Skyscraper City Forum banner
1 - 20 of 33 Posts

·
Paris, France.
Joined
·
16,136 Posts
Discussion Starter · #1 · (Edited)
Thread dedicado a notícias relativas ao Porto de Maceió, capital do Estado de Alagoas.


Site do Porto de Maceió: http://www.portodemaceio.com.br/portal/







. Caracterização do Porto
1. Origem
A prospecção para melhorar o atracadouro de Maceió teve início em 1875, e 21 anos depois, a empresa The National Harbour Company Ltd. recebeu a concessão para operar no porto, seguindo as normas da Lei Imperial nº 1.746, de 13 de outubro de 1869. Em 1905 esse contrato foi desfeito pelo Governo Federal, pelo não cumprimento de premissas por parte de empresa. Em 1933, a União autorizou o governo estadual a construir e explorar comercialmente o porto entre as praias de Pajuçara e Jaraguá.
Em 1935, a Companhia Geral de Obras e Construções S.A. (GEOBRA) iniciou a execução do projeto e, em 1940, o Porto de Maceió foi inaugurado, mas suas operações se iniciaram em 1942. Com o Decreto nº 52.345, de 9 de agosto de 1963, o Porto de Maceió passou a ser vinculado ao Governo Federal, por meio do Departamento Nacional de Portos e Vias Navegáveis (DNPVN).
Em 1975, a Empresa de Portos do Brasil (PORTOBRAS) substituiu a DNPVN, e em 1990, com a extinção de PORTOBRAS, o Porto de Maceió passou a ser vinculado à Companhia Docas do Rio Grande do Norte (CODERN), que é também responsável pela administração dos portos de Natal e de Areia Branca.
Fonte: Plano Mestre do Porto de Maceió (2015)

2. Localização e Administração
O Porto de Maceió está localizado no município de Maceió, capital do estado de Alagoas, às margens do oceano Atlântico, entre as praias de Pajuçara e Jaraguá.
O Porto é administrado pela Administração do Porto de Maceió (APMC), que é vinculada à Companhia Docas do Rio Grande do Norte (CODERN).
Coordenadas geográficas:
Latitude: 09˚ 41’ 00’’ S
Longitude: 35˚ 43’ 00’’ W
Fonte: Plano Mestre do Porto de Maceió (2015)

3. Área do Porto Organizado

O Decreto nº 4.578, de 17 de janeiro de 2003, publicado no Diário Oficial da União no dia 20 de janeiro de 2003, estabeleceu a área do porto organizado de Maceió, no estado de Alagoas, constituída:
I – pelas instalações portuárias terrestres existentes na cidade de Maceió – AL, entre as praias de Pajuçara e de Jaraguá, com limites nos pontos de interseção dos paralelos Sul de 9º 42′ 05″ e 9º 40′ 18″ com os meridianos de 35º 43′ 00″ W e 35º 45′ 00″ W de Greenwich, abrangendo todos os cais, docas, pontes e píers, de atracação e acostagem, armazéns, edificações em geral e vias internas de circulação rodoviárias e ferroviárias e, ainda, os terrenos ao longo dessas áreas em suas adjacências pertencentes à União, incorporados ou não ao patrimônio do Porto de Maceió ou sob sua guarda e responsabilidade;
II – pela infra-estrutura de proteção e acesso aquaviários, compreendendo as áreas de fundeio, bacias de evolução, canal de acesso e suas áreas adjacentes até as margens das instalações terrestres do Porto Organizado definido no inciso I deste artigo, existentes ou que venham a ser construídas e mantidas pela administração do Porto ou por outro órgão do Poder Público.

4. Acessos
Marítimo:

Canal de Acesso: o acesso ao Porto de Maceió se dá a partir do ponto de espera do prático (Latitude 09°42,20’S; Longitude 035°44,28’W), navegando no rumo aproximado de 20°, sem que esteja estabelecido um canal dragado sinalizado por boias. No trecho mais próximo do Porto a profundidade atinge mais de 9,5 m em toda sua extensão. A velocidade máxima permitida é de cinco nós e o fundo é de lama. A navegação até o cais se estende por cerca de 1,3 milha náutica.

Bacia de Fundeio: as NPCP de Alagoas estabelecem 4 áreas para fundeio para o Porto de Maceió:
1. Área de Fundeio nº 2: Destinada a embarcações de 200 AB a 3 mil AB
2. Área de Fundeio nº 3: Destinada a embarcações > 3 mil AB
3. Área de Fundeio para visita da ANVISA
4. Área para fundeio e permanência dos navios em quarentena
Bacia de Evolução: a evolução é realizada na entrada da dársena, onde prevalecem profundidades acima de 9 e 10 metros. Ao norte da bacia, próximo ao Terminal de Granéis Líquidos, as profundidades ficam entre 8 e 9 metros.
Fluvial: não possui.
Rodoviário: realizado pelas rodovias federais BR-316, BR-104 e BR-101 e estadual AL-101.
Ferroviário: feito por uma linha entre Lourenço Albuquerque e Jaraguá, da concessionária Transnordestina Logística (TNL), com aproximadamente 34,5 quilômetros em bitola métrica. Atualmente essa linha encontra-se desativada.
Dutoviário: o píer do Terminal de Granéis Líquidos é conectado a sua área de armazenagem por meio de dutos, que possuem diâmetro de 6” a 14” e transportam petróleo, diesel S-500, gasolina, diesel marítimo e etanol hidratado, anidro e neutro. Há também uma tubulação que liga as áreas de tancagem ao Cais Comercial, que está desativada.
Fonte: Plano Mestre do Porto de Maceió (2015)

5. Área de Influência
Abrange o Estado de Alagoas.

6. Instalações

6.1. Obras de Abrigo
O Porto de Maceió possui como estrutura de abrigo um molhe em formato de L com 970 metros de comprimento em cada trecho, assentada, em grande parte, sobre os recifes da Marinha e do Picão, que também protegem o Porto da ação das ondas.

6.2. Instalações de Acostagem
O Porto de Maceió possui quatro trechos de cais contínuo, que formam uma dársena e um píer em estruturas discretas, totalizando 1.487 metros de extensão.

Acostagem
O Porto de Maceió possui 08 Berços de Acostagem:

Berço 01 – Fechamento – 100 m comprimento – 8,5 metros de calado
Berço 02 – Cais Comercial – 200 metros – 10,5 metros de calado
Berço 03 – Cais Comercial – 200 metros – 10,5 metros de calado
Berço 04 – Cais Comercial – 80 metros – 9,5 metros de calado
Berço 05 – Cais Múltiplo Uso – 350 metros – 8,5 metros de calado
Berço 06 – terminal Açucareiro – 250 metros – 9,5 metros de calado
Berço 07 – Terminal de Granéis Líquidos – 305 metros – 9,9 metros de calado
Berço 08 – Terminal de Granéis Líquidos – 305 metros – 6,5 metros de calado (Encontra-se fora de Operação)

Berço Terminal/Instalação Comprimento do Berço (m) Profundidade (m) Destinação Operacional
1 Cais do fechamento 100 10,5 N/D
2 Cais Comercial 200 10,5 Granel sólido e carga unitizada
3 Cais Comercial 200 10,5 Granel sólido e carga unitizada; navios de cruzeiro
4 Cais Comercial 80 12,5 Granel sólido e carga unitizada
5 Cais de Múltiplo Uso 350 12,5 Cargas de apoio offshore e módulos
6 Terminal Açucareiro 250 8,7 (10,5 em projeto) Açúcar a granel, melaço, carga geral, navios de passageiros
7 (PP1) Terminal de Granéis Líquidos 307 9,9 (10,5 em projeto) Granéis Líquidos
8 (PP2) Terminal de Granéis Líquidos 307 4,6 (10,5 em projeto) Granéis Líquidos
Fonte: Plano Mestre do Porto de Maceió (2015)

O Porto de Maceió encontra-se atualmente em obras de dragagem para desassoreamento e elevação da capacidade de recepção de navios de maior porte.

6.3. Instalações de Armazenagem
6.3.1. Armazéns
Tipo Operador Quantidade Área (m2) Capacidade Estática (t) Carga armazenada
Armazém Tomé Ferrostaal 4 1.600 N/D N/D
Armazém N/D 1 6.000 12.000 Grãos
N/D: informação não disponível.
Fonte: Plano Mestre do Porto de Maceió (2015)

6.3.2. Pátios
Tipo Operador Área (m2) Capacidade Estática Carga armazenada
Pátio de múltiplo uso (a céu aberto) N/D 9.100 N/D Múltiplas cargas
Pátio Tomé Ferrostaal 50.500 N/D Módulos de plataformas de petróleo
Pátio Tomé Ferrostaal 14.600 N/D N/D
Pátio Jaraguá Naval 26.500 N/D Armazenagem e montagens offshore
N/D: informação não disponível
Fonte: Plano Mestre do Porto de Maceió (2015)

6.3.3. Silos
Tipo Operador Área (m2) Capacidade Estática (t) Carga armazenada
2 silos horizontais com 2 células cada Empresa Alagoana de Terminais (EMPAT) 27.600 100.000 Açúcar a granel
Fonte: Plano Mestre do Porto de Maceió (2015)

6.3.4. Tanques
Tipo Quantidade Operador Capacidade Estática (t) Carga armazenada
Tanque 2 EMPAT 7.000 Melaço
Tanque 11 Transpetro 50.400 m³ Petróleo, diesel marítimo, diesel S-500, etanol e água
Tanque 15 BR Distribuidora N/D N/D
N/D: informação não disponível
Fonte: Plano Mestre do Porto de Maceió (2015)

6.4. Equipamentos Portuários
Tipo Quantidade Operador Capacidade Nominal
Guindaste sobre trilhos 4 Administração do Porto (APMC) 3,2 t, 6,3 t e 10 t
Carregador de granéis sólidos 1 Administração do Porto (APMC) 1000 t/h
Mangotes 11 N/D N/D
Recuperadora 1 Administração do Porto (APMC) N/D
Esteira (com elevador de caneca e balança de fluxo) 1 Administração do Porto (APMC) 300 t/h
Guindastes N/D N/D N/D
Pontes rolantes N/D N/D 50 t
Balança rodoviária 1 Administração do Porto (APMC) 100 t
N/D: informação não disponível
Fonte: Plano Mestre do Porto de Maceió (2015)

http://observatorioantaq.info/index.php/2016/06/05/maceio/



https://f9d9f03e-a-62cb3a1a-s-sites...SYOVwRXYZO5Lkx7QdEsXek-Jf9QR0t&attredirects=0
 

·
Paris, France.
Joined
·
16,136 Posts
Discussion Starter · #2 · (Edited)


CALADO MÁXIMO DE OPERAÇÕES NO CANAL DE NAVEGAÇÃO
DESCRIÇÃO CALADO MÊS/ANO DE VIGÊNCIA
Berço 01 - Fechamento 8,5m Julho/2015
Berço 02 - Cais Comercial - 100m de comprimento 10,5m Julho/2015
Berço 03 - Cais Comercial - 200m de comprimento 10,5m Julho/2015
Berço 04 - Cais Comercial - 80m de comprimento 9,5m Julho/2015
Berço 05 - Cais Múltiplo Uso - 350m de comprimento 8,5m Julho/2015
Berço 06 - Terminal Açucareiro - 250m de comprimento 9,5m Julho/2015
Berço 07 - Terminal de Granéis Líquidos - 305m de comprimento 9,9m Julho/2015
Berço 08 - Terminal de Granéis Líquidos - 305m de comprimento 6,5m Julho/2015

http://www.portodemaceio.com.br/portal/index.php/autoridade-portuaria/calado-maximo-operacional


Valores que devem mudar em breve, com a conclusão dos serviços de dragagem, ora em curso.
 

·
Paris, France.
Joined
·
16,136 Posts
Discussion Starter · #3 ·
Obras de dragagem do Porto de Maceió:

Ordem de serviço da dragagem do Porto de Maceió é assinada

:: :
Publicado: Segunda, 05 de Março de 2018, 13h07

Após autorização da Marinha do Brasil obra será iniciada até o dia 19 de março e terá duração de três meses. Após este prazo, embarcações de grande porte poderão acessar o Porto sem restrições.


Fonte: Min. dos Transportes

http://transportes.gov.br/ultimas-n...a-dragagem-do-porto-de-maceió-é-assinada.html
 

·
Paris, France.
Joined
·
16,136 Posts
Discussion Starter · #4 ·
Assinada a ordem de serviço para construção do terminal de passageiros do Porto de Maceió!

Contrato de Construção da Estação de Passageiros do Porto de Maceió será assinado


O projeto do Terminal de Passageiros do Porto de Maceió tem um investimento módico, sendo previsto para implantação um orçamento de R$ 5.425.473,70, com execução em menos de 12 meses.

A edificação contará com uma nave central, um espaço amplo e flexível para recepcionar os visitantes, permitindo que sejam montadas em seu interior estruturas temporárias para apoio ao turista. Nas laterais, haverá banheiros, caixas eletrônicos, serviço médico, copa, entre outras coisas.

Na ocasião, além da assinatura do contrato de construção da Estação de Passageiros, terão também as assinaturas do Termo de Doação do Anteprojeto de Dragagem dos Canais do Complexo Estuarino Lagunar Mundaú-Manguaba (CELMM), do Termo de Compromisso para a construção do Aeroporto de Maragogi, do Protocolo de Intenção para a construção do Aeroporto de Arapiraca e da Ordem de Serviço para a restauração das Rodovias BR-104/AL e BR-316/AL, em Maceió.

Confira a matéria completa com mais conteúdo clicando aqui.
 

·
Paris, France.
Joined
·
16,136 Posts
Discussion Starter · #6 ·
Pampa Cruises terá operação de ano inteiro no Brasil e Argentina

Por
WorldCruises.com
Abril 27, 2018 2


Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter


Delphin atracado em Lisboa, Portugal

A América do Sul terá uma grande novidade para a temporada 2018/2019: a estréia de sua primeira companhia de cruzeiros regional. Batizada Pampa Cruises, a empresa tem sede em Buenos Aires e operará na Argentina e no Brasil.
Logotipo da nova companhia Por aqui, tem como referência Milton Sanches, veterano da indústria de cruzeiros nacional. Com mais de 25 anos de experiência, Sanches chegou a ser diretor de cruzeiros da CVC e também operou com sua própria companhia, a BCR Cruzeiros. Agora, irá cuidar das vendas e das operações brasileiras da Pampa. “Vamos ter cruzeiros a partir do Nordeste (com escalas em Noronha), cruzeiros do Sudeste, cruzeiros Argentina/Uruguai/Brasil e cruzeiros argentinos exclusivos. Serão 26 portos em 1 ano de cruzeiros de Outubro de 2018 a Setembro de 2019”, explicou ele.
A companhia utilizará diversos portos base durante seu primeiro ano de operação. Além dos tradicionais Santos e Buenos Aires, partirá também de outros portos como Recife, Salvador e Ushuaia. “Vamos oferecer também um posicionamento com passageiros Pireus/Lisboa/Funchal/Recife, que é onde começa a operação nacional”, acrescentou Sanches ao Portal WorldCruises.com.
Um dos destaques da operação são os roteiros com passagem por Fernando de Noronha, que não são realizados há vários anos. Partindo de Recife, a Pampa fará itinerários de 5 a 7 noites para o destino, com escala em outras capitais nordestinas.
O Delphin já operou no Brasil outras vezes, principalmente fretado a operadores alemães
A embarcação que será utilizada pela companhia em sua estréia é o Delphin. De médio porte, o navio tem capacidade para cerca de 550 passageiros e é ideal para a operação, segundo Sanches. “É o projeto mais completo de roteiros na América do sul e o navio é o mais adequado para operar em Noronha, com um único turno de refeições de qualidade e com muita animação, além de muito mais conforto nos embarques e desembarques”, disse o executivo.
O plano da Pampa é que o navio permaneça na América do Sul pelos próximos cinco anos, realizando roteiros a partir do Brasil e da Argentina.
As reservas para o primeiro ano devem ser abertas a partir da segunda quinzena de maio, enquanto o site da companhia já está online.
Roteiros: Nordeste, Sudeste, Argentina e Patagônia

O Portal WorldCruises.com teve acesso com exclusividade aos roteiros da Pampa em seu primeiro ano de operações. O navio realizará 64 roteiros a partir de portos argentinos e brasileiros; sendo que o primeiro parte em 19 de outubro deste ano.
Travessia, Nordeste e Noronha

Lisboa será um dos portos de escala do navio. Nesta foto, é visto por lá em 2010 A Pampa inicia sua operação em Piraeus, na Grécia, no dia 2 de outubro. Lá, o Delphin parte em travessia atlântica rumo ao Recife. Com 16 noites, o cruzeiro escala também os portos de Lisboa e da Madeira. Dessa forma, chega a Recife no dia 18 e parte no dia 19, em seu cruzeiro inaugural. Com cinco noites, o itinerário tem ida e volta a Recife, e ainda escala Maceió, além de Fernando de Noronha, onde realiza pernoite.
O roteiro se repete outras três vezes, partindo também nos dias 24 e 29 de outubro e em 5 de novembro. Em seguida, o Delphin parte rumo a Buenos Aires, no dia 8. O cruzeiro posicional tem 11 noites e parte de Recife. Antes de chegar a capital argentina, escala em Maceió, Salvador, Rio de Janeiro (nestes dois últimos, faz pernoite), Santos e Itajaí.
Cruzeiros a partir de Buenos Aires e Ushuaia

Uma vez em seu porto base argentino, o navio realiza diversos cruzeiros voltados ao mercado local. São itinerários com duração que varia entre quatro e onze noites e visitam tanto destinos argentinos, como Mar del Plata, como brasileiros e uruguaios. Com passageiros argentinos, o Delphin visitará Itajaí, Porto Belo e Balneário Camboriú. Nesse último, inclusive, deve passar a noite de ano novo, assistindo a queima de fogos local enquanto fundeado.
No começo de fevereiro, está prevista uma pequena temporada mais ao sul, com cruzeiros a partir do porto de Ushuaia, na terra do fogo argentina. De lá, o Delphin realizará mini-cruzeiros para os fiordes chilenos e patagônia.
Sudeste e mini-cruzeiros desde Santos

A volta para o mercado brasileiro está marcada para o fim de abril. No dia 23, o navio embarca em um posicional entre Buenos Aires e Santos, com cinco noites. O roteiro inclui passagens por Montevideo, no Uruguai, e por Balneário Camboriú, onde há pernoite.
A partir do porto de Santos, o Delphin irá realizar seis mini-cruzeiros, com duração que varia entre três e cinco noites. Os cruzeiros irão visitar vários portos do Sudeste, entre eles Búzios, Rio de Janeiro bem como Ilhabela. O último mini-cruzeiro com partida de Santos acaba no porto de Salvador, no dia 23 de maio. A viagem parte do litoral paulista quatro dias antes, e passa também pelo Rio de Janeiro.
Nordeste com Noronha e Natal

O Terminal de Cruzeiros de Recife será o ponto de partida de vários cruzeiros da Pampa Cruises Entre maio e junho, o Delphin realiza sua segunda mini temporada no Nordeste, com roteiros partindo de Recife e Salvador. No dia 23, o navio parte de Salvador rumo a Recife em cruzeiro de 6 noites com escalas em Natal e Fernando de Noronha (onde há pernoite). Posteriormente, inicia operação regular a partir de Recife, com cinco cruzeiros partindo da capital pernambucana.
Todos os cruzeiros incluem pernoite no Arquipélago de Fernando de Noronha, além de escalas em portos como Maceió, Natal e Fortaleza.
Retorno a Buenos Aires e férias de julho

No dia 26 de junho, o navio retorna para Buenos Aires, em cruzeiro posicional de 10 noites. Logo depois de partir de Recife, a viagem passa por Maceió, Salvador, Rio de Janeiro, Santos e Itajaí.
A partir de Buenos Aires, volta a realizar cruzeiros voltados ao mercado argentino. Os cruzeiros tem duração variada, visitando destinos no Brasil, Argentina e Uruguai. As principais escalas dos itinerários são Mar del Plata, Montevideo, Porto Belo, bem como Itajaí.
Mais mini-cruzeiros a partir de Santos e Nordeste

Nos meses seguintes, o Delphin volta a navegar pelo Brasil, com cruzeiros a partir dos portos de Santos e Recife. Em agosto, são três mini-cruzeiros adicionais a partir de Santos, visitando Búzios, Rio de Janeiro e Ilhabela.
Em seguida, o navio segue rumo Norte até o porto de Recife. De lá, inicia nova série de cruzeiros rumo a Fernando de Noronha bem como outras capitais do Nordeste. Dessa vez, os cruzeiros tem duração que varia entre 4 e 6 noites, visitando os mesmos portos das outras mini temporadas na região.
Oktober Fest a partir de Santos e retorno a Buenos Aires

A parte final da programação do primeiro ano da Pampa começa com um posicional rumo ao porto de Santos, partindo de Recife. O navio parte da capital pernambucana em 16 de setembro e, em seguida, escalar Maceió, Salvador e Rio de Janeiro. A chegada em Santos está marcada para 22 de setembro.
Uma vez em Santos, inicia nova série de mini-cruzeiros, dessa vez temática e com destino diferente. Em 26 e 30 de setembro e em 4 de outubro, o Delphin realizará cruzeiros de quatro noites com destino a Itajaí. O navio permanecerá atracado no porto por duas noites em cada um dos cruzeiros, com a intenção de que o passageiro visite a Oktoberfest que ocorre em Blumenau.
Posteriormente, o navio segue para Buenos Aires, onde realiza mais mini-cruzeiros voltados ao mercado argentino.
Texto (©) Copyright Daniel Capella / Imagens (©) Copyright Rui Agostinho, Daniel Capella (Recife) e Pampa Cruises (logo).

 

·
Paris, France.
Joined
·
16,136 Posts
Discussion Starter · #9 ·
A construção do terminal de passageiros do Porto de Maceió vai ajudar e muito a reerguer o movimento de turistas que chegam pela via marítima à bela capital de Alagoas.

Como não havia um terminal de passageiros, o movimento caiu bastante nos últimos anos, mas tende a se recuperar em breve. A estimativa é de que mais de 50 navios de passageiros passem pelo Porto de Maceió já no primeiro ano após a inauguração do terminal de passageiros. :cheers:
 

·
MCZ
Joined
·
2,821 Posts
A construção do terminal de passageiros do Porto de Maceió vai ajudar e muito a reerguer o movimento de turistas que chegam pela via marítima à bela capital de Alagoas.

Como não havia um terminal de passageiros, o movimento caiu bastante nos últimos anos, mas tende a se recuperar em breve. A estimativa é de que mais de 50 navios de passageiros passem pelo Porto de Maceió já no primeiro ano após a inauguração do terminal de passageiros. :cheers:
Esperançoso por este terminal, que vai ser um diferencial na atração turística do local, sem contar com a ótima localização do porto de Maceió, próximo às principais praias urbanas da cidade. Além disso, torço muito pela chegada de novas empresas nas áreas livres do porto.
 

·
Paris, France.
Joined
·
16,136 Posts
Discussion Starter · #12 ·
^^

Pois é, Carllos, essa área do porto tem um potencial incrível, não apenas para o setor de cargas, mas também para o desenvolvimento de novos negócios ligados ao turismo e também ao setor de tecnologia. Por falar nisso, como anda a obra do Parque Tecnológico de Alagoas, na zona portuária de Jaraguá?
 

·
MCZ
Joined
·
2,821 Posts
^^

Pois é, Carllos, essa área do porto tem um potencial incrível, não apenas para o setor de cargas, mas também para o desenvolvimento de novos negócios ligados ao turismo e também ao setor de tecnologia. Por falar nisso, como anda a obra do Parque Tecnológico de Alagoas, na zona portuária de Jaraguá?
O prédio está quase pronto, a entrega deve ser feita agora no segundo semestre. Os polos de TICs no interior foram entregues.
A procura pelos imóveis ao redor está de vento em polpa, também pela boa localização.
 

·
Paris, France.
Joined
·
16,136 Posts
Discussion Starter · #14 ·
Boa notícia! :cheers:

Maceió deve receber mais cruzeiros na alta temporada
Até o momento, nove navios estão confirmados para aportar na capital alagoana até abril do ano que vem


Prevista para começar entre novembro e dezembro, a temporada de cruzeiros 2018/2019 traz grandes expectativas para o setor turístico em Maceió. Isto porque, além de contar com uma maior quantidade de navios e, consequentemente, de leitos, também há um aumento da procura de viajantes por cruzeiros. Até o momento, nove navios estão confirmados para aportar na capital alagoana até abril do ano que vem, um a mais do que na temporada passada. O cronograma, no entanto, ainda pode sofrer alterações.

De acordo com o Observatório de Turismo de Maceió, vinculado à Secretaria Municipal de Turismo (Semtur), a próxima temporada de cruzeiros deve superar o número de visitantes alcançado pela temporada anterior, que trouxe para Maceió mais de 20 mil turistas a bordo de navios - um crescimento de 52% em relação a de 2016/2017. A informação foi confirmada pelo Ministério do Turismo durante a assinatura da ordem de serviço das obras de dragagem do Porto de Maceió, em março deste ano.

Além do reaquecimento do mercado de cruzeiros, as melhorias estruturais do Porto, como a dragagem, vão contribuir para um balanço positivo ao final da temporada que se aproxima. "A dragagem portuária, além de melhorar a economia local, vai tornar o destino ainda mais competitivo em relação ao turismo náutico, que movimenta a economia local, com a geração de emprego e renda, e nos dá a oportunidade de divulgar os atrativos turísticos de Maceió, tanto no cenário nacional quanto no internacional. Os cruzeiros são de muita importância para a consolidação do destino, que se mostra qualificado para atender aos visitantes", avaliou Jair Galvão, secretário municipal de Turismo.

Somente no primeiro trimestre deste ano, a administração portuária registrou mais de 9 mil desembarques, 36,65% a mais que o mesmo período do ano anterior. O mês de março, que se mantém em crescimento na movimentação de cruzeiristas por três anos consecutivos, trouxe 7.730 turistas, um aumento de 30,61% se comparado ao mesmo mês do ano passado. O último cruzeiro da temporada 2017/2018, Costa Favolosa, chegou à capital alagoana em 17 de março deste ano com 3.653 pessoas, sendo 2.610 passageiros e 1.043 tripulantes.

Recepção aos turistas

Durante a permanência dos cruzeiros em Maceió, a Secretaria Municipal de Turismo (Semtur) realiza atendimento aos visitantes com a divulgação dos atrativos turísticos da capital e distribuição de materiais informativos, como mapa e guia de bares e restaurantes da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) em Alagoas.

O Centro de Atendimento ao Turista (CAT) temporário é instalado em uma estrutura disponibilizada pelo Porto de Maceió e a empresa Irmãos Britto para recepcionar os cruzeiros durante a temporada. Além do atendimento promovido pela Semtur, os turistas são recebidos com exposição de artesanato, área de descanso, apresentações de grupos culturais e agências de receptivos.
 

·
Paris, France.
Joined
·
16,136 Posts
Discussion Starter · #15 ·
21/08/2018 - 16:27

Prefeitura alinha preparativos para a temporada de cruzeiros

A Secretaria Municipal de Turismo (Semtur) realizou, nesta terça-feira (21), a primeira reunião de alinhamento de logística para recepcionar os turistas que chegarão a Maceió durante a temporada de cruzeiros 2018/2019. Estiveram presentes, além da equipe da Semtur, representantes técnicos da administração do Porto de Maceió.

Na oportunidade, foram discutidos pontos importantes em relação à estrutura física e de recepção, que deverá contar com tendas e banheiros climatizados, rede wi-fi, decoração e grupos de folguedos e música que serão convidados para receber os turistas durante o desembarque. Ainda haverá espaço para exposição e comercialização de artesanato local e apresentação de bandas da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Guarda Municipal e Exército.

Segundo a coordenadora de Informações Turísticas da Semtur, Cristina Quirino, a equipe tem se empenhado em busca de firmar novas parcerias e, desse modo, oferecer um serviço ainda mais completo de recepção aos visitantes.

“A Semtur já realiza esse trabalho de suporte ao turista que chega à cidade por meio de cruzeiros junto a outros órgãos públicos e algumas empresas privadas. Este ano, queremos ampliar essas possibilidades e apresentar algo que possa incrementar esse primeiro contato com a nossa cidade”, afirmou.

Ao longo da temporada, nove cruzeiros devem atracar em Maceió trazendo turistas de várias partes do mundo. A ação de recepcionar esses visitantes é realizada através de uma parceria entre a Semtur, a empresa Irmãos Brito, Porto de Maceió e Sedetur.

Luiz Rios/ Ascom Semtur
http://www.maceio.al.gov.br/2018/08/prefeitura-alinha-preparativos-para-a-temporada-de-cruzeiros/
 

·
Paris, France.
Joined
·
16,136 Posts
Discussion Starter · #16 ·
Costa Pacifica volta ao Brasil e terá Carnaval e Réveillon

20/05/2019 19:47 | Rodrigo Vieira

O Brasil volta a receber o Costa Pacifica depois de dois anos, período em que o navio da Costa Cruzeiros serviu viajantes no Caribe. O Pacifica foi confirmado para contemplar destinos da América do sul entre dezembro de 2019 e março de 2020. Com embarques no Rio de Janeiro, o navio realiza sete viagens, com oito noites de duração cada, rumo à região do Prata.

Além da Cidade Maravilhosa, Buenos Aires e Montevidéu serão contempladas no roteiro do Costa Pacifica nesta próxima temporada. O itinerário ainda inclui escalas em Búzios (RJ), Ilha Grande (RJ) e Ilhabela (SP).

RÉVEILLON E CARNAVAL
O primeiro cruzeiro do Costa Pacifica parte no dia 31 de dezembro para a celebração da virada de ano. Nesta primeira viagem, o navio ficará para o espetáculo de fogos do Réveillon de 2020 em Copacabana. Outro destaque é o carnaval em alto mar. Com embarque em 16 de fevereiro, o Costa Pacifica garante a folia dos hóspedes em oito noites.


TRAVESSIA TRANSCONTINENTAL
A temporada 2019/2020 do Costa Pacifica na América do Sul também será marcada pelos cruzeiros de travessia Itália-Brasil e Brasil-Itália, com 15 e 17 noites de duração, respectivamente. Nesses roteiros, o turista faz um tour por diferentes lugares e culturas. Entre os destinos visitados pelas travessias transatlânticas: Savona, Gênova, Marselha, Barcelona, Málaga, Arrecife, Santa Cruz de Tenerife, Rio de Janeiro, Recife, Maceió e Salvador.

“O Brasil é estratégico para a Costa Cruzeiros. Por isso, além de trazer um dos navios favoritos do turista brasileiro, estamos aumentamos em 30% a oferta de cabines dedicadas ao mercado brasileiro a bordo do Costa Pacifica", afirma o presidente executivo da Costa Cruzeiros para a América do Sul e Central, Dario Rustico. "Buscamos crescer de forma sustentável e, ao mesmo tempo, garantir mais opções de roteiros."

https://www.panrotas.com.br/mercado...rasil-e-tera-carnaval-e-reveillon_164610.html
 

·
Paris, France.
Joined
·
16,136 Posts
Discussion Starter · #17 ·
CRUZEIROS
Alagoas vai diminuir carga tributária do ICMS para navegação

28/08/2019 15:13 | Filip Calixto

BRASÍLIA - Na intenção de aplacar o efeito dos gargalos que afastam o maior fluxo de cruzeiros no seu litoral, o Estado de Alagoas vai diminuir a carga tributária do ICMS para navegação. A medida foi comunicada pelo secretário de Turismo do Estado, Rafael Brito, durante sua participação na edição 2019 do Fórum Clia Brasil.

De acordo com Brito, a diminuição de tributos chega a 75% do valor cobrado atualmente. "É uma operação pioneira que faz parte de uma ação estadual feita para diminuir os gargalos que ainda existem na região para a atração de cruzeiros", afirma.

De acordo com o secretário, estão ainda programadas outras medidas nesse sentido. A maior parte delas diz respeito a melhora de estrutura em portos.

O Portal PANROTAS viaja a convite da Clia Brasil.
https://www.panrotas.com.br/mercado...tributaria-do-icms-para-navegacao_167154.html
 

·
Paris, France.
Joined
·
16,136 Posts
Discussion Starter · #19 ·
Com 4,6 mi garantidos, Porto de Maceió deve concluir obra de Terminal de Passageiros

Marx Beltrão conseguiu, em Brasília, “destravar” a liberação do recurso
POR: Assessoria 26 agosto 2019, 13h10


Projeto do terminal de passageiros do Porto de Maceió é sonho antigo do setor turístico
Assessoria

O deputado federal Marx Beltrão conseguiu, em Brasília, “destravar” a liberação de R$ 4,6 milhões necessários para a retomada das obras de construção do terminal de passageiros do Porto de Maceió. Os recursos estavam indisponíveis e deverão, a partir da ação de Beltrão, ser liberados em parcelas. A expectativa é que as obras ganhem novo ritmo em breve.

“Esta é uma excelente notícia para Alagoas e para o turismo alagoano. A construção deste terminal vai reposicionar nosso estado no quesito receptivo de cruzeiros, dando mais conforto aos passageiros e mais condições de trabalho para empresas e funcionários que atuam no setor. Vamos retomar estas obras e fazer com que nossa Maceió ganhe, enfim, condições em seu Porto para receber nossos turistas”, afirmou o parlamentar.

Os recursos totais para a construção do Terminal haviam sidos alocados pelo próprio deputado enquanto Ministro do Turismo, e pelo também deputado Maurício Quintella, quando este ocupou o Ministério dos Transportes. O projeto do Terminal contará com uma nave central, com um espaço para recepção dos visitantes. Na área, será possível montar estruturas temporárias para apoio ao turista. O complexo terá também banheiros, caixas eletrônicos, serviço médico e copa.

De acordo com o superintendente do Porto de Maceió, Jorge Galvão, “esta liberação gradual dos recursos será vital para que possamos concretizar esta obra tão importante e tão aguardada por todos, que é a construção de nosso Terminal de Passageiros. Vamos reposicionar Maceió no contexto do receptivo de cruzeiros e teremos um Terminal referência na região para a boa acolhida aos turistas”.

A assinatura do contrato para a construção do Terminal ocorreu em junho de 2018. Na ocasião, além da assinatura do contrato de construção do Terminal de Passageiros, terá também foram realizadas as assinaturas do Termo de Doação do Anteprojeto de Dragagem dos Canais do Complexo Estuarino Lagunar Mundaú-Manguaba, a assinatura do Termo de Compromisso para a construção do Aeroporto de Maragogi, a assinatura do Protocolo de Intenção para a construção do Aeroporto de Arapiraca e a assinatura da Ordem de Serviço para a restauração das Rodovias BR-104/AL e BR-316/AL, em Maceió.

https://maceio.7segundos.com.br/not...concluir-obra-de-terminal-de-passageiros.html
 

·
Paris, France.
Joined
·
16,136 Posts
Discussion Starter · #20 ·
Temporada de cruzeiros deve injetar cerca de R$ 18 milhões na economia de Maceió

Capital alagoana deve receber mais de 30 mil turistas e nove navios até abril de 2020

Por Tatianne Brandão | com assessoria 31/10/2019 08h25 - Atualizada às 31/10/2019 09h10


Cruzeiros devem injetar cerca R$ 18 mi na economia de Maceió

A temporada de cruzeiros 2019/2020 que tem início em novembro deve trazer à capital alagoana mais de 30 mil turistas e injetar R$ 17,8 milhões na economia local. Este valor é relativo ao gasto médio dos turistas durante o período de permanência na cidade. Com a chegada do MSC Musica, no próximo dia 26, a capital alagoana deve receber 3 mil turistas. Outros nove navios devem aportar em Maceió, até abril de 2020.

Com um crescimento significativo em relação à temporada anterior, Maceió recebe dois navios e 10 mil cruzeiristas a mais do que no verão passado, números que fortalecem a expectativa para uma alta temporada com indicadores positivos na capital alagoana. Os nove cruzeiros que chegarão ao Porto de Maceió são provenientes da Europa e América Central e devem trazer para o destino turistas brasileiros e estrangeiros de várias partes do mundo.

De acordo com dados da Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos (CLIA Brasil), o turista deste segmento gasta, em média, R$ 581,35 durante o tempo de permanência no destino, estimado em sete horas de passeio. Ainda este ano, os cinco navios que devem aportar em Maceió até o fim de dezembro - MSC Musica, Costa Pacifica, Costa Fascinosa, MSC Poesia e Hamburg - deixarão quase R$ 10 milhões na economia municipal, com a vinda de cerca de 17 mil turistas. Em 2020, voltam a atracar no Porto de Maceió os navios Costa Pacifica, Costa Fascinosa e MSC Poesia, além do Amadea.

Segundo o titular da Secretaria Municipal de Turismo, Esporte e Lazer (Semtel), Jair Galvão,a temporada de cruzeiros é muito positiva para o destino Maceió, já que movimenta toda a cadeia produtiva do turismo e oferece uma oportunidade de divulgar os atrativos da capital alagoana para turistas do mundo todo.

"A expectativa de crescimento na economia motiva a Prefeitura de Maceió a trabalhar ainda mais na coordenação da operação de cruzeiros na capital alagoana e na divulgação do nosso destino para turistas nacionais e internacionais. Já consolidado como um dos mais procurados entre os destinos brasileiros, trabalhamos para fidelizar esse passageiro e mostrar que no Nordeste brasileiro existe um destino especial que merece vir com mais tempo em outra oportunidade", destacou.

https://gazetaweb.globo.com/portal/...-r-18-milhoes-na-economia-de-maceio_89420.php
 
1 - 20 of 33 Posts
Top