Skyscraper City Forum banner
Status
Not open for further replies.
1 - 9 of 9 Posts

·
Registered
Joined
·
11,156 Posts
Discussion Starter · #1 · (Edited)
Anac aprova ampliação do Aeroporto Leite Lopes

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) aprovou o projeto de ampliação do Aeroporto Leite Lopes, em Ribeirão Preto, proposto pelo Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo.
O projeto do Daesp visa adequar o atual aeroporto para a exportação de cargas e inclui, entre outras intervenções, a extensão da pista - hoje com 2.100 metros - em mais 500 metros. Essa alteração, de acordo com o Daesp, permitiria o pouso de aeronaves de carga no Leite Lopes, uma vez que a autorização para exportações já foi concedida pela Anac ao aeroporto em 30 de dezembro de 2002.
Segundo informações da assessoria de imprensa da Anac, a aprovação do projeto de ampliação do aeroporto aconteceu em 5 de junho e dá aval ao Daesp para defender o empreendimento, desde que o aeroporto ampliado não gere mais ruído do que atualmente. Ainda conforme a assessoria de imprensa da Anac, a agência analisa agora o Plano Diretor do aeroporto ampliado, que deve refletir as mesmas propostas de intervenção já aprovadas em 5 de junho.



O projeto
Para viabilizar o projeto de ampliação do Aeroporto Leite Lopes, em Ribeirão Preto, o governo de São Paulo precisará investir cerca de R$ 133 milhões, além de mais R$ 80 milhões para a construção de um túnel na avenida Thomaz Alberto Whately. O custo mais elevado de todo o projeto se refere também à sua questão mais polêmica, a desapropriação dos imóveis do entorno. Segundo o Daesp, são necessários R$ 118 milhões para desapropriar 1.821 edificações, entre imóveis residenciais, comerciais e edificações em favelas.
Além da nova pista, que passaria a ter 2.600 metros de extensão, o projeto de internacionalização do Aeroporto Leite Lopes prevê a construção de um terminal de cargas pela empresa privada Tead Brasil, vencedora da licitação. A estimativa é que a Tead invista em Ribeirão Preto R$ 20 milhões.
O terminal de alfândega projetado pela empresa tem 5.400 metros quadrados de área construída, num terreno de 10.000 metros quadrados, localizado nas imediações do terminal de passageiros.

Aprovação não elimina necessidade de um Estudo de Impacto Ambiental
A aprovação do projeto do Daesp pela Anac não elimina a necessidade de aprovação de um Estudo de Impacto Ambiental (EIA-RIMA) para que o Estado possa investir nas obras de ampliação do Aeroporto.
Além do Leite Lopes, o EIA-RIMA contempla a análise de outras sete áreas alternativas destinadas à implantação de um aeroporto para exportação de cargas na região de Ribeirão Preto, mas o Leite Lopes foi o que recebeu a maior pontuação.
Desde 26 de fevereiro, esse estudo está sob a análise do Departamento de Avaliação de Impacto Ambiental (Daia), vinculado à da Secretaria Estadual do Meio Ambiente. Em 19 de julho, o órgão realiza em Ribeirão Preto uma audiência pública para a apresentação do EIA-RIMA.
Somente depois da realização desse evento é que o Daia envia ao Conselho Estadual do Meio Ambiente (Consema) o EIA-RIMA e os questionamentos e sugestões feitos pelo público acerca do estudo. Caberá ao Consema a aprovação definitiva do EIA-RIMA.

Fonte: Jornal "a cidade" (www.jornalacidade.com.br)
 

·
Registered
Joined
·
11,156 Posts
Discussion Starter · #2 ·
Prefeito comemora aprovação



A aprovação do projeto de ampliação do Aeroporto Leite Lopes, em Ribeirão Preto, pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), foi recebida com entusiasmo pelo prefeito Welson Gasparini (PSDB). “Eu recebi a notícia com muita alegria porque é uma aprovação técnica de um projeto muito importante para Ribeirão Preto”, disse à reportagem.
O anúncio da aprovação foi divulgado ontem pelo jornal A Cidade, provocando entusiasmo também no presidente da Associação Comercial e Industrial de Ribeirão Preto (Acirp), Francisco Pinghera. “Nunca perdemos o entusiasmo e esse é mais um passo dado para que o projeto seja concluído. A próxima etapa que nós pretendemos vencer é a questão das moradias para a população do entorno, que vai precisar ser deslocada com a ampliação do aeroporto, e essa parte social nos preocupa bastante”, declarou Pinghera.
O projeto de ampliação do Leite Lopes, proposto pelo Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo, visa adequar o aeroporto para que ele receba aeronaves de carga, com destino ao exterior. A Anac já havia “internacionalizado” o Leite Lopes em dezembro de 2002, mas sem intervenções como a extensão da pista em mais 500 metros (hoje a pista tem 2.100 metros), essas aeronaves de carga não podem chegar em Ribeirão Preto, afirma o Daesp.
Para que as obras de ampliação sejam autorizadas, porém, é preciso que um Estudo de Impacto Ambiental (EIA-RIMA) já concluído seja aprovado pelo Conselho Estadual do Meio Ambiente, vinculado à Secretaria Estadual do Meio Ambiente. Atualmente, o EIA-RIMA encontra-se sob análise do Departamento de Avaliação de Impacto Ambiental (Daia) da secretaria, e ainda pode sofrer alterações.
Tudo vai depender da audiência pública para a apresentação do estudo, dia 19 de julho, em Ribeirão Preto. Somente após o evento é que o EIA-RIMA deverá ser enviado ao Consema.
O projeto de ampliação do Leite Lopes envolve investimentos de R$ 133 milhões e implica na desapropriação de 1.821 imóveis.
 

·
Registered
Joined
·
4,761 Posts
Nossa, R$ 133 milhões!
Daria pra fazer um outro aeroporto não? Investimento pesado, muito boa notícia pra Ribeirão.
O aeroporto de Maringá também foi internacionalizado no começo do ano, e é esperado em breve vôos de cargas para Miami. Mas, não sei como, porque a pista, a exemplo do aero de RP, tem 2.100 metros, e não ouvi falar em ampliação da pista até agora.
 

·
10 anos de SSC!
Joined
·
521 Posts
Esse realmente eh um importante passo para a internacionalizacao mas naum eh o definitivo....ate quando os estudos de impactos ambientais vao ficar a espera da burocracia q existe nos orgaos competentes....

Valew pela boa noticia Viajante!

flw!
 

·
Registered
Joined
·
11,156 Posts
Discussion Starter · #5 ·
Aeroporto vai dar R$ 1 mi para matas

Ribeirão Preto deverá receber cerca de R$ 1 milhão para preservação de matas no município. Os recursos virão de um percentual que será destinado do valor total da obra de ampliação do Aeroporto Leite Lopes.
Segundo o secretário municipal de Planejamento, Wilson Laguna, estes recursos serão repassados pelo governo federal, isto porque a mata do recém-criado Parque Natural Municipal da Mata do Jardim Palmares fica na rota da nova pista do aeroporto, o que garantirá a indenização.
Laguna explicou que o valor da indenização estava calculado em cerca de R$ 600 mil, mas com a ampliação do projeto e as atualizações dos valores da obra de ampliação do aeroporto, a expectativa é que o valor possa chegar a R$ 1 milhão. Destes valores, segundo o secretário, deverão ser destinados 60% para a implantação do novo parque, que possui uma área total de 90,3 mil m² e os outros 40% restantes para a preservação da Mata de Santa Tereza.

Novo Parque
O Parque Natural Municipal da Mata do Jardim Palmares foi criado na quinta-feira, com a aprovação do projeto de lei pela Câmara Municipal.
A área, que já pertencia ao município, é remanescente de mata nativa existente no município.
De acordo com Wilson Laguna, o local já está todo cercado e preservado, não existindo risco de ocupação. A idéia do novo parque é utilizá-lo como centro de pesquisa e educação ambiental, bem como a implantação de trilhas ecológicas que possam ser utilizadas por estudantes, de maneira sustentada.
“A transformação da área em um parque natural ajudou o município a assegurar os recursos vindos da obra do aeroporto”, explicou Laguna.

Santa Tereza
O restante dos recursos serão utilizados para a implementação do projeto de manejo sustentado da mata de Santa Tereza, onde está previsto o fechamento da mata e a implantação de visitas monitorados de estudantes e pesquisadores. Ainda não existe uma previsão para a liberação dos recursos.
 

·
Registered
Joined
·
1,352 Posts
Excelente notícia para RP, para a região, o estado e mesmo o país!
Finalmente!

Se o processo tivesse sido efetuado antes o custo com certeza não chegaria nessa cifra, pois menos desapropriações seriam necessárias...
 

·
Registered
Joined
·
11,156 Posts
Discussion Starter · #8 ·
Projeto de terminal do aeroporto fica pronto em 60 dias

O projeto da construção de um novo terminal de passageiros no aeroporto Leite Lopes, em Ribeirão Preto, deve ser concluído em 60 dias. A informação é do prefeito Welson Gasparini (PSDB), que esteve ontem com o secretário estadual de Transportes, Mauro Arce, em São Paulo.
Gasparini afirmou que o Plano Diretor do aeroporto ampliado já foi aprovado pela Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) e confirmou que o valor da reforma e ampliação do terminal do Leite Lopes deve mesmo ficar na casa dos R$ 18 milhões. O projeto está sendo elaborado pelo Daesp (Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo).
"Essa reunião foi um passo importante para todo o processo. Agora vamos esperar a audiência pública do próximo dia 19 para discutir o EIA-Rima (Estudo de Impacto Ambiental)", disse o prefeito.
O objetivo do projeto é aumentar a capacidade do terminal para 800 mil passageiros por ano. Atualmente a capacidade é de 150 mil, mas recebe 580 mil passageiros por ano. "Na época em que ele foi construído, passavam por lá 45 mil pessoas por ano. Hoje esse número subiu para 580 mil", disse Gasparini.
 
1 - 9 of 9 Posts
Status
Not open for further replies.
Top