join Date: Jul 2015
Location: LX
Posts: 121
Likes (Received): 48

Ainda há alguma Schindler que não sejam as que foram recuperadas em 2004 para o vinho do Porto? O resto não foi todo para a sucata?
Ou está a dizer que vai comprar as que agora andam a circular na CP? (seis a circular, vai comprar seis...)
MM7.4 no está en línea   Reply With Quote
Old March 22nd, 2019, 08:36 PM   #79
MM7.4
Registered User
 
Join Date: Jul 2015
Location: LX
Posts: 121
Likes (Received): 48

Afinal, segundo uma notícia no http://webrails.tv, ainda existem 7 Schindler no Entroncamento. A ver o projecto segue mesmo em frente, e se seis são mesmo recuperadas e voltam a circular.
__________________

DiogoBaptista liked this post
MM7.4 no está en línea   Reply With Quote
Old March 23rd, 2019, 01:04 AM   #80
DiogoBaptista
Registered User
 
DiogoBaptista's Avatar
 
Join Date: May 2011
Posts: 8,876
Likes (Received): 14124

image hosted on flickr

CP 1424 | Pala by Fábio Pires, no Flickr

Quote:
CP 1424 | Pala

[PT]
A locomotiva diesel 1424 com o comboio especial "Miradouro" procedente de Porto São Bento e com destino à Régua.

[ENG]
Diesel locomotive 1424 with the special passenger train "Miradouro" from Oporto to Régua.
__________________

pai nosso, MM7.4 liked this post
DiogoBaptista no está en línea   Reply With Quote
Sponsored Links
Advertisement
 


Reply

Tags
cp turístico, douro, histórico, linha, miradouro, presidencial, turismo

Thread Tools

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off



All times are GMT +2. The time now is 11:43 AM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.11 Beta 4
Copyright ©2000 - 2020, vBulletin Solutions Inc.
vBulletin Security provided by vBSecurity v2.2.2 (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2020 DragonByte Technologies Ltd.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2020 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us