SkyscraperCity banner
1 - 20 of 144 Posts

·
unregistered user
Joined
·
1,464 Posts
Discussion Starter · #1 · (Edited)
brasão


-mapa do concelho


-localização em Portugal​

Aguiar da Beira é uma vila portuguesa pertencente ao Distrito da Guarda, Região Centro e subregião do Dão-Lafões, com cerca de 1 500 habitantes. Ergue-se a 781 m de altitude.

É sede de um município com 203,68 km² de área e 6 262 habitantes (2006) [1], subdividido em 13 freguesias. O município é limitado a norte pelo município de Sernancelhe, a leste por Trancoso, a sueste por Fornos de Algodres, a sudoeste por Penalva do Castelo e a oeste por Sátão.

População do concelho de Aguiar da Beira (1801 – 2004)
1801 1849 1900 1930 1960 1981 1991 2001 2004
3292 6759 8466 8545 10215 7285 6725 6247 6270

As freguesias:
As freguesias de Aguiar da Beira são as seguintes:

Aguiar da Beira
Carapito
Cortiçada
Coruche
Dornelas
Eirado
Forninhos
Gradiz
Pena Verde
Pinheiro
Sequeiros
Souto de Aguiar da Beira
Valverde

História
Aguiar da Beira é uma vila muito antiga e não se conhece a sua origem exacta. Inclui apenas a freguesia de Aguiar da Beira. De entre os lugares do município, somente Aguiar da Beira tem estatuto de vila, sendo os restantes aldeias. O concelho de Aguiar da Beira recebeu foral de Dona Teresa em 1120.
Geminações
A vila de Aguiar da Beira tem geminação com:

Lisdoonvarna, Irlanda (desde 11 de Outubro de 1998)

Praça medieval:


-vitor107


-folio


-vitor107

Torre do relógio/Torre ameada:
História:A Torre Ameada foi edificada no início do século XIV, supondo-se que era parte integrante do castelo de Aguiar da Beira, mandado reconstruir por D. Dinis. Esta estrutura seria então utilizada como atalaia, prisão ou almenara. O torreão foi posteriormente alteado.
De planta quadrada, a torre apresenta a fachada principal rasgada por porta de arco pleno com degrau, e uma das fachadas laterais com uma fresta, duas janelas e um Passo da Via Sacra seiscentista edificado no registo térreo. O interior é um espaço unificado com quatro registos e escadas de madeira.


-vitor107


-vitor107


-moon blue


-municipioAGB

Fonte Ameada:
História:A fonte, provavelmente a mais antiga das três construções, consta de um poço e tanque de chafurdo (ou de mergulho) com cobertura definindo um terraço sobre a praça.
A construção tem singela planta quadrangular, rasgada por um vão largo em arco quebrado, que dá acesso ao poço, a tradição diz tratar-se do local onde se reuniam os concelhos municipais.
É voz corrente que esta fonte tem origem árabe, embora a actual construção seja gótica, atribuível aos séculos XIV-XV. Poderia datar da reconstrução dionisina do antigo castelo, no início do século XIV, do qual resta um troço de muralha, e a torre (igualmente ameada) já referida. No murete do terraço da fonte encontra-se uma inscrição, em caracteres góticos pouco legíveis, que reza rui periz / me fez, ou rui periz / martiinz. Também quase ilegíveis figuram as armas de Portugal, gravadas num merlão da fachada lateral a nordeste.


-vitor107


-municipioAGB


-municipioAGB

Pelourinho:
O pelourinho foi provavelmente erguido na sequência do foral outorgado por D. Manuel, embora alguns autores o considerem anterior. É constituído por um soco de quatro degraus octogonais, de parapeito boleado, sobre o qual se levanta o conjunto da base, coluna e remate, em granito. A base, de secção quadrangular, é chanfrada nos ângulos superiores. A coluna, de fuste oitavado e liso, é cingida por anel de ferro, e rematada no topo por um rebordo oitavado onde assenta o remate. Este consta de uma curiosa gaiola, composta por dois troncos piramidais truncados, o de baixo invertido, e o de cima sustentado por um colunelo central e por um outro lateral, ornado de molduras e botões na base e topo. A gaiola é, assim, quase inteiramente aberta, parecendo o chapéu (tronco de pirâmide superior) pairar sobre a taça. O chapéu é rematado por uma esfera armilar ainda em granito. Não parecem restar vestígios dos restantes colunelos, que supostamente seriam de número de oito, permanecendo a dúvida sobre se teriam de facto existido.
Vários outros pelourinhos idênticos subsistem na região, destacando-se o de Carapito, no mesmo concelho; merecem ainda menção os de Algodres, Almendra, Castelo Mendo, Castelo Rodrigo, Moreira de Rei, Muxagata, Trancoso, Marialva (este mais singelo), Alverca da Beira, Aveloso, Cedovim (restaurados), entre outros.


-moon blue


-albano nascimento


-albano nascimento

Casa dos magistrados:

- manuela dantas

Igreja matriz:

-vitor107


-vitor107


-vitor107

Aguiar da Beira:

-vitor107


-vitor107


-quintino


-pedro pinto

CARAPITO:

Pelourinho:

-ippar


-alvaroalmeida


-a.a.


-bioni
 

·
Registered
Joined
·
52,552 Posts
boa rc :pepper: o pelourinho faz lembrar o de Marialva, Aguiar tem 1 pequeno centro historico mto engraçado :yes:
 

·
You may call me Lamp...
Joined
·
11,734 Posts
Yep, muito bonito mesmo. Temos terriolas mesmo engraçaditas.
 

·
You may call me Lamp...
Joined
·
11,734 Posts
Sei o que sentes. Temos que arranjar mais fotos de Aguiar da Beira.
 

·
Registered
Joined
·
973 Posts
Fotos de Aguiar da Beira

Mais dois dias seguidos de folga e mais um passeio. O trajecto desta vez foi Coimbra-Luso e Buçaco-Mangualde-Penalva do Castelo-Aguiar da Beira-Trancoso-Pinhel-Figueira de Castelo Rodrigo-Freixo de Espada à Cinta-Torre de Moncorvo-Vila Nova de Foz Côa no primeiro dia. No segundo dia foi Vila Nova de Foz Côa-Mêda-Penedono-Sernancelhe-Moimenta da Beira-Tabuaço-Armamar-Coimbra.

Aqui vos deixo mais fotografias de Aguiar da Beira.





































































 

·
You may call me Lamp...
Joined
·
11,734 Posts
Gosto muito destas terras. Boas fotos!
 

·
You may call me Lamp...
Joined
·
11,734 Posts
Estão mas é a destruir o monte.
 

·
You may call me Lamp...
Joined
·
11,734 Posts
Pedreira ou não, já lhe falta um grande pedaço.
 
1 - 20 of 144 Posts
Top