SkyscraperCity banner

121 - 140 of 15461 Posts

·
Banned
Joined
·
1,493 Posts

·
Registered
Joined
·
3,798 Posts
Hoje teve mais uma audiência pública com a Secretaria de Esportes do Estado, a respeito da Copa.

De acordo com o que foi divulgado pelos canais de televisão locais, a Fifa considerou que o projeto do Vivaldão está apto para receber as quartas de finais.

Achei esse fato estranho, já que a Fifa não fala nada sobre quem vai abrir o evento, encerrar, centro de mídia, etc.:sly:
 

·
Registered
Joined
·
3,798 Posts
Sesi é a alternativa para a Copa do Brasil


Carlos Eduardo Souza
Da equipe do CRAQUE


Preocupados em encontrar um estádio para sediar os jogos da Copa do Brasil de 2010, dirigentes da Secretaria de Esportes do Estado (Sejel), Federação Amazonense de Futebol (FAF), América e Nacional, se reuniram na tarde de ontem para traçar planos para 2010 e definir qual estádio é a melhor opção, no caso de o Vivaldo Lima começar a ser demolido antes do dia 10 de fevereiro, quando está previsto o início da Copa do Brasil.

Pelo menos em um quesito os dirigentes têm o mesmo pensamento - o Estádio Roberto Simonsen, de propriedade do Sesi é a melhor opção, pois, os outros estádios estão no interior. “Esperamos contar com o Vivaldo Lima, mas se não tiver, o Sesi é a opção”, resumiu o presidente do Naça, Luiz Mitoso. O Nacional é o segundo representante do do Amazonas na Copa do Brasil e pretende fazer uma boa campanha no torneio. “Se o Paulista, Santo André e outros já chegaram, porque nós não podemos chegar entre os primeiros”, disse Mitoso.

Já o América, que inicia os preparativos no começo de novembro, também tem pensamento igual e quer estrear na Copa do Brasil no Vivaldo Lima, mas se não puder, o Sesi é a melhor opção. “Nós esperamos que a CBF nos dê a oportunidade de jogar contra uma equipe grande. Nesse caso teríamos de jogar no Vivaldão, mas se não puder, vamos mandar nossos jogos no Sesi”, afirmou o diretor do América, Kevin Ruiz.

Demolição

A reunião foi provocada pelo secretário de esportes Julio César Soares. Segundo ele, o governo não descarta a demolição do Vivaldão para o início de fevereiro, por isso, a Sejel está preocupada com o estádio que possa sediar a Copa do Brasil, pois há uma série ítens que a CBF exige. “A Copa do Brasil começa no dia 10 de fevereiro. Temos que ter uma vistoria do Corpo de Bombeiros, Defesa Civil e Anvisa. Então temos que deixar isto adiantado para não prejudicarmos os clubes”, disse Julio César Soares. Representante da FAF, Ivan Guimarães, disse que a entidade não trabalha somente com o Sesi como opção, e inclui estádios com Gilberto Mestrinho, em Manacapuru e Floro de Mendonça, em Itacoatiara. “Temos três estádios, mas o que está em melhor condições é o Sesi. Mas não podemos descartar Manacapuru, Itacoatiara e até mesmo Rio Preto da Eva”, afirmou Guimarães.

A CBF deverá divulgar a tabela da Copa do Brasil até o dia 10 de dezembro. Primeiro, a entidade aguarda a definição das equipes que estarão na Copa Libertadores para depois definir a tabela. De acordo com a classificação de hoje, Palmeiras, Atlético (MG), Internacional, São Paulo e Corinthians, não jogariam a Copa do Brasil.
http://www.acritica.com.br/content/not-detail_busca.asp?materia_id=153611&ed=2927&dt=27/10/2009
 

·
São Raimundo E.C.
Joined
·
811 Posts
Hoje teve mais uma audiência pública com a Secretaria de Esportes do Estado, a respeito da Copa.

De acordo com o que foi divulgado pelos canais de televisão locais, a Fifa considerou que o projeto do Vivaldão está apto para receber as quartas de finais.

Achei esse fato estranho, já que a Fifa não fala nada sobre quem vai abrir o evento, encerrar, centro de mídia, etc.:sly:
Mas isso ela pode falar.
O brasil seguindo o mesmo padrão da alemanha os principais estadios receberiam nas oitavas de finais pra voltarem na semi e final.
 

·
Registered
Joined
·
3,798 Posts
Ontem teve uma entrevista com o Secretário de Esportes, na TV Cultura local. Peguei a entrevista pela metade.

Pontos a destacar:

- Ratificou que o edital final da Arena Amazônia sai em dezembro.

- Estádio da Colina será o Centro de Treinamento.

- Edital de construção da Colina também sai em dezembro.

- Nova Colina prevista para início de 2011.

- O desmonte do Vivaldão está previsto para Fevereiro.

- Cadeiras e holofotes do Vivaldão serão retirados e reaproveitados nos estádios do interior, entres eles o estádio de Manacapuru :eek:kay:
 

·
Banned
Joined
·
1,493 Posts
 

·
Manaus, Amazonas, Brasil
Joined
·
10,881 Posts
Adorei o vídeo! :cheers:
 

·
Registered
Joined
·
3,798 Posts
Numa matéria publicada no ''Diário do Amazonas'' dessa semana, o Governo confirmou que o último edital para a construção da Arena Amazônia será lançado na primeira semana de dezembro.

Informoram, ainda, que o Estado trabalha com a hipótese de demolição do Vivaldão já em janeiro.
 

·
Banned
Joined
·
9,271 Posts
adooooooro espero que manaus tenha o boom com a copa q ue merece e se torne uma cidade linda, limpa e mais digna pro seu povo!
 

·
Banned
Joined
·
5,149 Posts
Numa matéria publicada no ''Diário do Amazonas'' dessa semana, o Governo confirmou que o último edital para a construção da Arena Amazônia será lançado na primeira semana de dezembro.

Informoram, ainda, que o Estado trabalha com a hipótese de demolição do Vivaldão já em janeiro.
É quase certo que a implosão do vivaldão ocorra já em janeiro. Da até uma dor no peito saber que nosso estádio irá ao chão. Maaas, sabendo que em seu lugar será erguido um dos estádios mais modernos do Brasil, essa dor dar lugar à esperança. Esperança de que tudo vai correr bem e a certeza de que manaus fará bonito em 2014 como a sede amazônica da copa.
 

·
Banned
Joined
·
1,493 Posts
Governador do Amazonas visita presidente da Infraero
06/10/2009



O governador do Amazonas, Eduardo Braga, e o presidente da Infraero, Murilo Marques Barboza, discutiram sobre melhorias para o Aeroporto Internacional Eduardo Gomes /Manaus (AM). O encontro aconteceu nesta terça-feira (6/10), na sede da Empresa, em Brasília (DF).

Braga pediu cooperação da Infraero para que as adequações do novo terminal de passageiros contemplem o terminal de integração do novo metrô de superfície a ser construído pelo governo.

O presidente da Infraero falou sobre o cronograma de obras do aeroporto de Manaus e já marcou para a próxima semana um encontro entre os arquitetos da empresa e do governo para alinhamento de metas. ¿Vamos cooperar, esta integração é muito importante. Não basta somente a realização das obras no aeroporto sem um bom acesso viário¿, lembrou Murilo.

Obras
A conclusão do novo terminal de passageiros está prevista para maio de 2013. O investimento é de R$ 193,5 milhões. Atualmente, a Infraero elabora o projeto para recuperação da pista de pouso e decolagem (R$32 milhões) e sua ampliação (R$4,5 milhões).

Deslocamento de aeronave
Durante o encontro, o governador do Amazonas solicitou ainda ao presidente da Infraero que a antiga aeronave C-82, há mais de 30 anos parada no pátio do Aeroporto Eduardo Gomes, possa ser deslocada para uma praça na capital. Murilo gostou da idéia e estudará a viabilidade. ¿Será um incentivo para a cultura aeronáutica¿, disse.
http://www.infraero.gov.br/template_noticia2.php?cod_noticia=3342

:cheers:
 

·
Registered
Joined
·
8,812 Posts
MOBILIDADE URBANA É TEMA DE REUNIÃO PÚBLICA DE ACOMPANHAMENTO DOS PROJETOS DA COPA


O projeto de mobilidade urbana do Estado do Amazonas e Prefeitura de Manaus será o tema da reunião pública de acompanhamento dos projetos da Copa que acontece nesta quinta-feira (26), às 10h, no auditório da Secretaria de Estado de Planejamento e Desenvolvimento Econômico (Seplan). Além de mobilidade urbana também será apresentado um balanço das demais frentes de trabalho da Copa.

O novo sistema, definido após entendimento entre Governo e Prefeitura prevê um eixo de monotrilho ligando a Zona Norte, a partir do Terminal 3 ao Centro em corredores aéreos que percorrerão as avenidas Max Teixeira, Torquato Tapajós, passando pela Constantino Nery até o Centro.

A previsão inicial para o sistema BRT é de circulação pelas zonas Leste e Sul da cidade de forma a complementar o monotrilho. O projeto do BRT estabelece o uso de biodiesel em seus7,7 quilômetros de extensão em pistas exclusivas de concreto. Esse sistema contempla pistas principais a partir da avenida Grande Circular, seguindo pelas avenidas General Rodrigo Otávio, Cosme Ferreira, seguindo pelos bairros da Cachoeirinha, Praça 14 até chegar a área central.

O projeto de Monotrilho pode atender até 170 mil pessoas/dia com redução do tempo médio de deslocamento dos passageiros em até 1 hora, em relação ao tempo de percurso da atual frota de ônibus.

FRENTES DE TRABALHO

O projeto de construção da Arena da Amazônia que sediará os jogos da Copa 2014 estará concluído até o dia 30 deste mês, segundo previsão da GMP-Stadia, empresa responsável pelo gerenciamento do empreendimento. O início das obras do novo estádio está previsto para o dia 28 de fevereiro de 2010.

O projeto da Arena está em fase de detalhamento técnico, fase que antecede a construção orçamentária, de acordo com o representante da GMP-Stadia Danilo Carvalho_O edital da obra deve ser publicado em dezembro deste ano, para que as obras possam ser iniciadas, caso não haja nenhuma inconformidade, em fevereiro de 2010.

A construção do projeto da Arena vem mobilizando cerca de 100 profissionais, entre arquitetos, engenheiros e consultores nos escritórios de Manaus, São Paulo e Berlim, na Alemanha.

TRANSPARÊNCIA

As reuniões são quinzenais e contam sempre com a participação de representantes das consultorias envolvidas nos projetos relacionados ao evento. As reuniões públicas são mais uma iniciativa do Governo do Estado para tornar transparente todas as ações relacionadas ao projeto da Copa 2014. Os encontros são abertos a todos os interessados, sem que haja necessidade de cadastro ou inscrição. As reuniões serão realizadas quinzenalmente, até o final do ano, no auditório da Seplan, enfocando sempre o andamento das frentes de trabalho do evento. O calendário das reuniões está disponível no site www.manaucopa2014.com, no link “Dowload”.

http://www.manauscopa2014.com/noticia.php?cod=90
 

·
Registered
Joined
·
8,812 Posts
Estão definidas seis estações do monotrilho



Carlos de Souza
Especial para A CRÍTICA


A Secretaria de Estado de Planejamento e Desenvolvimento Econômico (Seplan), a Deloitte e a Price Water House definiram os locais das seis primeiras estações do monotrilho, no trecho que compreendido entre o bairro da Cidade Nova, Zona Norte, até o terminal de passageiros 1, da Constantino Nery, o T1. A primeira estação será construída onde hoje está instalado o terminal de passageiros 3, na Cidade Nova 1, o T3.

A segunda estação ficará na esquina das avenidas Max Teixeira e São João, na entrada do conjunto Manoa. Depois, a próxima será na entrada do conjunto Santos Dumont, na Torquato Tapajós, na Zona Centro-Oeste.

A avenida Constantino Nery terá três estações, sendo a primeira nas proximidades do novo estádio, a Arena Amazônia. Um pouco mais à frente no sentido Centro, haverá uma estação na entrada do bairro de São Jorge. Ainda na Constantino, será erguida uma estação do onde hoje está o T1.

O sétimo ponto será no Centro de Manaus, nas proximidades da Praça da Matriz. "No Centro haverá desapropriações. Tem algo para acertar ainda e até o fim do mês será decidido o local desta estação", disse o diretor da Price Water House, Richard Dubois.

De acordo com a Price, até 2016 o monotrilho chegará no T4, na rotatória do Jorge Teixeira, entre as Zonas Norte e Leste, onde no local, também será erguida uma estacão. "Mas nesse trecho ainda falta definir uma estação intermediária. Ainda estamos trabalhando para escolher o local", frisou Dubois.

Segundo Dubois, até o próximo dia 21 será lançado o edital de licitação para escolher as empresas que vão construir o monotrilho. "Trabalhamos com o cronograma em dia e até dia 21 sai o edital. Em 23 de março as obras serão iniciadas", afirmou.

As obras do monotrilho vão consumir em torno de R$ 1 bilhão até 2016. Aproximadamente 20 trens serão importados. De acordo com o representante da Price, os trens representam apenas 20% do investimento. O restante é dividido entre obras, estação de energia, sinalização, pátio de manobra e sistemas operacionais. "O mais caro é a obra em si", disse Dubois.



Fonte: Jornal A CRÍTICA - Manaus (AM), 27.11.2009.
Link da notícia: http://www.acritica.com.br/content/n...eria_id=154656
 

·
De um rincão distante
Joined
·
5,055 Posts
É quase certo que a implosão do vivaldão ocorra já em janeiro. Da até uma dor no peito saber que nosso estádio irá ao chão. Maaas, sabendo que em seu lugar será erguido um dos estádios mais modernos do Brasil, essa dor dar lugar à esperança. Esperança de que tudo vai correr bem e a certeza de que manaus fará bonito em 2014 como a sede amazônica da copa.
Olha embora dê pena de ver um estádio ir ao chão, saiba que Manaus marcará a Copa de 2014 com um estádio novo e lindo em seu lugar. Ainda bem, que o Vivaldão nao foi tombado, senão o novo estádio nao seria possível de ser feito no mesmo local.
 

·
Compro e vendo likes
Joined
·
6,962 Posts
Olha embora dê pena de ver um estádio ir ao chão, saiba que Manaus marcará a Copa de 2014 com um estádio novo e lindo em seu lugar. Ainda bem, que o Vivaldão nao foi tombado, senão o novo estádio nao seria possível de ser feito no mesmo local.
O Maraca é o único tombado do Brasil?
 
121 - 140 of 15461 Posts
Top