Juiz de Fora volta a atrair investimentos - Page 11 - SkyscraperCity
 

forums map | news magazine | posting guidelines

Go Back   SkyscraperCity > Latin American & Caribbean Forums > Brasil > Fóruns Regionais > Sudeste > Notícias da Região


Reply
 
Thread Tools
Old March 23rd, 2013, 02:58 PM   #201
GIM
Registered User
 
Join Date: Oct 2007
Location: Belo Horizonte
Posts: 24,206
Likes (Received): 21396

Governo estadual autoriza inicio de construção de estrada para aliviar fluxo em Juiz de Fora


fonte
__________________

flavioengineer liked this post
GIM está en línea ahora   Reply With Quote
Sponsored Links
Advertisement
 
Old April 12th, 2013, 04:42 PM   #202
GIM
Registered User
 
Join Date: Oct 2007
Location: Belo Horizonte
Posts: 24,206
Likes (Received): 21396

Publicada em 12-04-2013
Terminal de Goianá deve ter aportes de R$ 100 mi

Recursos serão aplicados em novos equipamentos e infraestrutura .

O Aeroporto Presidente Itamar Franco, em Goianá (Zona da Mata), deverá receber aportes que podem superar R$ 100 milhões até 2015. A informação é da Multiterminais Alfandegados do Brasil, responsável pela administração do empreendimento.

DIVULGAÇÃO/MUTITERMINAIS

Aportes serão feitos até 2015 e visam à melhoria dos equipamentos e da infraestrutura do terminal

Segundo a empresa, a intenção é triplicar os investimentos no local, que já teria recebido aportes de R$ 39 milhões desde sua inauguração. Os recursos devem ser destinados à melhoria dos equipamentos e da infraestrutura do aeroporto regional. No plano de inversões consta a implantação de hangares para manutenção e estacionamento de aeronaves. Além disso, os aportes visam levar para o terminal mais voos executivos.

Segundo dados da Multiterminais, até o início deste mês foram realizados 2.117 voos regulares, executados pela Azul Linhas Aéreas Brasileiras/Trip, e 546 executivos. Estes últimos representam 25% das operações comerciais. E, embora o aeroporto possua área de 5 milhões de metros quadrados, apenas 170 mil metros quadrados são usados.

Mesmo após a conclusão das obras de retirada de um morro próximo à pista, o transporte de cargas nacionais no aeroporto ainda não começou. De acordo com a administradora do terminal, os pousos e decolagens de aeronaves de grande porte não foram autorizados ainda e aguardam o aval do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea) e da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). A expectativa é que, até junho, o problema esteja resolvido.

Em outubro do ano passado, começaram os testes do transporte de carga, por meio dos voos regulares que o aeroporto já recebe há pouco mais de um ano. Na época, a Multiterminais informou que o objetivo era testar e aprimorar todos os recursos envolvidos na operação. "O volume transportado foi irrelevante perto do que se pretende movimentar quando o serviço estiver autorizado, mas foi de grande valia para a qualificação do mesmo", alegou a direção da empresa.

Na primeira fase de liberação do transporte doméstico, o aeroporto terá capacidade de receber até três aviões cargueiros por semana. Além disso, algumas empresas já contataram a administração com o objetivo de iniciar as negociações para utilizar o terminal quando o serviço estiver homologado.

WELLINGTON PEDRO/IMPRENSA MG

Segundo a Multiterminais, até o começo deste mês foram realizados 2.117 voos regulares em Goianá


O aeroporto regional da Zona da Mata possui a segunda maior pista para pouso de Minas Gerais, com 2.530 metros, sendo menor somente do que a pista do Aeroporto Internacional Tancredo Neves (3 mil metros), localizado em Confins, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH). O terminal conta ainda com toda infraestrutura de combate a incêndios, com caminhões especiais, importados da França, e equipe de brigada treinada.

Transferência - A Azul solicitou a mudança dos voos realizados em Goianá para o Aeroporto Francisco Álvares de Assis (Serrinha), em Juiz de Fora, na mesma região. A Anac deve se manifestar sobre o assunto até 15 de maio.

Caso aprovada a medida, os voos de Juiz de Fora com destino aos aeroportos da Pampulha (Belo Horizonte) e o Internacional de Guarulhos (São Paulo) serão interrompidos e o terminal de Goianá não terá mais voos comerciais. Já que, no momento, apenas a Azul (por meio da Trip) opera no local.

LUCIANE LISBOA

fonte
GIM está en línea ahora   Reply With Quote
Old May 3rd, 2013, 09:33 PM   #203
Marcelo Reis
Registered User
 
Marcelo Reis's Avatar
 
Join Date: Jun 2011
Location: Juiz de Fora/Rio de Janeiro
Posts: 728
Likes (Received): 234

!
Boa noticia para a cidade.

Economia 03 de Maio de 2013 - 06:00


Multinacional de logística chega a JF

Por Tribuna

A multinacional Ceva Logistics (ex-TNT Logistics) está investindo no mercado juiz-forano. A informação foi confirmada à Tribuna pela assessoria da empresa. As contratações na cidade já começaram, mas outros detalhes não foram fornecidos. A companhia de origem australiana está presente nas regiões Sul e Sudeste do Brasil, onde possui escritório em São Paulo. A empresa também mantém operações em mais de 170 países, somando mais de 50 mil funcionários.

Considerada líder global do setor de logística, a Ceva atua na gestão de processos da cadeia de suprimentos nos segmentos automotivo e de pneus, industrial, farmacêutico e de cosméticos, de tecnologia, varejos e bens de consumo, mercado editorial e energia - petróleo e gás. A companhia opera uma extensa rede global com mais de 1.200 instalações que totalizam dez milhões de metros quadrados. Em 2011, o grupo anunciou faturamento de 6,9 bilhões de euros. Entre as clientes da Ceva está a alemã Mercedes-Benz.

Em Juiz de Fora, por enquanto, estão sendo oferecidos cargos de operador logístico, auxiliar de projetos, líderes e coordenadores operacionais.
Marcelo Reis no está en línea   Reply With Quote
Sponsored Links
Advertisement
 
Old June 27th, 2013, 05:31 PM   #204
GIM
Registered User
 
Join Date: Oct 2007
Location: Belo Horizonte
Posts: 24,206
Likes (Received): 21396

E com isso cresce o potencial para hotéis

Potencial para negócios faz rede hoteleira investir em BH e Juiz de Fora R$ 40 milhões
Janaína Oliveira - Hoje em Dia
Rede Slavieiro/Divulgação

Fachada do Slaviero: rede focada no público corporativo e no turismo de negócios

A capital e a cidade na Zona da Mata estão no radar da rede de hotéis Slaviero. Atualmente presente em 10 cidades do país, de cinco estados, o grupo quer entrar no mercado mineiro pela porta da frente. Executivos do grupo estiveram nas duas cidades à procura de terrenos e investidores interessados no negócio. Cada hotel receberá aportes de R$ 20 milhões.

“Estamos na fase de projetos, em processos de estudos com investidores locais para a instalação dos empreendimentos. Mas as negociações estão perto de serem fechadas. Se tudo encaminhar bem, os hotéis serão inaugurados daqui a dois anos e meio ou três anos”, afirmou o diretor de expansão da Slaviero, Eraldo Santanna.
Diferentemente de outras redes, a Slaviero não foca a Copa do Mundo. O plano é fincar raízes em Minas e explorar o mercado corporativo.

“Em Belo Horizonte há uma demanda significativa de business. Embora o lazer tenha pouco apelo, a força de eventos e negócios é enorme na capital. Isso sem contar a economia pujante”, afirma Santanna.

Em Juiz de Fora, segundo ele, os atrativos são o porte da cidade, o complexo industrial e o atual ritmo de crescimento econômico. “Nosso interesse é grande. Nossos executivos de vendas são constantemente questionados sobre empreendimentos do grupo em Minas”, revela.

Unidades

Hoje, a rede conta com 21 hotéis em operação nos estados do Paraná, Santa Catarina, São Paulo e Espírito Santo. Outras duas unidades estão sendo desenvolvidas no Mato Grosso e integram o pacote de seis inaugurações até 2014. A última unidade aberta foi em São Carlos, interior de São Paulo. Voltado para executivos, o empreendimento recebeu investimento de R$ 15 milhões. Aproximadamente 140 empregos, entre diretos e indiretos, foram gerados.

“Temos o know how em administração, comercial e marketing. Desenvolvemos o produto e fazemos a gestão, enquanto o investidor entra com o capital”, detalha.

A rede teve origem em 1981, em Curitiba, com a inauguração do Slaviero Palace Hotel, pelo empresário paranaense Eduardo Slaviero. O grupo trabalha com quatro categorias de hotel: bandeira Conceptual (luxo), bandeiras Executive e Suítes (superior), Slim (econômico) e Fast Sleep (banho e repouso em aeroportos).
fonte
GIM está en línea ahora   Reply With Quote
Old July 5th, 2013, 07:31 PM   #205
GIM
Registered User
 
Join Date: Oct 2007
Location: Belo Horizonte
Posts: 24,206
Likes (Received): 21396

Refugo e reciclagem menos prejuizo à natureza e lucro e empregos.

AG Plast fecha parceria com Coca-Cola
Empresa juiz-forana vai iniciar os primeiros lotes de produção da garrafa Ref-Pet, retornável de dois litros .

DIVULGAÇÃO

Empresa está investindo R$ 16 milhões em nova unidade em Juiz de Fora

A AG Plast, com sede em Juiz de Fora, na Zona da Mata mineira, já começa o semestre com boas notícias. A partir da segunda quinzena deste mês, ela inicia a produção dos primeiros lotes da garrafa Ref-Pet, retornável de dois litros, para a Coca-Cola. A fim de atender ao novo cliente e garantir a expansão dos negócios, a empresa investe R$ 16 milhões em uma nova fábrica de 80 mil metros quadrados no Distrito Industrial. A princípio, as novas embalagens devem atender aos mercados de Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo.

A parceria entre a mineira e a multinacional só foi possível devido à inauguração da nova planta da AG Plast, que atende aos padrões exigidos pela indústria alimentícia.

Os primeiros lotes nas linhas de envase já foram enviados para testes e aprovados em laboratório. Na próxima segunda-feira, acontece a auditoria final, cujo objetivo é verificar a qualidade das instalações da fábrica. O contrato inicial prevê a produção de 2,8 milhões de embalagens por mês. Nos próximos seis meses, a expectativa é de que o número dobre. Contudo, em função da elevada capacidade instalada da nova fábrica, o número pode ser multiplicado em até quatro vezes, chegando a atender o mercado nacional. O contrato tem duração de seis anos.

A AG Plast surgiu em 2001 e é especialista na fabricação de plásticos em polietileno (PE) e polietileno tereftalato (PET). Ano passado inaugurou, por meio da AG Companhia de Revalorização Plástica (CRP), uma operação pioneira no município da Zona da Mata. Ela transformava garrafas PET já utilizadas em flakes plásticos, matéria-prima para outras embalagens plásticas sustentáveis.

Reciclagem - Pensando em uma alternativa para o tratamento do lixo urbano e para a preservação do meio ambiente, o Grupo AG, empresa do setor de produção de embalagens plásticas em PET (Politeraftalato de Etileno) e PE (Polietileno), lança seu projeto de reciclagem de garrafas PET em Juiz de Fora, na Zona da Mata mineira. O projeto é pioneiro no Brasil e conta com uma tecnologia alemã de reciclagem que segue o sistema Bottle-to-Bottle e transforma o lixo plástico em matéria-prima para a produção de novos produtos.

Esse lixo é formado por descartes plásticos pós-industriais ou pós-consumo que são transformados em grânulos a serem reutilizados na produção de novos produtos como sacos de lixo, solados, pisos, conduítes, mangueiras, componentes de automóveis, fibras, embalagens não alimentícias, dentre outros.
NÁDIA DE ASSIS

Completa no link: Fonte
GIM está en línea ahora   Reply With Quote
Old July 26th, 2013, 05:38 PM   #206
GIM
Registered User
 
Join Date: Oct 2007
Location: Belo Horizonte
Posts: 24,206
Likes (Received): 21396

Terminal alfandegado em Goianá
Receita Federal autoriza a implantação de um porto-seco no aeroporto regional.

WELLINGTON PEDRO/IMPRENSA-MG

Com o sinal verde da Receita Federal, o terminal de Goianá deve funcionar como uma espécie de porto-seco
A Receita Federal acaba de autorizar a implantação de um terminal de cargas alfandegado no Aeroporto Regional da Zona da Mata, localizado em Goianá, a cerca de 35 quilômetros de Juiz de Fora. Essa era a única pendência para a chamada internacionalização do aeroporto, que teve seus voos comerciais suspensos há três meses e que corria o risco de cair na subutilização com movimentos de mercadorias apenas dentro do país. Com a liberação, a expectativa é de que as operações tenham início dentro do prazo máximo de 90 dias.

As informações são do presidente da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) - Regional Zona da Mata, Francisco Campolina. Segundo ele, o passo será de extrema importância para a consolidação do aeroporto como um hub logístico e de carga nacional e internacional. "Trata-se de um novo fôlego para o terminal. Agora, grandes aviões poderão chegar e sair com mercadorias para importação e exportação. O aeroporto vai funcionar como uma espécie de porto-seco, proporcionando ainda mais desenvolvimento para a Zona da Mata", explica.

Para Campolina, a autorização faz parte de uma série de esforços da Multiterminais Alfandegados do Brasil. Desde que assumiu a administração do terminal, em 2010, a empresa vem realizando série de adequações e melhorias no aeroporto, como forma não só de conseguir a autorização dos órgãos competentes, como também de atrair os olhares das empresas que realizam esse tipo de operação.

"A própria Mercedes-Benz, que voltou a fabricar caminhões em Juiz de Fora no ano passado, deverá ser uma das primeiras a utilizar do novo serviço oferecido pelo terminal, para trazer matéria-prima da Alemanha. Além disso, outros interessados surgirão, já que o ambiente estará pronto para trazer e levar mercadorias de qualquer lugar do mundo", afirma o presidente da Fiemg regional.

O Aeroporto Regional da Zona da Mata possui a segunda maior pista para pouso de Minas Gerais, com 2.530 metros, sendo menor somente que a pista do Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins (RMBH), com 3 mil metros. O terminal conta ainda com toda infraestrutura de combate a incêndios, com caminhões especiais, que foram importados da França; e equipe de brigada treinada.


Acesso - Em março passado, o governador Antonio Anastasia esteve na cidade para anunciar dois importantes passos para o início do transporte de cargas no terminal. Na ocasião, ele autorizou o início das obras de pavimentação da estrada de acesso ao aeroporto, sob investimentos de R$ 51 milhões, e anunciou a conclusão da retirada de um morro na pista, que estava inviabilizando a utilização da capacidade total do aeroporto.

A intervenção foi realizada pela Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop) e se estendeu por longo período, inviabilizando a utilização da capacidade total do aeroporto, já que a pista ficava subutilizada e inviável para aviões de carga e de grande porte.

Aproximadamente um mês depois, a única companhia atuante no aeroporto, a Azul Linhas Aéreas Brasileiras, solicitou o cancelamento de suas operações no terminal. Desde então, não há voos comerciais operando na cidade. Na época, Campolina afirmou que a decisão contrariava os resultados das operações, já que era alto o índice de ocupação nos voos: as aeronaves trabalham com 80% a 85% da lotação ocupada. Além disso, cerca de 7,2 mil passageiros fizeram uso do embarque e desembarque do aeroporto por mês.

A partir daí, a entidade e demais lideranças empresariais e políticas da região iniciaram mobilização para revitalizar o aeroporto. Campolina afirma que pouco se avançou, mas que a Avianca Brasil e outras companhias aéreas se interessaram pela iniciativa e se unirão ao projeto.
MARA BIANCHETTI
fonte
__________________

Marcelo Reis liked this post
GIM está en línea ahora   Reply With Quote
Old August 30th, 2013, 05:43 AM   #207
GIM
Registered User
 
Join Date: Oct 2007
Location: Belo Horizonte
Posts: 24,206
Likes (Received): 21396

Dua boas (e incompletas) notas economicas para Juiz de Fora

Terreno que vai abrigar CD da Fiat será liberado
Hoje, todos os veículos da Fiat que chegam pelo porto do Rio são levados até a montadora em Betim
Área, em Juiz de Fora, tem 180 mil m2 .A Prefeitura de Juiz de Fora deve liberar no próximo mês a área de 180 mil metros quadrados que vai abrigar o centro de distribuição (CD) da Fiat Automóveis S/A (Fiasa) na cidade. A documentação está atrasada, já que a previsão é de que a posse do terreno fosse transferida para a montadora em junho. As obras serão iniciadas seis meses após essa transferência ser concretizada. A unidade terá capacidade para receber até 18 mil veículos e demandará aporte de .
.. leia mais em
www.diariodocomercio.com.br




Quiral reinicia as operações
Produção de medicamentos foi interrompida em 2011.A Quiral Química do Brasil S/A, com sede em Juiz de Fora, na Zona da Mata mineira, se prepara para retomar a produção de medicamentos interrompida desde 2011, quando sentiu os impactos da proibição da fabricação do Docetaxel Anidro, ativo usado no tratamento contra o câncer e que correspondia por aproximadamente 80% do faturamento da empresa. O reinício das operações, previsto para acontecer entre outubro e novembro deste ano, demandará aporte ... leia mais em
www.diariodocomercio.com.br

Estou curioso para saber o porque desse problema na Quiral à respeito de um medicamento anti cancer, se não me engano é uma disputa com multinacional que a justiça deu ganho à multi...espero que esse problema seja resolvido, à favor da Quiral!
GIM está en línea ahora   Reply With Quote
Old November 7th, 2013, 02:18 PM   #208
GIM
Registered User
 
Join Date: Oct 2007
Location: Belo Horizonte
Posts: 24,206
Likes (Received): 21396

Capital volta a ter voos diários para Juiz de Fora
Passageiros voltam a ir à Zona da Mata sem escala por SP


Brasileiro. Trajeto será realizado pelo ATR-600, da Embraer
PUBLICADO EM 05/11/13 - 04h00
Pedro Grossi

Após quase seis meses, Belo Horizonte voltará a ter voos diretos para Juiz de Fora, principal cidade da Zona da Mata mineira. Ontem, a Azul Linhas Aéreas, companhia que já operou no trecho, reinaugurou voos diários ligando as duas cidades.

A partir de agora, serão 20 voos semanais entre as duas cidades. Dez saindo de Belo Horizonte e outros dez saindo de Juiz de Fora. No dia da reinauguração do trecho, a taxa de ocupação foi superior a 80%. As viagens serão feitas pelo modelo ATR-72-600 e que possuem capacidade para transportar 68 passageiros.

A rota havia sido interrompida em maio deste ano, quando a Azul, em comunicado, informou que deixaria de operar no aeroporto regional da Zona da Mata, próximo ao município de Goianá, onde atuava desde 2011, para concentrar sua ações no aeroporto da Serrinha, próximo à área urbana de Juiz de Fora.

Com a mudança, a Azul cancelou os voos diretos que realizava entre os aeroportos de Goianá e da Pampulha, na capital, e passou a ofertar apenas a ligação com Campinas, no interior paulista. À época, a empresa disse que a medida havia sido motivada “por um processo de otimização de sua malha aérea”, que considerou a proximidade entre os aeroportos da Serrinha (em Juiz de Fora) e Viracopos (em Campinas). Desde então, moradores da Zona da Mata precisavam fazer conexão em Campinas para vir a Belo Horizonte.

Em setembro, a Azul pediu autorização para criar a rota entre Confins e Juiz de Fora, que passou a funcionar ontem. Os preços das passagens variam entre R$ 129 e R$ 839.

http://www.otempo.com.br/capital-vol...-fora-1.741472
GIM está en línea ahora   Reply With Quote
Old November 7th, 2013, 02:22 PM   #209
GIM
Registered User
 
Join Date: Oct 2007
Location: Belo Horizonte
Posts: 24,206
Likes (Received): 21396

Acho que foi uma..."forçação de barra" a Azul fazer esse ligação Belo Horizonte Juiz de Fora via Campinas...tá certo que a sede dela é lá, então "coraçõezinhos e mentes" de seus executivos acham que tudo deva passar por Campinas, mas há coisas que são "óbvios ululantes"...hub forçado não dá!
__________________

BauHaus JDF, Marcelo Reis liked this post
GIM está en línea ahora   Reply With Quote
Old February 1st, 2014, 12:57 AM   #210
DANIEL LANNA
Juiz de Fora/ JF
 
DANIEL LANNA's Avatar
 
Join Date: Nov 2009
Location: Juiz de Fora/MG
Posts: 3,964
Likes (Received): 2295

Supermercados da Zona da Mata estão no topo do faturamento em Minas


Pesquisa mensal realizada pela Associação Mineira de Supermercados (AMIS) aponta um aumento de 4,93% do faturamento dos supermercados mineiros em dezembro de 2013, em relação ao mês anterior. A Zona da Mata figura como a região com maior variação, representando 22,61% do valor total. Com o crescimento, o faturamento dos supermercados mineiros alcançou R$ 26,8 bilhões.

De acordo com a entidade, o resultado próximo de 5% para o setor em 2013 é superior ao estimado pela AMIS para o ano, que previa um crescimento próximo de 4,0%. "Os investimentos na melhoria do setor e o baixo nível de desemprego, que significou um consumidor com sua renda mantida, favoreceram as vendas do setor", afirma em nota.


Lojistas se preparam para as vendas de uniforme escolar em Juiz de Fora
Comércio de JF tem horário especial para vendas de material escolar
Marketing: é essencial ou não para a empresa e o mercado?
O resultado também supera o crescimento geral da economia brasileira, uma vez que economistas preveem que o Produto Interno Bruto (PIB) de 2013 avançou apenas 2,28% em 2013. Na
comparação de dezembro de 2013 com novembro do mesmo ano, os dados mostram que houve um crescimento real de 16,40%. Neste caso, o bom desempenho se deve ao movimento de vendas de final do ano. A região que apresentou maior crescimento em dezembro foi a Zona da Mata, com 22,61%.

Os resultados mostram ainda que houve um crescimento de 4,11% na comparação de dezembro de





2013 com o mesmo mês de 2012. Todos os números da pesquisa já estão deflacionados, utilizando-se como índice de referência o IPCA/IBGE.



Veja a variação regional - Dezembro 2013 sobre Novembro 2013
Total -MG 16,40%

Região Central 13,35%


Centro-Oeste 15,46%

Norte/Noroeste 17,30%

Rio Doce 17,33%

Sul 16,43%

Triângulo/Alto Paranaíba 19,08%

Zona da Mata 22,61%

Fonte Acessa.com
DANIEL LANNA no está en línea   Reply With Quote
Old February 13th, 2014, 03:22 PM   #211
CHRISTIANO NUNES
Registered User
 
CHRISTIANO NUNES's Avatar
 
Join Date: Feb 2014
Location: Juiz de Fora/ MG
Posts: 150
Likes (Received): 54

Shopping Jardim Norte

Teve uma matéria na Folha de São Paulo de 21/Jan (versão escrita), e está no clipping do site do Shopping Jardim Norte. Não consegui botar o link aqui...
CHRISTIANO NUNES no está en línea   Reply With Quote
Sponsored Links
Advertisement
 


Reply

Tags
juiz de fora, minas gerais

Thread Tools

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off



All times are GMT +2. The time now is 08:06 PM. • styleid: 14


Powered by vBulletin® Version 3.8.11 Beta 4
Copyright ©2000 - 2019, vBulletin Solutions Inc.
vBulletin Security provided by vBSecurity v2.2.2 (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2019 DragonByte Technologies Ltd.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2019 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us