Porto | Panorama Douro Residences - Page 3 - SkyscraperCity
 

forums map | news magazine | posting guidelines

Go Back   SkyscraperCity > European Forums > Fórum Português > Arquitectura e Urbanismo > Porto > Projectos


Global Announcement

As a general reminder, please respect others and respect copyrights. Go here to familiarize yourself with our posting policy.


Reply

 
Thread Tools
Old March 1st, 2018, 05:27 PM   #41
Andre_Filipe
On The Horizon
 
Andre_Filipe's Avatar
 
Join Date: Sep 2006
Posts: 15,241
Likes (Received): 9131

Também gosto por acaso, mas é mais do mesmo do que se vê por aí. A marginal poderia ter uns edificios novos que se destacasssem pela diferença.
Andre_Filipe no está en línea   Reply With Quote
Sponsored Links
Advertisement
 
Old March 5th, 2018, 09:42 PM   #42
Lord Farquad
Registered User
 
Join Date: Feb 2016
Posts: 1,521
Likes (Received): 1020




Cenário feio e depressivo?! Lixo?! Barracas?!





















Quando não há consciência...

Uma tristeza
Lord Farquad no está en línea   Reply With Quote
Old March 6th, 2018, 10:08 AM   #43
bluesand
Registered User
 
Join Date: Apr 2008
Location: Matosinhos
Posts: 527
Likes (Received): 158

Pena já não termos lá o cais da Secil...
__________________

Andre_Filipe liked this post
bluesand no está en línea   Reply With Quote
Sponsored Links
Advertisement
 
Old March 6th, 2018, 03:42 PM   #44
ermesinde
Registered User
 
Join Date: Jan 2009
Posts: 867
Likes (Received): 137

Quote:
Originally Posted by Tchokan View Post
Eu acho esse edifício lindo, mas isso sou eu. E ainda ficaria melhor se as paredes laterais fossem de encontro à escarpa como se de lá nascessem. Fundiria-se melhor com o terreno.
fundir-se-ia
__________________
tripeiro vs alfacinha
tripas à moda do Porto vs pastel de nata
tá tudo dito...

marciomaco liked this post
ermesinde no está en línea   Reply With Quote
Old March 7th, 2018, 10:50 PM   #45
Tchokan
...
 
Tchokan's Avatar
 
Join Date: Apr 2011
Location: Coimbra | Ponta Delgada | Porto
Posts: 3,219
Likes (Received): 809

__________________
...
Tchokan no está en línea   Reply With Quote
Old April 13th, 2018, 08:58 PM   #46
Andre_Filipe
On The Horizon
 
Andre_Filipe's Avatar
 
Join Date: Sep 2006
Posts: 15,241
Likes (Received): 9131

MINISTÉRIO PÚBLICO INVESTIGA OBRA NA ESCARPA DA ARRÁBIDA

“Confirma-se a existência de inquérito dirigido pelo MP do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP). Encontra-se em investigação e está sujeito a segredo de justiça”, disse a PGR, em resposta a questões sobre uma queixa-crime relativa à construção a jusante da ponte da Arrábida e aos negócios dos terrenos, num processo que envolve a Câmara do Porto pelo menos desde 2001, altura em que a autarquia aprovou permutar terrenos naquela escarpa para “dirimir um diferendo” sobre a propriedade de uma parcela.

Com base no alvará da empreitada na escarpa, licenciada em dezembro de 2017 e que remete para uma “área total de construção de 14.565 metros quadrados”, a Conservatória de Registo Predial do Porto indica estarem em causa três parcelas de terreno com um total de 10.157 metros quadrados.

Segundo os documentos a que a Agência Lusa teve acesso, nomeadamente os da reunião camarária de 11 de dezembro 2001, estes 336,3 metros quadrados municipais foram permutados por 1.574 metros quadrados da Imoloc, “para dirimir o conflito” de propriedade entre a Câmara e a promotora quanto a outra parcela da escarpa.

A proposta do presidente Nuno Cardoso refere que o terreno municipal de 336,3 metros quadrados estava avaliado em 264 mil euros (52.950.000 escudos), e que os 1.574 metros quadrados da Imoloc, localizados mais perto da ponte da Arrábida, valiam 271,4 mil euros (54.420.000 escudos).

O documento não especifica a área nem a avaliação da parcela em relação à qual se gerou “durante algum tempo um conflito de interesses relativamente à titularidade” e que, com esta troca, a Câmara concordou em passar para as mãos da imobiliária.

Em 2009, a Conservatória regista nova intervenção da Câmara do Porto relativamente ao terreno de 336,3 metros quadrados, que confronta a “Norte, Nascente e Poente” com a “Imoloc” e a Sul com a “Rua do Ouro”.

O atual presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, disse a 22 de fevereiro passado que a construção na escarpa da Arrábida “fica beneficiada” com a alteração do uso de um dos prédios de hotel para habitação, aprovada em 2017 pelo então vereador do Urbanismo, Rui Loza.

Moreira reagia então às declarações de Manuel Correia Fernandes, que enquanto vereador do Urbanismo da autarquia (no âmbito de uma coligação pós-eleitoral feita entre o PS e o independente) aprovou em 2016 um Pedido de Informação Prévia (PIP) para o projeto e indicou ter sido o seu sucessor, Rui Loza, quem “licenciou e podia ter travado o projeto de arquitetura” de dois edifícios de habitação na escarpa junto à ponte da Arrábida.

Questionado pela oposição numa reunião camarária de fevereiro, o atual vereador do Urbanismo admitiu que a construção avança numa zona de “proteção de recursos naturais” devido a direitos “adquiridos desde 2000”.
Andre_Filipe no está en línea   Reply With Quote
Old April 19th, 2018, 03:58 PM   #47
Andre_Filipe
On The Horizon
 
Andre_Filipe's Avatar
 
Join Date: Sep 2006
Posts: 15,241
Likes (Received): 9131

APDL CONFIRMA QUE OBRA NA ESCARPA DA ARRÁBIDA É ILEGAL

Fonte oficial da APDL disse à Agência Lusa que aquela entidade “tem de ser consultada e/ou emitir o licenciamento da ocupação do domínio hídrico” daquela obra na marginal do rio Douro, mas “não foi” consultada sobre o projeto que está a ser investigado pelo Ministério Público.

A Câmara do Porto respondeu ser “incorreto” e “falso” que a APDL tenha de ser consultada, contrariando informações do ministro do Ambiente de março e divulgando dois pareceres jurídicos de 2009 e 2011 segundo os quais “a Planta de Condicionantes do PDM – Plano Diretor Municipal” coloca o terreno “fora do limite da zona de jurisdição da APDL”.

O gabinete de comunicação da autarquia esclarece que, “de acordo com a Planta de Condicionantes do PDM, o local não se encontra abrangido pela jurisdição da entidade competente em matéria de recursos hídricos no âmbito da Lei 58/2015 (atualmente a APA, IP – Agência Portuguesa do Ambiente)”.

Acrescenta a autarquia que, de acordo com a mesma planta do PDM, “o terreno está fora do limite da Zona de Jurisdição da APDL”.

“Por esse motivo, uma vez que o local não se encontrava inserido na área de proteção da jurisdição da APA, nem da APDL, não foi pedido parecer a essas entidades”, justifica a Câmara do Porto.

Em março, o ministro do Ambiente remeteu a construção na escarpa da Arrábida para a APDL, responsável pelo “licenciamento da ocupação do domínio hídrico” na margem do Douro.

No processo urbanístico da Câmara do Porto sobre o projeto da Arrábida, a APDL alertou a autarquia para a necessidade de se pronunciar sobre a obra por três vezes desde 2010, pelo menos.

A última resposta do município sobre o assunto data de 2015 e conclui “não haver lugar à consulta à APDL”, “pese embora o local da intervenção ser a margem direita do rio Douro”.

A Câmara justifica a decisão com um parecer jurídico de 2009, “revalidado” em 2011 externamente, pela professora Fernanda Paula Oliveira.

Em 2011, a APDL manifestou à Direção Municipal de Urbanismo a “profunda e veemente discordância” com o entendimento municipal de que “a área de jurisdição da APDL foi alvo de redefinição pela Planta de Condicionantes do PDM”.

Para a ADPL, a interpretação da autarquia representa “uma violação expressa da hierarquia das fontes de direito”.

Os limites das autoridades portuárias “são fixadas por diploma legal”, o que é “incontestável e não revogável” pelo PDM, acrescenta a APDL.

“As regras legais não podem sofrer derrogação por fontes de direito hierarquicamente inferiores. O PDM não se pode arrogar substituir os órgãos de soberania competentes na determinação e fixação dos limites dominiais”, sublinha.
A APDL conclui, naquela missiva de 2010, ser “ilegítimo o entendimento da Câmara”.

Em causa está a obra em curso de “um prédio com seis pisos” com 38 fogos, a que mais tarde se deverá juntar “outro com 16 andares” com 43 fogos.

Em reunião camarária de fevereiro, a Câmara do Porto admitiu que a edificação decorria numa zona de “proteção de recursos naturais” devido a direitos “adquiridos desde 2000”.

A Câmara do Porto terá também ignorado o “parecer desfavorável” da Direção Regional de Cultura à construção na escarpa da Arrábida, por considerar que a ausência de Zona Especial de Proteção (ZEP) da Ponte da Arrábida dispensava a consulta.

A autarquia afirmou já ter dado ”todos os esclarecimentos necessários, não querendo pronunciar-se sobre a tomada de decisões de decisores que já não se encontram em funções”. E referiu que “em março de 2017, na sequência de novo pedido sobre o mesmo assunto, respondeu prontamente, pedindo mais informação e requerendo mesmo uma reunião” à Direção Regional de Cultura do Norte.

“Não recebeu a Câmara do Porto nenhuma comunicação posterior nem foi marcada qualquer reunião. A DGPC decidiu também não publicar qualquer portaria”, observou o gabinete de comunicação da Câmara.
Andre_Filipe no está en línea   Reply With Quote
Old April 19th, 2018, 04:19 PM   #48
RuiG21
Registered User
 
RuiG21's Avatar
 
Join Date: Aug 2014
Location: Gaia
Posts: 6,614
Likes (Received): 2141

A câmara diz uma coisa, a APDL diz outra, assim não dá.
__________________
Rui Granja
RuiG21 no está en línea   Reply With Quote
Old April 19th, 2018, 06:52 PM   #49
Herrmando
Registered User
 
Join Date: Jul 2004
Posts: 10,123
Likes (Received): 878

Vai dar novela...
__________________
O que aconteceu à entrada do Estoril, em lisboa, não foi um acto de uns quantos alucinados. Foi, isso sim, à semelhança do que ocorreu em Cabinda, um mero exercício terrorista de uns quantos adeptos benfiquistas que, apoiados no racismo que se vive na socidade lisboeta contra o Porto, a coberto da total impunidade que sobrevive para aquelas bandas, e mercê de uma acção cobarde, tentaram roubar a vida aos atletas e dirigentes do FCPorto que, ingenuamente, pensavam estar a caminho de uma competição desportiva, de uma festa do futebol...
Herrmando no está en línea   Reply With Quote
Old April 19th, 2018, 09:13 PM   #50
51-51-HT...
Registered User
 
Join Date: Aug 2016
Posts: 723
Likes (Received): 136

quando estiver já com alicerces de 13 pisos a obra é embargada e fica assim 20 anos , o pessoal toxico do Aleixo,Pasteleira e Pinheiro Torres vão agradecer.
51-51-HT... no está en línea   Reply With Quote
Old April 19th, 2018, 10:16 PM   #51
ERVATUGA
- Take it easy -
 
ERVATUGA's Avatar
 
Join Date: Apr 2010
Location: Shéol
Posts: 64,016
Likes (Received): 20115

__________________
- Please, be Happy -
ERVATUGA no está en línea   Reply With Quote
Old April 19th, 2018, 11:03 PM   #52
Sperrel
Registered User
 
Sperrel's Avatar
 
Join Date: Apr 2014
Location: Porto
Posts: 415
Likes (Received): 156

Quote:
Originally Posted by 51-51-HT... View Post
quando estiver já com alicerces de 13 pisos a obra é embargada e fica assim 20 anos , o pessoal toxico do Aleixo,Pasteleira e Pinheiro Torres vão agradecer.
Tudo a ver. Até porque se há gente de gosta de promenades pela marginal é a gunagem dos bairros sociais.
Sperrel no está en línea   Reply With Quote
Old April 20th, 2018, 08:56 AM   #53
Marco Bruno
Les cites obscures
 
Marco Bruno's Avatar
 
Join Date: Aug 2003
Location: Lisbon
Posts: 10,660
Likes (Received): 3575

O que acontece nestes casos é terem de pagar uma indemnização choruda ao investidor.
Marco Bruno no está en línea   Reply With Quote
Old April 20th, 2018, 02:57 PM   #54
luisribeiro
Registered User
 
Join Date: Dec 2009
Location: accountkiller
Posts: 4,511
Likes (Received): 1523

Nada que nao se estivesse à espera e estimo em saber que houve reaçoes, porque de facto é evidente que construir ali é um erro!
luisribeiro no está en línea   Reply With Quote
Old April 20th, 2018, 05:18 PM   #55
shnuty
Registered User
 
shnuty's Avatar
 
Join Date: Dec 2011
Location: Porto
Posts: 23
Likes (Received): 30

Não percebo o porquê de tanta polémica em torno desta construção! Com um ca..lhão em cima do rio (ocupado pelo Restaurante Casa D'Oro e tanta preocupação com um prédio que só tapa uma escarpa horrorosa como a da Arrábida! Enfim...
__________________

Gorky liked this post
shnuty no está en línea   Reply With Quote
Old April 20th, 2018, 07:55 PM   #56
P.Silva
Registered User
 
Join Date: Feb 2018
Posts: 22
Likes (Received): 14

Quote:
Originally Posted by shnuty View Post
Não percebo o porquê de tanta polémica em torno desta construção! Com um ca..lhão em cima do rio (ocupado pelo Restaurante Casa D'Oro e tanta preocupação com um prédio que só tapa uma escarpa horrorosa como a da Arrábida! Enfim...
Se desconhecesse a origem desse volume em cima do rio, diria o mesmo.
P.Silva no está en línea   Reply With Quote
Old April 21st, 2018, 12:38 AM   #57
shnuty
Registered User
 
shnuty's Avatar
 
Join Date: Dec 2011
Location: Porto
Posts: 23
Likes (Received): 30

Eu sei perfeitamente a origem "desse volume"... A questão é, causa menos impacto visual que o prédio encostado à escarpa?? Não me parece...
shnuty no está en línea   Reply With Quote
Old April 21st, 2018, 03:40 PM   #58
Barragon
Barra for Friends
 
Barragon's Avatar
 
Join Date: Dec 2004
Location: Barreiro
Posts: 138,550
Likes (Received): 15356

Sim, esse ca..lhão em cima do rio já devia ter ido com a corrente.
__________________
::: Portuguese Forum :::

Tocha :: Mira :: Vagos :: Ílhavo :: Praia da Barra :: Curia :: Anadia :: Oliveira do Bairro :: Águeda

Fat people are harder to kidnap

J. T. Moura liked this post
Barragon no está en línea   Reply With Quote
Old April 23rd, 2018, 11:32 PM   #59
Spedfrom
Registered User
 
Spedfrom's Avatar
 
Join Date: Aug 2015
Location: Santo Tirso, Porto, Leicester
Posts: 1,230
Likes (Received): 554

Eu gosto do cagalhão em cima do rio. A esta altura do campeonato é já um ícone da marginal daquela zona, teve a sua utilidade em tempos idos e agora é um restaurante agradável onde se come bem.
Spedfrom no está en línea   Reply With Quote
Old April 24th, 2018, 12:12 AM   #60
Sperrel
Registered User
 
Sperrel's Avatar
 
Join Date: Apr 2014
Location: Porto
Posts: 415
Likes (Received): 156

O estúdio do Edgar Cardoso bate em arquitectura as torrecas em inox.
Sperrel no está en línea   Reply With Quote
Sponsored Links
Advertisement
 


Reply

Thread Tools

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off



All times are GMT +2. The time now is 04:22 PM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.11 Beta 4
Copyright ©2000 - 2019, vBulletin Solutions Inc.
vBulletin Security provided by vBSecurity v2.2.2 (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2019 DragonByte Technologies Ltd.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2019 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us