SkyscraperCity banner

361 - 380 of 386 Posts

·
Registered
Joined
·
311 Posts
Se a Etiópia continuar nesse ritmo, teremos uma potência na África a sul do Saara em algumas décadas.
Seria uma benção pra África ter os seus maiores filhos (Nigéria, Egipto, Congo e Etiópia) todos estabilizados. Acho que traria um efeito dominó na estabilização dos estados menores.
Nigéria e Egito são duas bombas-relógio...
 

·
Registered
Joined
·
20,598 Posts
O Congo-Zaire nunca deixou de ser uma bomba já detonada, a AdS é uma estagnação sem jeito.


Por isso minha aposta sempre foi a Etiópia como país com potencial de ser a primeira grande economia a despontar no continente.
 

·
Registered
Joined
·
2,438 Posts
Nigéria e Egito são duas bombas-relógio...
no caso do Egito é a mão de ferro dos militares que não deixa a bomba explodir, depois da revolução egípcia de 2011 quem o povo colocou no poder? um islamita radical que no comecinho pagou de moderado e depois começou a botar as asinhas pra fora aí o povo foi pras ruas pra botar os militares de volta no poder, que ironia não?
infelizmente existem alguns países que só conseguem uma certa estabilidade sendo governados com mão de ferro, a líbia e o Iraque estão aí pra mostrar isso :eek:hno:
não é a toa que no Egito os cristãos (que sofrem constantes ataques) apoiam em peso os militares porque pelo menos eles são seculares
 

·
A Noi!
Joined
·
7,731 Posts
Se a Etiópia continuar nesse ritmo, teremos uma potência na África a sul do Saara em algumas décadas.
Seria uma benção pra África ter os seus maiores filhos (Nigéria, Egipto, Congo e Etiópia) todos estabilizados. Acho que traria um efeito dominó na estabilização dos estados menores.
Curiosidade: todos os quatro abrigaram grandes impérios no passado.

Congo - abrigou parte do Reino do Kongo (juntamente com a porção norte de Angola.

Nigéria - abrigou grandes reinos e impérios como Oyo, Haussaland, Dahomey, Ashanti

Egito - dispensa apresentações

Etiópia - Império Aksum/Axum, um dois mais poderosos da África Oriental em seu tempo.
 

·
Registered
Joined
·
32,932 Posts
Esses impérios africanos eram realmente avançados ou eram tribos indígenas com territórios gigantescos mas altamente primitivas?
 

·
A Noi!
Joined
·
7,731 Posts
Esses impérios africanos eram realmente avançados ou eram tribos indígenas com territórios gigantescos mas altamente primitivas?
Não, eram impérios que dominavam a cerâmica, a agricultura, a metalurgia, apresentando trabalhos com metais de surpreendente delicadeza e perícia.

Isso é um vaso de bronze Igbo-Ukwo do séc. IX/X:



O Império Igbo abrangia o sul/sudeste da Nigéria, além de parte de Camarões e Guiné Equatorial. Seus descendentes são conhecidos pelo empreendedorismo e habilidade nos negócios.
 

·
Jesus, minha salvação.
Joined
·
2,321 Posts
Triste o que a África se tornou, um continente que teve o império mais interessante do mundo (entre outros importantes) mas que hoje luta pra não morrer de fome e radicalismo.
 

·
Marquês do Seridó
Joined
·
11,960 Posts
Curioso a Etiópia conseguir a inserção de 100% das crianças na escola enquanto 57% da população, ou das famílias dessas crianças, sequer possui acesso a eletricidade.

Bom, é a vida rural tradicional.
Quando meu pai era criança, na década de 70, é que a televisão foi chegar nas sedes das fazendas por aqui. E nem tenho certeza se era a eletricidade ou a pilha. Mas todo mundo, se quisesse e os pais permitissem, poderia estudar o primário. Por toda a zona rural professoras davam aulas em salas improvisadas multisseriadas (ou pequenos grupos escolares, muitas vezes construídos pelos fazendeiros). Já a energia elétrica, em 2002, primeira vez que vim passear e tenho lembrança, ainda não havia na zona rural. Mas nessa época já mais de 80% da população havia se mudado para a área urbana.
 

·
A Noi!
Joined
·
7,731 Posts

·
Luis M P A N Pereira
Joined
·
8,694 Posts
Sim, é!
Já o pai, o anterior presidente de Angola José Eduardo dos Santos, tem sangue branco herdado de um antepassado holandês e a Mãe dela é russa.
 

·
Registered
Joined
·
311 Posts
Sudão vai entregar ex-ditador Omar al-Bashir ao Tribunal Penal Internacional

Decisão partiu de acordo entre governo e grupos rebeldes para apresentar procurados pela Corte

CARTUM — O governo de transição do Sudão anunciou nesta terça-feira que vai entregar o ex-ditador Omar al-Bashir ao Tribunal Penal Internacional (TPI), sediado em Haia, na Holanda, e que julga indivíduos acusados de crimes contra a Humanidade. A decisão partiu de um acordo do governo de Cartum com os grupos rebeldes que atuam na região de Darfur, que também concordaram em entregar nomes procurados pelo tribunal. A informação foi dada pelo porta-voz do governo, Faisal Saleh.

Bashir é acusado de genocídio e de ter cometido crimes de guerra e contra a Humanidade no conflito contra grupos rebeldes em Dafur, na região oeste do Sudão, no início dos anos 2000.O ditador ficou no poder por 30 anos até ser forçado a renunciar em abril do ano passado. Bashir foi deposto e preso pelos militares que antes o apoiavam, após quatro meses de protestos. A defesa do ex-ditador disse à Reuters que vai se recusar a tratar com o TPI, já que o considera uma "corte política".

As manifestações contra Bashir começaram quando seu governo retirou os subsídios que mantinham controlados os preços do pão e dos combustíveis, em dezembro de 2018. Os 40 milhões de sudaneses sofriam há anos com a contração da economia, causada em parte por anos de sanções econômicas dos Estados Unidos — suspensas em outubro de 2017 — e pela perda de três quartos da produção de petróleo desde a secessão do Sudão do Sul, em 2011.

O regime de Bashir estava sob sanções ocidentais desde os anos 1990. Primeiro, sob a acusação de patrocinar o terrorismo internacional, quando deu abrigo a Osama bin Laden, fundador da al-Qaeda — depois que o terrorista foi expulso da Arábia Saudita e antes de se mudar para o Afeganistão, onde planejou os atentados do 11 de Setembro. Em seguida, houve novas sanções quando Bashir foi acusado pelo TPI de genocídio na repressão à população não muçulmana da região de Darfur.
 
361 - 380 of 386 Posts
Top