SkyscraperCity banner
Status
Not open for further replies.
1 - 20 of 38 Posts

·
Registered
Joined
·
376 Posts
O vídeo postado é muito bonito e bem feito. Mas parece que não há nada além disto e que a obra anda a passos de tartaruga. Nada é publicado na imprensa a respeito. Que diferença do Rodoanel de São Paulo, com muitas informações disponibilizadas no site da Dersa, como notícias, mapa do trajeto, álbum de fotos, etc. O Governo do Estado está culpando as desapropriações pela demora. Mas o Rodoanel de São Paulo também as teve além de passagem por terras ditas indígenas, por parques ecológicos, questões ambientais complexas, como várias travessias de represas e áreas de mananciais e, mesmo assim, andou bem mais rápido. A obra está devagar, quase parando. E é de importância fundamental.
 

·
Banned
Joined
·
7,747 Posts
Esse vídeo já é antigo.
 

·
Registered
Joined
·
2,061 Posts
Discussion Starter · #4 ·
A obra está atrasada sim, mas parece que está caminhando.
 

·
A volta do malandro
Joined
·
8,633 Posts
Tem um thread sobre o Arco Rodoviário no subfórum sudeste com diversas notícias. Poderiam fundí-lo com este. :)
 

·
Registered
Joined
·
376 Posts
Diz a notícia abaixo (http://economia.uol.com.br/ultnot/valor/2009/07/21/ult1913u110222.jhtm) que “as obras já começaram”. Mas não se vê uma foto das mesmas e as reportagens a respeito são muito raras : “
: Obra do arco rodoviário do Rio está atrasada e já custa 21% a mais - 21/07/2009 - Valor Econômico

RIO - A construção de um arco rodoviário de aproximadamente 145 quilômetros em torno da região metropolitana da capital, uma das principais obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) no Estado do Rio de Janeiro, está atrasada e mais cara. O trecho de 73,4 quilômetros a cargo da Secretaria de Obras do Estado, licitado em quatro lotes em abril de 2008 por R$ 796,87 milhões, já está orçado em R$ 965 milhões, um aumento de 21% segundo o dado mais recente do governo do Estado.
O prazo de conclusão desse mesmo trecho, que era para o fim de março de 2010, a tempo de ser inaugurado antes dos impedimentos impostos pelo calendário eleitoral, foi adiado para dezembro do mesmo ano. Este é o único trecho da obra que será totalmente novo. O trecho de 26 quilômetros da BR-493, ligando as rodovias BR-101 e BR-116, que será duplicado, ainda não foi licitado e a obra, com custo estimado em R$ 320 milhões, tem duração prevista de dois anos.

O Arco Metropolitano do Rio de Janeiro, obra planejada há várias décadas, será uma rodovia de pista dupla que vai unir a BR-101, na altura do município de Itaboraí, ao porto de Itaguaí, contornando toda a região metropolitana da cidade do Rio de Janeiro e cortando todas as principais rodovias que servem a cidade (Presidente Dutra, Rio-Bahia, Rio-Belo Horizonte-Brasília e a própria BR-101, ao norte a ao sul da capital).

É considerada obra essencial tanto para evitar a entrada de caminhões na capital como para fomentar o desenvolvimento de regiões carentes como a Baixada Fluminense. Várias empresas já adquiriram terrenos ao longo do trajeto da via para instalar projetos industriais ou imobiliários. Vai beneficiar projetos gigantes como a Companhia Siderúrgica do Atlântico (CSA) e o Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj).

Segundo Vicente Loureiro, subsecretário de Urbanismo da Secretaria de Obras do Estado do Rio Janeiro, responsável pela obra no trecho a cargo do Estado, o aumento do custo não tem nada a ver com o que foi licitado. Ele decorre de outros custos não previstos, especialmente ambientais e de desapropriações.

De acordo com o subsecretário, os custos ambientais superam R$ 20 milhões. " O licenciamento foi rápido, mas as condicionantes que tivemos que enfrentar foram absolutamente fantásticas " , disse. Segundo Loureiro, uma reserva de eucaliptos existente na região, a Floresta Nacional Mário Xavier, " foi tratada como reserva de mata atlântica " . Na área das desapropriações, eram estimadas de 1.800 a 2.000, com orçamento de R$ 100 milhões. As desapropriações feitas ou a fazer chegam a 3.800.

O subsecretário disse que os problemas que precisaram ser contornados tanto encareceram a obra como atrasaram seu cronograma. Foram encontrados 22 sítios arqueológicos que precisaram ser mapeados e detalhados. Houve também problemas com direitos de mineração na área da rodovia. Loureiro assegurou que nenhuma das dificuldades está relacionada com o fluxo de dinheiro, todo dele de oriundo do governo federal.

Dos quatro lotes em que foi dividido o trecho a cargo do Estado, o primeiro, de 14,50 quilômetros, contratado ao consórcio Odebrecht-Andrade Gutierrez, tem 7 quilômetros liberados para obras. O segundo, de 19,5 quilômetros (Carioca-Queiroz Galvão), tem 4 liberados. O terceiro, também com 19,5 quilômetros (OAS-Camargo Corrêa), tem 8,5 livres. E o quarto, com 19,9 quilômetros (Delta-Oriente), tem 5,4 livres. As obras já começaram. Loureiro disse que o atraso total no trecho é de um ano, mas afirmou que será possível reduzi-lo a nove meses.

As duas pontas do arco têm o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (DNIT) como responsável. O trecho da BR-101, parte da Rio-Santos, ligando o bairro carioca de Santa Cruz ao distrito de Itacuruçá (município de Mangaratiba), está sendo duplicado e deverá estar pronto em dezembro deste ano, segundo o superintendente Regional do DNIT, Marcelo Cotrim.

Já o trecho da BR-493 tem publicação do edital de licitação prevista para setembro. O arco se completa com um trecho já pronto de 22 quilômetros da BR-116. É uma via pedagiada que liga o Rio a Teresópolis, na região serrana. No restante do arco não há cobrança de pedágio prevista.

(Chico Santos | Valor Econômico)”
 

·
Registered
Joined
·
2,061 Posts
Discussion Starter · #9 ·
Esta matéria, também de julho, comenta a visita de Sérgio Cabral a obra.

Cabral visista obras do Arco Rodoviário

Plantão | Publicada em 09/07/2009 às 13h17m
Taís Mendes

RIO - O governador Sérgio Cabral e o vice-governador e secretário de Obras, Luiz Fernando Pezão, visitaram agora há pouco o trecho de obras do Arco Metropolitano que corta o município de Nova Iguaçu. A nova estrada terá 145 quilômetros de extensão e custará cerca de R$ 800 milhões. As obras já estão em andamento em diversas frentes e contam com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), da União. O governador destacou que o projeto atende a um desejo de mais de 30 anos do estado, mas que sequer tinha tido um projeto elaborado pelas administrçaões anteriores.

O projeto é dividido em quatro lotes. A conclusão está prevista para dezembro de 2010. Em algumas áreas, durante as intervenções, foram achados sítios arqueológicos. Em Nova Iguaçu, por exemplo, pesquisadores do Instituto de Arqueologia Brasileira encontraram pedaços de cerâmica e ferro dos séculos 17 e 18. A peça mais antiga é uma urna funerária, da tradição Una, os mais antigos ceramistas do litoral brasileiro.

http://oglobo.globo.com/rio/mat/2009/07/09/cabral-visista-obras-do-arco-rodoviario-756747864.asp

Tem uma outra do valor econômico, mas de 2008, que afirma que várias empresas estaria m comprando terrenos próximos ao arco na baixada. Comenta também sobre sua possível extensão até a RJ 106, que ficou faltando para fechar totalmente o arco.
 

·
Registered
Joined
·
376 Posts
Ta difícil :(http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasil/ult96u623553.shtml)
14/09/2009 - 09h33 - TCU aponta irregularidades em obra de R$ 1 bilhão do PAC

ITALO NOGUEIRA - da Folha de S.Paulo, no Rio

Auditoria do Tribunal de Contas da União em junho apontou irregularidades no planejamento e execução do projeto do Arco Rodoviário, obra de quase R$ 1 bilhão do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) no Rio.
O principal problema apontado pelos técnicos foi um aditivo de R$ 2,2 milhões pago após a licitação. O dinheiro foi usado para a reconfiguração do projeto, que teve seu tamanho reduzido. Os auditores identificaram oito irregularidades. Duas, na avaliação de técnicos, exigiam a paralisação da obra.
A recomendação não foi acatada pelo relator do caso, o ministro José Jorge. Ele aguarda nova manifestação da Secretaria Estadual de Obras do Rio, responsável pela execução do projeto.
A secretaria afirmou que as alterações foram feitas "no sentido de melhor atender ao tráfego de longa distância entre as regiões Sul e Norte do país, de forma a se caracterizar como um relevante fator de desenvolvimento regional".
A primeira proposta para construir a estrada data de 1976, mas só em 2004 começou a elaboração do projeto básico. O Arco é apontando como solução para desafogar o trânsito da avenida Brasil (acesso ao Rio) e da ponte Rio-Niterói. A obra do PAC refere-se a 70,9 km dos 145 km do projeto.
Sete meses após celebrar os contratos, a secretaria decidiu alterar o projeto para, segundo o Departamento de Estradas de Rodagem do Rio, "ficar dentro da realidade financeira do convênio". Em vez de diminuir o custo final da obra, a alteração elevou o preço, segundo o TCU.
A auditoria identificou ainda indícios de direcionamento na licitação para gerenciamento e supervisão da obra. Para os técnicos, esta irregularidade também deveria paralisar a construção.
 

·
Registered
Joined
·
11,530 Posts
Não me surpreende... enquanto isso, em terras de governo independente das obras do PACorrupçao e com investimento estadual... temos o exemplo do Rodoanel
 

·
Registered
Joined
·
376 Posts
Agora é a perereca – Desculpa para a incompetência

O Globo traz em sua edição de hoje (26/09/09), versão impressa, pag. 19, a notícia de que uma perereca em extinção e em fase de reprodução, num período chamado “canto nupcial”, a Norminha, como foi apelidada pelos operários, paralisou as obras do Arco Rodoviário do Rio de Janeiro. Mas que obras? A reportagem não traz uma única foto delas. Apenas de um brejo e da perereca. Mera desculpa para a incompetência. E por causa de um brejinho tem que paralisar a obra toda, ou a perereca vive nos seus 77 km? O Secretário de Obras, Luiz Fernando Pezão diz que até agora apenas 6% do cronograma foi cumprido. Deve ser da parte virtual da mesma, pois não se vê obra alguma.
E o site do Globo traz um convite para ouvir o canto nupcial da Norminha.
Aliás, a perereca ataca de novo para paralisar obras. Já vimos o Lula contando como uma dita cuja emPACou outra obra.

http://oglobo.globo.com/rio/mat/2009/09/25/perereca-rara-paralisa-obra-do-pac-767786770.asp
 

·
Registered
Joined
·
376 Posts
Minc: placas de ferro vão proteger perereca

“O canto nupcial da pereça em extinção”, apelidada de Norminha, “não impedirá o prosseguimento das obras do Arco Metropolitano do Rio de Janeiro. A garantia foi dada neste sábado pelo Ministro do meio ambiente, Carlos Minc, anunciando que a solução será a instalação de uma placa de ferro separando o canteiro de obras do habitat do anfíbio...”.
Link: http://oglobo.globo.com/rio/mat/200...roteger-perereca-de-obra-do-pac-767800098.asp

Acrescentou que o Arco será benéfico ao meio ambiente pela diminuição da poluição pela retirada dos caminhões da Avenida Brasil, além de integrar a economia.
(http://video.globo.com/Videos/Playe...A+PRESERVAR+PERERECAS+RARAS+EM+OBRAS+DO+PAC,0 )
 

·
Rafael Soares
Joined
·
6,829 Posts

·
Rafael Soares
Joined
·
6,829 Posts
Pessoal, que mal pergunte, há algum thread oficial sobre o arco rodoviário??
Seria bem melhor para acompanhar, né??

Sou a favor da fusão do tópico que o Patrick falou! :)
 

·
Registered
Joined
·
376 Posts
As Olimpíadas e o Arco

Com o advento das olimpíadas Rio 2016 não podem se esquecer do Arco Rodoviário. Até porque ele muito contribuirá para melhorar o trânsito da cidade, desafogando principalmente a Avenida Brasil, além de contribuir com o meio ambiente, diminuindo o combustível hoje gasto, principalmente pelos caminhões. Com isto, melhora a apresentação do Rio para as Olimpíadas.

Até hoje não vi uma única foto das obras. Alguém já viu?
 

·
Registered
Joined
·
2,061 Posts
Discussion Starter · #19 ·
Com o advento das olimpíadas Rio 2016 não podem se esquecer do Arco Rodoviário. Até porque ele muito contribuirá para melhorar o trânsito da cidade, desafogando principalmente a Avenida Brasil, além de contribuir com o meio ambiente, diminuindo o combustível hoje gasto, principalmente pelos caminhões. Com isto, melhora a apresentação do Rio para as Olimpíadas.

Até hoje não vi uma única foto das obras. Alguém já viu?
^^^^^^

Deve ser uma obra secreta rs
 
1 - 20 of 38 Posts
Status
Not open for further replies.
Top