SkyscraperCity banner
Status
Not open for further replies.
1 - 12 of 12 Posts

·
Registered
Joined
·
19,702 Posts
Discussion Starter · #1 ·
A volta do Trem do Pantanal

18/04/2006



Até o final deste mês de abril deverá ter início a reforma das Estações de Corumbá, Porto Esperança, Aquidauana e Piraputanga, no Mato Grosso do Sul, para a operação do Expresso Pantanal. O Ministério do Turismo liberou cerca de R$ 450 mil através da Caixa Econômica Federal (CEF) e o governo estadual está disponibilizando R$ 300 mil para a recuperação das estações ferroviárias.

O Trem do Pantanal será composto por cinco carros reformados e já disponíveis para a operação. Serão três carros de passageiros, um carro lanchonete e um carro varanda que foram pintados de acordo com os ícones que caracterizam o Pantanal (MS) exemplificando a fauna, flora e a cultura popular da região. Os temas escolhidos foram: ar, água, terra, história e paisagem.

A operação o trecho de 90 km entre Corumbá e Porto Esperança, no Mato Grosso do Sul, deve acontecer entre julho e agosto deste ano, afirmou a diretora-presidente da Agência Estadual de Gestão e Integração de Transportes de Mato Grosso do Sul, Leatrice Couto.

O trecho entre Corumbá e Porto Esperança foi o primeiro a ser liberado pela ANTT para o transporte ferroviário turístico de passageiros. De acordo com Leatrice Couto, cabe à Novoeste a recapacitação da malha ferroviária, além da reforma e pintura dos carros. “Para a concretização da segunda etapa, que prevê a circulação do trem entre Corumbá e Aquidauana, será necessário o recondicionamento da via permanente para o transporte de passageiros.” Entre as obrigações do governo do estado do Mato Grosso do Sul estão: a reforma das estações, a operação comercial, realização de serviços de bordo e manutenção da limpeza dos carros e das estações.

O projeto original do Expresso Pantanal prevê a implantação de um trem turístico de passageiros entre Corumbá e Campo Grande no Mato Grosso do Sul em um percurso de aproximadamente 430 km.
 

·
cives totius mundi
Joined
·
5,002 Posts
realemnte ! que saia logo esse trem de passageiros ! precisamos muito disso no país e principalmente na região específica do oeste pantaneiro ! que maravilha vai ser
 

·
Registered
Joined
·
1,023 Posts
vale lembrar que esse trem é voltado exclusivamente para turistas, e turistas sem pressa nenhuma, pois a velocidade máxima do trem é de 40 km/h e ainda pára durante o trajeto para que eles fotografem e admirem os diversos pontos do Pantanal. E para quem sair de Campo Grande são uns 400 km...
 

·
Registered
Joined
·
1,023 Posts
Para mim, o melhor de se recuperar o trem do Pantanal é que ficando todo o trecho entre Campo Grande e Corumbá pronto só faltara recuperar o que vai de Campo Grande à Bauru. Depois que ficar tudo arrumado a rota bioceânica ligando Santos à Antofagasta ficará completa, pois os trechos dessa ferrovia na Bolívia e na Argentina já estão em melhores condições que o do Brasil. Faltam só alguns ajustes na parte argentina, mas daí já é a parte deles.

 

·
trinta zero zero
Joined
·
3,835 Posts
Trezentos anos depois...

Trem do Pantanal será ativado em outubro

25/03/2008 - MidiaMax News (MS)

No mês de outubro deste ano deve estar de volta o Trem do Pantanal. Quem afirma é a secretária estadual de Produção e Turismo de Mato Grosso do Sul, Tereza Cristina Corrêa da Costa. Será ativado inicialmente o trecho entre Aquidauana e Miranda.

Tereza Cristina que acaba de falar ao programa de rádio Tribuna Livre da FM Capital, ressaltou que existe um contrato com a concessionária da linha de trem a ALL que tem o compromisso de entregar o trecho em condições de uso para ativação do trem.

A secretária classificou o setor de turismo do Estado como um diamante bruto. Ela destacou Mato Grosso do Sul ainda carece de estrutura para oferever um turismo de qualidade para os visitantes. Ele salientou que é preciso, por exemplo, melhorar as estradas que cortam MS.

Tereza Cristina revelou que busca parcerias com empresas de aviação para estabelecer rotas em cidade de potencial turístico do Estado.
 

·
CGr / MS / C-O / BR
Joined
·
18,978 Posts
^^ Desmatamento? Ele (Trem do Pantanal) atravessa o cerrado, composto por árvores de baixo porte, galhos e troncos retorcidos e com madeira de pouca resistência à compressão... A única utilização das madeiras do cerrado é para carvão vegetal, coisa que acho que não tem ligação com a ferrovia e sim com a industrialização do Estado. Ramais do gasoduto seriam bem mais eficientes para combater a devastação do cerrado, pois as indústrias mudariam suas matrizes movidas à carvão.

Na amazônia também não sei se diminuiria o desmatamento. Atividades ilegais ligadas à extração de madeira são altamente rentáveis e bancadas por pessoas ricas, não por moradores da mata, que são apenas empregados. A abertura de novos caminhos rodoviários pela floresta só fez aumentar o desmatamento, fato comprovado por diversos estudos. Vide caso da BR-163. Acho que se fossem construídas ferrovias ao invés de rodovias, não teríamos tido este incoveniente. Neste ponto você está correto. Mas já temos várias rodovias construídas que servem para transportar a madeira. Abrir novas ferrovias ao invés de novas rodovias hoje, ajudaria a não aumentar o desmatamento, mas talvez não o reduziria.
 
1 - 12 of 12 Posts
Status
Not open for further replies.
Top