Juiz de Fora (MG) | Infraestrutura e Transporte - Page 2 - SkyscraperCity
 

forums map | news magazine | posting guidelines

Go Back   SkyscraperCity > Latin American & Caribbean Forums > Brasil > Fóruns Gerais > Infraestrutura e Transporte


Global Announcement

As a general reminder, please respect others and respect copyrights. Go here to familiarize yourself with our posting policy.


Reply

 
Thread Tools
Old October 1st, 2011, 07:54 PM   #21
Driano MG
Mineiro da Mata
 
Driano MG's Avatar
 
Join Date: Sep 2007
Location: Juiz de Fora
Posts: 11,255
Likes (Received): 2703


Acho que provavelmente não vai ter tanto problema pq o movimento sábado e domingo cai bastante, acho que o problema maior vai ser qdo começarem a mexer no asfalto.
Driano MG no está en línea   Reply With Quote
Sponsored Links
Advertisement
 
Old October 4th, 2011, 03:12 AM   #22
Marcelo Reis
Registered User
 
Marcelo Reis's Avatar
 
Join Date: Jun 2011
Location: Juiz de Fora/Rio de Janeiro
Posts: 728
Likes (Received): 234

TRIBUNA DE MINAS

30 de Setembro de 2011 - 07:00


PJF será mais 'proativa' na agenda do Expominas

Durante encontro com secretário de Estado de Desenvolvimento Regional, prefeito diz que objetivo é otimizar espaço

Por Fabíola Costa (colaboraram Flávia Lopes e Renato Salles)




O secretário de Estado Olavo Bilac entre o prefeito Custódio Mattos e Francisco Campolina

A Prefeitura vai ser "mais proativa" na composição da agenda do Expominas Juiz de Fora. Este foi o anúncio do prefeito Custódio Mattos (PSDB) ontem, durante visita do secretário de Estado de Desenvolvimento Regional e Política Urbana, Olavo Bilac Neto. Questionado sobre um dos vetores de desenvolvimento regional, o prefeito anunciou ações visando a otimizar a ocupação do espaço, administrado pela Codemig, empresa de economista mista, cujo acionista majoritário é o Governo estadual. Sobre a possibilidade de o município assumir a administração do centro de convenções, respondeu que ela existe, mas ponderou que "esse não é o problema".

Custódio destacou o investimento no Expominas e a necessidade de tempo para maturação do negócio, mas reconheceu que o espaço hoje é subutilizado. O prefeito afirmou que, em entendimento com o governador Antônio Anastasia (PSDB) e o presidente da Codemig, Oswaldo Borges da Costa Filho, vai trabalhar na mobilização do núcleo. Custódio considerou que houve "contratempos" no início do funcionamento, como a falta de sinal definitivo de celular e a localização, na BR-040. Com o problema da comunicação resolvido, a questão geográfica promete ser minimizada com a construção da BR-440, disse. A informação dele é que o Conselho Municipal de Turismo vai trabalhar no fomento do turismo de negócios, com direito a campanha publicitária para divulgar o Expominas e o potencial da cidade para atração de evento com este perfil.

A visita do secretário Olavo Bilac integra o projeto "Plano de Desenvolvimento Industrial e Regional", promovido pela Fiemg. Cada regional está recebendo a visita de um representante do Governo estadual, com o objetivo de promover a discussão sobre a competitividade e o desenvolvimento da indústria mineira. O presidente da Fiemg Regional Zona da Mata, Francisco Campolina, tem a meta de criar uma política industrial regional. De olho neste objetivo, entregou ao secretário documento em que enumera ações visando a promover uma agenda desenvolvimentista.

Campolina citou a falta de áreas industriais para receber novos empreendimentos, além da necessidade de estrada de acesso ao Aeroporto Regional da Zona da Mata e investimentos em infraestrutura, como rede de transmissão de energia elétrica e abastecimento de gás para indústrias da região. Já o Bilac destacou o compromisso do Governo estadual em criar a ambiência para que os municípios tenham capacidade para buscar empreendimentos, tornando-se competitivos a partir da concessão de incentivos fiscais. Afirmou que o pilar de desenvolvimento regional é o planejamento e elogiou a parceria entre Município e Governo estadual na busca deste objetivo.

A respeito dos desafios para o desenvolvimento regional, o prefeito Custódio Mattos disse que optou por inverter o processo, captando investimentos para depois procurar áreas industriais para sediá-los. Argumentou que esta foi a estratégia adotada em relação às últimas empresas que chegaram à cidade. O desafio agora, disse, é manter a qualidade de vida, após a intensa política de atração de negócios.



DI pode ser ampliado até Ewbank

A área do Distrito Industrial pode ser ampliada até os limites de Juiz de Fora com Ewbank da Câmara. A informação foi dada pelo secretário de Planejamento e Desenvolvimento Econômico, André Zuchi, ontem, durante o IV Fórum de Desenvolvimento de JF, Zona da Mata e Vertentes. O evento, promovido pela Agência de Desenvolvimento de Juiz de Fora e Região (ADJFR) e realizado no Victory Business Hotel, teve como objetivo unir interesses para desenvolver Juiz de Fora e região.

Segundo Zuchi, a Prefeitura conversa com outras dez empresas interessadas em se estabelecer na cidade. "Estamos na fase de consolidar o que já foi feito até aqui. Umas das ações é a ampliação da área especial de interesse econômico do Distrito Industrial até os limites entre Juiz de Fora e Ewbank da Câmara. Hoje, essa área vai até as proximidades da Mercedes-Benz. O pedido para alteração já está na Câmara. A mudança nos possibilita atrair e reservar nova áreas para investimentos. Estamos conversando com uma siderúrgica, e sua instalação poderia ser potencializada caso isso ocorra."

Na programação, empresas com atuação em Juiz de Fora e região apresentaram suas perspectivas, como Codeme, Mercedes-Benz, Multiterminais, Energisa, Votorantim e Faculdade Suprema. Duas palestras que estavam previstas para a manhã, entre elas a de abertura, com o secretário de Estado Extraordinário da Copa do Mundo, Sérgio Barroso, e a sobre o diagnóstico do desenvolvimento da indústria mineira na Zona da Mata e Vertentes, com o presidente do Instituto de Desenvolvimento Industrial (Indi), José Frederico Álvares, foram canceladas. O motivo foi a falta de teto no Aeroporto da Serrinha, que impediu a chegada dos participantes. A abertura foi feita pelo prefeito Custódio Mattos (PSDB), que destacou o atual momento da economia juiz-forana. O presidente da Agência de Desenvolvimento de Juiz de Fora e região, Luiz Geraldo Soranço, fechou a programação.


http://www.tribunademinas.com.br/eco...minas-1.945450

Last edited by Marcelo Reis; October 4th, 2011 at 03:48 AM.
Marcelo Reis no está en línea   Reply With Quote
Old October 4th, 2011, 03:47 AM   #23
Marcelo Reis
Registered User
 
Marcelo Reis's Avatar
 
Join Date: Jun 2011
Location: Juiz de Fora/Rio de Janeiro
Posts: 728
Likes (Received): 234

TRIBUNA DE MINAS

03 de Outubro de 2011 - 17:18


PJF retira seis árvores de canteiro próximo à Oswaldo Aranha

Trabalhos irão continuar no próximo final de semana

Por Tribuna




Parte do canteiro será removida




Durante o final de semana, foram iniciados os trabalhos de reestruturação urbanoviária da Avenida Rio Branco no trecho entre as ruas Doutor Antônio Carlos e Delfim Moreira, no Centro. De acordo com a assessoria de comunicação da Settra, apenas seis árvores foram retiradas nos dois dias, e o serviço será reiniciado no próximo sábado, dia 8. A principal intervenção no local será a remoção de um canteiro do lado direito da via, próximo ao cruzamento com a Rua Oswaldo Aranha. A medida visa a permitir que os ônibus, que têm como destino os bairros Santa Cecília e São Mateus, façam a conversão diretamente pela pista central. Um semáforo será instalado na intersecção das duas vias, também com o intuito de aumentar a segurança.

A plataforma de ônibus situada na Rio Branco entre as ruas Antônio Carlos e Oswaldo Aranha será transferida para o trecho entre a Antônio Carlos e a Delfim Moreira. O objetivo da ação é aumentar o espaço de acomodação dos coletivos que aguardam, na pista central, o sinal verde para fazer a conversão. Com isso, as linhas que seguem pela Rio Branco não terão que esperar a entrada dos demais veículos na Oswaldo Aranha, retendo o tráfego.

Segundo a assessoria da Settra, as seis árvores foram replantadas às margens do Rio Paraibuna, entre as pontes do Ladeira e da Benjamin Constant.

http://www.tribunademinas.com.br/cid...ranha-1.949305
Marcelo Reis no está en línea   Reply With Quote
Sponsored Links
Advertisement
 
Old October 6th, 2011, 11:56 PM   #24
Marcelo Reis
Registered User
 
Marcelo Reis's Avatar
 
Join Date: Jun 2011
Location: Juiz de Fora/Rio de Janeiro
Posts: 728
Likes (Received): 234

Economia




06 de Outubro de 2011 - 07:00


Decreto para ampliar área do Distrito Industrial

Por Tribuna








A Prefeitura de Juiz de Fora publicou ontem, no Atos do Governo, decreto para a desapropriação de imóvel com área de 1.119.865,58 metros quadrados, referente a parte da Fazenda Boa Sorte, além do Bairro Benfica e Dias Tavares, avaliada em R$ 1,320 milhão. O objetivo, segundo o documento, é ampliar a área do Distrito Industrial.

Conforme previsto em decreto (3365/1941), as unidades administrativas envolvidas, inclusive a Procuradoria Geral do Município, estão autorizadas a invocar o caráter de urgência no processo de desapropriação para fins de tomada de posse na área objeto da matéria. Ainda segundo o decreto publicado ontem, as despesas decorrentes do procedimento de desapropriação correrão à conta de dotação orçamentária própria, de acordo com o Processo Administrativo n.º 4568/2010.

Na última semana, o secretário de Planejamento e Desenvolvimento Econômico, André Zuchi, informou que além da expansão da área do Distrito Industrial, a Prefeitura deverá encaminhar à Câmara Municipal um pedido de ampliação da área de especial interesse do município - que atualmente compreende o Distrito Industrial de Benfica, até a altura da Mercedes-Benz. O objetivo, segundo Zuchi, é estender os benefícios já oferecidos na área do DI e também na do Parque Tecnológico, para facilitar o processo de captação de novos empreendimentos. As área de especiais interesse permitem a concessão de incentivos, como redução de ISS (2%), além de isenção de ITBI e IPTU a partir da construção do empreendimento.

Uma das empresas que poderão ser beneficiadas com a ampliação da área é a Ferrous Resources do Brasil, que deverá ser instalada em Juiz de Fora, em área próxima aos bairros de Paula Lima e Chapéu D'Uvas. Representantes da empresa estariam negociando áreas e teriam reunido a comunidade para discutir o projeto e as desapropriações, que já teriam começado.
http://www.tribunademinas.com.br/eco...trial-1.960606
Marcelo Reis no está en línea   Reply With Quote
Old October 7th, 2011, 10:21 PM   #25
Leojf
Registered User
 
Leojf's Avatar
 
Join Date: Jan 2008
Location: Rio de Janeiro/RJ
Posts: 2,815
Likes (Received): 31

Trecho da Rio Branco interditado para obras no fim de semana

A Avenida Rio Branco terá o tráfego interditado neste fim de semana para sequência das obras de reestruturação urbanoviária. O serviço será realizado entre as ruas Doutor Antônio Carlos e Delfim Moreira, no Centro, para a retirada de um canteiro do lado direito da via, próximo ao cruzamento com a Rua Oswaldo Aranha.

No sábado, a pista central ficará fechada das 14h às 22h, entre a Avenida Presidente Itamar Franco (antiga Independência) e Avenida Doutor Procópio Teixeira e, no domingo, das 10h às 18h. A intenção é permitir que os ônibus que têm como destino os bairros Santa Cecília e São Mateus façam a conversão diretamente pela pista central, não precisando mais, após o cruzamento com a Avenida Itamar Franco, deslocar-se para a pista lateral da Rio Branco.

Também hoje, das 15h às 18h, parte da pista lateral (sentido Manoel Honório/Bom Pastor) entre as ruas Dr. José Cesário e Barão de São Marcelino também ficará fechada. O desvio dos carros deve ser feito pelas ruas Doutor José Cesário, Severiano Meirelles, Barão de São Marcelino, retornando para a Rio Branco.

No domingo, das 7h às 10h, acontece a interdição da pista lateral (sentido Bom Pastor/Manoel Honório) entre a Doutor Procópio Teixeira, no Bom Pastor, e Rua Doutor Romualdo, no São Mateus. Os veículos poderão trafegar pela pista central, retornando à pista lateral após a Doutor Romualdo.

A previsão, segundo a Secretaria de Obras, é de que as obras de reestruturação urbanoviária da Rio Branco terminem no fim do ano. Além das intervenções nos canteiros e remodelações de trevos, a via contará com nova iluminação e novo asfaltamento.

http://www.tribunademinas.com.br/cid...emana-1.963309
Leojf no está en línea   Reply With Quote
Old October 7th, 2011, 10:25 PM   #26
Leojf
Registered User
 
Leojf's Avatar
 
Join Date: Jan 2008
Location: Rio de Janeiro/RJ
Posts: 2,815
Likes (Received): 31

Intervenções pequenas para oq realmente deveria ser feito, mas tb fica dificil mudar radicalmente a estrutura da Rio Branco. O minimo teria q ser colocado é mais um faixa de rolamento para os carros, e o espaço pra isso?
Leojf no está en línea   Reply With Quote
Old October 7th, 2011, 10:33 PM   #27
Leojf
Registered User
 
Leojf's Avatar
 
Join Date: Jan 2008
Location: Rio de Janeiro/RJ
Posts: 2,815
Likes (Received): 31

PJF anuncia retomada de despoluição do Paraibuna

Recursos de R$ 120 milhões serão custeados por financiamento da Caixa e aporte do município

O prefeito Custódio Mattos (PSDB) anunciou ontem a retomada das obras de despoluição do Rio Paraibuna. O projeto prevê a conclusão da estação de tratamento de esgoto (ETE) União Indústria e a implantação de interceptores e coletores de esgoto. Os recursos foram viabilizados por meio de financiamento junto à Caixa Econômica Federal (R$ 70 milhões) e aporte do próprio município (R$ 50 milhões). O edital deve ser lançado nos próximos 15 dias. As intervenções elevam a capacidade de tratamento do esgoto da cidade para praticamente 100%. Apenas parte da área central, que utiliza para esgotamento a rede coletora de águas pluviais, não será tratada. Ainda assim, segundo o prefeito, há um projeto para dividir as redes futuramente e permitir o tratamento integral.

A construção da ETE União Indústria e a implantação da rede coletora foi licitada pela primeira vez em 2006. As obras chegaram a ser iniciadas e tiveram continuidade nos dois anos seguintes com despesas da ordem de R$ 7 milhões. Em 2008, no entanto, com a Operação João de Barro, deflagrada pela Polícia Federal para combater fraudes em licitações de obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), todos empreendimentos da Prefeitura de Juiz de Fora com recursos da União foram paralisados. As obras do chamado "Eixo do Paraibuna" acabaram sendo alvo de fiscalização do Tribunal de Contas da União (TCU), que recomendou a realização de um novo edital. Com isso, uma emenda de R$ 35 milhões da bancada mineira no Congresso destinada ao projeto acabou retornando ao Orçamento.

O anúncio da retomada das obras de despoluição do Rio Paraibuna foi feito durante cerimônia de posse do engenheiro metalúrgico Cláudio Horta como novo diretor-presidente da Cesama. Ele assumiu no lugar de André Borges, que havia sido indicado pelo ex-presidente Itamar Franco e hoje é vinculado ao deputado e pré-candidato a prefeito, Bruno Siqueira (PMDB). A ampliação do tratamento de esgoto da cidade foi colocada por Custódio como o principal desafio do novo membro do seu primeiro escalão. O abastecimento de água, segundo o prefeito, está praticamente consolidado em todo o município. Ele também chamou atenção para a segurança em relação ao futuro com a entrada em operação da adutora de Chapéu D'Uvas.

Cláudio Horta tratou sua nova função como um aprendizado. Com longa trajetória na iniciativa privada, tendo comandado a unidade da ArcelorMittal em Juiz de Fora, ele tem como experiência na gestão pública apenas sua recente e curta passagem pelo Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG). Tão logo foi empossado, o novo diretor-presidente afastou qualquer possibilidade de privatização ou repasse da Cesama para a Copasa. "Jamais participaria de um projeto dessa natureza. O convite que recebi foi justamente para fortalecer ainda mais a Cesama, que hoje é motivo de orgulho para Juiz de Fora." Cláudio Horta também descartou deixar o cargo para candidatar-se nas eleições de 2012. Ele disse que pertence à equipe de Custódio e vai dar sua contribuição por meio do trabalho a ser realizado na Cesama.

Índice de saneamento ainda é baixo

Apesar de a Cesama ter apresentado índices considerados excelentes pelo Instituto Trata Brasil no que diz respeito ao tratamento de água (98%) e à coleta de esgoto (97%), uma parte dos cidadãos juiz-foranos ainda é privada destes serviços. No núcleo urbano de Caeté, no distrito de Sarandira, cerca de 80% da comunidade não recebe água tratada e não tem um sistema adequado de coleta de esgoto, que muitas vezes é jogado diretamente em córregos que cortam a região.

A água sai de um reservatório localizado em uma fazenda dos arredores e é distribuída na comunidade por meio de uma tubulação antiga. Segundo a presidente da Associação de Moradores, Sebastiana Alves, o sistema foi instalado na época do mandato de Melo Reis (1977-1982). O líquido não passa por tipo algum de tratamento e, muitas vezes, as residências chegam a ficar desabastecidas por dias.

É o que acontece na casa da dona de casa Inês Pinheiro, 45 anos. Pela manhã, ela se dirige com baldes a uma torneira na porta de sua casa, na Rua Luiz Gonzaga Merotto. "Tenho que garantir a água do dia, porque aqui em casa dificilmente chega, não tem jeito. Só consigo na torneira, porque ela fica em um ponto mais baixo." A rotina de Inês é a de muitos moradores da via. Mesmo racionando, a aposentada Maria das Graças de Souza Silva, 58, fica sem abastecimento. "Tem dois meses que preciso economizar, porque só 'cai' um pouquinho por dia. Às vezes, falta até para dar descarga, é um horror."

Além da escassez, a população reclama da qualidade da água que sai de seus canos e torneiras. "É suja, meio amarelada, quase marrom. Às vezes não dá nem para lavar roupa. Beber, nem pensar, acho que ninguém tem coragem", desabafa Marta Lúcia de Assis, 48, também residente da Rua Luiz Gonzaga Merotto. A situação na rua é agravada pelo lançamento de esgoto em um córrego que atravessa a região. Na casa ao lado do curso d'água, o odor às vezes fica insuportável. "Minha mãe mora ali, e em pleno verão, é preciso fechar as portas e janelas para aguentar ficar em casa, o cheiro é insuportável e deixa qualquer um enjoado", revela Marina Lúcia Gomes, 54.

A população de Caeté também está sujeita ao contágio de doenças pela ingestão ou contato com a água contaminada. Segundo o chefe do departamento de infectologia do Hospital Universitário (HU), Rodrigo Daniel de Souza, os surtos diarréicos estão entre as moléstias mais comuns em áreas carentes de tratamento de água, o que pode já estar acontecendo em Caeté. "Vez ou outra aparece alguém com o intestino ruim, dizendo que é virose. Mas pela quantidade de gente do mesmo lugar, deve ser a água que está ruim mesmo", diz Inês Pinheiro, 45. Como o esgoto é lançado diretamente nos mananciais, há risco da população ingerir água contaminada por coliformes fecais. "Como o abastecimento de água é precário, as pessoas podem recorrer a água de mina, sem saber a procedência." O médico alerta que o simples contato com a água infectada pode causar danos à saúde, como verminoses contraídas através da pele, alergias e outros problemas dermatológicos.

Audiência pública

Convocada pelo vereador Francisco Canalli (PMDB), uma audiência publicada foi realizada na Câmara, em 26 de setembro, para discutir questões infraestruturais de Caeté. Na ocasião, membros da comunidade relataram que, em 2009, a Cesama realizou o cadastramento das famílias interessadas em receber saneamento básico, que até hoje não foi disponibilizado. O representante da companhia, Joaquim Tarcísio Guedes Tostes, informou que, na época, apenas 110 famílias, correspondentes a 20% dos moradores, solicitaram a ligação e que há necessidade de ampliação da demanda para pelo menos 50%. Segundo a assessoria da Cesama, este número subiu apenas 5% até o presente momento, chegando a 25%. A população questiona os números, informando que já foi realizado abaixo-assinado com mais de 300 nomes, número que ultrapassa os 50% requeridos pela companhia. "Acho que qualquer cidadão tem que ter direito a água e esgoto tratados, independente de onde mora e quantos querem,"pondera a presidente da Associação de Moradores, Sebastiana Alves.

De acordo a Cesama, um sistema de produção de água potável já foi construído na região, e o projeto de distribuição hídrica para Caeté também já foi finalizado. Em relação à falta de tubulações de esgoto, a orientação é de que a comunidade utilize fossas sépticas, uma vez que, segundo a empresa, existem dificuldades técnicas na construção de redes entre os terrenos e o córrego local. Além disso, há diversas moradias abaixo do nível da rua, agravando o problema. Ainda assim, a Cesama ressaltou que já estuda o desenvolvimento de um projeto de esgotamento para a área. A instalação será realizada após a futura construção do sistema de distribuição de água, para a qual ainda não há previsão.

http://www.tribunademinas.com.br/pol...ibuna-1.962768
Leojf no está en línea   Reply With Quote
Old October 7th, 2011, 11:32 PM   #28
Marcelo Reis
Registered User
 
Marcelo Reis's Avatar
 
Join Date: Jun 2011
Location: Juiz de Fora/Rio de Janeiro
Posts: 728
Likes (Received): 234

Quote:
Originally Posted by Leojf View Post
Intervenções pequenas para oq realmente deveria ser feito, mas tb fica dificil mudar radicalmente a estrutura da Rio Branco. O minimo teria q ser colocado é mais um faixa de rolamento para os carros, e o espaço pra isso?
Blz Leo.
A solução para a RB no futuro não muito distante será um elevado, mas queria ver isso ser feito...ira destruir a privacidade e o visual dos aptos caros da avenida, fora a poluição visual que seria...
Abs
Bom fds
Marcelo Reis no está en línea   Reply With Quote
Old October 8th, 2011, 06:52 PM   #29
Driano MG
Mineiro da Mata
 
Driano MG's Avatar
 
Join Date: Sep 2007
Location: Juiz de Fora
Posts: 11,255
Likes (Received): 2703


Eu tb acho que um solução para a Rio Branco seria um elevado, mas ficaria extremamente feio e caro, ou então quem sabe começar a fazer rodízio de placas, como em São Paulo, pelo menos na região mais central.

Eu acho que esses intervenções não vão ajudar mta coisa, como o Leo falou deveriam pensar em aumentar o número de faixas de rolamento, pra isso deveriam tirar os canteiros centrais e separar as vias apenas por uma grade.
Driano MG no está en línea   Reply With Quote
Old October 8th, 2011, 06:54 PM   #30
Driano MG
Mineiro da Mata
 
Driano MG's Avatar
 
Join Date: Sep 2007
Location: Juiz de Fora
Posts: 11,255
Likes (Received): 2703

Quote:
Originally Posted by Leojf View Post
PJF anuncia retomada de despoluição do Paraibuna

Recursos de R$ 120 milhões serão custeados por financiamento da Caixa e aporte do município
Essa é outra novela que se arrasta em JF...
Driano MG no está en línea   Reply With Quote
Old October 9th, 2011, 04:31 PM   #31
Marcelo Reis
Registered User
 
Marcelo Reis's Avatar
 
Join Date: Jun 2011
Location: Juiz de Fora/Rio de Janeiro
Posts: 728
Likes (Received): 234

Quote:
Originally Posted by Driano MG View Post

Eu tb acho que um solução para a Rio Branco seria um elevado, mas ficaria extremamente feio e caro, ou então quem sabe começar a fazer rodízio de placas, como em São Paulo, pelo menos na região mais central.

Eu acho que esses intervenções não vão ajudar mta coisa, como o Leo falou deveriam pensar em aumentar o número de faixas de rolamento, pra isso deveriam tirar os canteiros centrais e separar as vias apenas por uma grade.

A tenência da maioria das cidades e dos serviços serem descentralizados, fato esse que parece já estar acontecendo em JF, seria bom pois tudo esta extremamente concentrado em 5 ruas ao redor da Halfeld. Tomara que saia esse shopping perto da rodoviária mesmo, pois e um incentivo a descentralização e também um aumento na qualidade e quantidade dos serviços.
Com isso da daria uma desafogada do transito do centro...
Mas como viajar na maionese é legal, que tal um complexo de tuneis abaixo da RB como o complexo Airton Senna em SP ao contrario do elevado? rsrsrsrsrs
Seria maneiro!
Marcelo Reis no está en línea   Reply With Quote
Old October 10th, 2011, 04:50 PM   #32
Driano MG
Mineiro da Mata
 
Driano MG's Avatar
 
Join Date: Sep 2007
Location: Juiz de Fora
Posts: 11,255
Likes (Received): 2703


Pois é, seria uma alternativa descentralizar a cidade, criando serviços mais especializados em bairros como Benfica, Sta Terezinha e Manoel Honório.

Gostei da ideia do complexo de túneis...
Driano MG no está en línea   Reply With Quote
Old October 10th, 2011, 04:50 PM   #33
Driano MG
Mineiro da Mata
 
Driano MG's Avatar
 
Join Date: Sep 2007
Location: Juiz de Fora
Posts: 11,255
Likes (Received): 2703

Foto do Sílvio, retirada de arvores da Rio Branco para a readequação dos canteiros.

Quote:
Originally Posted by silviomarques View Post

Estavam retirando várias palmeiras dos canteiros
Driano MG no está en línea   Reply With Quote
Old October 11th, 2011, 02:25 AM   #34
Renan JF
Registered User
 
Renan JF's Avatar
 
Join Date: Nov 2010
Location: Juiz de Fora
Posts: 205
Likes (Received): 39

Quote:
Originally Posted by Driano MG View Post

Pois é, seria uma alternativa descentralizar a cidade, criando serviços mais especializados em bairros como Benfica, Sta Terezinha e Manoel Honório.

Gostei da ideia do complexo de túneis...
Concordo com vc Adriano,poderiam espalhar mais serviços para regioes como Sta Terezinha,Manoel Honorio etc,daria uma ''folga''p o centro da cidade

Em relação aos túneis! #sonha! kkkkkkkkkkkk
Renan JF no está en línea   Reply With Quote
Old October 11th, 2011, 05:25 AM   #35
Leojf
Registered User
 
Leojf's Avatar
 
Join Date: Jan 2008
Location: Rio de Janeiro/RJ
Posts: 2,815
Likes (Received): 31

Quote:
Originally Posted by Renan JF View Post
Concordo com vc Adriano,poderiam espalhar mais serviços para regioes como Sta Terezinha,Manoel Honorio etc,daria uma ''folga''p o centro da cidade

Em relação aos túneis! #sonha! kkkkkkkkkkkk
Ôh se é, mas seria o ideal.
Leojf no está en línea   Reply With Quote
Old October 13th, 2011, 02:06 AM   #36
Driano MG
Mineiro da Mata
 
Driano MG's Avatar
 
Join Date: Sep 2007
Location: Juiz de Fora
Posts: 11,255
Likes (Received): 2703


Eu gostaria de um trem urbano tb...
Driano MG no está en línea   Reply With Quote
Old October 13th, 2011, 02:08 AM   #37
Driano MG
Mineiro da Mata
 
Driano MG's Avatar
 
Join Date: Sep 2007
Location: Juiz de Fora
Posts: 11,255
Likes (Received): 2703

Rio Branco terá interdições para obras a partir de hoje

Protótipo de ponto de ônibus que terá sua funcionalidade testada nos próximos dias na Rio Branco



Protótipo de ponto de ônibus que terá sua funcionalidade testada nos próximos dias na Rio Branco


Por conta das obras de reestruturação da Avenida Rio Branco, o trânsito da via e de parte da Avenida Presidente Itamar Franco (antiga Independência) sofre alterações hoje e sexta-feira. Hoje a pista central da Rio Branco fica interditada entre o trevo do Bom Pastor e a Itamar Franco, das 7h às 18h. Os ônibus circulam pelas faixas laterais, fazendo as paradas em pontos paralelos aos já existentes. Na sexta, das 7h às 22h, será fechada uma pista de coletivos e uma de carros, no sentido Bom Pastor/Centro, entre as ruas Doutor Romualdo e Antônio Carlos. Os coletivos que seguirem no sentido interditado serão deslocados, neste trecho, para a pista lateral.

A partir das 14h de sábado e durante todo o domingo, será fechada a pista central da Rio Branco, do trevo do Bom Pastor até a Rua Antônio Carlos, com ônibus circulando pelas pistas laterais. Já no sentido Bom Pastor/Centro, em um pequeno segmento próximo à Rua Gil Horta, a pista de coletivos e uma das pistas de carros serão interditadas. Com isso, os ônibus que seguem nessa direção vão ser desviados para a pista lateral.

No mesmo período, a faixa de ônibus sentido Centro/Bom Pastor será utilizada também por carros que seguem na direção inversa, entre Antônio Carlos e Presidente Itamar Franco. A conversão na antiga Independência será proibida para os veículos que vierem no sentido Bom Pastor/Centro, já que um trecho da pista de sentido São Mateus/Avenida Brasil, próximo ao cruzamento com a Rio Branco, será fechado no fim de semana. A pista contrária funcionará em mão dupla nesta região.

Também como parte das obras de reestruturação da Rio Branco, a Prefeitura iniciou a instalação do protótipo de um novo ponto de ônibus, na altura do número 5.290, no final da avenida, que terá sua funcionalidade testada nos próximos dias.

http://www.tribunademinas.com.br/cidade/rio-branco-tera-interdic-es-para-obras-a-partir-de-hoje-1.965074
Driano MG no está en línea   Reply With Quote
Old October 13th, 2011, 02:09 AM   #38
Driano MG
Mineiro da Mata
 
Driano MG's Avatar
 
Join Date: Sep 2007
Location: Juiz de Fora
Posts: 11,255
Likes (Received): 2703

Quote:
Originally Posted by Driano MG View Post



Protótipo de ponto de ônibus que terá sua funcionalidade testada nos próximos dias na Rio Branco

Faltou o teto né.
Driano MG no está en línea   Reply With Quote
Old October 14th, 2011, 03:32 AM   #39
Driano MG
Mineiro da Mata
 
Driano MG's Avatar
 
Join Date: Sep 2007
Location: Juiz de Fora
Posts: 11,255
Likes (Received): 2703

Projeto de como deve ficar a Rio Branco. (fonte: http://www.pjf.mg.gov.br/scs/novariobranco_noticias.php)



Driano MG no está en línea   Reply With Quote
Old October 14th, 2011, 03:35 AM   #40
Driano MG
Mineiro da Mata
 
Driano MG's Avatar
 
Join Date: Sep 2007
Location: Juiz de Fora
Posts: 11,255
Likes (Received): 2703

Só espero que aquela ruazinha do Joalpa dê vazão pra todos os ônibus que vão pra Getúlio.
Driano MG no está en línea   Reply With Quote
Sponsored Links
Advertisement
 


Reply

Tags
juiz de fora

Thread Tools

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off



All times are GMT +2. The time now is 01:26 PM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.11 Beta 4
Copyright ©2000 - 2019, vBulletin Solutions Inc.
vBulletin Security provided by vBSecurity v2.2.2 (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2019 DragonByte Technologies Ltd.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2019 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us