Projectos e Notícias do Porto - Page 7 - SkyscraperCity
 

forums map | news magazine | posting guidelines

Go Back   SkyscraperCity > European Forums > Fórum Português > Arquitectura e Urbanismo > Porto > Projectos


Global Announcement

As a general reminder, please respect others and respect copyrights. Go here to familiarize yourself with our posting policy.


Reply

 
Thread Tools
Old March 20th, 2013, 03:54 PM   #121
1. Caravaggio
Eudaimonia
 
1. Caravaggio's Avatar
 
Join Date: Nov 2010
Location: Vancouver
Posts: 5,507
Likes (Received): 1914

do Porto24:

Câmara do Porto aprova proposta para expansão de hortas municipais


A Câmara do Porto aprovou esta terça-feira, por unanimidade, uma proposta da CDU para “promover a expansão da rede de hortas municipais da cidade” em terrenos camarários.

A proposta de recomendação apresentada pelo vereador comunista Pedro Carvalho solicita que a ampliação seja feita tendo por base “um plano integrado que identifique os terrenos camarários que podiam ser utilizados para este fim e as zonas da cidade com mais procura de talhões para cultivar”.

“Assumir as diligências necessárias, juntamente com a [empresa municipal] Domus Social, com vista à construção de hortas municipais associadas aos bairros municipais, em colaboração directa com as associações ou estruturas representativas dos moradores” foi outra das alíneas aprovada esta terça-feira pela autarquia.

A CDU já indicou que a expansão de hortas municipais será uma das suas prioridades eleitorais na corrida à Câmara do Porto.
1. Caravaggio no está en línea   Reply With Quote
Sponsored Links
Advertisement
 
Old March 20th, 2013, 04:40 PM   #122
1. Caravaggio
Eudaimonia
 
1. Caravaggio's Avatar
 
Join Date: Nov 2010
Location: Vancouver
Posts: 5,507
Likes (Received): 1914

http://economico.sapo.pt/noticias/ru...ja_165178.html

Rui Rio deixa Porto com contas de fazer inveja

A autarquia espera uma quebra de receitas de 7,5% em 2013.

É caso raro, mas ao fim de três mandatos como presidente da Câmara, Rui Rio vai mesmo deixar uma autarquia com as contas no verde para o seu sucessor. Entre despesas e receitas, mesmo em ano de contracção económica, o Porto terminará o ano com um saldo positivo próximo dos seis milhões de euros. A dívida total não chega aos 100 milhões de euros e mesmo os fornecedores recebem num prazo médio de 40 dias. Menezes, Pizarro ou Moreira, vão herdar uma das autarquias com a contabilidade mais sólida do País.

No ano passado, o Governo aprovou uma linha de crédito para que as autarquias pudessem saldar as dívidas a fornecedores. O Porto dispensou a ajuda. Se em 2001 a dívida a fornecedores ultrapassava os 63,2 milhões de euros, este ano o prazo médio de pagamento a fornecedores é de apenas 40 dias e a dívida não chega a 5% de um orçamento de 178,5 milhões de euros.
__________________

faialense, krake, luisribeiro liked this post
1. Caravaggio no está en línea   Reply With Quote
Old March 20th, 2013, 08:54 PM   #123
faialense
Registered User
 
faialense's Avatar
 
Join Date: Feb 2007
Location: FNC & OPO
Posts: 2,324
Likes (Received): 512

Tragam este homem para a Madeira!
faialense no está en línea   Reply With Quote
Sponsored Links
Advertisement
 
Old March 20th, 2013, 10:26 PM   #124
krake
Registered User
 
Join Date: Jan 2012
Posts: 926
Likes (Received): 201


Substituam é o Vitor Gaspar por este.

Em relaçao á notícia em si, o Menezes deve estar a esfregar as maos. Qual será a primeira ponte a avançar?
krake no está en línea   Reply With Quote
Old March 20th, 2013, 11:56 PM   #125
1. Caravaggio
Eudaimonia
 
1. Caravaggio's Avatar
 
Join Date: Nov 2010
Location: Vancouver
Posts: 5,507
Likes (Received): 1914

do Porto24:

Rui Moreira é candidato independente à Câmara do Porto


O empresário Rui Moreira anunciou esta quarta-feira a sua candidatura “livre, independente e sem partidos” à Câmara do Porto nas próximas eleições autárquicas, garantindo que o seu “partido é a cidade do Porto”.

“Sou candidato à presidência da Câmara numa lista livre, livre e independente – verdadeiramente independente – que se apresentará à Câmara Municipal, à Assembleia Municipal e a todas as freguesias sem excepção”, disse Rui Moreira logo no início do seu discurso no Hard Club (antigo Mercado Ferreira Borges), no Porto.

Garantindo que “nesta lista só cabe o Porto, mas cabe o Porto todo”, o presidente da Associação Comercial do Porto reiterou que a sua “candidatura livre e independente” foi “gerada e animada por um movimento espontâneo da sociedade civil”.

“Na verdade, pela primeira vez em Portugal, ou, pelo menos, na vida das grandes cidades portuguesas, há uma candidatura autenticamente independente, sem ligação a qualquer partido, facção ou corrente partidária. (…) Todos o sabem: só tenho um partido. O meu partido é a cidade do Porto. O meu partido é o Porto”, sublinhou.

Rui Moreira adiantou ainda que a candidatura “não será todavia um movimento contra os partidos ou contra as instituições e que “estará, sempre e em qualquer circunstância, contra toda e qualquer forma de populismo ou de demagogia”.
Moreira quer “cidade de negócios”

“Portuenses: nós não queremos que o Porto seja uma cidade de negócios mirabolantes ou de iniciativas megalómanas. Nós temos um conceito, nós temos um valor, nós temos uma escala de valores: queremos fazer do Porto uma cidade de emprego, uma cidade de trabalho, queremos que o Porto volte a ser aquilo que sempre foi: a cidade do trabalho”, disse, numa crítica implícita ao candidato social-democrata, Luís Filipe Menezes.

Estabelecendo como prioridades para a cidade “a coesão social, a economia e a cultura”, Rui Moreira defendeu que “a administração autárquica tem de primar pelos princípios exemplares da competência, da transparência, da decência”.

“Nós não vamos, em caso nenhum, desperdiçar nem desbaratar o capital que foi acumulado nos últimos anos por uma gestão rigorosa, que fez jus à expressão ‘contas à moda do Porto’. Acreditamos firmemente que só o rigor e o escrúpulo na gestão dos dinheiros dos contribuintes são aceitáveis em democracia”, destacou.

O candidato considera que “o Porto não quer ser uma segunda Lisboa, que tudo centraliza e que tudo asfixia” e que “quem quer fazer do Porto uma segunda Lisboa, fará dele uma Lisboa de segunda”.

“E o Porto também não quer ser uma segunda ou terceira Barcelona, à maneira catalã”, referiu, numa outra crítica ao seu opositor do PSD.
Acabar com a pobreza

A candidatura de Rui Moreira tem “um propósito, um desígnio e um sonho”: “eliminar a pobreza da face da nossa cidade, primeiro, aliviando as dificuldades e cuidando dos mais pobres e, depois, ajudando-os a combater as causas que os levaram à situação de necessidade”.

Para o candidato, “por muito que a coesão social seja a prioridade imediata”, é preciso “preparar os anos seguintes” e para isso “há que dar prioridade à economia, ao desenvolvimento económico”.

“Queremos que o Porto seja, que o Porto venha ser uma cidade de oportunidades, a cidade da década 10 do século XXI”, declarou.

Apesar de saber “que não é popular” nem está “na moda”, o empresário tem um desígnio: “o nosso Porto tem orgulho nos seus velhos e quer que eles façam parte inteira da vida da cidade”.

“Como presidente da Câmara serei um permanente ‘cultor’ da cultura, mas nem por um minuto, nem por um segundo, interferirei na programação ou na autonomia programática dos produtores de cultura. Não há coisa mais nefasta à cultura e à democracia do que o dirigismo, a intromissão e a interferência política”, afiançou.
1. Caravaggio no está en línea   Reply With Quote
Old March 21st, 2013, 01:26 AM   #126
ERVATUGA
- Take it easy -
 
ERVATUGA's Avatar
 
Join Date: Apr 2010
Location: Shéol
Posts: 63,908
Likes (Received): 20084

Câmara do Porto diz que bares da Baixa começam a cumprir os horários

O vereador da Fiscalização da Câmara do Porto revelou hoje que os bares da Baixa estão a "começar a cumprir os horários" e alertou que as novas medidas aprovadas pela autarquia só entram em vigor na quarta-feira.


António Sousa Lemos reagia assim, na reunião camarária pública de hoje, às queixas de dois munícipes sobre alegados incumprimentos às medidas aprovadas pela Câmara a 29 de janeiro para regular a "movida" da zona dos Clérigos.

"Eventualmente, haverá muitas situações para tentar minimizar, mas tem evoluído positivamente", frisou o vereador, perante as queixas de ruído, de estacionamento indevido e de venda de bebidas alcoólicas em vasilhame de vidro.

Este tipo de comércio foi proibido na mais recente versão do Código Regulamentar do Município, aprovado no fim de janeiro, mas Sousa Lemos notou que as novas regras só entram em vigor na quarta-feira.

Garantindo que "existe fiscalização sistemática todos os fins de semana", Sousa Lemos frisou ser impossível uma fiscalização "em todos os estabelecimentos, todos os dias a todas as horas", pelo que importa "aplicar medidas de caráter permanente".

"Não podemos ter um polícia atrás de cada automóvel. A médio prazo, teremos condições de implementar a proibição do estacionamento nas zonas mais emblemáticas", observou o vereador.

Em causa estão, por exemplo, as praças Guilherme Gomes Fernandes e Carlos Alberto, onde os carros param em cima dos passeios e à porta dos prédios, segundo se queixaram os munícipes.

Também "a médio ou curto prazo", o vereador espera que todos os estabelecimentos com horário de funcionamento até às 04:00 tenham o limitador de potência sonora exigido pelas normas municipais.

Sousa Lemos assegura mesmo que "a maior parte dos estabelecimentos já tem limitadores ou já apresentou pedidos para a sua aquisição".

Os horários, diz o vereador, também começam a ser respeitados pelos estabelecimentos.

Joaquim Rodrigues Araújo, morador no Largo de Mompilher, lamentou que a esplanada existente junto a sua casa não deixe o passeio livre de obstáculos e que o horário da mesma não tenha sido reduzido devido ao ruído que provoca até de madrugada.

Paula Amorim levou à Câmara um "abaixo-assinado de moradores, lojistas e hostels da praça Guilherme Gomes Fernandes para "pedir urgentemente mecos" que impeçam o estacionamento nos passeios de carros que, depois dos bares fechados, são abertos "com a música [das respetivas aparelhagens] aos berros".

A 29 de janeiro, Sousa Lemos revelou que a Câmara faz "220 ações de fiscalização mensais" e que estavam em curso "21 despachos" para fecho de estabelecimentos na área da `movida` da Baixa por incumprimento das regras impostas pela autarquia.

Fonte: http://www.rtp.pt/noticias/index.php...=121&visual=49
ERVATUGA no está en línea   Reply With Quote
Old March 21st, 2013, 12:55 PM   #127
Nephasto
Enlightened user
 
Nephasto's Avatar
 
Join Date: Feb 2004
Location: Porto
Posts: 5,802
Likes (Received): 76

A fiscalização por parte da Câmara tem sido uma anedota total.
Vamos a ver se muda alguma coisa, mas tenho pouca esperança. Se há coisa que a actual administração da Câmara é completamente incapaz de fazer, é afrontar qualquer tipo de problemas ou pessoas que não concordem com as suas medidas.
Ao primeiro sinal de discordância ou resistência, a Câmara recua logo... enfim...

Sobre o estacionamento selvagem nas noites de fim de semana, lembro-me que praí há um ano ou mais a Câmara fechou o largo ao lado da reitoria, impedindo o estacionamento caótico que há sempre aí. Bastou para tal activar um pilarete comandado eletrónicamente que sobe e desce para deixar passar o elétrico.
Isto durou praí duas semanas. Depois voltou tudo ao mesmo.. ao estacionamento selvagem.
Alguém deve ter protestado e a câmara, obviamente, recuou em toda a linha...
__________________
Long live rail freight!!
Nephasto no está en línea   Reply With Quote
Old March 21st, 2013, 04:08 PM   #128
alentejolover
Registered User
 
alentejolover's Avatar
 
Join Date: Jun 2007
Location: Evora-World Heritage Site since 1986
Posts: 24,315
Likes (Received): 2605

Quais os foristas do Porto que vão cumprimentar a Sharon Stone?
__________________
Évora, o 2.º concelho do país com mais Monumentos Nacionais

luisribeiro liked this post
alentejolover no está en línea   Reply With Quote
Old March 21st, 2013, 05:07 PM   #129
krake
Registered User
 
Join Date: Jan 2012
Posts: 926
Likes (Received): 201

hoje no Público
Quote:
Câmara do Porto vai demolir segunda torre no Bairro do Aleixo depois da Páscoa
O presidente da Câmara do Porto, Rui Rio, afirmou esta quinta-feira que “em breve” será revelada a data para a demolição da torre 4 do Bairro do Aleixo, assegurando que será “depois da Páscoa”.
Em declarações aos jornalistas, depois de acompanhar uma das acções de limpeza da brigada anti-grafitti junto ao Jardim Botânico, Rio confirmou que os técnicos da câmara já estão no bairro a avisar as pessoas da demolição da segunda torre do complexo habitacional, como esta manhã estava a ser noticiado pela TSF.
A 6 de Dezembro, a Câmara do Porto revelou que o Bairro do Aleixo já não vai ser totalmente demolido até ao fim do mandato de Rui Rio, ao contrário do que o autarca previra um ano antes. “Não será possível demolir o bairro todo até final do mandato porque tivemos de recalendarizar o plano de intervenção, em resultado de alteração da composição do fundo de investimento”, disse à Lusa o gabinete de comunicação da autarquia.
Assim, acrescentou, em 2013 a câmara prevê “demolir uma ou duas” das quatro torres que o bairro tem actualmente. A implosão do primeiro bloco daquele bairro social, que a maioria PSD/CDS da Câmara do Porto quer demolir por completo, foi feita a 16 de Dezembro de 2011.
Um ano depois, a câmara revelava terem sido realojadas “cerca de 127 famílias” do bairro em “diferentes bairros sociais, de acordo com as suas preferências” delas. “Cerca de 40” famílias do Aleixo não tiveram direito a realojamento, por se considerar que não cumpriam os requisitos de atribuição de habitação municipal, disse o município em Dezembro de 2012.
A Câmara do Porto aprovou a 17 de Julho, com os votos contra do PS e da CDU, um aumento da participação autárquica no Fundo Especial de Investimento Imobiliário (FEII) e a entrada do ex-seleccionador nacional e empresário António Oliveira no negócio. A proposta previa que, no fim do ano, o empresário ligado ao Finibanco adquirisse 500 das unidades de participação detidas pelo município e as 600 unidades ainda na posse de Vítor Raposo - até então o principal investidor do fundo, através da Gesfimo.
Estas 1100 unidades juntar-se-ão às 567 já adquiridas por António Oliveira em Maio, no âmbito do processo de aumento de capital do fundo de 2,6 para 5,3 milhões de euros, decidido em assembleia de participantes. Em Maio, Vítor Raposo ainda não tinha subscrito os 60% de unidades de participação do FEII, apesar de já ter expirado o prazo contratual para tal. A Gesfimo foi a única participante no concurso público lançado em 2008 para a escolha do parceiro privado para demolir o Aleixo.
krake no está en línea   Reply With Quote
Old March 22nd, 2013, 01:27 PM   #130
luisribeiro
Registered User
 
Join Date: Dec 2009
Location: accountkiller
Posts: 4,511
Likes (Received): 1523

Quote:
Originally Posted by alentejolover View Post
Quais os foristas do Porto que vão cumprimentar a Sharon Stone?
O matrícula deve ir!

luisribeiro no está en línea   Reply With Quote
Old March 22nd, 2013, 04:18 PM   #131
Andre_Filipe
On The Horizon
 
Andre_Filipe's Avatar
 
Join Date: Sep 2006
Posts: 15,203
Likes (Received): 9084

Porto: "Caminhos do Romântico" vandalizados e inseguros


A rua de "Entre-Quintas" encontra-se coberta por grafitis e é insegura


Grafitado, mal iluminado, vandalizado e abandonado: é assim que se encontra um dos pontos incontornáveis dos roteiros turísticos do Porto. Os "Caminhos do Romântico" eram o espelho da realidade portuense do século XIX, mas agora encontram-se transfigurados.

Cristina Antónia nasceu e viveu toda a sua vida na Rua de Entre-Quintas, entre o Palácio de Cristal e o rio Douro. A moradora recorda como antigamente o espaço "era uma maravilha", mas ao longo dos anos a opinião mudou: agora, o quarteirão limita-se a "caminhos de cabras com casas abandonadas". "Um verdadeiro caos", sublinha.

A estreita e tortuosa Rua de Entre-Quintas, incluída nos "Caminhos do Romântico", encontra-se presente em quase todos os roteiros turísticos do Porto. O objetivo é mostrar o Porto oitocentista e a mistura entre o rural e urbano, apesar de se localizarem bem perto do centro da cidade. O espaço turístico conta ainda com a Casa Tait e o Museu do Romântico, assim como com uma bela paisagem sobre o Douro.

Requalificado durante a Capital da Cultura 2001, o espaço encontra-se atualmente degradado: as paredes e placas informativas encontram-se repletas de grafitis, não existem grelhas nas sarjetas e vários edifícios permanecem devolutos.

Cristina Antónia diz ainda que, para além do vandalismo, existem também "assaltos a turistas e a carros ao longo da rua, mesmo durante o dia". Felismina Brito também vive na zona e conta que, "desde a requalificação, em 2001, que alguns muros começaram a ceder". Para além disso, reclama que a "iluminação é bastante fraca". "O meu marido até caiu no ano passado e partiu um pé, porque não havia luz", conta. Sobre os assaltos, afirma que junto ao Museu do Romântico, no cimo da rua, "a situação é bastante má". Felismina conta ainda que já foram feitas algumas reclamações pelos moradores junto da Câmara Municipal.

Carla Sofia Maia, presidente da Junta de Freguesia de Massarelos, afirma que a situação tem sido acompanhada e comunicada à Câmara Municipal. Sobre os assaltos, explica que a Junta de Freguesia "trabalha em conjunto com a polícia e não tem registo de ocorrências". Apesar da degradação do projeto turístico, a presidente da Junta afirma mesmo que o turismo nos "Caminhos do Romântico" tem vindo a aumentar.
"Um exemplo do património desaproveitado do Porto"

Pedro Carvalho, vereador da Câmara Municipal do Porto pela CDU, denuncia que, "em 2009, o executivo prometeu resolver a situação, mas esta é mais uma promessa que ficou por cumprir". Para o vereador, os "Caminhos do Romântico" precisam de ser dinamizados, pois "um dia a degradação pode ser irreversível". Sobre o vandalismo e os assaltos, Pedro Carvalho diz ser normal que espaços que não tenham atividade se tornem pouco seguros.

Para o vereador, o espaço da Rua de Entre-Quintas é essencial para a cidade, devido ao património museológico, à vista sobre o rio e aos jardins da Casa Tait e do Museu do Romântico. Em relação a este assunto, o JPN tentou entrar em contacto com a Câmara do Porto e com a Polícia Municipal, mas não obteve resposta.


Vidros partidos na Casa Tait
No local onde funciona o Departamento Municipal de Museus e Património da Câmara Municipal, podem-se ver vários vidros partidos e os jardins semeados com estilhaços.
Andre_Filipe no está en línea   Reply With Quote
Old March 22nd, 2013, 09:02 PM   #132
Andre_Filipe
On The Horizon
 
Andre_Filipe's Avatar
 
Join Date: Sep 2006
Posts: 15,203
Likes (Received): 9084

O Centro Interpretativo da Afurada foi inaugurado hoje!
Andre_Filipe no está en línea   Reply With Quote
Old March 23rd, 2013, 12:28 AM   #133
1. Caravaggio
Eudaimonia
 
1. Caravaggio's Avatar
 
Join Date: Nov 2010
Location: Vancouver
Posts: 5,507
Likes (Received): 1914

http://escapadelas.com/artigo/revist...estino-eleicao

A revista alemã HÄUSER, acaba de destacar a cidade do Porto como destino de eleição

A HÄUSER, revista alemã de arquitectura e design, acaba de destacar a cidade do Porto como destino de eleição na rubrica “Viagem” da sua última edição (capa Abril/Maio). Sob o título “Ainda melhor do que o vinho”, o jornalista Ansgar Steinhausen caracteriza o Porto como capital portuguesa da arquitectura, onde a arquitectura moderna coabita com o estilo barroco numa cidade fervilhante de vida.

O jornalista começa por referir que esta cidade à margem do Douro acolhe dois vencedores do Prémio Pritzker - Álvaro Siza Vieira e Eduardo Souto Moura — e considera a Livraria Lello como a “catedral dos livros”, cem anos depois da qual nasceu a Casa da Música, edificio símbolo da arquitectura moderna, dedicado às artes.
pub

A Faculdade de Arquitectura, o Museu de Serralves, a Casa da Música, o Coliseu, a Casa de Chá da Boa Nova, o edifício-sede da Vodafone, as várias igrejas e até as estações do Metro, são alguns dos pontos altos deste roteiro arquitectónico desenhado pela HÄUSER para o Porto, aqui mostrado através de magníficas imagens da autoria do fotógrafo português Fernando Guerra.

O artigo da HÄUSER dedicado ao Porto (com oito páginas) resulta de uma press trip que teve o apoio da Associação de Turismo do Porto, no âmbito das várias iniciativas que desenvolve ao longo do ano para a promoção externa deste destino.

A HÄUSER é uma revista premium dedicada à arquitectura moderna e ao design, dirigida ao segmento de arquitectos, designers e decoradores, com 45.000 exemplares distribuidos em toda a Europa. Os seus artigos focam projectos internacionais de excelência, interiores com inspiração e arquitectura extraordinária, todos eles explicados com profundidade e conhecimento e com muitas informações úteis.

A HÄUSER apresenta ainda as últimas tendências ao nível do mobiliário e acessórios e os perfis biográficos de figuras importantes no universo da arquitectura e do design, bem como ensaios, reportagens de viagens e informações práticas, sempre com o alto standard estético e o know-how especializado que caracterizam esta publicação alemã topo de gama.
__________________

Tiago_20, luisribeiro liked this post
1. Caravaggio no está en línea   Reply With Quote
Old March 24th, 2013, 09:31 AM   #134
51-51-HT
BANNED
 
Join Date: Jan 2010
Location: GRANDE PORTO - Rio Tinto
Posts: 2,151
Likes (Received): 52

Quote:
Originally Posted by luisribeiro View Post
O matrícula deve ir!

Se ainda fosse a Pamela ou a Carmen Electra... agora a Sharon por amor de deus.
51-51-HT no está en línea   Reply With Quote
Old March 24th, 2013, 02:43 PM   #135
krake
Registered User
 
Join Date: Jan 2012
Posts: 926
Likes (Received): 201


Coloca aí umas fotos do teu caixote do lixo?
__________________

luisribeiro liked this post
krake no está en línea   Reply With Quote
Old March 25th, 2013, 02:51 AM   #136
51-51-HT
BANNED
 
Join Date: Jan 2010
Location: GRANDE PORTO - Rio Tinto
Posts: 2,151
Likes (Received): 52

Quote:
Originally Posted by krake View Post

Coloca aí umas fotos do teu caixote do lixo?
desculpa???
51-51-HT no está en línea   Reply With Quote
Old March 25th, 2013, 02:54 AM   #137
toniho
Registered User
 
toniho's Avatar
 
Join Date: Sep 2010
Posts: 13,228
Likes (Received): 3651

Quote:
Originally Posted by krake View Post

Coloca aí umas fotos do teu caixote do lixo?
E do calendário do computador também. Acho que deve estar parado em 1995!
toniho no está en línea   Reply With Quote
Old March 27th, 2013, 12:12 AM   #138
pai nosso
Registered User
 
pai nosso's Avatar
 
Join Date: Sep 2009
Location: Portugal
Posts: 13,456
Likes (Received): 5357

in "Jornal de Notícias"


Demolições na escarpa após derrocada


Começaram a ser demolidas as ruínas dos prédios que, esta manhã, derrocaram na escarpa das Fontainhas, no Porto. Estão também a ser removidos os destroços que obstruíram totalmente a avenida Gustavo Eiffel e o carro que ficou soterrado, um Opel Astra, já foi retirado.


foto Adelino Meireles/Global Imagens



A derrocada aconteceu ao meio-dia. Subitamente, a fachada de um dos prédios em ruínas, na Avenida Gustavo Eiffel, na escarpa das Fontainhas, alguns metros adiante da ponte Luís I, começou a derrocar. As pedras caíram sobre a avenida, soterrando completamente um carro lá estacionado e várias bateram no muro e caíram no rio Douro.


O alerta chegou às 12.05 horas ao quartel dos Sapadores do Porto. e a PSP e INEm foram para o local. O trânsito na avenida está cortado e não há previsão de quando poderá ser restabelecido, uma vez que toda a via está obstruída por pedras de grande dimensão.


A remoção de pedras começou depois da hora do almoço. Os Sapadores do Porto avaliaram o estado das ruínas e, com o auxílio de uma grua, começou a operação de demolição. As pedras que obstruíram a avenida estão também a ser retiradas. Os Sapadores calculam que, por motivos de segurança, toda a operação de demolição e limpeza de destroços seja demorada.
pai nosso no está en línea   Reply With Quote
Old March 27th, 2013, 01:12 AM   #139
krake
Registered User
 
Join Date: Jan 2012
Posts: 926
Likes (Received): 201


Esses prédios reabilitados dariam ainda mais charme á zona. Porque é que nunca ninguém pensou nisso? É devido ao perigo da sua localizaçao?

Já agora, houve também um bar flutuante que deixou de flutuar..
__________________

tbean liked this post
krake no está en línea   Reply With Quote
Old March 27th, 2013, 12:01 PM   #140
Herrmando
Registered User
 
Join Date: Jul 2004
Posts: 10,113
Likes (Received): 873

Quote:
Originally Posted by krake View Post

Esses prédios reabilitados dariam ainda mais charme á zona. Porque é que nunca ninguém pensou nisso? É devido ao perigo da sua localizaçao?
N sei, mas sei q o despesista do outro lado do rio já há mto q começou a demolir os edifícios da escarpa... Por acaso ng morreu, mas pura sorte. Q tem feito a CMP para resolver os problemas da marginal a nascente da ponte D Luis? Ah pois, são contas à moda do Porto...
__________________
O que aconteceu à entrada do Estoril, em lisboa, não foi um acto de uns quantos alucinados. Foi, isso sim, à semelhança do que ocorreu em Cabinda, um mero exercício terrorista de uns quantos adeptos benfiquistas que, apoiados no racismo que se vive na socidade lisboeta contra o Porto, a coberto da total impunidade que sobrevive para aquelas bandas, e mercê de uma acção cobarde, tentaram roubar a vida aos atletas e dirigentes do FCPorto que, ingenuamente, pensavam estar a caminho de uma competição desportiva, de uma festa do futebol...

orlando01, Sem Eira nem Beira liked this post
Herrmando no está en línea   Reply With Quote
Sponsored Links
Advertisement
 


Reply

Tags
porto, projetos

Thread Tools

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off



All times are GMT +2. The time now is 05:51 AM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.11 Beta 4
Copyright ©2000 - 2019, vBulletin Solutions Inc.
vBulletin Security provided by vBSecurity v2.2.2 (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2019 DragonByte Technologies Ltd.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2019 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us