Skyscraper City Forum banner
1 - 13 of 13 Posts

·
Registered
Joined
·
822 Posts
Discussion Starter · #1 · (Edited)
Olá amigos, já faz um bom tempo que eu não posto nada aqui, então volto agora para mostrar um pouco mais da cidade onde moro. Algumas das fotos já se encontram no meu arquivo pessoal a certo tempo (desde dezembro/07), são fotos relacionadas ao Patrimônio Histórico da cidade e não as postei antes devido a alguns contratempos. Inclusive aproveito o espaço para me desculpar com o Gabriel por ainda não ter entrado em contato com o Preserva SP, pretendo fazer o mesmo a partir deste thread.


Local.



Aldeia de Carapicuíba​
Em vermelho



Fundada em 12 de outubro de 1580, pelo padre José de Anchieta, foi a única das 12 aldeias de catequese a sobreviver as interferências, que o tempo e posteriormente a explosão populacional iria causar nas outras aldeias e na própria São Paulo de Piratininga. O município que hoje possui o nome da Centenária Aldeia originou-se de loteamentos a 8-10 km ao norte(atual centro da cidade), fato que possibilitou que Carapicuíba(Aldeia) não fosse engolida pela metrópole... Tombada pelo Iphan e pelo Condephaat a Aldeia é patrimônio Nacional e Estadual. A seguir alguns detalhes sobre ela:

Carapicuíba
ALDEIA DE CARAPICUÍBA E IGREJA DE SÃO JOÃO BATISTA

Processo: 00339/73 Tomb.: ex-officio em 24/7/74 Tomb.: Iphan em 13/5/40
Livro do Tombo Histórico: Inscrição nº 83, p. 9, 24/7/1974

A Aldeia de Carapicuíba se formou em terras doadas por Jerônimo Leitão e Afonso Sardinha para o confinamento de índios, sob a administração da Companhia de Jesus. Em 1698, em conseqüência do esgotamento do solo, o padre Belchior de Pontes a transferiu para Itapecerica. Esta primitiva Aldeia de Carapicuíba foi parcialmente destruída pelos jesuítas, para impedir que os índios aí permanecessem. Posteriormente, em 1727, foi reconstruída, aproveitando-se os remanescentes da antiga instalação. O agenciamento da aldeia desenvolveu-se em torno de uma praça retangular, para a qual voltam-se pequenas casas geminadas, em taipa de mão, com telhados em duas águas e cumeeira paralela à rua. A igreja, reedificada em taipa em 1736, em substituição à de Nossa Senhora da Graça erguida em 1615, consiste em uma simples nave retangular, com quatro cômodos laterais, que abriga imagens antigas e um altar singelo.

Fonte: Arquivo Condephaat



1- Parque da Aldeia.


2-


3- Largo da Aldeia.


4-


5-


6-


7-


8-


9-


10- Altar de Santa Catarina.


11-


12-


13-


14-


15-


16-



Vivenda Portuguesa ou Vivenda dos Outis​

Em Azul


Construído entre o final do século 19 e início do século 20 pelo imigrante português Dr. Arthur de Vasconcellos, possui cerca de 200mil metros quadrados, dividido entre corredores ornamentados com azulejos que adentram a densa vegetação local e possui em sua entrada o Oratório de Nossa Senhora do Rosário de Fátima. Em seus azulejos pode-se verificar menções a histórica Aldeia de “Carapicuhyba”, dizeres e desenhos que lembram o Apogeu Português e um bom número de textos escritos em português antigo/arcaico.
Foi palco desde seu início até a primeira métade do século 20, de festas e comemorações sociais e religiosas, entre 1930 e 1950 abrigou a escola rural mista de Carapicuíba. Entre a década de 80 e 90 foi utilizado como sanatório e hoje abriga a Faculdade da Aldeia de Carapicuíba.

17-


18- Oratório de Nossa Senhora do Rosário de Fátima


19-


20-


21-


22-


23-


24-


25-


26-


27-


28-


29-


30-


31-


32-


33-


34-


35-


36-


37-


38-


39-


40-


41-


42-


43-


44-


PS: A Antiga Vivenda, Não é protegida por nenhum orgão de defesa ao patrimônio histórico federal ou estadual.

Fotos tiradas entre dez/07 e Agosto/09

Referências:
Site - Condephaat, Livro Carapicuíba Passado e Presente - Pedro Tenório
e acervo da biblioteca municipal.

Agradecimentos:
Ao Sr. Toninho – Que a muitos anos vem ajudando a preservar o patrimônio histórico na vivenda, e me ajudou com informações sobre ela. A Antiga ADM da Faculdade da Aldeia e a Alaide di Pietro que me deu uma força com a parte das referências históricas. E é claro a todos que venham a ver esse trabalho. Obrigado e por enquanto é só.
 

·
Registered
Joined
·
822 Posts
Discussion Starter · #9 · (Edited)
Vou aproveitar para postar está matéria que achei interessante:


3 de julho de 2009

“Taypa de Pilão” promove
viagem histórica na região


A região ganhou um circuito oficial de turismo. É o Circuito Turístico Taypa de Pilão, promovido pela Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Turismo, que abrange as cidades de Carapicuíba, Cotia, Barueri, Embu das Artes, Santana de Parnaíba e São Roque.
Uma verdadeira viagem no tempo que proporcionará aos turistas reviver o período da colonização da região pelos jesuítas e bandeirantes.

No roteiro, imóveis tombados pelo Instituto Histórico Artístico Nacional (Iphan) e pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arquitetônico (Condephaat). A construção desses imóveis usa a técnica da taipa de pilão, comum entre os séculos XVI e XIX, além de parte da arte barroca paulista.

O circuito foi desenvolvido pela Agência de Desenvolvimento Turístico SWTour junto às prefeituras. Em Santana de Parnaíba, por onde houve grande trânsito dos bandeirantes, 211 imóveis tombados fazem parte do roteiro, como o casarão Monsenhor Paulo Florêncio da Silveira Camargo, sobrado do século XVIII, e o museu Casa do Anhanguera, construção do estilo de casa bandeirista do século XVII.

Na Aldeia de Barueri está a capela de Nossa Senhora da Escada, protegida por um piso de vidro que preserva a descoberta arqueológica.
O roteiro de Embu das Artes inclui o conjunto jesuítico erguido em 1690 junto à Igreja de Nossa Senhora do Rosário e a residência dos padres.

Em Cotia, o destaque é para os sítios do Mandu e do Padre Inácio, do século 17. Em São Roque fica o roteiro com a maior casa bandeirista, também do mesmo século, no Sítio Santo Antônio.
Em Carapicuíba, o roteiro mostra a Aldeia datada de 1580, única dentre as 12 de São Paulo de Piratininga com as características preservadas, e a Festa de Santa Cruz, realizada há 300 anos.

Na cerimônia de apresentação do circuito, Claury Alves da Silva, secretário de estado de Esporte, Lazer e Turismo, ressaltou que a ação vai desenvolver o potencial turístico, gerar empregos e investimentos, além de “contribuir para o resgate de nossa história”.

Fonte: Site do jornal Visão Oeste
http://www2.visaooeste.com.br/cultura/295_-taypa_de_pilao-_promove__viagem_historica_na_regiao.html


E o vídeo oficial:
http://www.youtube.com/watch?v=MBIrHuABwRk
 
1 - 13 of 13 Posts
This is an older thread, you may not receive a response, and could be reviving an old thread. Please consider creating a new thread.
Top