SkyscraperCity banner
Status
Not open for further replies.
1 - 9 of 9 Posts

·
Banned
Joined
·
27,387 Posts
Discussion Starter · #1 ·
Empresas que não atingirem 66% podem perder rotas internacionais
A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) publicou ) no Diário Oficial da União (coma data de ontem, 19) resolução que estabelece critérios para a retomada das concessões das empresas aéreas que não atingirem um índice mínimo de freqüência nas rotas internacionais

O documento estabelece que o poder concedente - ou seja, o governo, por intermédio da Anac - retomará as freqüências aéreas internacionais sempre que uma companhia não atingir um Índice de Utilização de Freqüência (IUF) de pelo menos 66%, considerada a média semestral.

O índice foi criado para evitar os chamados “vôos fantasmas”, quando uma empresa deixa de utilizar uma rota, mas mantém a freqüência, impedindo que outra companhia ocupe o seu lugar.
Os IUFs serão aferidos e divulgados mensalmente. As informações, no entanto, serão fornecidas pelas próprias empresas, por meio do Boletim de Alteração de Vôo (BAV), cabendo à Anac monitorar a consistência dessas informações.

s empresas também perderão o direito a explorar uma rota quando deixarem de cumprir a legislação aeronáutica; os acordos e convenções internacionais ou não implementarem seus vôos no prazo de seis meses, a partir da data da autorização.

Aprovada pela diretoria colegiada da agência no últimodia 28 de abril, a resolução teve sua publicação dois dias após o presidente Luiz Inácio Lula da Silva criticar, no Peru, a "inoperância" e a "falta de ousadia" das companhias aéreas brasileiras, ameaçando inclusive criar uma empresa estatal para a facilitar as viagens aéreas para a América Latina.

Fonte: http://www.bj.inf.br/conteudo_visualiza.php?contcod=13983
 

·
Registered
Joined
·
6,037 Posts
Opa...... estão fexando o cerco! Vamos ver se isso vaia contecer na íntegra, ou se o "jeitim brasileiro" impererá!!!!!! ;)
 

·
Banned
Joined
·
27,387 Posts
Discussion Starter · #3 ·
^^ O problema é que existe empresas que pensam que são donas das rotas, então não utilizam e não deixam as empresas usarem as rotas, vamos ver os resultados disso.
 

·
Registered
Joined
·
6,037 Posts
Pois é...... aqui em BSB a gente vê muito isso...

Falar em vôos internacionais, a que cargas d'água se encontra os tramites dos vôos internacionais partindo daqui da Capital!?
 

·
Fasten your seat belt
Joined
·
1,508 Posts
Eu já sei o que vai acontecer. As empresas aéreas vão canetar os BAV e a ANAC vai fingir que está fiscalizando.
 

·
Registered
Joined
·
642 Posts
Ah , o que o Lula quer ??? Barril de petróleo na casa dos 120 dólares , impostos altíssimos , aff , não tem como exigir nada de ninguém nesse momento...
 

·
Banned
Joined
·
178 Posts
Aprovada pela diretoria colegiada da agência no últimodia 28 de abril, a resolução teve sua publicação dois dias após o presidente Luiz Inácio Lula da Silva criticar, no Peru, a "inoperância" e a "falta de ousadia" das companhias aéreas brasileiras, ameaçando inclusive criar uma empresa estatal para a facilitar as viagens aéreas para a América Latina.
Me desculpem, mas eu é que não vôo numa companhia estatal. Se nas privadas, que têm que preservar a imagem pra conquistar público, já caem aviões aqui e acolá, imaginem numa estatal.:nuts::lol:
 

·
Banned
Joined
·
27,387 Posts
Discussion Starter · #8 ·
^^ Acho que não tem nada haver, pois a Varig era estatal a alguns anos, e tinha operação eficiente.
 

·
Registered
Joined
·
2,057 Posts
^^ Acho que não tem nada haver, pois a Varig era estatal a alguns anos, e tinha operação eficiente.
A Varig não foi estatal e não tinha operação eficiente. A administração da Fundação Rubem Berta é que era chamada de 'estatal', pois lembrava muito o jeitinho do governo brasileiro de sempre arranjar espaço para gastar o dinheiro que ganha, seja com despesas esdrúxulas, seja com variados cargos comissionados. Justamente por isso a VRG foi para o ralo - pelas mãos da ineficiente FRB.

Bom, é pelo menos o que acho. Sou radicalmente contra a criação de uma empresa estatal.

Acho que você quis se referir à VASP... que antes de ser privatizada, era uma empresa melhor. Mas o cenário naquela época era diferente, e a VASP teve o azar de ser presidida pelo pior presidente possível, o infame Wagner Canhedo.
 
1 - 9 of 9 Posts
Status
Not open for further replies.
Top