SkyscraperCity banner

1 - 20 of 2027 Posts

·
CIDADÃO DE BEM
SFA
Joined
·
25,618 Posts
Discussion Starter #1
Presidente Xi Jinping promete ‘nova era’ para política da China




Em discurso no Congresso do Partido Comunista, o líder defendeu a autoridade dos socialistas no país

O presidente da China, Xi Jinping, anunciou o início de uma “nova era” na política chinesa no primeiro dia do Congresso do Partido Comunista. O líder pediu aos chineses o combate a qualquer ameaça à autoridade do partido.

“Cada um de nós deve fazer mais para defender a atualidade do partido e do sistema socialista chinês e opor-se decididamente a qualquer palavra e ação para miná-los”, afirmou o presidente chinês, diante dos quase 2.300 membros reunidos para a grande assembleia quinquenal do partido que governa o país.

Em seu discurso de quase três horas e meia, o presidente enfatizou que a China viveu “mudanças históricas” desde o último congresso, em 2012, e destacou que 60 milhões de pessoas saíram da pobreza no país nestes cinco anos. Também exaltou o crescimento econômico contínuo e estável, o reforço das forças armadas e a crescente presença dos chineses no exterior.

Em uma mensagem ao resto do mundo, Xi, que receberá no próximo mês o presidente americano, Donald Trump, afirmou que seu país vai se abrir “ainda mais” e prometeu um tratamento “igualitário” para as empresas estrangeiras. Também disse que está determinado a prosseguir com a modernização militar para “tornar o exército popular um exército de primeira ordem” até 2050.

O XIX Congresso do Partido Comunista Chinês deve renovar por cinco anos o mandato de Xi como secretário-geral da legenda, o que inclusive pode permitir que ele tenha um período no poder ainda mais longo. O limite de idade de 68 anos imposto aos membros do politburo – a instância de 25 integrantes que governa a China – poderia efetivamente desaparecer para Xi Jinping, que terá 69 anos no próximo congresso de 2022.

Taiwan

No discurso, o presidente também advertiu o vizinho Taiwan sobre o desejo de uma separação definitiva da China. Ele afirmou que Pequim “tem os meios para vencer as tentativas separatistas a favor da independência taiwanesa”.

Ainda assim, afirmou que “respeita o sistema social atual e o estilo de vida” da população do território separado unilateralmente da China em 1949. “Estamos dispostos a compartilhar primeiro com eles as oportunidades brindadas pelo desenvolvimento da parte continental”, afirmou Xi.

FONTE: Veja.com (Com AFP e EFE)

http://www.forte.jor.br/2017/10/19/presidente-xi-jinping-promete-nova-era-para-politica-da-china/
 

·
Caught in a mosh!
Joined
·
10,587 Posts
Acho que aqui o pessoal pode falar da China sem levantar suspeitas de ter uma invasão Muito Séria em seus perfis.
 

·
Caught in a mosh!
Joined
·
10,587 Posts
China arrisca um momento de colapso financeiro, avisa o governador do banco central

Zhou Xiaochuan, responsável máximo pelo Banco Popular da China, advertiu para a possibilidade de “um momento Minsky” no seu país como aquele que estoirou no verão de 2007 nos EUA e na Europa. O governador falava à margem do Congresso do Partido Comunista da China que se iniciou esta semana


A China corre o risco de um colapso financeiro, se não controlar atempadamente o disparo do crédito à economia e às famílias, avisou o próprio governador do banco central. Esse sobreaquecimento poderá levar à repetição de um colapso como o que ocorreu no final dos anos 1990 na Ásia e depois no verão de 2007 nos Estados Unidos e na Europa.

“Se houver demasiados fatores pró-cíclicos na economia, as flutuações cíclicas são ampliadas e há otimismo excessivo durante esse período, levando à acumulação de contradições que poderão desembocar no chamado Momento Minsky”, disse o governador do Banco Popular da China, o banco central, à margem do 19º Congresso do Partido Comunista da China que decorre desde quarta-feira e se estenderá por uma semana. Zhou Xiaochuan acrescentou que o país se deve focalizar “em evitar um ajustamento dramático”.

Recorde-se que nos riscos de médio prazo destacados pelo Fundo Monetário Internacional (FMI) na sua recente Assembleia anual consta o risco da sobreextensão do crédito na economia chinesa poder provocar riscos à estabilidade financeira da segunda maior economia do planeta e à economia mundial.

http://expresso.sapo.pt/economia/2017-10-20-China-arrisca-um-momento-de-colapso-financeiro-avisa-o-governador-do-banco-central

Qualquer semelhança com o Huesil dilmesco não é mera coincidência.
 

·
freiheit über alles
Joined
·
19,239 Posts
o pobrema da china é que se endividaram ao cubo pra fazer um monte de obra de viabilidade duvidosa.

sem retorno, como pagar isso? pra qm olha de fora, parece um ponzi do investimento.
 

·
CIDADÃO DE BEM
SFA
Joined
·
25,618 Posts
Discussion Starter #9
Essa expansão do modelo do socialismo chines que eles anunciaram no ultimo congresso e a tal da NOVA ROTA DA SEDA que eles anunciaram meses antes.

Coitado dos países que estão nessa rota. Serão fortemente influenciados pelos sinos.



 

·
Registered
Joined
·
3,869 Posts
Gostei da idéia do tópico.

MAS, já querendo ser chato, desculpa. Mas podia ser notícias da Ásia né. Aí dava pra colocar Coréia, Japão, Taiwan, Indonésia e Índia nessa barca. Porque tem muita notícia interessante desses lugares, e também importantes pro mundo economicamente.

Anyway, estarei presente.
 

·
Die Zukunft gehört Gott
Joined
·
6,433 Posts
Essa expansão do modelo do socialismo chines que eles anunciaram no ultimo congresso e a tal da NOVA ROTA DA SEDA que eles anunciaram meses antes.

Coitado dos países que estão nessa rota. Serão fortemente influenciados
Coitado , na verdade seria um grande alívio se países como Irã fossem afetados pelo socialismo e influência chinesa será um combate muito mais sensato e vitorioso contra o islamismo radical que a bundamolice ocidental .
 

·
Deus vult
Joined
·
12,915 Posts
^^^^^^^^^^^^^^^^

Hoje foi rápido, hein? Não deixou nem a página virar :lol:
 

·
Registered
Joined
·
18,250 Posts
Eu acho que esse "medo" da China (bem antigo inclusive, o "perigo amarelo") é um pouco paranoico.

Deixando de lado as questões internas (regime autoritário, não-democrático), historicamente os chineses nunca foram uma força agressiva, apesar de serem o país mais poderoso do mundo na parte do tempo. Têm a tendência de se voltarem para dentro, ignorando o mundo afora.

Os Estados Unidos, por exemplo, possuem bases militares por todo o globo, e consideram todo o planeta como sua área de segurança, reservando o direito de usar a força sempre que consideram que os seus interesses estão ameaçados.

A China vai continuar crescendo, eventualmente ultrapassará os EUA economicamente (mais tarde do que se previa logo após a crise de 2008), mas isso não fará muita diferença. Era assim há pouco mais de 100 anos atrás.

A nova rota da seda, por exemplo, que de bem paranoico é anunciada como um projeto imperialista, discurso muito semelhante aliás ao da extrema esquerda. Qual o problema de produtos industriais alemães serem exportados para a China via terrestre?
 

·
Registered
Joined
·
3,869 Posts
^^

A teoria da conspiração que mais ouço é a seguinte e faz sentido:

No roadmap chinês pra se tornar a maior potência do mundo, está, entre outras coisas, causar uma crise mundial onde todos os países são afetados, menos a própria China.

E estamos caminhando para algo assim. Uma crise causada por excesso de liquidez no mundo, parte por causa dos EUA, parte por causa da Europa e parte por causa da China.

O problema é que nessa crise, o único país hoje que produz tudo que precisa é a China. Todo mundo é dependente da China, mas o contrário não é necessariamente verdadeiro, a China não é necessariamente dependente dos outros. Internamente ela sofreria muito menos em uma crise hoje do que os outros países.

Talvez eles precisem de uma soja brasileira e uns minerais sul africanos. Mas eles não dependem da Europa e nem dos EUA, pelo contrário, esses locais é que dependem da China.

E Rússia ta junto nesse plano e por isso eles precisam do petróleo da Venezuela e outros países africanos.

Isso tudo faz sentido, próximos 10 anos serão interessantes.
 

·
Registered
Joined
·
3,869 Posts
Causar uma crise em que todos os países são afetados, com exceção da China, é simplesmente impossível...
Tem haver com a produção interna. Se não ficou claro no que falei.

E isso é uma teoria da conspiração que rola na internet (Reddit principalmente), é bem mais complexa. Fiz um resumão. Se não ficou claro, não fui eu que criei.

E gostei do seu argumento contra, bastante conteúdo.
 

·
Favela agora é bonito?
Joined
·
2,199 Posts
Tem haver com a produção interna. Se não ficou claro no que falei.

E isso é uma teoria da conspiração que rola na internet (Reddit principalmente), é bem mais complexa. Fiz um resumão. Se não ficou claro, não fui eu que criei.

E gostei do seu argumento contra, bastante conteúdo.
Eu preciso discorrer muito sobre isso? A abertura da economia tem suas repercussões, para o bem e para o mal...

A realidade impôs que a abertura econômica não é uma coisa ruim, pelo contrário, o que não significa automaticamente que não possua um "preço"...

Ficou claro que essa é uma teoria que circula na internet, eu só fiz uma humilde crítica a ela, não a sua pessoa.
 

·
Registered
Joined
·
18,250 Posts
^^

A teoria da conspiração que mais ouço é a seguinte e faz sentido:

No roadmap chinês pra se tornar a maior potência do mundo, está, entre outras coisas, causar uma crise mundial onde todos os países são afetados, menos a própria China.

E estamos caminhando para algo assim. Uma crise causada por excesso de liquidez no mundo, parte por causa dos EUA, parte por causa da Europa e parte por causa da China.

O problema é que nessa crise, o único país hoje que produz tudo que precisa é a China. Todo mundo é dependente da China, mas o contrário não é necessariamente verdadeiro, a China não é necessariamente dependente dos outros. Internamente ela sofreria muito menos em uma crise hoje do que os outros países.

Talvez eles precisem de uma soja brasileira e uns minerais sul africanos. Mas eles não dependem da Europa e nem dos EUA, pelo contrário, esses locais é que dependem da China.

E Rússia ta junto nesse plano e por isso eles precisam do petróleo da Venezuela e outros países africanos.

Isso tudo faz sentido, próximos 10 anos serão interessantes.
Pois é, eu detesto teoria da conspiração. Estimula comportamentos obsessivos e acho sempre perigoso quando várias pessoas aderem.

Quem está capitaneando esse processo pelo qual a China se tornará a maior potência? É algo cuidadosamente planejado em algum abrigo subterrâneo em Pequim? Se eles realmente têm esse projeto e se organizam de uma forma centralizada para atingi-lo, quem disse que destruir a Europa e os EUA seria eficaz? E mais, como sabemos que eles elegeram esse método?

Essa análise de que todo mundo é dependente da China e a China não é dependente de ninguém não se sustenta de modo algum. Todos são interdependentes. Há trilhões de dólares investidos por chineses no exterior. Será que eles não se importariam se esses ativos fossem transformados em pó?

Nada disso faz o menor sentido para mim.
 
1 - 20 of 2027 Posts
Top