SkyscraperCity Forum banner
1 - 21 of 63 Posts

·
Registered
Joined
·
644 Posts
Discussion Starter · #1 ·

A Câmara Municipal de Matosinhos aprovou a abertura do concurso público para a segunda fase de construção do Corredor Verde do rio Leça, que compreende as pontes de Moreira e Carro, numa extensão de sete quilómetros.
Com um prazo de execução de 18 meses, a empreitada está orçada em cinco milhões de euros.
O projeto é cofinanciado pelo FEDER, através do programa comunitário Portugal2020 / Norte 2020.
A primeira fase já está a decorrer e corresponde ao troço entre ponte de Moreira e ponte da Pedra (incluindo ligação a Picoutos), numa extensão de cerca de 6,9 quilómetros e um investimento de 7,2 milhões de euros.
A segunda etapa diz respeito ao troço entre ponte de Moreira e ponte do Carro e a terceira ao troço entre ponte do Carro e Porto de Leixões, com ligações ao centro de Matosinhos e Leça da Palmeira.
Com uma extensão de 45 quilómetros, o rio Leça nasce em Santo Tirso, desagua em Matosinhos e durante décadas foi considerado um dos rios mais poluídos da Europa. Mas, desde 2016, um grupo de grupo de trabalho, constituído por elementos dos municípios de Matosinhos, Maia, Valongo e Santo Tirso, tem vindo a trabalhar na consolidação, estratégia e definição de um plano para o corredor do Leça.
Fonte
 

·
Registered
Joined
·
644 Posts
Discussion Starter · #3 ·
Boa!! Já tinha reparado nas obras na margem do Leça.
para já vão se focar na zona da foz até à ponte da pedra
do lado da Maia o parque de moreira esta encerrado por causa das obras mais para o interior temos isto:

Empreitada de construção do parque fluvial, nas margens do rio Leça, em Milheirós, foi adjudicada por 221 mil euros. Prazo de execução da obra está fixado em 90 dias.
A margem esquerda do rio Leça, em Milheirós, junto à Ponte de Alvura vai receber a primeira fase do designado Parque Fluvial de Alvura. O Município da Maia aponta a como objetivo imediato da intervenção a reabilitação e consolidação das margens do rio Leça como espaço de fruição pública. Mas, ao mesmo tempo, e não menos importante, a obra estabelecerá os parâmetros a observar nas intervenções que se seguirão nas áreas ribeirinhas, no âmbito do projeto intermunicipal do Corredor Verde do Leça.

Concretamente, o projeto de intervenção do Parque Fluvial da Alvura contempla limpeza do leito do rio, o controlo de espécies de flora invasoras, a consolidação da galeria ripícola e a criação de corredores e refúgios ecológicos para espécies vulneráveis. Mas, também, a criação de caminhos pedonais, a instalação de mobiliário urbano e a colocação de painéis informativos e interpretativos que convidam o visitante a desfrutar e a envolver-se no espaço natural que o parque pretende potenciar.

A área de intervenção, com cerca de um hectare, encontra-se em leito de cheia, pelo que a intervenção pretende também reduzir os riscos associados a fenómenos de cheias e inundações, aumentando a resiliência do ecossistema, aplicando soluções estruturais de base natural. Para o efeito está prevista a construção, no parque, de bacias de retenção, com a capacidade projetada de 183 m3, que permitirão reduzir e controlar os efeitos de “cheia rápida”, comuns na bacia hidrográfica do Leça, e promover a adaptação a eventos de pluviosidade extrema. As bacias de retenção desenhadas permitirão captar não só a pluviosidade que ocorre no parque, mas também captar a escorrência superficial das zonas urbanizadas em redor.

Silva Tiago, presidente da Câmara da Maia, autarquia promotora da obra, lembra que “esta é uma ação que se replicará tanto quanto possível ao longo da margens do rio, não só porque obedece à estratégia municipal de adaptação às alterações climáticas, mas, também, porque é urgente devolver o Leça, com toda a sua riqueza ecológica e identitária, ao usufruto das populações.”

Mais acrescentou o edil que esta intervenção estender-se-á, numa segunda fase, à margem direita do rio, estando prevista a criação no local de uma ponte pedonal de ligação entre margens.
FONTE
 

·
Registered
Joined
·
13,232 Posts
Muito bom!

Como corre a limpeza do rio? Tem andado menos poluído? Tem havido sucesso nesse trabalho?

Há nesse percurso muito património escondido. Pontes adoráveis, o Mosteiro de Leça, moinhos... a zona verde da Ponte do Carro é uma joia.
 

·
Peido Ninja!!!
OPO-STS
Joined
·
5,153 Posts
Muito bom!

Como corre a limpeza do rio? Tem andado menos poluído? Tem havido sucesso nesse trabalho?

Há nesse percurso muito património escondido. Pontes adoráveis, o Mosteiro de Leça, moinhos... a zona verde da Ponte do Carro é uma joia.
Pelo menos até Ermesinde parece não ter sinais de poluição.
 

·
Registered
Joined
·
13,232 Posts
Ainda não percebi onde é
Um corredor entre a Ponte da Pedra, ali a seguir a São Mamede de Infesta, e a Ponte de Moreira, ali a seguir à Maia. Depois, vai entre a Ponte de Moreira até Leixões, sempre integrando os espaços verdes existentes à beira do rio.
 

·
Registered
Joined
·
13,232 Posts
O Rui tem razão. O projeto, ainda que agora apenas Matosinhos tenha avançado com a sua parte, parece que se vai estender a outras autarquias do Leça a curto ou médio prazo.

Peço desculpa pela informação errada.
 

·
Registered
Joined
·
644 Posts
Discussion Starter · #18 · (Edited)
Duplicado

O Rui tem razão. O projeto, ainda que agora apenas Matosinhos tenha avançado com a sua parte, parece que se vai estender a outras autarquias do Leça a curto ou médio prazo.

Peço desculpa pela informação errada.
Sim Matosinhos vai ter dose de leão mas a Maia também entra em alguns troços pois o rio faz fronteira em certas zona como o parque de moreira
1087252
 

·
Registered
Joined
·
644 Posts
Discussion Starter · #18 ·
Muito bom!

Como corre a limpeza do rio? Tem andado menos poluído? Tem havido sucesso nesse trabalho?

Há nesse percurso muito património escondido. Pontes adoráveis, o Mosteiro de Leça, moinhos... a zona verde da Ponte do Carro é uma joia.
Sim tem sido feito um trabalho de poluição nos afluentes e no rio, pelo que sei os afluentes de Leandro e Arquinho na Maia tem sido limpos de uns anos para cá
 
1 - 21 of 63 Posts
Top