SkyscraperCity banner
Status
Not open for further replies.
1 - 20 of 24 Posts

·
Registered
Joined
·
2,447 Posts
Discussion Starter · #1 ·
www.correiodabahia.com.br

Usina nuclear deve ser implantada na Bahia

Estado é considerado forte candidato, já que desponta como o único produtor de urânio no país



Graciela Alvarez

A Bahia deve receber pelo menos uma das quatro usinas nucleares previstas para serem implantadas no Brasil até 2030. A estimativa se baseia no Plano Nacional de Energia (PNE) 2030, que indicou as margens do São Francisco como o lugar ideal para a instalação de uma central nuclear. Por possuir grande fluxo de água, o rio permitiria o resfriamento dos reatores das usinas sem maiores danos ao ecossistema. “Dos quatro estados banhados pelo São Francisco (Bahia, Alagoas, Ceará e Pernambuco), a Bahia está mais gabaritada para ganhar essa primeira central, pois, além da sua posição geográfica, é o único estado brasileiro responsável pela matéria-prima utilizada no combustível dessas usinas, o urânio, retirado da mina de Caetité”, garante o secretário estadual de Ciência e Tecnologia, Ildes Ferreira de Oliveira.

Segundo o secretário, apesar de embrionária, a idéia já começou a ser amadurecida pelo governo baiano, uma vez que a construção de uma usina nuclear é um fator importante para alavancar o desenvolvimento da região. “Se depender da minha vontade já estamos no páreo para disputar esse investimento. A implantação de uma termonuclear permite o crescimento econômico local, sem falar que serve como mais uma fonte de empregos”, opina Oliveira.

Quanto aos danos causados por esse tipo de geração de energia, ele ressalta que o mundo já dispõe de tecnologias ambientais suficientes para reduzir os resíduos radioativos gerados pela usina nuclear, além de condições seguras de armazenamento do combustível utilizado. “Não só devemos entrar na concorrência, como temos tudo para sairmos como estado vencedor”, completa.

***

Investimento é de US$10 bi

De acordo com o presidente da Comissão Nacional de Energia Nuclear (Cnen), Odair Dias Gonçalves, o PNE – que foi elaborado pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE) – prevê que duas usinas sejam construídas no Nordeste e outras duas no Sudeste, com capacidade em torno de mil megawatts (MW) cada uma. Quanto às indicações dos estados com maior potencial, ele informa que o governo dará prioridade aos estados que demostrarem interesse, mas até agora apenas Pernambuco se pronunciou. “Eu tenho quase certeza que todos os quatro estados do Nordeste vão entrar na disputa, afinal uma usina gera quase 15 mil empregos e um investimento estimado de US$10 bilhões”, ressalta.

Gonçalves diz que neste momento o Cnen está focado nas pendências de Angra 3, cujas obras serão retomadas no próximo semestre. “Depois vamos dar início aos estudos das futuras usinas nucleares no Brasil”, afirma, acrescentando que esses estudos, apesar de já terem sido autorizados, só devem entrar em processo em meados no ano que vem. Já o assessor da presidência das Indústrias Nucleares do Brasil (INB), Luiz Felipe da Silva, acredita que entre começar os estudos, decidir o local, adquirir as licenças, começar as obras e colocar a usina em operação, o tempo estimado é de dez anos. “A expectativa da EPE é que o quarto reator esteja instalado em 2016, mas acredito que ainda é muito cedo para precisar uma data”, avalia Silva.

***

Energia Nuclear

O que é?

A energia elétrica por fonte nuclear é obtida a partir do calor da reação do urânio.

Como funciona?

O funcionamento de uma usina nuclear é parecido ao de uma usina térmica. A diferença é que em vez de o calor ser gerado pela queima de um combustível fóssil, como o óleo ou gás, nas usinas nucleares o calor é gerado pelas transformações que se passam nos átomos de urânio nas cápsulas de combustível. O calor gerado no núcleo do reator aquece a água que circula pelos tubos de um equipamento chamado gerador de vapor. A água de um outro circuito em contato com os tubos do gerador de vapor se vaporiza, fazendo gerar um conjunto de turbinas que tem junto a seu gerador elétrico. O movimento do gerador elétrico produz a energia.

Vantagens

Comparada com as usinas termoelétricas e hidrelétricas, as principais vantagens das nucleares são: reserva energética muito maior e menor agressão ao meio ambiente, pois é uma forma de energia que não emite gás de efeito estufa e gás causador de chuva ácida, além de não liberar gases ou partículas que causem poluição urbana ou diminuição da camada de ozônio.

Desvantagens

É uma usina com alto custo de construção, em razão da tecnologia e segurança empregadas. Além disso, requer uma solução a longo prazo para os resíduos radioativos armazenados em alto nível na maioria dos países e proliferação nuclear potencial.

Brasil

Atualmente, o país possui duas usinas nucleares em operação, Angra 1, com capacidade instalada de 657MW, e Angra 2, com 1.350MW, ambas no estado do Rio de Janeiro. No próximo semestre, a construção de Angra 3, também no Rio, será retomada e deve ficar pronta em 2013.
 

·
Perfil
Joined
·
5,549 Posts
Usina Nuclear não me agrada muito, não temos nenhum lugar para o lixo.
 

·
Banned
Pátria amada, Bahia!
Joined
·
13,370 Posts
$$$$$$$$

mas espero que fique bem longe de SSA, de Correntina e de Ilhéus.
 

·
.
Joined
·
171,594 Posts
É muito natural a possibilidade de instalação de uma Usina Nuclear da Bahia para aproveitar a produção de Uranio de Caetité.
 

·
Registered
Joined
·
5,466 Posts
Que erro grosseiro, o CEARÁ banhado pelo São Francisco, essa repórter deve ter achado que o JAGUARIBE era o São Francisco :)

Outra coisa, parece que tem Urânio no Ceará também, mas ainda não extrai industrialmente.

Ela quis dizer SERGIPE, óbvio :)
 

·
SSA-BA a terra de Oxalá
Joined
·
2,170 Posts
O repórter já contou com a transposição do Rio! hehehehehe
 

·
:)
Joined
·
18,427 Posts
Dos quatro estados banhados pelo São Francisco (Bahia, Alagoas, Ceará e Pernambuco), a Bahia está mais gabaritada para ganhar essa primeira central, pois, além da sua posição geográfica, é o único estado brasileiro responsável pela matéria-prima utilizada no combustível dessas usinas, o urânio, retirado da mina de Caetité”, garante o secretário estadual de Ciência e Tecnologia, Ildes Ferreira de Oliveira.
Foi um grande erro esquecer Sergipe e Minas Gerais e colocarar o Ceará no lugar deles, mesmo estando bem distante... hehe ^^
 

·
CONTA RECUPERADAAAAAAAAAA
Joined
·
7,129 Posts
Usina Nuclear não me agrada muito, não temos nenhum lugar para o lixo.
Eu já acho que tem. Principalmente no Nordeste, com milhares e milhares de hectares de terra seca que não serve pra nada...

$$$$$$$$

mas espero que fique bem longe de SSA, de Correntina e de Ilhéus.
pode mandar pra Remanso que com certeza vai ser bem aceita!

mas, mudando de direção, quando eu penso nesse nome: "usina nuclear", me dá um sentimento ruim... hehe eu ein!!
 

·
Banned
Joined
·
14,522 Posts
Usinas nucleares administradas por poder público... da medo, sinceramente, muito medo.

Ficando longe da região Sul, e de Mato Grosso, já fico mais tranquilo.
Tomara que os baianos consigam outro tipo de usina, não nuclear.
 

·
Registered
Joined
·
2,447 Posts
Discussion Starter · #14 ·
Mas que que adianta a Bahia produzir uranio se ele teria que sair daqui pra ser beneficiado e depois voltar? No caso só seria vantagem produzir uranio se ele fosse enriquecido aqui também.
 

·
BAHIA
Joined
·
7,665 Posts
A cidade ideal seria Bom Jesus da Lapa. Estaria equidistante de Salvador, Belo Horizonte e Brasília, perto de Caetité (pólo produtor de urânio), margeada pelo São Francisco e cortada pela futura Ferrovia Leste-Oeste. Além de estar em uma região que receberá grandes investimentos em mineração, e próxima a pólos industriais de Minas e Bahia. Além dos pólos agrícolas do Oeste Bahiano, Goiás e Tocantins. Bom Jesus da Lapa é central. Só SSA, BH e BSB e suas RMs juntas são quase 15 milhões de pessoas a serem beneficiadas. Além de não ser uma região densamente povoada.
 

·
Banned
Pátria amada, Bahia!
Joined
·
13,370 Posts
A cidade ideal seria Bom Jesus da Lapa. Estaria equidistante de Salvador, Belo Horizonte e Brasília, perto de Caetité (pólo produtor de urânio), margeada pelo São Francisco e cortada pela futura Ferrovia Leste-Oeste. Além de estar em uma região que receberá grandes investimentos em mineração, e próxima a pólos industriais de Minas e Bahia. Além dos pólos agrícolas do Oeste Bahiano, Goiás e Tocantins. Bom Jesus da Lapa é central. Só SSA, BH e BSB e suas RMs juntas são quase 15 milhões de pessoas a serem beneficiadas. Além de não ser uma região densamente povoada.

Só que Bom Jesus da Lapa é perto de correntina. ¬¬

:lol::lol::lol::lol:
 

·
Registered
Joined
·
2,447 Posts
Discussion Starter · #20 ·
Gente.. ser a fonte do urânio não é vantagem nenhuma para a atração disso. Só seria se fosse próximo da usina de enriquecimento do urânio, isso sim. Mas atualmente ela é feita no Canadá e se forem construir uma aqui, seguramente será no RJ.
 
1 - 20 of 24 Posts
Status
Not open for further replies.
Top