Skyscraper City Forum banner
1 - 15 of 15 Posts

·
Fly B777 Jets! ;)
Joined
·
1,193 Posts
Discussion Starter · #1 ·
A fuga de informação nos exames de Português, que permitiu a dezenas de alunos ter conhecimento da matéria em avaliação, está a ser investigado pelo Ministério da Educação, após denúncia do Gabinete de Avaliação Externa. Caso ocorreu no Minho.

O Ministério da tutela quer saber se a matéria dos exames de Português foi divulgada a alguns alunos, através de uma mensagem de telemóvel. Os alunos terão sabido que a matéria em exame seria o Canto Sexto de ‘Os Lusíadas’, nesta prova nacional.

Esta suspeita de fuga de informação terá ocorrido em escolas de Guimarães e Fafe, no Minho. Por antecipação, os alunos do 12.º ano de escolaridade terão tido conhecimento da matéria em exame. A Inspeção Geral da Educação e Ciência pretende apurar se os alunos tiveram acesso aos conteúdos do exame.

O Correio da Manhã informa que uma mensagem de telemóvel foi enviada, pelo que as diligências que decorrem, no Ministério da Educação, pretendem apurar a veracidade da informação mas também as origens do problema.

O exame foi realizado na passada segunda-feira, com mais de 71 mil alunos a prestarem conhecimento. No entanto, suspeita-se de que alguns deles tiveram acesso aos conhecimentos sobre os quais teriam de prestar prova.

Esta questão levanta problemas que envolvem as próprias autoridades, já que a Guarda Nacional Republicana e a Policia de Segurança Pública têm a missão de salvaguardar o secretismo dos exames nacionais. Estas forças policiais entregam os enunciados encerrados em envelopes lacrados nas escolas.

Estes exames são posteriormente colocados em local seguro, encerrados num cofre, sendo que apenas passam a estar disponíveis aos professores no ato da entrega aos alunos, minutos antes dos exames.

Todos os modos de comunicação com o exterior são vedados aos alunos e professores, sendo que, depois de concluídos os exames pelos alunos, as autoridades voltam ao local para recolher as provas.

Alegadamente, todo este processo foi corrompido com o envio de uma SMS, de acordo com notícia do Correio da Manhã. O Ministério da Educação está no terreno, depois de uma denúncia do Gabinete de Avaliação Externa.
Fonte: http://www.ptjornal.com/20120620891...ames-e-ministerio-avanca-para-averigacao.html

Para mim os Exames Nacionais NUNCA deveriam ser entregues pela Polícia, PSP ou GNR, mas sim pelos Militares do Exército e da FAP, e até entregues por via Aérea da central (Lisboa) para o Norte do país em Boeing 737-700 e por via terrestre em camiões adequados ao efeito.
 

·
Banned
Joined
·
5,203 Posts
até entregues por via Aérea da central (Lisboa) para o Norte do país em Boeing 737-700

Piraste? :hilarious

:rofl:
 

·
Fly B777 Jets! ;)
Joined
·
1,193 Posts
Discussion Starter · #3 ·
até entregues por via Aérea da central (Lisboa) para o Norte do país em Boeing 737-700
Ou o Airbus A319, mas na mesma era mais seguro assim, evitava problemas com a polícia, ou até o C-130 podia ser utilizado.
 

·
Banned
Joined
·
5,203 Posts
É oficial :lol::lol:
 

·
Fly B777 Jets! ;)
Joined
·
1,193 Posts
Discussion Starter · #5 ·
É oficial :lol::lol:
Qual é o problema de ser o Exército e a FAP a transportar e a vigiar?
Assim evita-se eventuais mini-Bradley Mannings na questão dos exames nacionais.
 

·
Fly B777 Jets! ;)
Joined
·
1,193 Posts
Discussion Starter · #6 ·
Afinal a fuga de informação sobre exame de Português chegou a mais escolas

Não foram apenas os estudantes de escolas de Guimarães e Fafe, conforme adiantado ontem pelo Correio da Manhã, a receber informação sobre o conteúdo do exame nacional de português do 12.º ano nos dias anteriores à realização da prova, na segunda-feira. Pelo menos em duas escolas de Braga, alguns alunos receberam a mesma mensagem que alertava para o excerto de Os Lusíadas que fora seleccionado para sair no exame.

O Ministério da Educação e Ciência (MEC) escusou-se ontem a antecipar consequências da eventual fuga de informação. Em comentários às notícias publicadas sobre o assunto foram vários os alunos do 12.º ano que manifestaram a sua indignação ao longo do dia, exigindo a anulação da prova, que foi realizada por 71.608 estudantes.

Ao fim do dia, o gabinete de imprensa do MEC apenas repetiu a informação veiculada horas antes. Após a realização do exame, o Gabinete de Avaliação Educacional recebeu uma denúncia anónima relativa à prova que foi reencaminhada para a Inspecção-Geral de Educação e Ciência para análise, indicou.

Ontem, vários estudantes das escolas secundárias Carlos Amarante e Maximinos, em Braga, afirmaram ao PÚBLICO que também receberam a mensagem que antecipava o conteúdo do exame de Português. Segundo um aluno que pediu anonimato, o sms foi-lhe enviado por um colega, "de outra escola", alertando para as questões relacionadas com o Canto VI da obra de Camões. "Achei que era especulação e não liguei muito", conta.

Mas houve quem tivesse levado a mensagem a sério. "Alguns dos meus colegas concentraram o estudo nos Lusíadas depois de ter começado a circular a informação", afiança Ana Dores, da escola de Maximinos, que também teve conhecimento da mensagem que circulou nos dias anteriores à prova.

Informações no sábado

O exame de Português foi realizado na segunda-feira passada e, no sábado, alguns estudantes começaram a receber mensagens no telemóvel alertando para o conteúdo da prova. A informação foi rapidamente difundida entre os alunos, que além dos sms utilizaram emails e as redes sociais para alertar os colegas para a informação.

"Recebi a mensagem no domingo e depois também vi alguns posts no Facebook sobre o assunto, mas não acreditei que fosse possível que aquela informação fosse séria", refere um estudante da escola de Caldas das Taipas, no concelho de Guimarães. O assunto terá sido mais discutido após o exame e os estudantes "riram-se" quando perceberam que afinal era verdade a informação que tinham recebido.

Mas nem tudo o que circulou naquela mensagem se confirmou no exame de Português. Os estudantes tinham também sido alertados para a possibilidade de a peça Felizmente há luar, de Luís de Sttau Monteiro, ser outra das matérias da prova e afiançava que o tema da composição obrigatória seria a solidariedade, o que não se verificou.

O PÚBLICO confirmou que a mensagem circulou entre estudantes das escolas secundárias Santos Simões, no centro de Guimarães, e de Caldas das Taipas, uma vila entre aquela cidade e Braga, bem como na vizinha cidade de Fafe. Nas outras duas escolas vimaranenses, Francisco de Holanda e Martins Sarmento, os estudantes contactados garantem não ter recebido a mensagem em causa e dizem não ter conhecimento de qualquer colega a quem a fuga de informação possa ter chegado.

As direcções das escolas de Fafe, Francisco de Holanda e Martins Sarmento não estiveram disponíveis ao longo da tarde de ontem para prestar declarações sobre o caso. Quanto à escola Santos Simões, a direcção assegura que "todos os procedimentos foram cumpridos". "Toda a operação dos exames decorreu de forma normal e não tivemos conhecimento de nenhuma situação fora do habitual", assegura a adjunta da direcção, Ana Spínola.

O director da Secundária de Caldas das Taipas, José Augusto Araújo, desvaloriza a situação. "A mensagem não tinha apenas informação certa. Eventualmente, alguém se atirou a adivinhar e acabou por acertar nos temas do exame", defende. No blogue A Educação do Meu Umbigo , uma professora que dá aulas em Setúbal, e que manteve o anonimato, indicou que os seus alunos também tinham recebido a mesma mensagem.

É a primeira vez que existem denúncias de fuga de informação em relação ao conteúdo dos exames nacionais. Todo o processo de elaboração e guarda destas provas é mantido em segredo. Os exames são elaborados por professores seleccionados pelo Gave, que mantêm o anonimato. As provas são impressas pela editora do MEC e nos dias de exame chegam às escolas sob escolta policial, em envelopes invioláveis que são entregues a professores indicados pelos directores. À hora marcada para o início das provas, os envelopes são abertos por dois docentes.
Fonte: http://www.publico.pt/Educação/afin...do-12-ano-chegou-a-mais-escolas-1551348?all=1
 

·
10anos neste manicómio xD
Joined
·
13,250 Posts
Realmente, nem com essas ajudinhas conseguiram melhores resultados. :nuts:
 

·
'tou na lua...
Joined
·
41,754 Posts
O problema não será do transporte, pois os envelopes são selados... a fuga virá do gabinete que faz os exames (e ainda por cima alguns com erros crassos na formulação das questões)...
 
1 - 15 of 15 Posts
Top