Algés | São José de Ribamar - SkyscraperCity
 

forums map | news magazine | posting guidelines

Go Back   SkyscraperCity > European Forums > Fórum Português > Arquitectura e Urbanismo > Lisboa > Projectos


Global Announcement

As a general reminder, please respect others and respect copyrights. Go here to familiarize yourself with our posting policy.


Reply

 
Thread Tools
Old November 4th, 2008, 10:38 PM   #1
fred_mendonca
President and CEO
 
fred_mendonca's Avatar
 
Join Date: Nov 2005
Location: Oeiras
Posts: 17,621
Likes (Received): 44

Algés | São José de Ribamar

Projecto a iniciar em 2009
Área de terreno: 16.200 m2
Área de construção acima do solo: 8.800 m2
Número de fogos: 37
Investimento previsto: 21 ME

RAR Imobiliária apresenta empreendimento "São José de Ribamar"

Vocacionada para a promoção de empreendimentos residenciais de qualidade superior, a RAR Imobiliária participa no Salão Imobiliário de Lisboa pelo quarto ano consecutivo, com um stand de 144m2 no Pavilhão 3, onde estão em evidência três dos seus mais recentes empreendimentos. Os vários projectos em desenvolvimento pela RAR Imobiliária representam investimentos no montante de 175 milhões de euros.

Com grande destaque este ano está a maqueta de apresentação do Empreendimento São José de Ribamar, um conjunto residencial de luxo da autoria do arquitecto Gonçalo Byrne.

Este empreendimento, ainda em fase de projecto, ficará num terreno com uma área de 16.200 m2, situado junto à marginal em Algés, e que inclui um palacete datado do século XVI. A localização privilegiada em frente ao rio Tejo, defronte da torre de entrada da barra é uma das características a destacar neste projecto, bem como os jardins cuja área total ronda os 13.000 m2. Prevendo-se que o seu licenciamento será aprovado no primeiro semestre de 2009, a sua construção e comercialização terão início no segundo semestre do mesmo ano, estando a sua conclusão planeada para o início de 2012.

O empreendimento São José de Ribamar é composto por 22 fracções, das quais 12 correspondem a uma nova área a edificar e que se compõe por dois conjuntos de moradias em banda, todas elas com vista directa para o rio Tejo e com tipologias que variam entre o T4 e o T5 +1.

As restantes 10 fracções serão construídas, 8 no convento do século XVI que irá ser recuperado, tendo igualmente todas vista de rio e com tipologias que vão do T2 ao T5 + 2 e as 2 últimas vão ocupar a moradia do início do século passado, que irá ser também objecto de recuperação, sendo o piso térreo constituído por um T3 e os dois pisos superiores por um T5 + 2 duplex.

Com valores de venda que rondarão os 4.000 a 5.000 euros/m2, o Empreendimento São José de Ribamar destina-se ao público-alvo pertencente ao segmento alto de mercado e está orientado para famílias consolidadas, daí o elevado número de apartamentos com as tipologias acima do T4.

O empreendimento São José de Ribamar será objecto de certificação, tanto ao nível da qualidade técnica de construção – DOMUSQUAL – como em termos de sustentabilidade – DOMUSNATURA através da consultora multinacional SGS, líder mundial desta actividade.

No espaço da RAR Imobiliária no SIL 2008 também estão em destaque o Edifício do Parque, um projecto residencial da autoria do arquitecto Rogério Cavaca, composto por 117 apartamentos e estrategicamente localizado junto ao Mar e ao Parque da Cidade do Porto, bem como o condomínio privado TibãesGolfe, um projecto do arquitecto Vítor Martins situado em Braga que abarca 29 moradias com campo de golfe.

Recorde-se que a RAR Imobiliária foi distinguida com o prémio “Melhor Projecto Imobiliário do Ano” no SIL de 2006 com o Empreendimento Monchique, no Porto, e no SIL de 2007 com o Edifício do Parque, em Matosinhos.

Para José António Teixeira, presidente da RAR Imobiliária, «este certame é um excelente meio para mostrar ao mercado os projectos desenvolvidos pela nossa empresa. O facto de termos recebido por dois anos consecutivos o Prémio “Melhor Projecto Imobiliário” no SIL vem confirmar que a nossa estratégia alicerçada na inovação, design e na sustentabilidade foi uma aposta correcta e reconhecida pelo mercado. A oferta de empreendimentos de elevada qualidade que apresentem soluções inovadoras continua a ser o compromisso da RAR Imobiliária».

Fonte : RAR Imobiliária

http://casa.sapo.pt/news/detalhe.aspx?id=5315


by Barra



PS: Já se justificava um thread para este projecto!
__________________
"We must face the grim necessity, with full knowledge that the task is to be solved, and we must proceed with a full realization that no statute enacted by man can repeal the inexorable laws of nature."
fred_mendonca no está en línea   Reply With Quote
Sponsored Links
Advertisement
 
Old November 5th, 2008, 12:06 AM   #2
Barragon
Barra for Friends
 
Barragon's Avatar
 
Join Date: Dec 2004
Location: Barreiro
Posts: 142,309
Likes (Received): 15970

Fizeste muito bem fred
__________________
::: Portuguese Forum :::

Tocha :: Mira :: Vagos :: Ílhavo :: Praia da Barra :: Curia :: Anadia :: Oliveira do Bairro :: Águeda

Fat people are harder to kidnap
Barragon no está en línea   Reply With Quote
Old November 5th, 2008, 02:29 AM   #3
NewTomorrow
 
Join Date: Dec 2007
Posts: 9,221
Likes (Received): 20

isto não tem esse nome

Palacio Foz antigo convento São José



NewTomorrow no está en línea   Reply With Quote
Sponsored Links
Advertisement
 
Old November 5th, 2008, 02:31 AM   #4
NewTomorrow
 
Join Date: Dec 2007
Posts: 9,221
Likes (Received): 20

Palácio Foz

Com uma História a caminho do meio milénio, o Convento actualmente transformado no Palácio Foz, faz parte integrante das raízes de Algés. Da sua história consta que D. Francisco de Gusmão, Cavaleiro da Casa da Infanta D. Maria, donatário de vastos terrenos na orla do Reguengo de Algés, doou esses terrenos aos monges, em 1559, para a fundação de um Convento evocando S. José. Mais tarde, o Cardeal D. Henrique ainda Infante, construiu nesse local três casas com uma Capela, e em 1595, o Provincial - Frei António da Anunciação, pela terceira vez erigiu o Convento, com uma albergaria de excelência para a época. Em 1834, dá-se o confisco dos bens das Ordens Religiosas, em proveito da Fazenda Pública e assim o Convento e as suas terras foram vendidas a João Marques da Costa Soares, um Capitalista, que em 1850 vendeu toda a propriedade a Andrade Neri, o qual mandou restaurar a encantadora Casa dos Arrábidos, assim como a bela Igreja. Em 1872, o Conde de Cabral comprou tudo e fez a muralha e a bela construção dos arcos que fica sobranceira à entrada. A Pousada foi transformada no palacete de airosas linhas, arcarias e colunas que permanecem até aos dias de hoje, tendo actualmente uma utilização privada.
NewTomorrow no está en línea   Reply With Quote
Old November 29th, 2009, 02:24 PM   #5
fred_mendonca
President and CEO
 
fred_mendonca's Avatar
 
Join Date: Nov 2005
Location: Oeiras
Posts: 17,621
Likes (Received): 44

Convento do século XV dá lugar a condomínio de luxo em Algés

A Quinta São José Ribamar, antigo convento do século XV, em Algés, no concelho de Oeiras, vai ser transformada num condomínio de luxo, com um investimento de 20 milhões de euros. O património recuperado poderá vir a ser visitado, ou não, pelo público em geral.

“O convento era dos frades arrábidos, da serra da Arrábida, no século XV e os documentos mais antigos mostram o convento dando directamente no rio Tejo. Da estrutura conventual ainda existe uma igreja, o claustro e dois jardins: um com peças tropicais como o dragoeiro e um jardim geométrico francês”, explicou o arquitecto responsável pelo projecto, Gonçalo Byrne.

“Com o passar do tempo foram sendo construídas casas sem preservar o património onde eram as quintas. E hoje está tudo degradado”, acrescentou.

O novo condomínio prevê a construção de 21 apartamentos (com uma altura máxima de três andares térreos), localizados maioritariamente nos terrenos dedicados à agricultura, 78 lugares de estacionamento subterrâneos e piscina, às portas de Lisboa.

Da estrutura conventual, o projecto prevê a recuperação da capela, do claustro, de um pátio interior, de uma antiga instalação dedicada à lavoura e às cavalariças, os jardins e a muralha circundante da Quinta (construída mais tarde).

Três habitações vão reutilizar o património histórico: uma habitação será construída à volta do claustro, outra em redor de um antigo pátio, com vista para ele, e uma terceira integrará as cavalariças. Os jardins serão integralmente recuperados.

A promotora da obra, a RAR Imobiliária, disse que o investimento na obra é 20 milhões de euros, incluindo a compra da quinta ao anterior proprietário e as obras de recuperação, e que os trabalhos deverão iniciar-se no segundo semestre de 2010.

Segundo a mesma fonte, a Quinta passará a ser um condomínio de luxo mas “poderá ser pensado um horário para o claustro e a capela serem visitados”, embora essa venha a ser uma decisão dos condóminos.

O projecto inclui também a construção de um passadiço entre a Quinta e o terrapleno de Algés, facilitando o acesso dos condóminos e da população em geral ao Tejo, uma contrapartida da Câmara Municipal de Oeiras para aprovar a obra.

O projecto foi aprovado com maioria na última em reunião de Câmara, com votos contra do vereador comunista Amílcar Campos e da vereadora social-democrata Isabel Meirelles, que salientaram “o atentado patrimonial” e a “falta de espaços verdes na zona”, argumentos negados pelo presidente de Câmara, Isaltino Morais.

http://www.publico.clix.pt/Local/con...-alges_1411890
__________________
"We must face the grim necessity, with full knowledge that the task is to be solved, and we must proceed with a full realization that no statute enacted by man can repeal the inexorable laws of nature."
fred_mendonca no está en línea   Reply With Quote
Old November 29th, 2009, 06:45 PM   #6
AZT2009
Registered User
 
AZT2009's Avatar
 
Join Date: Oct 2009
Posts: 5,527
Likes (Received): 13

já tinha ouvido falar deste projecto.
Ao menos recupera o patrimonio ali existente.
AZT2009 no está en línea   Reply With Quote
Old December 5th, 2009, 03:35 PM   #7
pedrodepinto
Feliz 2019 ;)!
 
pedrodepinto's Avatar
 
Join Date: Nov 2006
Posts: 30,631
Likes (Received): 706

Sim, ao menos isso !
pedrodepinto no está en línea   Reply With Quote
Old January 24th, 2010, 09:09 PM   #8
Shöneberg
Registered User
 
Shöneberg's Avatar
 
Join Date: Sep 2008
Location: Lisboa, London, Berlin
Posts: 23
Likes (Received): 0

Acho o projecto muito bom, e o seu potencial para atrair cada vez mais gente com muito dinheiro para toda esta zona entre Belém-Algés e Caxias/Estádio Nacional até Linda-a-Velha/Carnaxide.. Todo este "Quadrado" imediatamente a Oeste de Lisboa e separado por dois corredores verdes (Monsanto e Estádio Nacional) e com frente para a futura marina e projecto em redor, e a foz do tejo para o atlântico, tem todo o potencial para se tornar a zona com melhor qualidade de vida do país. Tendo a sua própria "downtown" no centro de algés cada vez mais corrigida, restaurada e atraente. É também conveniente atrair para o centro de algés um estilo de comércio mais moderno com um "feel" artistico e de qualidade (ao invés das dezenas de lojas de bugiganga chinesas e restaurantes com azulejos brancos e demasiada luz...
O projecto além de prever o restauro e reutilização da Quinta trás a extensão de uma arquitectura moderna e de alta qualidade (como muitos outros projectos da região) ao centro de Algés, havendo ainda várias outras casas senhoriais a necessitar de restauro e com algum espaço para projectos idênticos em Algés.

O Problema disto tudo é o facto de ser um condomínio privado!

Para haver a tal qualidade de vida não podem haver guetos fechados para ricos, nem pobres. Mas sim qualidade e boas condições dentro e fora de casa, desde a arquitectura, os espaços verdes, o comércio, as vistas panorâmicas, e desenvolvimento. Mas mais importante ainda é a vida diária ter um carisma social, e com os seus apoios sociais para actividades artísticas e criativas de alto nível. Por exemplo a implementação de escolas como a E.T.I.C. e muitas outras de Lisboa, galerias, teatros, bares alternativos, bons restaurantes, expaços para eventos musicais e experimentais etc.
Assim, e como a ideia de usar o potencial da quinta e do seu novo projecto para algo nesta direcção não existe, acho péssimo que assim de faça um condomínio privado e com certeza votaria contra. Podia perfeitamente manter-se o projecto mas com acesso aberto a todos talvez com um miradouro jardins, museu, teatro, lojas de moda e bons restaurantes e bares.
Shöneberg no está en línea   Reply With Quote
Old April 3rd, 2011, 06:10 PM   #9
fred_mendonca
President and CEO
 
fred_mendonca's Avatar
 
Join Date: Nov 2005
Location: Oeiras
Posts: 17,621
Likes (Received): 44

Mais uns renders e a maquete:







__________________
"We must face the grim necessity, with full knowledge that the task is to be solved, and we must proceed with a full realization that no statute enacted by man can repeal the inexorable laws of nature."
fred_mendonca no está en línea   Reply With Quote
Old April 3rd, 2011, 08:28 PM   #10
Marco Bruno
Les cites obscures
 
Marco Bruno's Avatar
 
Join Date: Aug 2003
Location: Lisbon
Posts: 10,696
Likes (Received): 3619

obrigado pelos renders!
__________________
Lx Projectos
Marco Bruno no está en línea   Reply With Quote
Old April 3rd, 2011, 08:32 PM   #11
jpfg
( ͠° ͟ʖ ͡°)
 
jpfg's Avatar
 
Join Date: May 2008
Location: Lisboa
Posts: 5,389
Likes (Received): 2494

Projecto interessante.
jpfg no está en línea   Reply With Quote
Old April 3rd, 2011, 09:23 PM   #12
fred_mendonca
President and CEO
 
fred_mendonca's Avatar
 
Join Date: Nov 2005
Location: Oeiras
Posts: 17,621
Likes (Received): 44

Quote:
Originally Posted by Marco Bruno View Post
obrigado pelos renders!
De nada.
__________________
"We must face the grim necessity, with full knowledge that the task is to be solved, and we must proceed with a full realization that no statute enacted by man can repeal the inexorable laws of nature."
fred_mendonca no está en línea   Reply With Quote
Old April 6th, 2011, 01:33 AM   #13
Filipe_Teixeira
Registered User
 
Filipe_Teixeira's Avatar
 
Join Date: Dec 2005
Location: Olivais, Lisboa
Posts: 8,547
Likes (Received): 1299

muuuito bom. nao estou é a conseguir localizar
__________________
Portuguese SSC member

Lisboa
Filipe_Teixeira no está en línea   Reply With Quote
Old April 6th, 2011, 01:56 AM   #14
jpfg
( ͠° ͟ʖ ͡°)
 
jpfg's Avatar
 
Join Date: May 2008
Location: Lisboa
Posts: 5,389
Likes (Received): 2494

http://www.bing.com/maps/?v=2&cp=qfg...=b&FORM=LMLTCC
jpfg no está en línea   Reply With Quote
Old June 22nd, 2011, 02:00 PM   #15
fred_mendonca
President and CEO
 
fred_mendonca's Avatar
 
Join Date: Nov 2005
Location: Oeiras
Posts: 17,621
Likes (Received): 44

RAR Imobiliária abre concurso para construção do empreendimento S. José de Ribamar

A RAR Imobiliária, promotora imobiliária pertencente ao Grupo RAR, acaba de lançar o concurso de empreitada geral para a construção do empreendimento S. José de Ribamar. Para o efeito, foram seleccionadas oito empresas de construção que apresentaram as suas propostas para o projecto.

O Convento de S. José de Ribamar, fundado em 1559, localiza-se em Algés, junto a um palacete do século XIX. O projecto da RAR Imobiliária consiste na reabilitação dos dois monumentos históricos e na construção de 12 moradias novas, de forma a criar um complexo residencial. Com vista privilegiada para o rio Tejo, S. José de Ribamar integra 22 habitações.

«S. José de Ribamar evidencia a aposta da RAR Imobiliária em dois vectores estratégicos: reabilitação urbana – transformando edifícios históricos em empreendimentos de topo – e sustentabilidade», refere José António Teixeira, CEO da RAR Imobiliária.

O responsável da empresa refere ainda as vantagens de viver em Oeiras: «Com cerca de 170 mil habitantes, Oeiras é um dos concelhos portugueses que oferece melhor qualidade de vida, dada a aposta permanente em novas infra-estruturas de lazer e de serviços».

http://negocios.casa.sapo.pt/Noticia...amar/?ID=16443
__________________
"We must face the grim necessity, with full knowledge that the task is to be solved, and we must proceed with a full realization that no statute enacted by man can repeal the inexorable laws of nature."
fred_mendonca no está en línea   Reply With Quote
Old June 22nd, 2011, 02:07 PM   #16
fred_mendonca
President and CEO
 
fred_mendonca's Avatar
 
Join Date: Nov 2005
Location: Oeiras
Posts: 17,621
Likes (Received): 44

No R&C de 2010 da RAR Imobiliária, pág. 4, diz o seguinte:

"Quanto aos terrenos confinantes com a Quinta de S. José de Ribamar, adquiridos posteriormente, foi elaborado, também pelo Gabinete do Arquitecto Gonçalo Byrne, e apresentado na Câmara Municipal de Oeiras, um Estudo da sua urbanização, que engloba também terrenos adjacentes, de outros dois
proprietários. O Estudo foi bem acolhido pela Presidência e técnicos da Câmara, estando a negociar-se a sua aceitação pelos referidos proprietários, para posterior aprovação pela Câmara."


http://imobiliaria.rar.pt/fotos/edit...iaria_2010.pdf

Ou seja, parece que irá surgir uma 2ª fase deste empreendimento.
__________________
"We must face the grim necessity, with full knowledge that the task is to be solved, and we must proceed with a full realization that no statute enacted by man can repeal the inexorable laws of nature."
fred_mendonca no está en línea   Reply With Quote
Old June 23rd, 2011, 11:17 PM   #17
Bugio de Oeiras
Registered User
 
Join Date: May 2009
Posts: 2,502
Likes (Received): 7

Os terrenos para esta 2ª fase devem ser aquele imediatamente a Norte do primeiro empreendimento, não?
Bugio de Oeiras no está en línea   Reply With Quote
Old June 23rd, 2011, 11:42 PM   #18
fred_mendonca
President and CEO
 
fred_mendonca's Avatar
 
Join Date: Nov 2005
Location: Oeiras
Posts: 17,621
Likes (Received): 44

Quote:
Originally Posted by Bugio de Oeiras View Post
Os terrenos para esta 2ª fase devem ser aquele imediatamente a Norte do primeiro empreendimento, não?
Depreendo que sim.
__________________
"We must face the grim necessity, with full knowledge that the task is to be solved, and we must proceed with a full realization that no statute enacted by man can repeal the inexorable laws of nature."
fred_mendonca no está en línea   Reply With Quote
Old June 24th, 2011, 08:58 PM   #19
PortoNuts
Registered User
 
PortoNuts's Avatar
 
Join Date: Apr 2008
Location: Porto
Posts: 24,744
Likes (Received): 9465

Em tijolo? É um material diferente para revistimento exterior em Portugal.
__________________
Got one head for money and one head for sin..
PortoNuts no está en línea   Reply With Quote
Old June 25th, 2011, 05:54 PM   #20
fred_mendonca
President and CEO
 
fred_mendonca's Avatar
 
Join Date: Nov 2005
Location: Oeiras
Posts: 17,621
Likes (Received): 44

Pelo menos parece que sim. Mas se olharmos para os renders com atenção podemos perceber que existe uma 2ª fila de casas que já não é revista por este material. São aquelas casas brancas que estão por detrás das casas de tijolo.

Quote:
Originally Posted by fred_mendonca View Post
__________________
"We must face the grim necessity, with full knowledge that the task is to be solved, and we must proceed with a full realization that no statute enacted by man can repeal the inexorable laws of nature."
fred_mendonca no está en línea   Reply With Quote
Sponsored Links
Advertisement
 


Reply

Tags
ribamar

Thread Tools

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off



All times are GMT +2. The time now is 05:23 PM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.11 Beta 4
Copyright ©2000 - 2019, vBulletin Solutions Inc.
vBulletin Security provided by vBSecurity v2.2.2 (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2019 DragonByte Technologies Ltd.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2019 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us