SkyscraperCity banner

1 - 20 of 789 Posts

·
Uma dúzia de anos disto..
Joined
·
30,722 Posts
Discussion Starter #1
Bombardier da Amadora avaliada em 45 milhões

A Bombardier da Amadora está avaliada, incluindo os terrenos e os edifícios que compõem o complexo industrial, em 45 milhões de euros, apurou o DN junto de fonte ligada ao processo. A CP, que hoje deverá anunciar a aquisição das instalações fabris, pretende instalar na unidade da Amadora um centro de competências ferroviário. Para o efeito, disse a mesma fonte, a empresa "foi já mandatada pelo anterior Governo para avançar com a compra". Contudo, as conversas não avançaram e desde a entrega do memorando de entendimento (24 de Outubro de 2004) que a multinacional canadiana aguarda uma resposta da CP.

Hoje, o futuro da unidade pode ficar resolvido. De manhã, a administração da Bombardier reúne com a secretária de Estado dos Transportes, Ana Paula Vitorino, e de tarde desloca-se à CP, para conversar com a administração da ferroviária, presidida por António Ramalho. De tarde, é a vez de os ex-trabalhadores da unidade da Amadora ouvirem as propostas do Governo. Em causa está a admissão de 50 trabalhadores, a quem Carmona Rodrigues, ex-ministro dos Transportes, prometeu dar emprego aquando da reabertura da unidade.

Acusada de má-fé pelo actual titular da pasta dos Transportes, Mário Lino, a Bombardier atira as culpas para a CP, pelo silêncio que tem mantido desde Outubro.

Em carta enviada ao ministro, com conhecimento de António Ramalho, a administração da Bombardier Portugal, liderada por Filipe Morais de Almeida, expressa "a sua abertura para que seja encontrada uma solução adequada para a utilização futura da fábrica da Amadora".

Na missiva, à qual o DN teve acesso, a Bombardier revela que tem "necessidade imperiosa e urgente de utilizar alguns equipamentos específicos que se encontram nas suas instalações". Em causa está a saída de dois robots de grande porte, utilizados na produção de caixas, que a multinacional necessita para equipar uma das suas fábricas na Alemanha, para satisfazer uma encomenda.

Luís Ramos, porta-voz da Bombardier, realça que o equipamento em causa não serve os interesses da CP, por ser equipamento preparado para produzir mil caixas/ano. Os robots, adianta, estavam subaproveitados na unidade da Amadora, quando esta se encontrava em laboração, por não existirem encomendas para satisfazer a sua capacidade.

Contudo, assegura na carta, "como nesta fase do processo a CP não consegue avaliar a necessidade destes equipamentos específicos para a sua actividade futura e, por outro lado, a Bombardier tem necessidade absoluta e urgente de os utilizar", a multinacional compromete-se a "encomendar e instalar novos equipamentos específicos nas instalações da Amadora, caso se conclua que estes equipamentos são cruciais para a actividade futura da CP na Amadora". A empresa ferroviária remete qualquer esclarecimento sobre o futuro da unidade da Amadora para hoje.
Fonte: DN
 

·
Moderator
Joined
·
158,866 Posts
Cova da Moura com plano



O plano de requalificação do bairro da Cova da Moura, no concelho da Amadora, arranca este ano, anunciou o secretário de Estado do Ordenamento do Território e das Cidades. "Está prevista para 15 de Julho a apresentação da versão final do plano de acção e para Setembro a assinatura pública do protocolo, que envolve várias entidades", disse João Ferrão aos jornalistas, à margem do Congresso de Zona Amadora URBAN II - "Uma Cidade à escala das pessoas".

O secretário de Estado escusou-se a avançar pormenores sobre o projecto de requalificação daquele bairro problemático, afirmando que seria "um desrespeito pelo processo" que envolve entidades como o Governo, a Câmara da Amadora e juntas de freguesia da Buraca e da Damaia, além de personalidades locais.

João Ferrão afirmou que a Cova da Moura "está a ter o tratamento que exige e de que necessita" e "é um exemplo claro" do empenhamento de todas as entidades envolvidas no processo. "Até agora, temos estado a fazer o trabalho de casa, envolvendo o Instituto Nacional de Habitação, cinco ministérios, associações do bairro e a Câmara", num processo que revela "a maturidade de todos aqueles que estão empenhados em, conjuntamente, contribuir para resolver um problema reconhecido de todos".

Fonte: JN

:hilarious

O Plano é deitar abaixo!
 

·
Registered
Joined
·
6,704 Posts
o plano é arrebentar akela merda toda! tal como fizeram com a pedreira dos italianos em Alges/Linda a velha.. o mais provavel é construirem um pato bravo la depois para classe média
 

·
Αλέξανδρ&#
Joined
·
52,566 Posts
TeKnO_Lx said:
o plano é arrebentar akela merda toda! tal como fizeram com a pedreira dos italianos em Alges/Linda a velha.. o mais provavel é construirem um pato bravo la depois para classe média
hehehe :rofl::rofl:
 

·
Αλέξανδρ&#
Joined
·
52,566 Posts
cada pais tem uma pedreira em Portugal na area da grande Lisboa? :uh:
 

·
President and CEO
Joined
·
17,597 Posts
Nós aqui em Oeiras felizmente que já acabámos com as barracas há muito tempo.
 

·
Moderator
Joined
·
17,501 Posts
TeKnO_Lx said:
o plano é arrebentar akela merda toda! tal como fizeram com a pedreira dos italianos em Alges/Linda a velha.. o mais provavel é construirem um pato bravo la depois para classe média
E'? Espero que sim.. mas as vezes pode-lhes dar uma coisinha ma e tentarem requalificar mantendo o edificado existente!!
 
1 - 20 of 789 Posts
Top