SkyscraperCity banner

1 - 9 of 9 Posts

·
Registered
Joined
·
8,072 Posts
Discussion Starter #1
Único projeto de novo hotel em São Paulo é cancelado

Roberta Campassi, de São Paulo
03/08/2009
Valor


O único projeto para construção de um hotel de grande porte em São Paulo nos próximos anos foi abortado na semana passada. A Invest Tur, que planejava erguer um empreendimento hoteleiro em terreno bem próximo à avenida Faria Lima, transferiu a área para o fundo Bramex e a incorporadora SDI, que agora projetam escritórios e residências no local.

Conforme o acordo, a Invest Tur cederá seu terreno de 7,2 mil m em troca de 29,75% das receitas brutas obtidas com a venda do empreendimento da Bramex e SDI. Essas duas empresas já têm, ao lado, uma área de tamanho semelhante, de forma que o novo projeto imobiliário ocupará cerca de 14 mil m2. Stefan Neuding, presidente da Bramex, conta que serão construídas três torres - duas para escritórios e uma para apartamentos residenciais com serviços hoteleiros. Para esse terceiro prédio, ainda não está definido se será contratada uma administradora de hotéis ou de condomínios, diz o executivo. O valor total de vendas esperado varia de R$ 150 milhões a R$ 180 milhões.

A Invest Tur poderá receber, portanto, entre R$ 44,6 milhões e R$ 53,5 milhões com o negócio - o terreno transferido vale perto de R$ 52 milhões, segundo Neuding.

Depois que adquiriu a área, em novembro de 2007, a Invest Tur projetou a construção de duas torres de alto padrão, uma com 143 quartos de hotel e a outra com 68 apartamentos residenciais. Em dezembro de 2008, a companhia fechou acordo com a americana Starwood para que o empreendimento funcionasse sob a marca de luxo W. O investimento previsto era de R$ 122 milhões, contra receitas de venda dos apartamentos de R$ 111 milhões. - excluía os ganhos com a operação do hotel.

Segundo José Romeu Ferraz Neto, co-presidente da Invest Tur, o empreendimento paulistano deixou de ser prioridade após a fusão da empresa com a LA Hotels em janeiro deste ano. "A LA já tem oito hotéis na cidade de São Paulo, então o projeto ficou um pouco sem sentido", afirma.

A união das empresas ocorreu num momento em que a Invest Tur, listada em bolsa, tinha dinheiro em caixa, mas diversos projetos turísticos congelados, devido à crise financeira e ao desaparecimento de compradores estrangeiros. Já a LA, criada pela gestora de participações GP, já tinha uma rede ampla de hotéis e buscava recursos para crescer. Com a fusão, a GP ganhou o controle da nova empresa.

Segundo Ferraz, os projetos da Invest Tur continuam em compasso de espera, sem previsão de lançamento. São 16 projetos que mesclam imóveis e hotéis de luxo no litoral. Nesse modelo, a empresa tem apenas um resort em funcionamento, o Txai, em Itacaré (BA). A LA tem 28 hotéis urbanos de padrão intermediário em operação.

http://www.valoronline.com.br/?impr...o-e-cancelado&scrollX=0&scrollY=205&tamFonte=
 

·
Registered
Joined
·
500 Posts
O jornalista do Valor dormiu no ponto - há outros grandes projetos de hotel sim para SP. Lembro, só para citar um de cabeça, do Fasano do complexo Cidade Jardim e o hotel planejado para o complexo Iguatemi JK, cujas obras foram adiadas de um ano pr problemas com a prefeitura e devido à crise. Mas o projeto está de pé.
 

·
lê-se: "FÚRRIÊ!"
Joined
·
7,858 Posts
^^

Exatamente! Existem vários projetos de hotéis em São Paulo. Aliás São Paulo possui, disparado, a melhor e maior infra-estrutura hoteleira da América do Sul, para não falar talvés, da América Latina. Seria até interessante pararem de implantar hotéis na região do eixo Faria Lima/Berrini/Nações Unidas, por exemplo. Está saturada!

Só nessa região, são quase 22.000 unidades habitacionais ofertadas diariamente. Todas as grandes redes já estão mais que representadas, chegando ao cúmulo de uma mesma rede ter vários hotéis no local, como a nacional Blue Tree(3 ou 4 só na micro região),pertencente ao grupo Aoki, e a francesa Acoor (Novotel, vários Mercures, etc).

Alí, naquele eixo, tem de tudo: Hilton, Hyatt, Sheraton, vários da Choice (Quality, Confort, representados no Brasil pela Atlântica), Estamplaza(3!), Tryp, Transamérica e mais uma leva de unidades hoteleiras. Já tem hotel demais!!!!!

E ainda existem projetos da Kempisnky, da Carlson, da Starwood, da Howard Johnson, etc...

Isso só naquela região.

Infelizmente, texto de um jornalista que não entende "patavinas" de hotelaria, para soltar uma "abóbora" dessa....

Trabalho com hotelaria...
 

·
Sou do eixo, sou do mal!
Joined
·
4,595 Posts
Oh meu Deus, o que será de SP agora sem hotéis?
 

·
#ELENÃO!
Joined
·
3,912 Posts
Mas já li várias vezes que em relação a hotéis de luxo SP perde para Buenos Aires, isso é real?
 

·
Gabriel
Joined
·
7,482 Posts
^ Não tenho idéia, nunca pesquisei sobre isso... eu também li isso várias vezes, mas li vindo do "Inventador BSB", ou seja, não quer dizer NADA MESMO! m))

Mas ainda que seja, não é só olhar o número de HOTÉIS 5 estrelas de uma cidade, mas sim ver o número de quartos... às vezes um hotel pode ser de luxo e ter 90 quartos (como acho que é o Unique), e outras vezes pode ser de luxo ter mais de 300 quartos (como é o Hilton ou o Grand Hyatt daqui, não lembro qual deles e agora estou com preguiça de checar)... mas, pra finalizar, não tenho a menor idéia mesmo no comparativo São Paulo x Buenos Aires em hotéis de luxo!

Só sei que a rede hoteleira de São Paulo é consideravelmente maior que a de Buenos Aires (é coisa de uns 50 mil quartos aqui e uns 35 mil lá) e que há uma diferença no padrão: o que é considerado de 4 estrelas lá, seria de 3 estrelas aqui. Assim como é que é de 4 estrelas aqui, seria de 3 estrelas em Paris ;)
 
1 - 9 of 9 Posts
Top