Skyscraper City Forum banner
1 - 20 of 20 Posts

·
Registered
Joined
·
33,980 Posts
Discussion Starter · #1 ·
O Brasil não importa modos de vida só dos países avançados, como os Estados Unidos. Agora mesmo, foi buscar inspiração na Ásia e na África. O Senado acaba de aprovar projeto de lei que regulamenta as profissões de motoboy e mototaxista. Emocionados, depois de esperarem oito anos, os interessados cantaram o Hino Nacional no plenário.

O projeto vai agora à sanção do presidente da República. É bem provável que seja promulgado. Afinal, interessa a 2,5 milhões de trabalhadores informais, que exercem essas atividades premidos pela necessidade. Essa circunstância criou um mercado de trabalho caracterizado por uma concorrência brutal e que frequentemente os imola.

Na maior cidade do país, São Paulo, morrem por dia, em acidentes de trânsito, três desses trabalhadores. Deputados e senadores ignoraram essa circunstância, embora tenham colocado exigências de habilitação e segurança aos candidatos a profissionais. Vingou o discurso de que a profissão gera empregos, oferecendo uma alternativa ao pobre.

A justificativa é inconsequente. O único aspecto positivo do projeto é que ele pode organizar um pouco a atividade, hoje no caos. A lei deve expandir o uso do serviço, em detrimento de outros meios de transporte público. Representa um reforço ao transporte individual, aliviando os administradores públicos e privados de buscarem outras soluções.

Cinco anos atrás, a Organização Mundial de Saúde alertou sobre o avanço desse transporte nos países em desenvolvimento. A indústria está bombando há anos. Agora, estão chegando as motocicletas chinesas. As estatísticas são acachapantes: 70% dos acidentes com motos são fatais. Mas, como outros mortos na nossa sociedade, também esses são invisíveis.

O projeto delega às câmaras municipais a elaboração de regras específicas para a atividade. Se a cidade deve ter ou não serviço de mototáxi, por exemplo. É a esperança de haver algum freio.

Publicado em: 10/07/2009

Fonte: O Tempo
 

·
Scooter/motorbike lover
Joined
·
65,850 Posts
Eu não acho mototáxi um atraso; há este serviço também na França e na Inglaterra, mas ninguém fala sobre eles.

E não entendo por que os jornalistas detestam tanto as motos e os motociclistas. São muito poucos os que defendem o uso da moto como meio de transporte individual e questionam os duvidosos estudos de que moto polui mais que carro. Mototáxi não é como motoboy; se fosse, acidentes fatais envolvendo mototáxis seriam comuns no Nordeste, o que não é verdade.

É só a polícia parar de fazer vista grossa que os motoboys entram na linha e os idiotinhas que gostam se aparecer em cima de uma moto desaparecem.
 

·
Registered
Joined
·
9,582 Posts
Apesar de concordar com o Rodalvesdepaula, eu não gosto e não usaria mototáxi. Sei lá porquê, acho que é por causa dessas motos CG Titan da vida que eu detesto. Se fosse com uma Harley, ou Shadow, ou CBR, ou ou ou, aí eu adoraria. :lol:
 

·
mineirinho..
Joined
·
5,728 Posts
Eu tendo a enxergar o aumento do número de motos no país muito por conta do precário sistema de transporte coletivo; não sei se alguém concorda. Em nenhum país desenvolvido se vê tantas motos assim. E quando se vê, não são essas sucatas que vemos por aqui.
 

·
Registered
Joined
·
1,149 Posts
Eu tendo a enxergar o aumento do número de motos no país muito por conta do precário sistema de transporte coletivo; não sei se alguém concorda. Em nenhum país desenvolvido se vê tantas motos assim. E quando se vê, não são essas sucatas que vemos por aqui.
Podem não haver tantas motos, mas há mortes sim!!! De acordo com a wikipedia foram 45 mil mortos em acidentes de transito nos EUA em 2005: http://en.wikipedia.org/wiki/Traffic_collision

Em 2005 no Brasil morreram umas 35 mil pessoas em acidentes de transito, o que é compatível com a diferença populacional quase que perfeitamente (para ser perfeito no Brasil deveria ser 30 mil por ano, então só 5 mil dessas mortes são devido a piores estradas).

No Brasil são a segunda maior causa externa de morte, só atrás dos homicídeos, se já não tiver ultrapassado. Nos EUA já são a principal causa externa de morte.

Ou seja o transporte individual por carros ou motos mata. Na Europa os indices são menores só porque muita gente usa a enorme malha de trens para se locomover e o uso de carros é menor.

Com essa nova lei vamos ver as mortes subirem já que as motos matam mais que os carros. Como sempre, 99% do que é aprovado no congresso é merda que só piora a situação do Brasil e isso não é exceção.
 

·
Scooter/motorbike lover
Joined
·
65,850 Posts
Eu tendo a enxergar o aumento do número de motos no país muito por conta do precário sistema de transporte coletivo; não sei se alguém concorda. Em nenhum país desenvolvido se vê tantas motos assim. E quando se vê, não são essas sucatas que vemos por aqui.
A Itália, por exemplo, tem uma moto para cada 9 habitantes; lá, praticamente toda família tem um scooter (modernos, por sinal). Espanha, Taiwan e França são outros países desenvolvidos com uma enorme frota de motos.
 

·
...?...
Joined
·
156 Posts
Eu tendo a enxergar o aumento do número de motos no país muito por conta do precário sistema de transporte coletivo; não sei se alguém concorda. Em nenhum país desenvolvido se vê tantas motos assim. E quando se vê, não são essas sucatas que vemos por aqui.
Concordo com você...

é só fazer as contas:

em BH que o sistema de transporte não é integrado, se a pessoa precisa de 2 ônibus para ir ao trabalho, por exemplo, gasta R$4,60 por dia e em média (considerando 22 dias de seg.a.sex) R$101,60 ...

tem moto aí sendo financiada a perder de vista com parcela de R$79,00 por mês, a diferença já ajuda a colocar gasolina
 

·
Registered
Joined
·
33,980 Posts
Discussion Starter · #9 ·
Concordo com você...

é só fazer as contas:

em BH que o sistema de transporte não é integrado, se a pessoa precisa de 2 ônibus para ir ao trabalho, por exemplo, gasta R$4,60 por dia e em média (considerando 22 dias de seg.a.sex) R$101,60 ...

tem moto aí sendo financiada a perder de vista com parcela de R$79,00 por mês, a diferença já ajuda a colocar gasolina
O sistema é integrado sim. Você paga metade da segunda passagem, seja ela metrô ou ônibus. A não ser que você esteja falando do ônibus metropolitano, única rede não integrada ainda.

Mesmo assim, qual linha metropolitana você está falando? Cada linha tem uma tarifa diferenciada.

Essas contas são do que exatamente? Dois ônibus municipais ou um municipal mais um metropolitano?

Comentário de pouquíssima qualidade, me desculpe a franqueza. Muito vago.
 

·
...?...
Joined
·
156 Posts
O sistema é integrado sim. Você paga metade da segunda passagem, seja ela metrô ou ônibus. A não ser que você esteja falando do ônibus metropolitano, única rede não integrada ainda.

Mesmo assim, qual linha metropolitana você está falando? Cada linha tem uma tarifa diferenciada.

Essas contas são do que exatamente? Dois ônibus municipais ou um municipal mais um metropolitano?

Comentário de pouquíssima qualidade, me desculpe a franqueza. Muito vago.
amigo, eu estou falando por experiência própria...

hoje mesmo peguei o ônibus 2210A (bhtrans) desci na Antônio Carlos e peguei o 4205 (bhtrans) para descer no final da Rua Platina (quase na Silva Lobo)

paguei 2 passagens de R$2,30 para ir e duas para voltar...

esta história de 1/2 passagem só funciona com os amarelinhos (como 104 ou 105) e olha lá...

---------
conta vaga:
eu trabalho em média 22 dias por mês: 2 ônibus da bhtrans para ir, 2 ônibus para voltar, cada ônibus custa R$2,30.

vamos pensar um pouco....

22dias * 2 ônibus * R$2,30 = R$101,20 só pra ir

isso mostra que eu errei a conta pois só considerei a IDA então o custo mensal que é R$202,40

quanto ao valor da mensalidade da moto, Simule aqui:
http://www.sundownnet.com.br/site/consorcio/www/default2.asp?a=simulador#

Sundown Hunter 125 tem mensalidade de até ~R$81 em 72 meses (há um tempo atrás ví um anúncio "a partir de R$79" na concessionária da Antônio Carlos, perto da trincheira, daí tirei o preço)
-----

e no mais "sistema integrado" é como o BILHETE ÚNICO de São Paulo, que você paga pelo deslocamento, e não importa o quantidade de ônibus que você pega, e sim o tempo de seu deslocamento...
 

·
Registered
Joined
·
30,781 Posts
Eu tendo a enxergar o aumento do número de motos no país muito por conta do precário sistema de transporte coletivo; não sei se alguém concorda. Em nenhum país desenvolvido se vê tantas motos assim. E quando se vê, não são essas sucatas que vemos por aqui.
Creio que exista uma forte relação no caso do Brasil, já que o sistema de transporte do país na grande maioria dos casos é uma porcaria mesmo!Ou é muito engarrafamento, ou são lotados demais , ou demoram muito pra passar!
 

·
Scooter/motorbike lover
Joined
·
65,850 Posts
Creio que exista uma forte relação no caso do Brasil, já que o sistema de transporte do país na grande maioria dos casos é uma porcaria mesmo!Ou é muito engarrafamento, ou são lotados demais , ou demoram muito pra passar!
Digo isto porque sou motociclista. Comprei uma moto justamente para não depender das porcarias que rodam aqui no serviço suburbano e para chegar bem mais rápido ao meu destino. Hoje, o que eu levava 50 minutos de ônibus levo 20 de moto.
 

·
Registered
Joined
·
33,980 Posts
Discussion Starter · #13 ·
amigo, eu estou falando por experiência própria...

hoje mesmo peguei o ônibus 2210A (bhtrans) desci na Antônio Carlos e peguei o 4205 (bhtrans) para descer no final da Rua Platina (quase na Silva Lobo)

paguei 2 passagens de R$2,30 para ir e duas para voltar...

esta história de 1/2 passagem só funciona com os amarelinhos (como 104 ou 105) e olha lá...
Meu filho... Você nunca ouviu falar de cartão BHBus, não??? :hilarious
Não vou nem analisar a conta se você não sabe nem o que é oque é o cartão BHBus. :nuts:
 

·
...?...
Joined
·
156 Posts
Meu filho... Você nunca ouviu falar de cartão BHBus, não??? :hilarious
Não vou nem analisar a conta se você não sabe nem o que é oque é o cartão BHBus. :nuts:
Inconfidente:

a integração do cartão BHBUS não funciona em todas as linhas, é só perguntar na BHtrans e no procon, é uma das reclamações mais frequentes sobre o cartão BHBus...

então vou fazer a conta com 1/2 passagem:

eu trabalho em média 22 dias por mês: 2 ônibus da bhtrans para ir (2,30+1,15), 2 ônibus para voltar, cada viagem custa R$3,45.

então....

22dias * 2 ônibus * R$(2,30+1,15) = R$151,80 no total

ainda continua muito mais caro que a mensalidade da moto...

--------------------
isso tudo apenas para ilustrar uma resposta a outra pessoa

afonso_bh: "Eu tendo a enxergar o aumento do número de motos no país muito por conta do precário sistema de transporte coletivo;"

deixa pra lá:eek:hno:
 

·
Indústria da Multa S.A.
Joined
·
6,320 Posts
Digo isto porque sou motociclista. Comprei uma moto justamente para não depender das porcarias que rodam aqui no serviço suburbano e para chegar bem mais rápido ao meu destino. Hoje, o que eu levava 50 minutos de ônibus levo 20 de moto.
No meu caso, dos 50 minutos que levaria para chegar ao meu serviço (e isso se eu não ficar mofando nos pontos de ônibus daqui), com a minha moto levo apenas 10min. ^^
 

·
Banned
Joined
·
993 Posts
Creio que exista uma forte relação no caso do Brasil, já que o sistema de transporte do país na grande maioria dos casos é uma porcaria mesmo!Ou é muito engarrafamento, ou são lotados demais , ou demoram muito pra passar!
Mas mesmo aqui no fórum há quem diga que transporte coletivo não é para andar vazio... e depois as mesmas pessoas descem o sarrafo em quem usa transporte individual ou mesmo fretado.
 

·
Registered
Joined
·
2,321 Posts
e no mais "sistema integrado" é como o BILHETE ÚNICO de São Paulo, que você paga pelo deslocamento, e não importa o quantidade de ônibus que você pega, e sim o tempo de seu deslocamento...
Você pode pegar até 4 ônibus, ou três ônibus e um sistema férreo (Metrô ou CPTM. A integração não é ilimitada, dentro das três horas (Vale Comum, que pode ser usado por qualquer um) ou duas horas (Vale Escolar, somente estudantes; ou Vale Transporte, dado pelas emrpesas).

E mesmo assim, a integração não atinge toda RMSP (algumas cidades atendidas pela CPTM tem integração, mas não sei se é certeza).
 

·
Moderator
Joined
·
32,251 Posts
Graças a Deus aqui em Curitiba a prefeitura e os órgaos responsáveis pelo transito já se posicionaram contra a liberaçao do Mototáxi.

Vans e outros meios de transporte alternativos tbm estao proibidos.
isso ajuda disciplinar um pouco o transito.

Já quanto aos motoboys esses nao tem jeito.. aqui tá ficando grave já.. tem avenidas maiores que no sinal vermelho formam uma fila de motos na frente do sinal.. como se fosse uma largada de corrida .. e ao abrir o sinal saem em disparada...
tenho dó de quem estiver atravessando na faixa na hora .. porque sem dúvidas eles passam por cima..

E claro o numero de mortes por causa de acidentes envolvendo motos cresceu absurdamente ..
 
1 - 20 of 20 Posts
This is an older thread, you may not receive a response, and could be reviving an old thread. Please consider creating a new thread.
Top