Skyscraper City Forum banner
1 - 20 of 25 Posts

·
Registered
Joined
·
10,110 Posts
Discussion Starter · #1 · (Edited)
Olá a todos! Sou novo aqui no skyscrapercity e há um bom tempo tenho vontade de fazer um thread sobre Araxá, Minas Gerais. Atualmente moro em Uberlândia, mas morei em Araxá quatro anos e adoro aquela cidade. Venho juntando fotografias há um tempo, porém até agora não tinha material suficiente para mostrar a cidade como ela realmente merece. Dividi o thread em duas partes, pois não queria omitir muita coisa, e mesmo assim foi difícil escolher as fotografias mais representativas como também faltou de alguns lugares. Dei uma atenção especial ao Complexo do Barreiro, inclusive com fotos dos interiores do hotel e das termas, por se tratar de um imóvel pertencente ao estado de Minas Gerais, atualmente arrendado ao grupo Ouro Minas. Pois bem, segue abaixo alguns dados pegos na Wikipédia, em seguida começarei mostrando a cidade. Aproveite que as gravuras carregam e leia :)


Araxá é um município brasileiro do estado de Minas Gerais, na mesorregião do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba. Sua população projetada para 2007 é de 87.772 habitantes. A área é de 1.165 km² e a densidade demográfica, de 67,80 hab/km². IDH 0.899 (IBGE).
O topônimo "Araxá" significa terreno elevado e plano, planalto, chapadão, região mais elevada do que qualquer sistema orográfico e "Araxás: Indígenas que viviam no tabuleiro elevado do extremo oeste de Minas Gerais". A primeira referência aos índios Araxás, que habitavam as terras entre o Rio das Velhas (Araguari) e o Rio Quebra Anzol, foi feita pela expedição de Lourenço Castanho Taques, no século XVI. A presença dos índios e a proximidade do Quilombo do Ambrósio constituíram obstáculo à ocupação das terras da região.
Em 1759, Bartolomeu Bueno do Prado, comandando uma expedição, conseguiu destruir a famosa aldeia de escravos fugitivos. Sete anos depois, Inácio Correia Pamplona exterminou a tribo de índios Araxás.
Os primeiros povoados da região foram para o Desemboque, distrito de Sacramento, atraídos pela exploração do ouro. Posteriormente, com a decadência da mineração, esses moradores dedicaram-se à criação de gado. Entre 1770 e 1780, Araxá recebeu seus primeiros moradores, e surgiram as primeiras fazendas da região.
Descoberta a fertilidade da terra e o sal mineral nas águas do Barreiro, o povoamento de Araxá se intensificou. Em 1791, foi criada a Freguesia de São Domingos do Araxá e nomeado o primeiro vigário.
Em 1795, teve a construção da primeira Igreja Matriz de São Domingos por Alexandre Gondin, que teve suas obras concluídas em 1800. A edificação da Igreja de São Sebastião, por José Pereira Bom Jardim, ocorreu em 1820. A Capitania de São Paulo e Minas do Ouro foi criada em 1709 e desmembrada em 1729, com a delimitação da Capitania de Minas Gerais. Na segunda metade do século XVIII, a região do Triângulo Mineiro foi anexada à Goiás, atendendo a um movimento dos moradores do Desemboque.
A Freguesia de São Domingos é elevada a Julgado de São Domingos de Araxá, em 20 de dezembro de 1811, desmembrando-se do Julgado do Desemboque. A partir de janeiro de 1812, começou a exercer jurisdição civil e criminal, possuindo seu Juiz Ordinário. Em 1816, graças ao movimento dos moradores do Julgado de Araxá, o Sertão da Farinha Podre (Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba), anexado desde 1766 à Capitania de Goiás, retornou à Jurisdição de Minas Gerais. Ana Jacinta de São José - o mito Dona Beja - viveu e tem seu nome vinculado aos principais acontecimentos de Araxá no período da primeira metade do século XIX. Em 4 de abril de 1831, o julgado é elevado à vila. E em 19 de dezembro de 1865, a Lei Provincial nº 1259 eleva a Vila de São Domingos de Araxá à categoria de cidade. Em 1915 foi criada a Prefeitura.
Araxá fortaleceu-se como Pólo Turístico na década de 1940, com a inauguração do Complexo Termal - Grande Hotel e Balneário - Ocorrida em abril de 1944.
Araxá tem na sua formação geológica riquezas minerais como as águas sulfurosas e radioativas, o nióbio e a apatita. Na Bacia do Barreiro, viveram mamíferos pré-históricos há milhares de anos.
Na década de 1950 teve início a mineração no município, com a instalação da Companhia Mineradora de Minas Gerais (COMIG), a Companhia Agrícola de Minas Gerais (CAMIG) e a Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM). A ação dessas empresas deu sustentação econômica ao município, fazendo surgir novas indústrias, o que gerou fluxo migratório para o município. Tal situação foi reforçada a partir de 1971, com a instalação da ARAFÉRTIL, hoje Bunge Fertilizantes.

01 – Entrada da cidade para quem vem de Franca


02


03 – Mapa da cidade em frente ao centro de informações aos turistas, na praça da Avenida Antônio Carlos.


04 – Cidade vista do anel rodoviário que contorna a mesma


05 - Vista do centro da cidade a partir do parque do Cristo. Com o atual plano diretor não se pode contruir prédios altos no centro da cidade como aquela coisa azul, amarela e laranja na frente da igreja matriz.


06 – Um olhar sobre a parte Leste da Cidade


07 – Vista da parte Leste do alto do prédio multicor


08 – Vista da parte Oeste da Cidade


09 – Avenida Antônio Carlos. Liga o centro da cidade ao parque Cristo.


10 – Casarão antigo na Avenida Antônio Carlos


11 – No lado aposto temos um dos casarões onde viveu Dona Beja, hoje o Museu Dona Beja


12 – Ponto de taxi na praça da Avenida Antônio Carlos em frente ao centro de informações ao turista
e do lado do prédio colorido.


13 – Esse prédio foi construido acho pelo próprio estado há algumas décadas. Quando me mudei pra Araxá ele era apenas um amarelo desbotado. Depois pintaram com essas cores que na minha opinião são de extremo mau gosto. Ainda por cima ele diminui a imponência da igreja matriz. No primeiro piso funciona um órgão público que não me lembro, se não me engano é a Receita.


14 – Casas próximas a Matriz


15 – Igreja Matriz de São Domingos. Sua construção foi iniciada em 1917 e concluída apenas em 1948.


16


17


18 – Na rua que contorna a matriz, bem em frente, temos o colégio São Domingos, onde antigamente era um colégio exclusivo para meninas.


19 – Atrás da matriz saem duas avenidas importantes. Uma delas é a avenida Getulío Vargas que liga o centro à zona leste da cidade. Nessa avenida podemos destacar o colégio Estadual Delfim Moreira, bem próximo a matriz.


20 – Continuando na Getúlio Vargas temos a antiga estação Ferroviária, onde hoje funciona a Fundação Cultural Calmon Barreto, que cuida das atividades culturais da cidade. Ai podemos também encontrar parte do acervo histórico da cidade e produtos feitos por atersãos. Essa foto da frente está horrível, mas era a única que tinha.


21 - Lateral


22 – Parte de tras


23 – Algumas fotos do centro da cidade que ainda têm alguns poucos prédios antigos conservados. A igreja de São Sebastião fica no meio da Avenida Vereador João Sena, que parte do centro e liga a Zona Oeste. Anexo a igreja tem-se um museu sacro.


24


25


26


27


28


29


30 – Museu Calmon Barreto


31


32 – Praça Governador Valadares, também no centro da cidade


33 – Voltando a região do parque do Cristo, temos ao lado do parque a árvore dos enforcados, um Pau-óleo, onde no período da escravidão, vários escravos chegaram a ser punidos.


34 – O parque do Cristo foi construído na década de 80, e é uma pena ter fotos agora pois tem uma arquitetura bem interessante. Antigamente tinha zoológico e era bem estruturado porém na década de 90 ficou abandonado. Nos últimos anos foi restaurado e já está operacional. O interessante dele é que na base onde fica o cristo tem uma estrutura onde inicialmente ,quando foi inaugurado havia uma lanchonete. Nos últimos anos, mesmo restaurado ele não atraía público, foi quando um restaurante da cidade, visando fugir dos altos aluguéis da região central, se arriscou e mudou pra lá. Foi um sucesso, e a vista da cidade, principalmente ao por do sol é de tirar o fôlego.


35 – Há 25 quilômetros da cidade, temos o Morro do Horizonte Perdido. Sua rampa de vôo livre, segundo pilotos de paraglider e de asa delta, é uma das melhores do País. Os restaurantes locais são mais uma atração para os visitantes. Além da comida, suas grandes varandas oferecem uma bela vista panorâmica da região.


36


37 – Ao fundo vocês podem ver a cidade e os pontos mais próximos a CBMM, que falarei mais na frente.


38 – Ok. Vamos agora para o Complexo do Barreiro. A outra avenida que parte da parte de trás da igreja matriz é a Avenida Imbiara, que em tupi quer dizer caminho que leva as águas. Bem intuitivo.


39


40 – Bem no início da Avenida temos o colégio Dom Bosco, que antigamente era o colégio apenas para meninos. Nota-se que sua arquitetura se assemelha com a do Grande Hotel, que veremos mais a frente


41


42


43


44 – Aveninda Imbiara já próximo ao trevo que sai para Franca e CBMM, e acesso ao complexo do Barreiro


O Complexo do Barreiro se localiza em uma das formações geológicas mais complexas do mundo. Tem se a lenda que está sobre a cratera de um antigo vulcão, o que é uma meia verdade. Explicarei de uma forma bem simples o que ocorreu. Há milhões de anos, material do núcleo terrestre chegou a próximo a superfície, porém não chegou a haver derramamento de magma. Quando o magma retornou ao núcleo, o terreno ficou oco. Com o passar dos anos, o mesmo cedeu e formou uma estrutura parecida com a de uma cratera.

45 – Primeira urbanização do complexo ainda no início do século passado


46 – Complexo do Barreiro Atualmente


47 – Essa placa na verdade se encontra na CBMM, mas conta um pouco a história do complexo. No início do século passado, os fazendeiros levavam seu gado para beber as águas do barreiro visto que as mesmas continham sal, produto de difícil acesso na época.


48 – Jardins - Os jardins são de autoria do paisagista Roberto Burle Marx.


49


50


51


52


53


54


55


56


57 - Ruínas


58 – Quando o complexo foi construído alguns moradores foram mantidos no local, então existem algumas residências particulares.


59


60 – Hotel Colombo - Construído em 1929 por Luiz Colombo, um imigrante italiano, agora administrado pela terceira geração da família.


61 -


62 – Capela Nossa Senhora das Graças. Essa capela tem uma história interessante. Ela não foi construída juntamente com o resto do complexo. Diz-se que um funcionário do hotel vendo a necessidade de se ter uma capela no barreiro pedia sempre aos hóspedes uma contribuição para se erguer o templo religioso, e assim, ela foi construída. Atualmente passou por uma reforma.


63


64


65


66


67


68 – Ruínas do Hotel Radio – Uma das primeiras construções, ficou famoso por receber algumas vezes Santos Dumont, tendo o mesmo alguns parentes mais distantes, em Araxá.


69


70


71


72


73 – Fonte Dona Beja – Fonte Mineral de água Radiotiva


74


75


76 – Apesar da pintura representar Dona Beja tomando banho, não era nessa local, e sim na mata da Cascatinha que será mostrada mais a frente.


77


78


79 – Vista do Hotel do Mirante da Fonte


80 – Ducha Cascata – A água da fonte vai para um reservatório embaixo da rua, e no nível inferior há duchas.


81


82


83


84


85 – Fonte Andrade Júnior – Fonte de água sulfurosa, famoso pelo seu gosto de ovo choco hehe. Na fonte há uma exposição com réplicas dos fósseis de animais pré-históricos encontrados na construção do complexo. A água que não é canalizada para as termas vai para essa lagoa, onde fica curtindo e de tempos em tempos é retirada a lama usada em tratamentos estéticos.


86


87


88


89


Segunda parte do thread:
http://www.skyscrapercity.com/showthread.php?p=21541945#post21541945
 

·
Banned
Joined
·
1,266 Posts
Ótimo theread. Estive esse ano em Araxá no jogo do Uberlândia, fui na feira de carros no grande hotel, almocei nesse restaurante do Cristo, inclusive tirei umas fotos e publiquei aqui! Tb tirei fotos do Falsto Alvim!
 

·
Registered
Joined
·
10,110 Posts
Discussion Starter · #5 ·
Araxa, terra de Dona Beja, sabonete de barro, niobio...
Valeu pelas fotos!
que isso!

Ótimo theread. Estive esse ano em Araxá no jogo do Uberlândia, fui na feira de carros no grande hotel, almocei nesse restaurante do Cristo, inclusive tirei umas fotos e publiquei aqui! Tb tirei fotos do Falsto Alvim!
Obrigado!

Que thread legal!

Rico em informaçãoes, bem organizado, boas fotos enfim... do estilo que gosto e as vezes sinto falta aqui.

Acho Araxá uma das cidades mais interessantes do interior mineiro, e a cidade não é só turística, está entre as 20 maiores economias de Minas tb.

Valeu, e seja bem vindo!
Cara valeu pelos elogios! Eu me inspirei no que você fez sobre Juiz de fora que ficou incrível! Me mostrou a cidade de uma forma que nunca tinha visto antes. Valeu msm!
 

·
.
Joined
·
16,971 Posts
Adorei o patrimônio histórico, e gostei de saber desse novo plano diretor que proibiu prédios! Indispensável para uma cidade turística.
 

·
Itabirinha-MG
Joined
·
1,141 Posts
Araxa ta cada vez mais linda, destaque pra urbanizacao da cidade, limpeza, organizacao, um belo e rico patrimonio e uma natureza envolta exuberante...uma das mais lindas cidade do interior brasileiro....
 

·
Registered
Joined
·
10,110 Posts
Discussion Starter · #8 ·
Araxa ta cada vez mais linda, destaque pra urbanizacao da cidade, limpeza, organizacao, um belo e rico patrimonio e uma natureza envolta exuberante...uma das mais lindas cidade do interior brasileiro....
As parecerias com as mineradoras tem ajudado na revitalização da cidade, visto que boa parte dos impostos não voltam:eek:hno:

Acho Araxá uma das cidades mais interessantes do interior mineiro, e a cidade não é só turística, está entre as 20 maiores economias de Minas tb.
o PIB de Araxá hoje gira por volta dos 1.7 Bilhões. Uma cidade igual Patos de Minas, que é quase o dobro daqui e também é bem desenvolvida, tem um pib de 1.2 bi. Uma do mesmo porte como Itaúna, está por volta dos 700mi. Essa riqueza fora da média ajuda muito. Agora também não tiro o mérito da boa administração que a cidade vem tendo com o último prefeito.
 

·
eu mess
Joined
·
5,246 Posts
Araxá é show!
A cidade é linda, impecável! Das melhores do Triângulo Mineiro!
Seu povo é dos mais simpáticos. Anos que não passo por aí.
 

·
22°52'S 47°03'W
Joined
·
20,845 Posts
Gostei muito, principalmente do relevo e da parte histórica.
Parabéns pela organização do seu thread. :)
 

·
Registered
Joined
·
10,110 Posts
Discussion Starter · #11 ·
Araxá é show!
A cidade é linda, impecável! Das melhores do Triângulo Mineiro!
Seu povo é dos mais simpáticos. Anos que não passo por aí.
A cidade mudou muito nos últimos anos, vale a pena dar uma conferia:)

Gostei muito, principalmente do relevo e da parte histórica.
Parabéns pela organização do seu thread.
Muito obrigado!:banana::banana:
 

·
I bet you got me wrong...
Joined
·
799 Posts
Muito legal o thread! Gostei da av da foto 39! bem florida e lotada de árvores.

Tive uma professora de história que nasceu em Araxá..sempre falava pra gente que um dia iria voltar a morar lá, e parece que voltou mesmo! Agora eu entendo o porquê!
 

·
Registered
Joined
·
10,110 Posts
Discussion Starter · #15 ·
Araxá tá muito linda!!!
Parabéns!
fantastico!
Parabens adorei os threads!!
Muito legal o thread! Gostei da av da foto 39! bem florida e lotada de árvores.

Tive uma professora de história que nasceu em Araxá..sempre falava pra gente que um dia iria voltar a morar lá, e parece que voltou mesmo! Agora eu entendo o porquê!
Obrigado a todos!
 

·
Registered
Joined
·
24,262 Posts
Voce teve uma ótima estréia. Seu thread está muito bem feito, com belas fotos e muito explicativo sem ser cançativo. Araxá, que conheço pessoalmente, é uma boa cidade.
 

·
Mineiro da Mata
Joined
·
11,254 Posts
Cara valeu pelos elogios! Eu me inspirei no que você fez sobre Juiz de fora que ficou incrível! Me mostrou a cidade de uma forma que nunca tinha visto antes. Valeu msm!
Poxa que bom então, fico feliz!
Acho que uma das funções aqui no ssc é informar, não acho legal jogar só fotos sem nenhum tipo de comentário.
Valeu!
 

·
trinta zero zero
Joined
·
3,835 Posts
Uau, super interessante, nao imaginava que Araxá fosse assim.

Fiquei surpreso também com os exemplares do modernismo como a 31 (Casas São Jorge), 34 (lanchonete do Cristo, parece q tem uma influência modernista forte) e de 85 para a frente (Fonte Andrade Jr, super "pampulhesco"!).

Valeu pelas fotos, cara! Vou olhar os outros threads de Araxá agora mesmo!
 

·
Registered
Joined
·
10,110 Posts
Discussion Starter · #20 ·
Sim o parque do Cristo tem uma forte influência modernista, pena não ter fotos. Realmente a Fonte Andrade Júnior lembra alguma construção da pampulha :lol: Valeu pelos elogios!
 
1 - 20 of 25 Posts
Top