Skyscraper City Forum banner
Status
Not open for further replies.
1 - 2 of 2 Posts

·
Mameluco sangue azul
Joined
·
20,420 Posts
Discussion Starter · #1 ·
A Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Pernambuco criou uma campanha para orientar os funcionários de hotéis a não hospedar pessoas que chegam ao estado em busca do turismo sexual.

A primeira orientação é não receber este turista. Ele não se hospeda no hotel acompanhado de menor de idade, se não tiver uma autorização para isso ou um documento que comprove a paternidade ou parentesco com o adolescente. E o primeiro combate é feito quando o turista desembarca no Recife, ainda no aeroporto.

Mas, de acordo com o presidente da associação, José Otávio Meira Lins, o trabalho de combate à exploração sexual não gera constrangimentos em quem chega a Pernambuco, apenas deixa claro que não se aceita este tipo de turista. “Nós saímos dos sites pornográficos, ou seja, lá se diz que os hotéis do Recife não aceitam este tipo de hóspede e eles já não estão vindo mais”, disse.

Este trabalho, realizado há três anos para mudar o perfil de quem visita Pernambuco, já fez a cidade passar da 4ª para a 8ª posição no ranking do turismo sexual no Brasil. “Do 8º para muito mais pra baixo. O que muda é que nós estamos atacando, diretamente, o problema. A entrada do nosso hóspede é precedida de folder que nós entregamos, de uma sinalização nos hotéis de que não queremos este tipo de hóspede, não queremos e não prestamos este tipo de serviço”, afirmou.

As ações de combate a este tipo de turismo já são aplicadas nos hotéis de Boa Viagem e nos do Litoral Sul do Estado. E, para chegar ao interior, mais funcionários começam a receber o treinamento. “Falta ainda o recurso para treinar os 7800 funcionários. Treinamos apenas 500, mas é uma questão de tempo. Demore dois, três ou quatro anos, mas o que nós queremos é ter o carimbo na nossa terra de que a gente não presta este serviço”, explicou o presidente da associação.

Ele apelou para a sociedade se engajar nesta causa e denunciar os casos de exploração sexual. “Que a comunidade toda se torne parceira e entre na rede de combate a este absurdo que é, para nossas crianças, o abuso sexual”, pediu José Otávio Meira Lins.

Além dos funcionários dos hotéis, quem trabalha nas barracas de praia também recebe o treinamento. E, de acordo com o presidente da associação, o próximo desafio é estender esta frente de combate aos taxistas do estado.

da Redação do pe360graus.com
 

·
Perfil
Joined
·
5,549 Posts
Acho que vai ser igual as campanhas da cervejaria, onde para mostrar que está preocupada coloca o aviso : Se Beber não dirija.
 
1 - 2 of 2 Posts
Status
Not open for further replies.
Top