PR | Ferrovias do Paraná - Page 4 - SkyscraperCity
 

forums map | news magazine | posting guidelines

Go Back   SkyscraperCity > Latin American & Caribbean Forums > Brasil > Fóruns Gerais > Infraestrutura e Transporte > Infraestrutura e Transporte > Transporte Ferroviário


Global Announcement

As a general reminder, please respect others and respect copyrights. Go here to familiarize yourself with our posting policy.


Reply

 
Thread Tools Rating: Thread Rating: 1 votes, 5.00 average.
Old September 26th, 2019, 09:32 PM   #61
ueric
*******
 
Join Date: Aug 2013
Posts: 558

Se a moda pega...

Três adolescentes viajam escondidos em vagões de trem de Apucarana a Morretes

Enquanto isso...

Adolescentes saem atrás de pipa e acabam atropelados por trem em Curitiba

A cada dois dias, Paraná registra um acidente com trem: ocorrências estão em alta

Sobre esses acidentes, as novas locomotivas são mais silenciosas, o que talvez ajude a aumentar um pouco os acidentes, claro que fora das passagens de nível.
ueric no está en línea   Reply With Quote
Sponsored Links
Advertisement
 
Old September 26th, 2019, 11:08 PM   #62
Jdolci
JDolci
 
Jdolci's Avatar
 
Join Date: Nov 2008
Location: Curitiba - Brasil
Posts: 25,369
Likes (Received): 94912

Sinceramente... nada, a nao ser total imprudencia das pessoas, justifica esse tipo de acidente.

O trem só tem lá pra passar.. não tem margem pra movimentos bruscos, diferentes, fora da rota.. nada.. É o trem vindo na velocidade dele na única via que ele pode passar... e mesmo assim as pessoas conseguem a proeza de se acidentar.
__________________

robertoforce, Gabriel Brasil liked this post
Jdolci no está en línea   Reply With Quote
Old September 27th, 2019, 01:21 AM   #63
ueric
*******
 
Join Date: Aug 2013
Posts: 558

Trazendo aqui...

Quote:
Originally Posted by jaycm View Post
BID vai financiar projetos da Ferroeste até Foz e a Nova Ferrovia

A ideia de levar os trilhos da Ferroeste de Cascavel até Foz do Iguaçu começa a ganhar os primeiros traços para sair do papel.

Foi publicado no "Diário Oficial da União" um processo de licitação internacional para contratação de estudos para o novo ramal ferroviário da Ferroeste de Cascavel a Foz do Iguaçu e também da Nova Ferrovia, de Paranaguá até Maracaju, no Mato Grosso do Sul.

As empresas vão elaborar os estudos de viabilidade técnica, econômica, ambiental e jurídica, o Evetea-J.

Os projetos devem custar R$ 6 milhões e serão pagos com recurso do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) financiados pelo DER (Departamento de Estradas de Rodagem).

Os estudos serão de traçado e de viabilidade jurídica; projetos de Ferrovias; Projetos de Engenharia Ferroviária contemplando Estudos de Traçado.

O prazo para as empresas interessadas apresentarem propostas termina em 14 de outubro. (CATVE)
__________________
ueric no está en línea   Reply With Quote
Sponsored Links
Advertisement
 
Old September 27th, 2019, 02:55 AM   #64
grba22
Registered User
 
grba22's Avatar
 
Join Date: Jul 2018
Location: Cascavel - PR
Posts: 360
Likes (Received): 940

Beto richa tinha lançado uma PMI - Proposta de manifestação de interesse, para elaboração do EVTEA pra essa nova ferrovia.
Um negócio que não tinha como dar certo.

Paraná recebe propostas de estudos da nova ferrovia entre Dourados (MS) e o complexo de Paranaguá

http://www.ferroeste.pr.gov.br/modul...o-de-Paranagua


Estava escrito
Talvez você pense que vai tudo bem com a ambiciosa ferrovia de mil quilômetros anunciada para transportar a produção agrícola da região Centro-Oeste ao Porto de Paranaguá, partindo de Dourados (MS), acoplando-se em Cascavel aos trilhos da Ferroeste, seguindo até Guarapuava e, a partir dali, ganhando um novo traçado através da Serra do Mar para alcançar o litoral paranaense.

Saiba, então, que a obra, estimada em 10 bilhões de reais, descarrilhou antes mesmo de ser fixado o seu primeiro dormente.
...
https://cgn.inf.br/blog/caio-gottlieb/estava-escrito
grba22 no está en línea   Reply With Quote
Old September 27th, 2019, 05:40 AM   #65
jaycm
Registered User
 
jaycm's Avatar
 
Join Date: Oct 2010
Posts: 3,797
Likes (Received): 4409

Quote:
Originally Posted by ueric View Post
Se a moda pega...

Três adolescentes viajam escondidos em vagões de trem de Apucarana a Morretes

Enquanto isso...

Adolescentes saem atrás de pipa e acabam atropelados por trem em Curitiba

A cada dois dias, Paraná registra um acidente com trem: ocorrências estão em alta

Sobre esses acidentes, as novas locomotivas são mais silenciosas, o que talvez ajude a aumentar um pouco os acidentes, claro que fora das passagens de nível.
Quote:
Originally Posted by Jdolci View Post
Sinceramente... nada, a nao ser total imprudencia das pessoas, justifica esse tipo de acidente.

O trem só tem lá pra passar.. não tem margem pra movimentos bruscos, diferentes, fora da rota.. nada.. É o trem vindo na velocidade dele na única via que ele pode passar... e mesmo assim as pessoas conseguem a proeza de se acidentar.
Imprudência. Vocês que acham.

__________________

ueric liked this post
jaycm no está en línea   Reply With Quote
Old September 27th, 2019, 05:59 AM   #66
ueric
*******
 
Join Date: Aug 2013
Posts: 558

Tem louco pra tudo...

ueric no está en línea   Reply With Quote
Old September 27th, 2019, 06:03 AM   #67
ueric
*******
 
Join Date: Aug 2013
Posts: 558

...mas tem gente (que não pode ser chamado de humano) que se supera...

ueric no está en línea   Reply With Quote
Old September 28th, 2019, 03:42 AM   #68
ueric
*******
 
Join Date: Aug 2013
Posts: 558

Governo do Paraná inicia processo para estudo de modal ferroviário

Foi publicado no Diário Oficial da União, na edição de quinta-feira (26), o aviso de manifestação de interesse de empresas nacionais e internacionais para contratação dos serviços de elaboração dos estudos de Viabilidade Técnica, Econômica, Ambiental e Jurídica (EVTEA-J) dos projetos da Nova Ferrovia – Paranaguá (PR) a Maracaju (MS) – e do Ramal Ferroviário Cascavel a Foz do Iguaçu.

O Governo do Paraná, através da Secretaria de Infraestrutura e Logística, deu o primeiro passo para elaboração de um estudo ferroviário que contemplará 1.280 quilômetros. Foi publicado no Diário Oficial da União, na edição de quinta-feira (26), o aviso de manifestação de interesse de empresas nacionais e internacionais para contratação dos serviços de elaboração dos estudos de Viabilidade Técnica, Econômica, Ambiental e Jurídica (EVTEA-J) dos projetos: Nova Ferrovia - Paranaguá (PR) a Maracaju (MS) e do Ramal Ferroviário Cascavel a Foz do Iguaçu.

“É o primeiro e grande passo do Governo do Paraná para fazer o estudo da nova ferrovia, o que se consolida como o maior estudo ferroviário do Brasil”, explica o secretário da Infraestrutura e Logística, Sandro Alex. “É preciso facilitar o escoamento da produção agrícola do Centro-Oeste brasileiro pelo Porto de Paranaguá”, completa.

O Estado, através do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), firmou contrato de financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para o Programa Estratégico de Infraestrutura e Logística de Transporte do Paraná. Parte de recurso, R$ 6 milhões, será usada para contratação do EVTEA-J. Caberá ao DER gerir este recurso.

“O Governo está fazendo a contratação de um estudo completo para mostrar qual seria a melhor solução para o modal ferroviário para o trecho da Ferroeste, da região Oeste (setor produtivo), até a Leste (Paranaguá), notadamente ao Porto para escoamento”, destaca o diretor-presidente da Ferroeste, André Gonçalves. Ele acredita que em um prazo máximo de dois anos o Governo do Paraná terá em mãos o estudo da solução do modal ferroviário.

Gonçalves explica que em 2017 foi lançada uma PMI (Procedimento de Manifestação de Interesse) – um edital público de chamamento de empresas interessadas na elaboração dos estudos para a construção e exploração de serviços ferroviários. No entanto, esta PMI foi encerrada neste ano sem que nenhuma empresa apresentasse o resultado final do estudo. Diante disso, foi criado o Grupo Ferrovia, com diferentes órgãos do Governo, para discussão do novo projeto, que resultou na decisão de fazer uso dos recursos do BID para viabilizar a contratação do EVTEA-J.

De acordo com o aviso de manifestação publicado no Diário Oficial da União, as empresas interessadas terão até as 18h do dia 14 de outubro para encaminhar as manifestações de interesse. A empresa consultora será definida de acordo com o método de Seleção Baseada na Qualidade e Custo - SBQC e com os procedimentos indicados pelo BID.
__________________

grba22 liked this post
ueric no está en línea   Reply With Quote
Old October 7th, 2019, 03:04 AM   #69
ueric
*******
 
Join Date: Aug 2013
Posts: 558



Gostei do carrinho adaptado aos trilhos.
__________________

grba22, J Simpson Br liked this post
ueric no está en línea   Reply With Quote
Old October 7th, 2019, 05:01 AM   #70
grba22
Registered User
 
grba22's Avatar
 
Join Date: Jul 2018
Location: Cascavel - PR
Posts: 360
Likes (Received): 940

Vídeo postado pelo canal cesarblumenau no youtube. Maria fumaça fazendo passeio em Curitiba em 1991. No começo acho que esta filmando na affonso camargo, ao lado do jardim botânico, os outros pontos não consegui identificar.

__________________

ueric, Celso Jorge liked this post
grba22 no está en línea   Reply With Quote
Old October 7th, 2019, 11:41 PM   #71
Celso Jorge
Registered User
 
Join Date: Dec 2010
Location: São Paulo-SP
Posts: 13,770
Likes (Received): 11913

No primeiro vídeo, vi que a locomotiva a vapor percorreu só um pequeno percurso, mas no vídeo de 1991, até onde esse trem histórico foi? O trem foi para muito mais longe, será que o tráfego de cargas e o trem que vai até Morretes não permite mais que a locomotiva a vapor vá mais longe?
Celso Jorge no está en línea   Reply With Quote
Old October 8th, 2019, 12:22 AM   #72
ueric
*******
 
Join Date: Aug 2013
Posts: 558

Quote:
Originally Posted by Celso Jorge View Post
No primeiro vídeo, vi que a locomotiva a vapor percorreu só um pequeno percurso, mas no vídeo de 1991, até onde esse trem histórico foi? O trem foi para muito mais longe, será que o tráfego de cargas e o trem que vai até Morretes não permite mais que a locomotiva a vapor vá mais longe?
Acredito que ela deve ter ido parar lá no litoral.
Permite sim. Depende da Rumo. Nos anos anteriores, essa máquina passou por vários ramais por aqui. Pode ser que esse ano, perto do Natal ela volta a rodar.





__________________

grba22, Celso Jorge liked this post
ueric no está en línea   Reply With Quote
Old October 22nd, 2019, 06:02 PM   #73
ueric
*******
 
Join Date: Aug 2013
Posts: 558

Quote:
Originally Posted by FGB_curitiba View Post
Queria saber se em algum lugar civilizado do mundo trem apita. É ridículo isso. Se o cara não enxerga o baita refletor do trem e não ouve o barulho de uma bugiganga gigante queimando um litro de diesel por segundo, que o trem passe por cima mesmo e depois manda a prefeitura recolher oq sobrou.



Link
__________________
ueric no está en línea   Reply With Quote
Old October 29th, 2019, 03:49 AM   #74
ueric
*******
 
Join Date: Aug 2013
Posts: 558

Trazendo aqui...

Quote:
Originally Posted by grba22 View Post
Não poderia faltar a clássica foto com a autoridade apontando e olhando pra frente haha

As obras serão bancadas totalmente pela Rumo...

Trem entre Morretes e Antonina fará transporte de passageiros



O Litoral do Paraná vai ganhar mais uma importante atração turística. O Governo do Estado e a empresa Rumo Logística formalizaram um protocolo de intenções que permitirá com que a ligação férrea entre Antonina e Morretes seja completamente revitalizada, voltando a fazer o transporte de passageiros.

O documento foi assinado nesta quarta-feira (23) pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior e pelo presidente da companhia, João Alberto Abreu, no Centro de Exposições de Ponta Grossa, sede administrativa do governo estadual até esta quinta-feira (24). "Essa parceria vai fortalecer ainda mais o turismo do Paraná. É uma linha de passageiros que estava há muito tempo parada. Agora conseguimos devolver à população esse importante roteiro turístico", disse o governador.

As obras na ligação de 16 quilômetros começam imediatamente e a previsão é que a estrutura fique pronta ainda neste ano, a tempo de fazer o passeio de Natal como forma de batizar a linha. Com o ramal, o turista que está em Curitiba, por exemplo, poderá conhecer as duas cidades históricas do Litoral, passando pela Mata Atlântica, de trem. As últimas excursões que transportaram turistas usando a linha, sempre em datas comemorativas, aconteceram na década de 1990.

A revitalização será custeada pela Rumo com coordenação da Associação Brasileira de Preservação Ferroviária (ABPF), entidade sem fins lucrativos que promove a conservação do patrimônio histórico ferroviário brasileiro. A empresa não divulgou o valor a ser investido. "Buscamos ações que tenham impacto positivo nas comunidades. Apoiamos a iniciativa do Governo de apoiar o turismo", disse o presidente da companhia. "O projeto está em andamento. Queremos esse trem rodando ainda antes do Natal", acrescentou.

INICIATIVAS - A revitalização da linha férrea se soma a outras iniciativas do Governo do Estado para fomentar o turismo no Litoral. A região recebeu duas etapas dos Jogos de Aventura e Natureza, iniciativa que busca aliar o esporte às belezas naturais do Paraná. O governo trabalha também no projeto da engorda da praia de Matinhos e autorizou recentemente a revitalização da Praia Central de Guaratuba.

O governador Ratinho Junior autorizou ainda a licitação das obras de reparo e melhorias dos trapiches existentes em Encantadas e Nova Brasília, na Ilha do Mel. O prazo de entrega é de sete meses.

"O governo aposta no turismo como um agregador de emprego e renda para a população. Nosso Litoral ganha mais uma grande atração", disse Márcio Nunes, secretário estadual do Desenvolvimento Sustentável e Turismo.

"Estamos resgatando a força dos trilhos para o turismo. Esse trecho tem uma importância histórica, um cenário maravilhoso", acrescentou Sandro Alex, secretário da Infraestrutura e Logística.

PRESENÇAS - Participaram do anúncio o chefe da Casa Civil, Guto Silva; o diretor-presidente da empresa pública Portos do Paraná, Luiz Fernando Garcia; o prefeito de Ponta Grossa, Marcelo Rangel; e o deputado estadual Alexandre Amaro.
https://catve.com/noticia/8/268136/t...de-passageiros
Bom, é obrigação da concessionária manter o trecho operacional mas acho pouco tempo pra arrumar tudo o que precisa, até o final do ano. Olhando no Google Maps, tem trechos bem ruins:



Não falaram nada mas tem uma extensão de 4 km pro Terminal Barão de Téffe, hoje desativado. Existe uma boa intenção de reativar esse trecho de 4 Km e levá-lo até o terminal Ponta do Felix, só "precisaria" construir 2,5 ou 3 km.
O problema é, além da questão ambiental, isolar a linha de um tanto de casa que tem ali. Esse ramal pode reduzir um pouco o trânsito de caminhões na cidade, já que o projeto de contorno foi barrado pela justiça.

ueric no está en línea   Reply With Quote
Old October 29th, 2019, 04:11 AM   #75
ueric
*******
 
Join Date: Aug 2013
Posts: 558

Paraná e Governo Federal estudam construção de uma nova ferrovia

O Governo do Estado estuda desde o início da gestão projeto de uma nova ferrovia que liga Maracaju (MS) ao Porto de Paranaguá e incluindo o ramal Cascavel a Foz do Iguaçu.
Com uma perspectiva de aumento no volume transportado e tarifas competitivas, o Paraná planeja uma nova modelagem que garanta a execução do projeto.

O Governo Federal é favorável e está disposto a contribuir com o projeto.

Nesta segunda-feira (21), O secretário estadual de Infraestrutura e Logística, Sandro Alex, reuniu-se segunda-feira (21) com o assessor especial do Ministério da Infraestrutura, Marcos Felix,
e o representante da Valec Engenharia, Construções e Ferrovias, Guilherme Bianco.

De acordo com Marcos Felix, o Paraná já tem o apoio do Governo Federal para tocar o projeto de uma nova ferrovia. “O nosso apoio vocês já têm. Temos que desenhar agora a melhor formatação”, disse.

Segundo Felix, uma das opções ainda para maior agilidade no processo seria a federalização do projeto, possibilitando uma força-tarefa entre os governos do Estado e Federal.
“Vamos cooperar para resolver os problemas juntos, o que trará maior transparência.
A federalização do projeto seria uma possibilidade”, destacou.

Participaram também da reunião o diretor geral do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), Fernando Furiatti; o diretor presidente da Ferroeste, André Gonçalves; o representante da Secretaria de Estado do Planejamento, Luiz Henrique Fagundes;
e o assessor especial, Claudinir Franco.

André Gonçalves disse que a Ferroeste registrou este ano o maior faturamento da história e um crescimento considerável em relação ao volume transportado pela linha férrea.
“Nosso objetivo é contribuir para a ampliação da malha ferroviária do Paraná”, afirmou.

O representante da secretaria do Planejamento, Luiz Fagundes, explanou o projeto do Governo do Estado para a nova ferrovia e obras estruturantes previstas para fortalecer o escoamento da produção, que inclui portos secos e terminais de carga.
“Nossa grande expectativa é o apoio do Governo Federal, o que ficou claro que já temos. Pelo tamanho do projeto, acreditamos que o trabalho conjunto é o melhor caminho”, disse Fagundes.

NOVA FERROVIA - O Governo do Paraná deu o primeiro passo para elaboração de um estudo ferroviário que contemplará 1.280 quilômetros. Foi publicado no Diário Oficial da União, do mês passado, o aviso de manifestação de interesse de empresas nacionais e internacionais para contratação dos serviços de elaboração dos estudos de Viabilidade Técnica, Econômica, Ambiental e Jurídica dos projetos: Nova Ferrovia - Paranaguá (PR) a Maracaju (MS) e do Ramal Ferroviário Cascavel a Foz do Iguaçu.
ueric no está en línea   Reply With Quote
Old October 29th, 2019, 07:09 PM   #76
ueric
*******
 
Join Date: Aug 2013
Posts: 558

Noites em claro: moradores de 2 bairros de Curitiba reclamam da buzina do trem

Moro perto do ramal de RBS, mas não tem muito o que fazer enquanto não for decidida a renovação da Malha Sul e as obras que podem ser feitas.
ueric no está en línea   Reply With Quote
Old November 11th, 2019, 05:42 AM   #77
ueric
*******
 
Join Date: Aug 2013
Posts: 558

Ferrovia: Estudo para novos trechos já atraiu 26 empresas interessadas

ueric no está en línea   Reply With Quote
Old November 11th, 2019, 05:47 AM   #78
ueric
*******
 
Join Date: Aug 2013
Posts: 558

Vigias 24 horas garantem segurança em passagem de nível de Jandaia do Sul

A passagem da linha férrea de Jandaia do Sul, no final da Avenida Tancredo Neves, que havia se tornado famosa pela quantidade de acidentes no local, está sem registros de colisões há 4 meses.
Isso acontece graças a uma mobilização da administração municipal junto a empresa Rumo, concessionária que administra a ferrovia, para sinalização e impedimento da via nos horários de passagens de trem.

De acordo com o prefeito de Jandaia do Sul Benedito José Púpio, o Ditão, várias reuniões foram realizadas com representantes da empresa, buscando uma solução para o local.
“Não podíamos mais conviver com os acidentes acontecendo ali, por isso, cobramos uma solução e fomos atendidos, com a disposição de vigias 24 horas para interditar as vias em horários de passagem do trem”, explicou o prefeito.

Ainda de acordo com Ditão, a medida é provisória, e em breve, um semáforo deverá ser colocado no local. “Esse semáforo funcionará com câmeras para multar quem tentar ultrapassar o sinal vermelho, que será acionado quando o trem for passar.
Acredito que com o semáforo, vai melhorar bastante”, afirmou.

O prefeito lembrou ainda que as obras de duplicação do trecho da rodovia BR 376, as margens da ferrovia, devem acabar de vez com o problema dos acidentes.
“Agora que o Ministério Público está pressionando o DER para que a duplicação saia do papel, acredito que o problema poderá ser resolvido de uma vez por todas, com a construção de um viaduto que vai tirar o trânsito de veículos da passagem de nível”, disse ele,
se referindo a uma recomendação do Ministério Público Federal (MPF) ao Departamento de Estradas de Rodagem no Paraná (DER/PR), para que todos os processos administrativos de desapropriação necessários para as obras iniciem, sejam realizados.

De janeiro a julho deste ano, 8 acidentes foram registrados no local. O último acidente no local foi registrado pelos bombeiros civis de Jandaia no dia 25 de julho. Desde então, a Rumo colocou vigias 24 horas na passagem de nível, para garantir a segurança.
O local, no acesso à BR-376 saída para Mandaguari, é entrada e saída da cidade para diversos municípios da região e ponto importante de passagem de caminhões que fazem escoamento da produção de cana de açúcar, já que a cidade possui uma usina de beneficiamento. Além disso, o trecho é passagem obrigatória para alunos da Fafijan e do campus da Universidade Federal do Paraná (UFPR), que funcionam no mesmo prédio próximo à passagem de nível.
ueric no está en línea   Reply With Quote
Sponsored Links
Advertisement
 


Reply

Tags
ferrovia paraná ferroeste

Thread Tools
Rate This Thread
Rate This Thread:

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off


Similar Threads
Thread Thread Starter Forum Replies Last Post
MG | BRT MOVE & Transporte Coletivo por ônibus da Região Metropolitana de Belo Horizonte Heaven_BR Transporte Rodoviário 134956 Today 11:21 PM
Cascavel (PR) .Kr'st_fer. Brasil em Obras 20518 Today 11:12 PM
Discussões políticas do Estado do Paraná luizz27 Notícias da Região 8224 November 20th, 2019 03:32 AM
Expansão da Ferroeste .Kr'st_fer. Notícias da Região 518 July 10th, 2019 05:28 PM
BRASIL | Iglesias ucranianas, rusas, y polacas del Estado de Paraná gusbrum Ciudades y Urbanismo 75 April 21st, 2019 06:59 AM


All times are GMT +2. The time now is 11:38 PM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.11 Beta 4
Copyright ©2000 - 2019, vBulletin Solutions Inc.
vBulletin Security provided by vBSecurity v2.2.2 (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2019 DragonByte Technologies Ltd.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2019 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us