SkyscraperCity banner

1 - 20 of 156 Posts

·
→
Joined
·
3,348 Posts
Discussion Starter #1
Basta entrar estar em uma década de 20 que aparece uma grande crise econômica.




Isso não é uma recessão. É uma era glacial.
Ninguém vivo experimentou uma queda econômica tão repentina.
20/03/2020 - Annie Lowrey

Fonte: The Altantic

Ainda não podemos dizer que estamos em recessão, pelo menos não formalmente. Um comitê decide essas coisas - não, realmente. O governo geralmente adota a visão de que uma contração não é uma recessão, a menos que a atividade econômica tenha caído mais de dois quartos. Mas estamos em recessão e todo mundo sabe disso. E o que estamos experimentando é muito mais do que isso: um cisne negro, uma guerra financeira, uma praga. Talvez as coisas pareçam normais onde você está. Talvez as coisas não pareçam normais. As coisas não são normais. Por semanas ou meses, não saberemos quanto o PIB desacelerou e quantas pessoas foram forçadas a sair do trabalho. As estatísticas do governo demoram um pouco para serem geradas. Elas olham para trás, os números mais recentes ainda mostram uma economia quente perto do pleno emprego. Para quantificar a realidade atual, temos que contar com histórias de empresas, pesquisas com trabalhadores, fragmentos de dados privados e alguns números de estados. Elas mostram uma economia que não está em crise, em contração ou em uma situação delicada, sem sofrer perdas ou vender ou corrigir. Elas mostram evaporação, desaparecimento no que parece uma escala religiosa.

O que está acontecendo é um choque para a economia americana, mais repentino e severo do que qualquer pessoa viva já experimentou. A taxa de desemprego atingiu o ápice de 9,9% 23 meses após o início formal da Grande Recessão de 1929. Apenas algumas semanas após a pandemia doméstica de coronavírus e apenas alguns dias após a imposição de medidas de emergência para detê-la, quase 20% dos trabalhadores relatam que perderam horas ou perderam o emprego. Um processador de folha de pagamento e agendamento sugere que 22% das horas de trabalho foram evaporadas para funcionários horistas, com três em cada 10 pessoas que normalmente comparecem para o trabalho que não ocorre na terça-feira. Na ausência de uma forte resposta governamental, a taxa de desemprego parece alcançar alturas nunca vistas desde a Grande Depressão ou até o miserável final do século XIX. Uma taxa de 20% não é impossível.

Os registros estaduais de desempregados estão crescendo geometricamente, um sinal de como os números nacionais mudarão quando os tivermos. Segunda-feira passada, o Colorado tinha 400 pessoas solicitando seguro-desemprego. Nesta terça-feira: 6.800. A Califórnia viu seus registros diários saltarem de 2.000 para 80.000. Oregon passou de 800 para 18.000. Em Connecticut, quase 2% dos trabalhadores do estado declararam que estavam desempregados recentemente em um único dia. Muitos outros estados estão relatando os mesmos tipos de números.

Esses números estão sujeitos a mudanças bruscas; coisas como grandes fechamentos de plantas os levam a pular e cair e pular e cair. Mas para eles se elevarem tão rapidamente em todos os estados? Ficar chapado? Isso é novo A economia não está entrando em crise de empregos. Está explodindo em um. Dada a trajetória dos relatórios estaduais, é certo que o país estabelecerá um recorde para novas reivindicações de desemprego na próxima semana, não apenas em números brutos, mas também na proporção de trabalhadores demitidos. Espera-se que o total fique entre 1,5 e 2,5 milhões e suba a partir daí.

Nada disso é surpreendente. A economia precisa parar para proteger vidas e sustentar o sistema médico. Aviões foram suspensos, conferências canceladas, milhões de americanos disseram para não sair de casa, exceto para comprar mantimentos e outras necessidades. Devido às medidas de emergência atualmente em vigor, as empresas não tiveram escolha a não ser deixar os trabalhadores irem. A lista de empregadores que despedem trabalhadores em massa inclui linhas de cruzeiros, companhias aéreas, hotéis, restaurantes, bares, marcenarias, empresas de linho, jornais, livrarias, fornecedores e festivais. Comecei a somar números em reportagens e saí quando atingi 100.000.

A economia vinha avançando em sua expansão tardia, crescendo a um ritmo anual de 2 ou 3%. Agora, os analistas privados esperam que ele se contrate em algo como um ritmo de 15%, embora ninguém realmente saiba. É impossível modelar uma quarentena viral, porque modelar significaria saber quanto tempo durarão as medidas de emergência necessárias e quão bem o governo responderá com algum grau de precisão. Ainda assim, medidas em tempo real mostram um apocalipse da economia de consumo. Um processador de cartão de crédito disse que os pagamentos às empresas caíram 30% em Seattle, 26% em Portland e 12% em San Francisco. Quase todos os estados estão sofrendo declínios dramáticos, com hotéis e restaurantes sendo particularmente afetados.

Os mercados também não são normais. O mercado de ações perdeu 20% de seu valor em apenas 21 dias - o mercado de urso mais rápido e mais veloz já registrado, mais rápido que 1929, mais rápido que 1987, 10 vezes mais rápido que 2007. O sistema financeiro exigiu nada menos que sete intervenções de emergência da Federal Reserve na semana passada. O banco central do país reduziu as taxas de juros para zero, começou a comprar mais de meio trilhão de dólares em ativos financeiros e abriu instalações especiais para injetar liquidez no sistema financeiro.

No entanto, na economia real, tudo parou, congelou no lugar. Isso não é uma recessão. É uma era do gelo.
 

·
→
Joined
·
3,348 Posts
Discussion Starter #2
"Esse isolamento vai custar muito mais caro. Você está preocupado com os pobres? Você vai ver a vida devastada da humanidade na hora do colapso econômico, da recessão mundial, dos pobres não terem o que comer, das empresas fecharem, do desemprego em massa. ... Grave é o que vai acontecer com o mundo agora com uma recessão global como nunca vista na história, nem no Crash de 29."
Roberto Justus, 21/3/2020
 

·
Sou Paraíba e não NEGO!!!
Joined
·
2,272 Posts
Estou bem assustado com todos os rumos que o mundo está tomando. Aqui no Brasil, então, prevejo muito sofrimento e caos. Não temos sorte mesmo...
 

·
Registered
Joined
·
3,262 Posts
Nunca é uma decisão simples, mas o que vejo é a maioria das pessoas tentando mensurar as vidas salvas pelo isolamento social em relação a Covid-19, mas pouquíssimos estão tentando mensurando as vidas que podem se perder por essa decisão, tendo em vista que uma boa parcela da população perderá sua fonte de sobrevivência e o Estado perde arrecadação e poder assistencialista.
 

·
instagram: t.l.rekarte
Joined
·
43,697 Posts
Tempos difíceis estão chegando e serão ainda mais difíceis no Brasil, mas é muito difícil fazer qualquer previsão agora, mas acredito que até a próxima semana acabe o isolamento, uma hora as pessoas vão perceber que as medidas tomadas são exageradas
 

·
Não creio no que não vejo
Joined
·
23,434 Posts
Rekarte, só agora China agora que está saindo da quarentana, a Itália, que começou no ínicio do mês, ainda nem tem previsão. Vai sair do isolamento semana que vem, onde estará ainda pior? Não faz sentido. Acho incrível esse pessoal achando que vai tudo paralisar por algum tempo e tudo estará normal dentro de alguns dias....

A quarentena aqui no Brasil ainda TERÁ que durar um mês e meio no mínimo. Por isso que o negócio é bem tenebroso.
 

·
Registered
Joined
·
1,620 Posts
A crise mal começou e já tem dois demitidos na minha família, um deles aqui em casa. Conheço mais uns tantos que perderam o emprego desde ontem e acho que até sexta feira minha cabeça vai rolar também.
 

·
Registered
Joined
·
3,262 Posts
Rekarte, só agora China agora que está saindo da quarentana, a Itália, que começou no ínicio do mês, ainda nem tem previsão. Vai sair do isolamento semana que vem, onde estará ainda pior? Não faz sentido. Acho incrível esse pessoal achando que vai tudo paralisar por algum tempo e tudo estará normal dentro de alguns dias....

A quarentena aqui no Brasil ainda TERÁ que durar um mês e meio no mínimo. Por isso que o negócio é bem tenebroso.
Entendo o teu ponto de vista. Mas você só está mensurando um lado do problema. Quem tem reserva de dinheiro (que são poucas pessoas) consegue superar a quarentena, mas quem trabalha hoje para comer amanhã não. Um repórter do telejornal local entrevistou uma idosa com várias comorbidades (bronquite e diabetes) que mesmo com os pedidos para ficar em casa e tendo vários fatores de risco ainda assim saiu para trabalhar como ambulante. Ao perguntá-la o motivo dela estar na rua a resposta que recebeu foi parecida com isso: "Minha filha está presa e eu crio os meus netos, se eu não vier trabalhar eles não tem o que comer". Para essas pessoas é trabalhar ou passar fome, se souberem que o Governo e a Mídia querem obrigá-los a ficar em casa e não darão nada em troca a pandemia será o menor dos problemas, a única coisa que vai importar é o estômago roncando.
 

·
Registered
Joined
·
19,523 Posts
Ateh meados da semana passada estive falando apenas em probabilidades duma Depressao. Agora jah nao tenho quaisquer duvidas de que o resultado de tudo isto vai ser uma Grande Depressao, semelhante ah de 1929 que se prolongou pelos 1930s. Vai ter importantes efeitos economicos, sociais e politicos em todo o Ocidente. Nao consigo prever nem imaginar como serah o Mundo depois disto passar, daqui a uns 5-10 anos mas certamente muito diferente do actual.

Governos e Bancos Centrais vao tentar resolver o problema tentando empurrar com a barriga como veem fazendo ha varios anos. Das outras vezes permitiu ganhar tempo e proteger o curto prazo... ainda que sacrificando os medio e longo prazos. A dimensao desta Depressao eh causa directa dos erros feitos anteriormente para proteger o curto prazo. Mas desta vez tudo isto serah demasiado grande e nao funcionarah. Por isso os efeitos sociais e politicos de toda esta historia.

Avizinham-se tempos muito ruins.
 

·
Fat Pardo Man
Joined
·
6,358 Posts
Alguém mais entendido pode me explicar, de forma mais didática:

1) O que proporcionou (ou proporcionaria) essa eventual "grande depressão"?
2) O coronavírus foi uma centelha, certo?
3) O Brasil pode ganhar com isso, ainda que a médio/longo prazo?
 

·
Registered
Joined
·
19,523 Posts
Vou tentar de forma muito resumida e com algumas simplificacoes.

1) O que proporcionou (ou proporcionaria) essa eventual "grande depressão"?
Ao longo dos ultimos, muitos, anos, gracas ao dinheiro barato proporcionado pelos bancos centrais foram-se criando bolhas em todos os activos possiveis. Nas accoes, nos titulos de divida publica, no imobiliario, nos titulos de divida das empresas, enfim, eh tudo em geral. Bolhas estas de dimensao capaz de rebentar com o Mundo. As economias em geral nao estao saudaveis e a prova disso eh que os estimulos tanto pela FED como pelo BCE como por varios outros bancos centrais nunca foram retirados desde 2008.

A juntar a isto, empresas por tudo o Mundo estao sobre-endividadas mas, pior do que esse sobre-endividamento, eh no que usaram o dinheiro que tomaram emprestado. Nao foi para investimento mas sim para share buybacks, a chamada constituicao de auto-carteira, e dividendos aos accionistas. Tambem nao constituiram reservas, incluindo industrias em areas muito sensiveis como a aviacao. Todas essas empresas estao neste momento com a corda na garganta. Endividadas, com os activos que teem desvalorizados, e com a procura em queda ou desaparecida por inteiro.

Em simultaneo a isto varios paises estao muito endividados e nao poderao aplicar quaisquer medidas de estimulo com dimensao que realmente importe.

Todas estas bolhas estao a desinsuflar ao mesmo tempo e a uma velocidade tal que nem a maior injeccao de capital na economia de sempre feita pela FED ha uns dias foi capaz de inverter ou, sequer, perturbar o rumo de queda. O desemprego irah aumentar em todo o Mundo para niveis nao vistos ha decadas e, dependendo da resposta dada pelos bancos centrais, ha ainda a probabilidade de, apos um primeiro momento deflaccionario, termos a seguir hiper-inflaccao.

Este estado de coisas levarah a convulsoes sociais de calado e mesmo a desenvolvimentos politicos muito relevantes. Talvez a decada de 20 do Seculo XXI venha a ser semelhante ah de 30 do Seculo XX.



2) O coronavírus foi uma centelha, certo?
Sim. Foi apenas o catalizador. Isto iria sempre rebentar. O catalizador poderia ser qualquer um. Aconteceu ser este virus.



3) O Brasil pode ganhar com isso, ainda que a médio/longo prazo?
Impossivel dizer. A situacao ainda tem muito para dar de si para se conseguir perceber que paises irao ganhar ou perder com todo este tumulto que se aproxima.
 

·
Meio Desligado
Joined
·
555 Posts
O cenário atual se assemelha às previsões do economista Piketty -e outras escolas econômicas alinhadas- sobre a instabilidade do sistema político-econômico. Há horríveis evidências das falhas sistemáticas que causaram a atual crise.

Creio que as coisas irão mudar daqui pra frente. Aparentemente o modelo político-econômico asiático terá seu momentum no pós-crise.

É muito sensato aproveitar o momento para se despedir da realidade em que vivíamos e repensar o futuro.
 

·
Registered
Joined
·
7,939 Posts
Como a união européia irá se comportar? a Itália que já estava 'patinando' agora está afundando em queda livre. Difícil prever qualquer coisa.


Temo muito por lugares mais frágeis, com o grosso da população vivendo no limiar da pobreza e uma infeliz cultura de violência (como o Brasil)
 

·
Registered
Joined
·
637 Posts
É necessário mesmo destruir a economia do mundo por causa disso?
O Ocidente politicamente correto e bundamole está deixando o medo de um vírus pouco fatal quebrar o mundo. Quem diria que o equilíbrio dos países fosse tão frágil e que um chinês nojento comendo sapo vivo iria deixar tantas famílias com fome. Aquele que apela pro emocional ai ai coitado dos velhinhos, esse vai ser o primeiro a abandonar o vô quando tiver desempregado vendo o filho passar fome.
 

·
to gulag!
Joined
·
20,814 Posts
Junta decadas de criação de deprencia do estado
Junto com politicos irresponsaveis que torram o dinheiro do povo
Junto com a sede de poder para ter mais poder ainda e controlar avida do povo
A miseria é otimo para os politicos...
O 'simples' virus foi o que eles mais desejavam para assumir mais ainda o controle encima do cidadão.
Laguem tudo e obdeçam o governo agora!
Laguem a liberdade o importante é a sociedade agora!
Vamos escravos se unam por um inimigo em comum e continuem a trabalhar para manter o estado!
Mais que nunca vamos precisar taxar e controlar para manter essa estrutura!

Uhul!

____

Bonus: Em tempo de crise arrumei um emprego~ lobo da reversal russa
 
1 - 20 of 156 Posts
Top