Brasil | Ferrovias entre Rio e Espírito Santo [EF-118 e afins] - Page 5 - SkyscraperCity
 

forums map | news magazine | posting guidelines

Go Back   SkyscraperCity > Latin American & Caribbean Forums > Brasil > Fóruns Gerais > Infraestrutura e Transporte > Infraestrutura e Transporte > Transporte Ferroviário


Global Announcement

As a general reminder, please respect others and respect copyrights. Go here to familiarize yourself with our posting policy.


Reply

 
Thread Tools Rating: Thread Rating: 10 votes, 5.00 average.
Old December 20th, 2016, 10:32 PM   #81
Putsein
Railroad Enthusiast
 
Putsein's Avatar
 
Join Date: Jan 2015
Posts: 593
Likes (Received): 884

Vale confirma interesse de fazer ferrovia entre Vitória e Presidente Kennedy

20/12/2016 - Gazeta Online

A Vale apresentou ao governo federal a proposta para construir um novo trecho ferroviário no Espírito Santo ligando o Complexo de Tubarão, na Grande Vitória, a um dos terminais portuários projetados para Presidente Kennedy, no Sul do Estado.

A mineradora enviou, há quase dois meses, uma carta de intenções à Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e as negociações fazem parte do processo para renovar a concessão da Vitória-Minas com vencimento previsto para 2026.

A ideia é usar o novo investimento para pagar a União pelo direito de permanecer como controladora da estrada de ferro que já está em operação por mais 30 anos.

Segundo o presidente da Vale, Murilo Ferreira, durante entrevista coletiva nesta segunda-feira (19) no Palácio Anchieta, a expectativa é fechar as negociações com o governo federal ainda no primeiro semestre de 2017 para que a companhia possa dar largada ao projeto e iniciar a construção da nova estrutura.

“Temos que trabalhar com a perspectiva de que 2026 não é amanhã, mas é depois de amanhã. Precisamos ter um alinhamento completo com as aspirações dos Estados onde trabalhamos. Por uma questão de data, ficar sentado confortavelmente numa poltrona, esperando para resolver isso em 2026, não é um gesto de uma empresa cidadã. Nós temos a nossa responsabilidade”, resumiu Ferreira ao afirmar ainda que tem sido intensamente cobrado pelo governo do Estado a se posicionar sobre o tema.

O presidente da Vale ainda acrescentou que as discussões sobre a extensão são acompanhadas também pelo secretário-executivo do Programa de parcerias de Investimentos, Moreira Franco, que tem apresentado “uma agenda positiva em relação a esse assunto”. “Feita essa renovação, tendo estabelecidos os termos dessa renovação, a Vale quer demonstrar o interesse em discutir profundamente a sua participação na extensão da ferrovia para que essa chegue até Presidente Kennedy, abrindo um novo vetor de desenvolvimento e logístico para o Espírito Santo”, acrescentou.

Serão 160 quilômetros a mais de ferrovia, caso a mineradora consiga firmar o acordo com a União, que será concluído em menos de seis meses, segundo o diretor de logística da Vale, Humberto Freitas. “A Vale já definiu o valor que poderá pagar pelo trecho Vitória-Minas. Nossa proposta é trocar esse valor pelo novo investimento”, explica Freitas.

Segundo o governador Paulo Hartung, essa negociação antecipada entre a Vale e a União tem sido possível devido à medida provisória das concessões, que regulamenta o Programa de Parceria de Investimentos (PPI), publicado em 25 de novembro pelo presidente Michel Temer. “Nós propomos ao governo federal que ao invés da Vale aportar dinheiro no Tesouro Nacional, ela faça um novo investimento com esse recurso, ampliando a extensão da Vitória-Minas, o que chamamos de um novo ramal da Vitória-Minas, pelo nosso litoral”.

O governador explica que a ampliação da ferrovia vai mudar a estrutura econômica do Estado, trazendo mais competitividade. “Precisamos tornar o Espírito Santo mais competitivo com portos, aeroportos e ferrovias adequados. O Sul do Estado precisa de injeção de dinamismo econômico”.

http://www.revistaferroviaria.com.br...dMateria=25503

A notícia foi confirmada também pelo presidente da Vale em entrevista com a rede Gazeta filial local da Globo no ES
__________________

Abu.EdL, Paulo Magalhães, Guga GM liked this post
Putsein no está en línea   Reply With Quote
Sponsored Links
Advertisement
 
Old December 22nd, 2016, 04:24 PM   #82
Lro A C
Registered User
 
Lro A C's Avatar
 
Join Date: Aug 2009
Location: São Paulo
Posts: 6,969
Likes (Received): 1564

Vai ser em bitola dupla?
Lro A C no está en línea   Reply With Quote
Old December 22nd, 2016, 09:55 PM   #83
Putsein
Railroad Enthusiast
 
Putsein's Avatar
 
Join Date: Jan 2015
Posts: 593
Likes (Received): 884

Quote:
Originally Posted by Lro A C View Post
Vai ser em bitola dupla?
Por ser um ramal da EFVM vai ser bitola métrica, mas talvez se algum dia a parte carioca do projeto sair do papel pode ser que haja bitola mista ou transbordo com a larga.
Putsein no está en línea   Reply With Quote
Sponsored Links
Advertisement
 
Old December 22nd, 2016, 10:08 PM   #84
Celso Jorge
Registered User
 
Join Date: Dec 2010
Location: São Paulo-SP
Posts: 13,684
Likes (Received): 11800

O ideal seria ter bitola mista, caso a MRS queira se aproveitar do empreendimento, transbordo de carga é perda de tempo.
Celso Jorge no está en línea   Reply With Quote
Old December 23rd, 2016, 12:48 AM   #85
bitolado
Registered User
 
bitolado's Avatar
 
Join Date: May 2013
Location: west side
Posts: 973
Likes (Received): 900

por um lado acho difícil fazer mista por causa que a EFVM já é métrica

por outro lado se for ter a parte carioca em bitola larga, não faz sentido que a fronteira entre os estados seja um ponto de troca de bitola... tem que ver o q esses caras vão arrumar aí
__________________
--
"Questions are more powerful than statements"
bitolado no está en línea   Reply With Quote
Old December 23rd, 2016, 11:41 AM   #86
Putsein
Railroad Enthusiast
 
Putsein's Avatar
 
Join Date: Jan 2015
Posts: 593
Likes (Received): 884

Quote:
Originally Posted by Celso Jorge View Post
O ideal seria ter bitola mista, caso a MRS queira se aproveitar do empreendimento, transbordo de carga é perda de tempo.
O projeto da EF-118 prevê opção de bitola mista ou pátio de transbordos entre Vitória e o Porto do Açu, do mesmo até Itaguaí seria em bitola larga. Porém agora que a Vale retomou o projeto original do ramal litorâneo sul do ES, deverá sair apenas em bitola métrica, não faz muito sentido a MRS operar aqui pois o ES nem tem ligação com a malha dela (e nem vai ter se a EF-118 não sair), já a VLi sim deverá se aproveitar de direito de passagem, ainda mais com o Porto Central que prevê grande movimentação de carga geral juntamente do minério de ferro.
Putsein no está en línea   Reply With Quote
Old May 18th, 2017, 03:09 AM   #87
André cavando n'água
Registered User
 
André cavando n'água's Avatar
 
Join Date: Dec 2014
Location: Rio de Janeiro
Posts: 252
Likes (Received): 596

Quote:
Originally Posted by Guga GM View Post
Expansão da Vitória-Minas pode chegar ao centro do Rio de Janeiro
Projeto quer ampliar trecho da estrada para além de Presidente Kennedy, no Sul do ES


Rafael Silva
[email protected]



A expansão da ferrovia que liga Vitória a Minas Gerais até o Sul do Estado pode ir além de Presidente Kennedy. A Vale e os governos federal e do Estado do Rio de Janeiro negociam um projeto que aumentaria o trecho da ferrovia até a região central do Rio.

Essa possibilidade aumentou depois da aprovação, na última semana, de uma Medida Provisória no Congresso que permite que o governo federal negocie as concessões de infraestrutura.

A concessão da ferrovia Vitória-Minas, controlada pela Vale, por exemplo, tem validade até 2026. O tempo de renovação ainda não foi definido, mas deve ser fechado em um novo prazo de 30 anos. Em negociação para a renovação da concessão da malha ferroviária já existente, a Vale sinalizou interesse em desenvolver o projeto para ampliação da estrada de ferro até a cidade de Presidente Kennedy.

Paralelo ao pleito capixaba por uma extensão da rodovia, o governo do Rio de Janeiro pressiona o Ministério dos Transportes para que a MRS Logística também conecte seu trecho de ferrovia da região metropolitana da capital carioca até o Porto Central, permitindo a ligação entre os dois Estados pela malha ferroviária. A ligação com a concessionária permitiria viagens de trem de Vitória até Santos, em São Paulo.

“Ao passar pelo litoral, essa ferrovia melhora bastante as condições de operação dos nossos portos. É o mesmo projeto da EF-118 só que pensado de uma maneira diferente, passando por Itaoca, Itapemirim e Ubu. É difícil falar em data, mas acredito que esse acordo se consolide neste ano e há uma perspectiva de que, no ano que vem, as obras possam ser iniciadas”, afirmou o secretário de Desenvolvimento Econômico, José Eduardo Azevedo.

Informações de bastidores dão conta que executivos da Vale já teriam sinalizado positivamente para o projeto e que a negociação depende da superação de “burocracia técnica”. A construção da ferrovia, que deve custar algo em torno de R$ 5 bilhões, seria licitada pela Vale e investidores chineses já estariam de olho na obra.

A Vale informou que “está numa fase avançada com o governo federal por meio da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) para definição do valor de uma eventual renovação da concessão da Estrada de Ferro Vitória a Minas. Sendo acordada a renovação, os investimentos a serem feitos como contrapartida serão definidos pelo governo federal”.

Também já é discutido internamente as licenças ambientais para a construção da nova linha. “Em uma escala de uma a dez, as chances para termos uma linha férrea que vá até a divisa com o Rio é nove”, afirmou o governador Paulo Hartung.

Leia em:http://www.gazetaonline.com.br/notic...014055919.html

Acho que seria uma luz no final do túnel...
__________________
O consumismo é a pilhagem do mundo; o materialismo é o sequestro da alma.
The consumerism is the plundering of the world; the materialism is the seizure of the soul.
El consumismo es el pillaje del mundo; el materialismo es la toma del alma.

Nighto, Ralph Yamaguti, Guga GM liked this post
André cavando n'água no está en línea   Reply With Quote
Old May 18th, 2017, 03:44 PM   #88
André cavando n'água
Registered User
 
André cavando n'água's Avatar
 
Join Date: Dec 2014
Location: Rio de Janeiro
Posts: 252
Likes (Received): 596

Enquanto isso a linha segue como pode e com o que tem...

Para deleite:


__________________
O consumismo é a pilhagem do mundo; o materialismo é o sequestro da alma.
The consumerism is the plundering of the world; the materialism is the seizure of the soul.
El consumismo es el pillaje del mundo; el materialismo es la toma del alma.
André cavando n'água no está en línea   Reply With Quote
Old May 19th, 2017, 12:51 AM   #89
Rodalvesdepaula
Scooter/motorbike lover
 
Rodalvesdepaula's Avatar
 
Join Date: Apr 2008
Location: São Roque (SP)
Posts: 59,737
Likes (Received): 56646

Ainda opera a velha Leopoldina no ES? Se sim, é o que restou da Leopoldina...
Rodalvesdepaula no está en línea   Reply With Quote
Old May 19th, 2017, 11:37 PM   #90
Putsein
Railroad Enthusiast
 
Putsein's Avatar
 
Join Date: Jan 2015
Posts: 593
Likes (Received): 884

Quote:
Originally Posted by Rodalvesdepaula View Post
Ainda opera a velha Leopoldina no ES? Se sim, é o que restou da Leopoldina...
Estpa operando parcialmente, a carga de calcário entre Cacheiro de Itapemirim e o porto de Tubarão em Vitória foi cancelada, atualmente opera somente o trem de toretes da Fíbria num pequeno trecho entre Cariacica e Marechal Floriano.

É prevista a devolução do trecho a união em 2018 e existem estudos para um trem turístico do estilo o que roda entre Curitiba e Paranaguá, o que resta de carga nessa linha antiga deverá ser transferida pro ramal litorâneo sul da EFVM quando esse estiver concluído.
__________________

Rodalvesdepaula liked this post
Putsein no está en línea   Reply With Quote
Old May 20th, 2017, 10:24 AM   #91
Constant.rj
Registered User
 
Join Date: Feb 2011
Posts: 258
Likes (Received): 231

muito curioso...ler esses posts de 2014, 2015...hj em 2017 com cabral preso...e geral bolado com a lava jato é algo surreal...kkkkkkkkkkk

não passou de delírio da galera
Constant.rj no está en línea   Reply With Quote
Old September 6th, 2017, 03:19 PM   #92
rodrigo oliveira
Registered User
 
rodrigo oliveira's Avatar
 
Join Date: Aug 2007
Posts: 11
Likes (Received): 0

Quote:
Originally Posted by Putsein View Post
Estpa operando parcialmente, a carga de calcário entre Cacheiro de Itapemirim e o porto de Tubarão em Vitória foi cancelada, atualmente opera somente o trem de toretes da Fíbria num pequeno trecho entre Cariacica e Marechal Floriano.

É prevista a devolução do trecho a união em 2018 e existem estudos para um trem turístico do estilo o que roda entre Curitiba e Paranaguá, o que resta de carga nessa linha antiga deverá ser transferida pro ramal litorâneo sul da EFVM quando esse estiver concluído.
Quer dizer que não há mais tráfego entre Cachoeiro e a Grande Vitória? O transporte de calcário foi cancelado em definitivo?
rodrigo oliveira no está en línea   Reply With Quote
Old September 6th, 2017, 05:47 PM   #93
Putsein
Railroad Enthusiast
 
Putsein's Avatar
 
Join Date: Jan 2015
Posts: 593
Likes (Received): 884

Quote:
Originally Posted by rodrigo oliveira View Post
Quer dizer que não há mais tráfego entre Cachoeiro e a Grande Vitória? O transporte de calcário foi cancelado em definitivo?
Calcário parou faz cerca de 1 ano, estava rodando apenas os trens de torete entre Marechal Floriano e Vitória, mas também estava pra parar, se já não parou.
Putsein no está en línea   Reply With Quote
Old September 6th, 2017, 09:50 PM   #94
rodrigo oliveira
Registered User
 
rodrigo oliveira's Avatar
 
Join Date: Aug 2007
Posts: 11
Likes (Received): 0

Quote:
Originally Posted by Putsein View Post
Calcário parou faz cerca de 1 ano, estava rodando apenas os trens de torete entre Marechal Floriano e Vitória, mas também estava pra parar, se já não parou.
Poxa, que triste notÃ*cia. Espero que não deixem a ferrovia sucatear. Será que agora com o fim do tráfego de cargas não seria viável uma pequena composição de passageiros rodando alguns dias da semana entre Vitória e Cachoeiro?
rodrigo oliveira no está en línea   Reply With Quote
Old September 7th, 2017, 12:39 AM   #95
Putsein
Railroad Enthusiast
 
Putsein's Avatar
 
Join Date: Jan 2015
Posts: 593
Likes (Received): 884

Quote:
Originally Posted by rodrigo oliveira View Post
Poxa, que triste notÃ*cia. Espero que não deixem a ferrovia sucatear. Será que agora com o fim do tráfego de cargas não seria viável uma pequena composição de passageiros rodando alguns dias da semana entre Vitória e Cachoeiro?
O trecho deverá ser devolvido pra ANTT até 2018, a Serra Verde Express que já operou um trem turístico nesse trecho tem interesse em colocar um trem turístico maior e percorrendo o trecho entre Viana e Mathilde.

O transporte de cargas deve retornar apenas quando o ramal litorâneo-sul da EFVM ficar pronto.
Putsein no está en línea   Reply With Quote
Old September 8th, 2017, 04:41 PM   #96
rodrigo oliveira
Registered User
 
rodrigo oliveira's Avatar
 
Join Date: Aug 2007
Posts: 11
Likes (Received): 0

Quote:
Originally Posted by Putsein View Post
O trecho deverá ser devolvido pra ANTT até 2018, a Serra Verde Express que já operou um trem turístico nesse trecho tem interesse em colocar um trem turístico maior e percorrendo o trecho entre Viana e Mathilde.

O transporte de cargas deve retornar apenas quando o ramal litorâneo-sul da EFVM ficar pronto.
Sendo assim, o trecho Cachoeiro x Mathilde será sucateado. Que pena. É torcer para a Serra Express explorar esse trecho também. Agora não sei se possui o mesmo apelo turístico que Mathilde x Viana.
rodrigo oliveira no está en línea   Reply With Quote
Old September 8th, 2017, 05:22 PM   #97
Celso Jorge
Registered User
 
Join Date: Dec 2010
Location: São Paulo-SP
Posts: 13,684
Likes (Received): 11800

Quote:
Originally Posted by Putsein View Post
O trecho deverá ser devolvido pra ANTT até 2018, a Serra Verde Express que já operou um trem turístico nesse trecho tem interesse em colocar um trem turístico maior e percorrendo o trecho entre Viana e Mathilde.

O transporte de cargas deve retornar apenas quando o ramal litorâneo-sul da EFVM ficar pronto.
Você disse que a Serra Verde Express operou um trem turístico no trecho, mas a empresa atualmente não opera mais o Trem das Montanhas Capixabas? Se não opera mais, ainda teria a pretensão de voltar a operar e num trecho maior, isso no caso da desativação dos transporte de cargas?
Eu sempre achei o passeio pela região muito bonito e que ajuda a movimentar a economia da região, espero que esse turismo no Espírito Santo tenha continuidade e o faça ser mais conhecido pelo resto do Brasil quanto à belezas naturais e a cultura de seu interior, tem potencial!
Celso Jorge no está en línea   Reply With Quote
Old September 8th, 2017, 05:28 PM   #98
Putsein
Railroad Enthusiast
 
Putsein's Avatar
 
Join Date: Jan 2015
Posts: 593
Likes (Received): 884

Quote:
Originally Posted by Celso Jorge View Post
Você disse que a Serra Verde Express operou um trem turístico no trecho, mas a empresa atualmente não opera mais o Trem das Montanhas Capixabas? Se não opera mais, ainda teria a pretensão de voltar a operar e num trecho maior, isso no caso da desativação dos transporte de cargas?
Eu sempre achei o passeio pela região muito bonito e que ajuda a movimentar a economia da região, espero que esse turismo no Espírito Santo tenha continuidade e o faça ser mais conhecido pelo resto do Brasil quanto à belezas naturais e a cultura de seu interior, tem potencial!
Ela fazia o turístico com uma litorina, mas parece que estavam tendo dificuldade pra fazer a manutenção dela por aqui, e ela era grande demais pro trecho, tendo que passar em alguns tuneis e cortes de pedra em velocidade reduzida, agora parece que o projeto é colocar 2 locomotivas e alguns vagões Santa Matilde que a Vale anda vendendo aos montes dos que restaram do antigo passageiro.
Putsein no está en línea   Reply With Quote
Old September 8th, 2017, 06:15 PM   #99
Celso Jorge
Registered User
 
Join Date: Dec 2010
Location: São Paulo-SP
Posts: 13,684
Likes (Received): 11800

Estranho, parecia que a automotriz circulava bem pelo trecho e por que será que não montaram uma oficina dedicada a ela com o know-how do pessoal de Curitiba, além de algumas retificações de traçado com algumas pequenas adaptações dos túneis? Sairia muito caro?
Se os passeios não ocorrem mais, o que foi feito da litorina, devolveram para Curitiba? Bom, se pretendem mesmo retomar o trem turístico, espero mesmo que o façam com os antigos carros de passageiros da Vale, pois o que não pode é abandonarem de vez a ferrovia e o turismo ferroviário contribuiria mesmo para a economia da região.
Celso Jorge no está en línea   Reply With Quote
Old September 8th, 2017, 09:44 PM   #100
rodrigo oliveira
Registered User
 
rodrigo oliveira's Avatar
 
Join Date: Aug 2007
Posts: 11
Likes (Received): 0

Quote:
Originally Posted by Celso Jorge View Post
Estranho, parecia que a automotriz circulava bem pelo trecho e por que será que não montaram uma oficina dedicada a ela com o know-how do pessoal de Curitiba, além de algumas retificações de traçado com algumas pequenas adaptações dos túneis? Sairia muito caro?
Se os passeios não ocorrem mais, o que foi feito da litorina, devolveram para Curitiba? Bom, se pretendem mesmo retomar o trem turístico, espero mesmo que o façam com os antigos carros de passageiros da Vale, pois o que não pode é abandonarem de vez a ferrovia e o turismo ferroviário contribuiria mesmo para a economia da região.
Encontrei esta notícia relacionada:

"A partir do início do próximo ano o Espírito Santo terá um novo passeio de trem. O Serra Verde Express irá levar ao Estado um trem turístico com três vagões, somando 150 lugares. O equipamento substitui a litorina que tinha capacidade para 50 pessoas. Com a novidade, o Serra Verde Express promete aumentar o percurso chegando até Alfredo Chaves, uma estância com grande potencial turístico segundo o diretor da Serra Verde Express, Adonai Arruda Filho (foto).

A litorina usada na viagem do Espírito Santo, por sua vez, deverá ser usada em um novo produto que a empresa prepara para o próximo ano. A expectativa de Adonai Arruda é ter uma operação no Rio Grande do Sul fazendo o trajeto Estrela, na região metropolitana de Porto Alegre, a Guaporé, cidade vizinha a Bento Gonçalves.

“A gente pretende iniciar a operação até julho de 2017. É difícil prever uma data, estamos há dois anos negociando esta operação e a ideia é começar a operar próximo da alta temporada”, afirmou."

http://www.panrotas.com.br/noticia-t...to_140324.html
rodrigo oliveira no está en línea   Reply With Quote
Sponsored Links
Advertisement
 


Reply

Thread Tools
Rate This Thread
Rate This Thread:

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off



All times are GMT +2. The time now is 07:22 AM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.11 Beta 4
Copyright ©2000 - 2019, vBulletin Solutions Inc.
vBulletin Security provided by vBSecurity v2.2.2 (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2019 DragonByte Technologies Ltd.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2019 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us