SkyscraperCity banner
1 - 10 of 10 Posts

·
Registered
Joined
·
920 Posts
Discussion Starter · #1 · (Edited)
Saludos a todos

Mi intención es hacer un hilo que muestre cómo eran los paísajes, las poblaciones, la gente y los estilos de vida en nuestra región en el primer siglo de nuestra vida independiente. Preferentemente litografías, grabados, pinturas y fotos por favor que sean netamente siglo XIX.... Daguerrotipos y similares.

OJO: MÁXIMO 3 FOTOS por POST para no hacerlo pesado.

Ciudad de México: El Paseo de las Cadenas c. 1850


Poblanas, c. 1832. Karl Nebel.



Guadalajara, Jalisco: La Plaza de Armas, c. 1832. Karl Nebel.

 

·
Registered
Joined
·
17,828 Posts

Jean-Baptiste Debret

Pintor e desenhista francês que viveu no Brasil de 1816 a 1831.

Nasceu em Paris, em 18 de Abril de 1768 e morreu na mesma cidade em 11 de Junho de 1848.

Estudou na Academia de Belas Artes de Paris, tendo sido discípulo de Jacques-Louis David. Continuou os estudos na Escola de Pontes e Estradas concluindo-os na Escola Politécnica.

Estreou no Salão de 1798 com um quadro com figuras em tamanho natural, com o título "O General Messénio Atistómeno liberto por uma rapariga", que lhe valeu a conquista do segundo prémio. Devido a este sucesso foi encarregado de trabalhos de ornamentação em edifícios públicos e de particulares.

Integrou a Missão Artística Francesa ao Brasil, solicitada por D. João VI, organizada pelo marquês de Marialva, e dirigida por Debreton que chegou ao Rio de Janeiro em Março de 1816. No Brasil manteve-se até 1831, pintando e desenhando todos os grandes momentos que levaram à independência do Brasil, assim como os primeiros anos do governo do imperador D. Pedro I.

No Brasil pintou o retrato de D. João VI, de tamanho natural e com trajes majestáticos, assim como de outros membros da família real. Pintou também o desembarque da arquiduquesa Leopoldina, mulher de D. Pedro, e primeira imperatriz do Brasil.

Tendo recebido um atelier no novo edifício da Academia Imperial de Belas Artes do Rio de Janeiro, para aí poder pintar numa grande tela a coroação imperial, ocorrida em Dezembro de 1822, reuniu oito discípulos a quem deu aulas de pintura. Em 1820 foi nomeado professor de pintura histórica da Academia de Belas Artes, instituição que só em 1826 começou a sua atividade. Em 1829 organizou a primeira exposição artística do Brasil, ao apresentar os trabalhos dos seus discípulos. O sucesso do acontecimento valeu-lhe ser nomeado oficial da Ordem de Cristo.

Tendo regressado a França em 1831, sendo desde 1830 membro correspondente da Academia das Belas Artes do Instituto de França, publicou a partir de 1834 até 1839 uma numerosa série de gravuras na obra em 3 volumes intitulada Voyage pitoresque et historique au Brésil, ou Séjour d'un artiste français au Brésil (Viagem pitoresca e histórica ao Brasil, ou Estadia de um artista francês no Brasil).






 

·
Non Serviam!
Joined
·
2,481 Posts
Plaza Mayor (Plaza de la Paz)

Guanajuato, Gto.

 

·
Banned
Joined
·
29 Posts
Principios del siglo XIX en Buenos Aires, no había mucho por esa época, pero en la imagen se reconocen algunos iconos de la ciudad actual:

 

·
Registered
Joined
·
920 Posts
Discussion Starter · #8 ·
Sigan participando. Qué buenas imágenes...

yo continuo con la gente

Una sexoservidora incluida en el REgistro oficial de mueres públicas de 185, ciudad de México.



Un baile en el Teatro Principal, c. 1865.



Los escultores Pérez, óleo de Juan Cordero, c. 1850.

 

·
in conexion--
Joined
·
1,892 Posts
que tema tan interesante

estaría bien que pusieran fechas para ver como era la moda o el estilo de vida de aquellas èpocas..


Esa prostituta se ve que era de altos vuelos, lo digo porque usa miriñaque
 
1 - 10 of 10 Posts
Top