Brasil | Ferrovias entre Rio e Espírito Santo [EF-118 e afins] - Page 6 - SkyscraperCity
 

forums map | news magazine | posting guidelines

Go Back   SkyscraperCity > Latin American & Caribbean Forums > Brasil > Fóruns Gerais > Infraestrutura e Transporte > Infraestrutura e Transporte > Transporte Ferroviário


Global Announcement

As a general reminder, please respect others and respect copyrights. Go here to familiarize yourself with our posting policy.


Reply

 
Thread Tools Rating: Thread Rating: 10 votes, 5.00 average.
Old November 9th, 2017, 11:29 AM   #101
dipaula13
Registered User
 
Join Date: Apr 2012
Posts: 1,253
Likes (Received): 1829

PEZÃO E HARTUNG DEFENDEM IMPLANTAÇÃO DE FERROVIA
08/11/2017 - 17:05h - Atualizado em 08/11/2017 - 17:22h
Autoridades assinaram carta em busca de apoio do governo federal

Os governadores do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, e do Espírito Santo, Paulo Hartung, assinaram, nesta quarta-feira (08/11), uma carta endereçada ao presidente Michel Temer reforçando a importância da implantação da ferrovia que ligará os dois estados, a EF-118 Rio/Vitória. O documento será entregue pessoalmente pelos dois governadores na próxima semana. O objetivo é criar condições para que a EF-118 seja incorporada ao Programa de Parcerias de Investimento (PPI) do Governo Federal, ainda no primeiro semestre de 2018.

Considerada fundamental para a integração logística da região Sudeste, a Rio/Vitória tem o potencial de atrair novos polos industriais nos 25 municípios fluminenses e capixabas cortados pelo traçado da ferrovia. A EF-118 se articulará à EF-354 (também conhecida como Transcontinental), projeto ferroviário que cruzará o país no sentido leste/oeste, a partir do Porto do Açu, alcançando a região Centro-Oeste e, eventualmente, o Oceano Pacífico na costa peruana.

Com custo estimado em R$ 5,5 bi e 577 km de extensão, uma vez implantada, a ferrovia será diretamente conectada à malha ferroviária da concessionária MRS e da Vitória/Minas, interligando Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte e Vitória.

Para o governador, a única saída para a crise é o desenvolvimento econômico.

- Não tenho dúvida que vamos dar a volta por cima. O melhor caminho é o do crescimento econômico, do desenvolvimento, de apoiar o empreendedor. E quem vai puxar esse crescimento é o Rio de Janeiro e o Espírito Santo. Se tem uma região que vai crescer na geração de empregos e na geração de renda é a nossa – afirmou Pezão.

O governador Paulo Hartung enfatizou a importância da parceria com o governo federal para que a ferrovia seja viabilizada o mais rápido possível.

- Estamos criando uma aliança entre Rio de Janeiro e Espírito Santo, que une os dois governos, empresários, prefeituras e trabalhadores, para reivindicar junto ao governo federal que os recursos obtidos na renovação dos contratos de concessão da malha ferroviária sejam direcionados à construção dessa nova ferrovia, que é estratégica para o desenvolvimento do país. Com isso, surgirá uma estrutura de logística que não é para o Rio, nem para o Espírito Santo: é para o Brasil – ressaltou Hartung.

O secretário da Casa Civil, Christino Áureo, destacou que a futura ferrovia é fundamental para o desenvolvimento dos municípios dos dois estados.

- Os efeitos positivos dessa ferrovia serão espraiados por todos os municípios da região. Essa infraestrutura logística vai tangenciar cada microrregião no trajeto entre Rio e Vitória. Não há empreendimento que vá em frente sem mobilização das pessoas. Numa democracia a mobilização se dá através de suas lideranças. Em especial lideranças políticas e da sociedade organizada que se unem em torno de uma grande causa, como vemos aqui – disse o secretário.

O documento também foi assinado pelos secretários da Casa Civil e Desenvolvimento Econômico, Christino Áureo, e de Estado de Transporte do Rio de Janeiro, Rodrigo Vieira, além de representantes de entidades de classe, como Firjan, FINDES, Associação Comercial do Rio de Janeiro, Espírito Santo em Ação, entre outros.

http://www.rj.gov.br/web/imprensa/ex...cle-id=4628250
dipaula13 no está en línea   Reply With Quote
Sponsored Links
Advertisement
 
Old February 23rd, 2018, 01:20 PM   #102
LucFreitas
Registered User
 
LucFreitas's Avatar
 
Join Date: Aug 2014
Posts: 46
Likes (Received): 95

Ainda há vida na velha Leopoldina? Passei ontem por Campo Grande, Cariacica, e vi muito mato alto, trilhos já bem oxidados e sujos de lama e máquinas da prefeitura trabalhando sobre a linha. É o fim de todo o trecho Vila Velha - Cachoeiro de Itapemirim ou ainda há alguma circulação esporádica em alguma parte?
__________________

Nighto liked this post
LucFreitas no está en línea   Reply With Quote
Old May 22nd, 2018, 01:21 AM   #103
LucFreitas
Registered User
 
LucFreitas's Avatar
 
Join Date: Aug 2014
Posts: 46
Likes (Received): 95

Reportagem do ESTV 1ª edição sobre os vagões abandonados pela VLI no final da ferrovia em Paul, Vila Velha: https://globoplay.globo.com/v/6745582/

Ontem pude observar diferentes trechos da ferrovia novamente. O trecho de Paul até Jardim América, em Vila Velha e Cariacica, parece estar melhor conservado, assim como parte do trecho que vi em Viana Sede. Já um trecho próximo a Campo Grande, Cariacica, já está praticamente encoberto pelo mato alto.
__________________

Nighto liked this post
LucFreitas no está en línea   Reply With Quote
Sponsored Links
Advertisement
 
Old May 22nd, 2018, 04:06 AM   #104
bitolado
Registered User
 
bitolado's Avatar
 
Join Date: May 2013
Location: west side
Posts: 976
Likes (Received): 942

o menor problema de Argolas é esse matinho aí
__________________
--
"Questions are more powerful than statements"
bitolado no está en línea   Reply With Quote
Old July 3rd, 2018, 01:24 AM   #105
LucFreitas
Registered User
 
LucFreitas's Avatar
 
Join Date: Aug 2014
Posts: 46
Likes (Received): 95

Governo federal quer tirar investimento da Vale em nova ferrovia no ES - Economia
Geraldo Campos Jr | Publicado em 02/07/2018 às 17h40


Negociação para renovar antecipadamente concessão da Vitória-Minas estipula como contrapartida investimento em ferrovia do Centro-Oeste, segundo o senador Ricardo Ferraço


Uma manobra do governo federal pode prejudicar o Espírito Santo. A União propôs à Vale que para renovar antecipadamente a concessão da Vitória-Minas (que vence em 2026), a mineradora invista na construção de uma nova ferrovia na região Centro-Oeste, e não mais no Espírito Santo, como havia sido acordado pelo presidente Michel Temer com a bancada capixaba em novembro.

Segundo o senador Ricardo Ferraço, a tratativa foi discutida entre representantes do governo federal e da Vale em reunião realizada na última sexta-feira, 29. Até então, a promessa é que a contrapartida da mineradora para a renovação da outorga seria construir uma nova ferrovia de Vitória a Presidente Kennedy, no Litoral Sul do Estado, conectando portos, escoando a produção da Samarco (hoje paralisada) e impulsionando o Porto Central, que está em vias de ser construído em Kennedy.

A nova proposta seria que a mineradora construa a EF 354, chamada Ferrovia de Integração do Centro-Oeste (Fico). O projeto, que é antigo, prevê 383 quilômetros de estrada de ferro ligando as localidades de Campinorte, em Goiás, à Água Boa, no Mato Grosso.

"Nós estamos surpreendidos por essa quebra de compromisso. Já estava tudo certo para o investimento vir para o Estado e agora eles querem levar para o Centro-Oeste, o que é algo que não faz sentido porque os impactos da concessão, sejam ambientais, sociais e econômicos se dão para o Espírito Santo. Assim a gente vai ficar só com o impacto e o Centro-Oeste com o investimento, é injusto", disse.

Na tarde desta segunda-feira (2) está marcada uma reunião na Secretaria de Parcerias Público-Privadas (PPI) ligada à Presidência da República, para tratar do tema. Ferraço promete se reunir até quarta-feira (4) com o presidente Temer para pedir explicações e tentar reverter o prejuízo ao Estado.

"Vamos primeiro tentar o caminho do diálogo, rememorando as tratativas que fizemos. Mas evidentemente que se isso não for adiante nós vamos às últimas consequências para tentar impedir essa covardia, seja através de ação civil pública ou uma ação popular, ou mesmo fazendo um decreto legislativo que suste os efeitos da decisão da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT)", disse.

O secretário estadual de Desenvolvimento, José Eduardo Azevedo, confirmou que há uma movimentação para tirar o investimento do Espírito Santo. "Não faz sentido renovar aqui para executar obrar em outra região. Já estamos preparando uma documentação técnica para usar os recursos administrativos ou jurídicos para garantir isso."

Azevedo lembrou que a perda do ramal ferroviário trará prejuízos ao Estado. "É um corredor estratégico para o Espírito Santo mas também para o Estado do Rio, interligando ferrovias e um conjunto de portos já existentes ou em projeto, conexão essa que é muito importante para escoamento da produção brasileira, já que as conexões vão ligar o Centro-Oeste aos nossos portos", ressaltou.

O QUE DIZ A VALE

A Vale confirmou através de nota à imprensa que está negociando de prorrogação antecipada das suas concessões ferroviárias, mas não especificou quanto às propostas do governo federal em relação à Vitória-Minas.

"A aprovação para a prorrogação antecipada das concessões será submetida ao Conselho de Administração após a análise das contrapartidas requeridas pelo governo federal, a serem oficializadas após a etapa de audiências públicas", informou a mineradora.

O QUE DIZ O GOVERNO FEDERAL

A reportagem questionou a Secretaria do PPI e a ANTT mas ambos não enviaram retorno até a publicação.


Fonte: Gazeta Online - https://www.gazetaonline.com.br/noti...014138066.html
LucFreitas no está en línea   Reply With Quote
Old August 3rd, 2018, 11:10 PM   #106
Guga GM
Registered User
 
Guga GM's Avatar
 
Join Date: Apr 2011
Location: Serra, ES.
Posts: 5,629
Likes (Received): 20232

Governo do ES quer transporte de passageiros na ferrovia Vitória-Rio
Comitê entre Vale e Governo do Estado foi criado para viabilizar a construção da ferrovia. Proposta é que uma primeira etapa, até Anchieta, já possa ser construída pela Vale




Ainda discutindo com a Vale e o governo Federal uma forma de viabilizar um ramal ferroviário que ligue Vitória até o Rio de Janeiro, a EF-118, o governo do Estado já definiu como um dos pontos principais do projeto de construção da ferrovia que a estrutura seja compatível com o transporte não só de cargas, como o de passageiros.

Esta exigência foi colocada em reunião entre o governador Paulo Hartung (MDB) com executivos da mineradora nesta sexta-feira (3). O encontro serviu para criar um grupo de trabalho composto por três representantes da empresa e três secretários de governo para se debruçar sobre as alternativas para viabilizar a construção da ferrovia. Farão parte do grupo os secretários de Desenvolvimento, José Eduardo de Azevedo, de Fazenda, Bruno Funchal, e o procurador do Estado, Alexandre Alves.

Em um primeiro momento, a proposta é que se construa um ramal ferroviário até Ubu, em Anchieta. O trecho seria o pontapé inicial para ligar a capital capixaba até o Rio de Janeiro por vias férreas. Em seguida, a ferrovia seria esticada até Presidente Kennedy, onde poderia se conectar com o Estado carioca.

Ao “dividir” a obra em ramais, o governo acredita que poderá agilizar a construção. Isso porque, dessa maneira, a obra pode ser executada pela própria Vale. Entre os entraves a serem desfeitos pelo comitê criado nesta sexta está a engenharia financeira para viabilizar a obra.

“O comitê vai debater o modelo jurídico, econômico, institucional e técnico que vai definir o trabalho de construção. Do ponto de vista institucional, tratar a ferrovia como um ramal facilita a obra, já que a própria Vale poderia tocar a construção. O objetivo é que fique pronto o mais rápido possível”, disse o secretário de Desenvolvimento, José Eduardo Azevedo.

A Vale já sinalizou que irá usar cerca de R$ 1,4 bilhão em créditos de ICMS com o Estado, acumulados pela empresa via Lei Kandir. A mineradora tem cerca de R$ 1 bilhão deste crédito guardado, mas já se sabe que não será suficiente para concluir a obra. Oficialmente o governo não dá estimativas do custo, mas um estudo técnico está em andamento para ter uma previsão mais definitiva dos valores. No mercado, a estimativa é que a construção custe ao menos R$ 3 bilhões.

A primeira reunião do comitê deve ser realizada já na próxima semana. Na terça-feira (7), Azevedo irá participar de uma audiência no Senado para discutir o financiamento da ferrovia. A ideia é que o valor a ser complementado possa vir de recursos federais.

“Estamos avaliando algumas alternativas, a complementação pode ser por créditos federais, mas tem outras possibilidades com outros recursos. Tudo será estudado e debatido pelo comitê”, afirmou.

(...)

Leia mais em:https://www.gazetaonline.com.br/noti...source=twitter
__________________

Abu.EdL, Nighto liked this post
Guga GM está en línea ahora   Reply With Quote
Old August 4th, 2018, 05:03 AM   #107
Celso Jorge
Registered User
 
Join Date: Dec 2010
Location: São Paulo-SP
Posts: 13,720
Likes (Received): 11837

Espero mesmo que haja transporte de passageiros entre o Espírito Santo e o Rio de Janeiro, sei que dizem ser inviável, não é lucrativo, vai dar prejuízos para a Vale, que o negócio é só cargas mesmo e tal, mas o transporte de passageiros sobre trilhos é importante sim e o país precisa retomar isso! Eu espero que façam um traçado moderno, mesmo que as obras de arte sejam muito dispendiosas, mas que haja um trem interestadual rápido, dinâmico, competitivo, moderno, confortável e arrojado, além de integrado a outros modais, pois o importante é o lucro social dessa empreitada!
Celso Jorge está en línea ahora   Reply With Quote
Old August 4th, 2018, 08:31 AM   #108
shiinoliveira
Registered User
 
shiinoliveira's Avatar
 
Join Date: Jan 2014
Posts: 2,819
Likes (Received): 3057

Ano eleitoral... Muito bom seria ter um trem noturno Rio-Pedro Nolasco, mas há que se lembrar que não tem terminal pronto no Rio nem linha designada pra isso (vão jogar no Saracuruna?)
__________________
SSC COM SUPORTE A PT-BR

Abu.EdL liked this post
shiinoliveira no está en línea   Reply With Quote
Old August 4th, 2018, 10:40 PM   #109
bernardoct
Registered User
 
Join Date: May 2014
Posts: 362
Likes (Received): 578

Sinceramente nao vejo demanda pra um trem de passageiros entre Rio e Vitória. Ainda mais se considerarmos que seria um trem convencional, é nao um trem bala. Quem vai querer pagar caro pra ficar 9 horas dentro de um trem, podendo ir de avião ou ônibus?
Nem sequer há uma grande movimentação de pessoas entre essas cidades como há entre rio-sp ou goiania-brasilia.
Rio Vitória precisam mesmo é de rodovia duplicada, sem retornos em nível para passageiros e cargas menores e a ferrovia para grandes cargas.
bernardoct está en línea ahora   Reply With Quote
Old August 4th, 2018, 11:19 PM   #110
andken
Registered User
 
andken's Avatar
 
Join Date: Sep 2015
Location: Itatiba
Posts: 5,205
Likes (Received): 4946

Quote:
Originally Posted by bernardoct View Post
Sinceramente nao vejo demanda pra um trem de passageiros entre Rio e Vitória.
O marido da minha tia era motorista da Itapemirim que fazia o trajeto Rio-Vitória. Com certeza haveria demanda sim e numa linha nova seria possível fazer o trajeto em menos tempo. Claro que algum tipo de infraestrutura própria para o trem de passageiros seria ideal(Até para melhorar o acesso a Guarapari e ao Norte Fluminense), mas não que um trem nos moldes que a Vale já opera teria problemas de demanda.
__________________
Driving in Brazil. Videos em timelapse de rodovias brasileiras
andken está en línea ahora   Reply With Quote
Old August 5th, 2018, 03:55 AM   #111
shiinoliveira
Registered User
 
shiinoliveira's Avatar
 
Join Date: Jan 2014
Posts: 2,819
Likes (Received): 3057

Quote:
Originally Posted by bernardoct View Post
Sinceramente nao vejo demanda pra um trem de passageiros entre Rio e Vitória. Ainda mais se considerarmos que seria um trem convencional, é nao um trem bala. Quem vai querer pagar caro pra ficar 9 horas dentro de um trem, podendo ir de avião ou ônibus?
Nem sequer há uma grande movimentação de pessoas entre essas cidades como há entre rio-sp ou goiania-brasilia.
Rio Vitória precisam mesmo é de rodovia duplicada, sem retornos em nível para passageiros e cargas menores e a ferrovia para grandes cargas.
Pagar caro. Essa presunção que é o problema. Por que um trem desse seria mais caro que os ônibus com os quais compete? E por que diabo todo trem agora precisa ser bala pra fazer sentido?
__________________
SSC COM SUPORTE A PT-BR
shiinoliveira no está en línea   Reply With Quote
Old August 5th, 2018, 03:56 AM   #112
mdiasp95
Apenas mais um louco
 
Join Date: Oct 2017
Location: São Paulo
Posts: 3,906
Likes (Received): 7603

Quote:
Originally Posted by bernardoct View Post
Sinceramente nao vejo demanda pra um trem de passageiros entre Rio e Vitória. Ainda mais se considerarmos que seria um trem convencional, é nao um trem bala. Quem vai querer pagar caro pra ficar 9 horas dentro de um trem, podendo ir de avião ou ônibus?
Nem sequer há uma grande movimentação de pessoas entre essas cidades como há entre rio-sp ou goiania-brasilia.
Rio Vitória precisam mesmo é de rodovia duplicada, sem retornos em nível para passageiros e cargas menores e a ferrovia para grandes cargas.
Mas tem gente que viaja de Pedro Nolasco até BH e o trem demora mais de 10 horas.
mdiasp95 no está en línea   Reply With Quote
Old August 5th, 2018, 12:13 PM   #113
Abu.EdL
Eduardo Lima
 
Join Date: Apr 2008
Location: Berlin (DE), São Gonçalo (BR)
Posts: 5,861
Likes (Received): 1729

Devemos considerar que não é somente a demanda entre Rio e Vitória. Existem muitas cidades no trajeto que demandam viagens também.
__________________

shiinoliveira liked this post
Abu.EdL no está en línea   Reply With Quote
Old August 6th, 2018, 02:54 AM   #114
Guga GM
Registered User
 
Guga GM's Avatar
 
Join Date: Apr 2011
Location: Serra, ES.
Posts: 5,629
Likes (Received): 20232

Não sei se postaram a reportagem abaixo, ela mostra detalhadamente o traçado proposto pelos Governos do ES e Rio para a nova ferrovia entre os dois estados aproveitando vários trechos da antiga Leopoldina.


Nova ferrovia pretende ligar as cidades do Rio de Janeiro e Vitória cruzando o litoral
Ferrovia Rio-Vitória é inovadora: corredor de uso múltiplo, operando carga e passageiros em todo o percurso e incorporando trechos próximos às áreas populosas à mobilidade urbana local. Integração do complexo de portos da Região Sudeste é uma das grandes vantagens.[/B]

Leia em:http://www.zuccaratto.jor.br/blogs/t...ndo-o-litoral/
__________________

Nighto liked this post
Guga GM está en línea ahora   Reply With Quote
Old August 6th, 2018, 09:59 PM   #115
Abu.EdL
Eduardo Lima
 
Join Date: Apr 2008
Location: Berlin (DE), São Gonçalo (BR)
Posts: 5,861
Likes (Received): 1729

Curiosamente, essa reportagem mostra claramente que já existe a Ferrovia Rio-Vitória e que é operada pela FCA. Por que nesses anos todos não foi feita a melhoria dessa ferrovia?

Mas, ok. A malha existente poderia ser tão bem aproveitada que os trechos novos poderiam ser utilizados para cargas e o trecho em laranja, que passa na zona urbana das principais cidades no caminho: Itaboraí, Rio Bonito, Macaé e Campos poderia receber os trens de passageiros. Pela imagem, a região de Cachoeiro do Itapemirim parece apresentar uma geografia bem complicada, então após Campos, poderia haver uma conexão entre o traçado antigo e o novo, assim os trens de passageiros passariam dentro da cidade e os trens de carga contornariam a cidade, passando pelo Porto do Açu e ambos compartilhariam o traçado depois até Vitória.
__________________

shiinoliveira liked this post

Last edited by Abu.EdL; August 7th, 2018 at 03:44 PM.
Abu.EdL no está en línea   Reply With Quote
Old August 8th, 2018, 01:22 AM   #116
andken
Registered User
 
andken's Avatar
 
Join Date: Sep 2015
Location: Itatiba
Posts: 5,205
Likes (Received): 4946

Quote:
Originally Posted by Abu.EdL View Post
Curiosamente, essa reportagem mostra claramente que já existe a Ferrovia Rio-Vitória e que é operada pela FCA. Por que nesses anos todos não foi feita a melhoria dessa ferrovia?
Porque o único tipo de melhoria possível seria de retificar, ou seja, construir tudo novo. Como fizeram no tronco da Mogiana em São Paulo e como estão tentando fazer na Transnordestina.

Quote:
Originally Posted by mdiasp95 View Post
Mas tem gente que viaja de Pedro Nolasco até BH e o trem demora mais de 10 horas.
Dez horas de trem entre Rio de Janeiro e Vitória contra sete horas de carro ou oito horas de ônibus fazendo zigue-zague pela BR-101? Qualquer um escolhe fácil o trem.
__________________
Driving in Brazil. Videos em timelapse de rodovias brasileiras

Guga GM liked this post
andken está en línea ahora   Reply With Quote
Old August 8th, 2018, 08:25 AM   #117
Abu.EdL
Eduardo Lima
 
Join Date: Apr 2008
Location: Berlin (DE), São Gonçalo (BR)
Posts: 5,861
Likes (Received): 1729

Quote:
Originally Posted by andken View Post
Porque o único tipo de melhoria possível seria de retificar, ou seja, construir tudo novo. Como fizeram no tronco da Mogiana em São Paulo e como estão tentando fazer na Transnordestina.
Que fosse feito em trechos, conforme a demanda do poder concedente e dentro de um equilíbrio financeiro do contrato de concessão...
Abu.EdL no está en línea   Reply With Quote
Old August 13th, 2018, 04:59 PM   #118
Rafael M. F.
A Noi!
 
Rafael M. F.'s Avatar
 
Join Date: Dec 2012
Posts: 7,411
Likes (Received): 16069

Quote:
Originally Posted by andken View Post
Porque o único tipo de melhoria possível seria de retificar, ou seja, construir tudo novo. Como fizeram no tronco da Mogiana em São Paulo e como estão tentando fazer na Transnordestina.



Dez horas de trem entre Rio de Janeiro e Vitória contra sete horas de carro ou oito horas de ônibus fazendo zigue-zague pela BR-101? Qualquer um escolhe fácil o trem.
Uma viagem de ônibus do Rio a Vitória custa de R$ 125,00 a R$ 260,00 e dura entre 8 e 9 horas. Se um trem custar menos que isso, mesmo que leve 1 hora a mais, vale a pena ir de trem.

A EFVM, como comparativo, custa R$ 73,00 na econômica e R$ 105,00 executiva, embora demore 13 horas de ponta a ponta.
__________________
"Mais cedo ou mais tarde o povo descobrirá não só que está à mercê de novos interesses organizados, mas também que a máquina política para-governamental, surgida como consequência necessária do estado provedor, está provocando um impasse ao impedir que a sociedade efetue as adaptações necessárias para manter, num mundo em transformação, o padrão de vida atual, sem falar em alcançar padrões mais elevados."

F. H. Hayek

mdiasp95, shiinoliveira liked this post
Rafael M. F. no está en línea   Reply With Quote
Old August 13th, 2018, 05:39 PM   #119
mdiasp95
Apenas mais um louco
 
Join Date: Oct 2017
Location: São Paulo
Posts: 3,906
Likes (Received): 7603

E dependendo do dia e o horário, os ônibus podem levar mais de 10 horas entre o Rio e Vitória.
mdiasp95 no está en línea   Reply With Quote
Old August 13th, 2018, 06:27 PM   #120
Abu.EdL
Eduardo Lima
 
Join Date: Apr 2008
Location: Berlin (DE), São Gonçalo (BR)
Posts: 5,861
Likes (Received): 1729

É necessário considerar também que, com a possibilidade de fazer uma ferrovia novinha, não há motivo para este trem não trafegar a uma velocidade máxima de pelo menos 160 km/h, como em qualquer sistema de trens regionais que existe mundo afora... Se a velocidade média dos trens for de 80 km/h, já considerando as paradas, daria para percorrer os 600 km de ferrovia em 7,5 horas, por exemplo. Altamente competitivo.

E ainda defendo que esse sistema seja operado também entre Rio e São Paulo, antes mesmo do TAV, colaborando para aumentar a oferta de viagens entre as duas cidades, tendo em vista a situação da ponte aérea e da enorme quantidade de ônibus necessários para operar a linha entre as duas cidades, retardando o progresso ao dificultar a movimentação de pessoas.
__________________

Guga GM liked this post
Abu.EdL no está en línea   Reply With Quote
Sponsored Links
Advertisement
 


Reply

Thread Tools
Rate This Thread
Rate This Thread:

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off



All times are GMT +2. The time now is 04:11 AM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.11 Beta 4
Copyright ©2000 - 2019, vBulletin Solutions Inc.
vBulletin Security provided by vBSecurity v2.2.2 (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2019 DragonByte Technologies Ltd.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2019 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us