SkyscraperCity banner

4661 - 4671 of 4671 Posts

·
Registered
Joined
·
95,358 Posts
Governador anuncia novos leitos para Senhor do Bonfim e Bom Jesus da Lapa
Segundo Rui Costa, regiões norte e oeste são as que ainda preocupam a gestão estadual

Foto: Matheus Morais/bahia.ba

Foto: Matheus Morais/bahia.ba

O governador Rui Costa (PT) anunciou nesta sexta-feira (7) que mais novos leitos serão abertos nas regiões norte e oeste da Bahia na próxima semana.
“Vamos abrir novos leitos na região norte, em Senhor do Bonfim, e na região oeste, em Bom Jesus da Lapa. São duas regiões que ainda estão precisando”, disse ao bahia.ba.
Com isso, ele espera reduzir ainda mais a taxa de ocupação dos leitos no estado, que atualmente está na faixa dos 70%.

 
  • Like
Reactions: Will_NE

·
Registered
Joined
·
95,358 Posts
Vilas-Boas reconhece dificuldade em contabilizar número de óbitos no interior da Bahia
O secretário afirmou ao bahia.ba que a SESAB entrou com uma força tarefa para contactar todos os municípios e hospitais do Estado, concluir os registros dos óbitos

Foto: Reprodução/Twitter

Foto: Reprodução/Twitter

O secretário de Saúde da Bahia Fábio Vilas-Boas reconheceu uma dificuldade na contabilidade de casos de Covid-19 no Estado, o que pode resultar em uma subnotificação.
De acordo com o responsável pela pasta, em conversa com o bahia.ba, a SESAB entrou com uma força tarefa para contactar todos os municípios e hospitais do Estado, concluir os registros dos óbitos.
“Existe um momento de mudança no perfil epidemiológico da pandemia. Há uma redução do número de óbitos nas grandes cidades onde já aconteceram seus picos e um processo de interiorização. Lamentavelmente depois do São João, as cidades pequenas e os distritos foram afetados e os óbitos mudaram de lugar. Nós estamos hoje com uma dificuldade de receber as informações de óbitos dessas cidades pequenas”, afirmou.
Villas-Boas ainda analisou o início da fase 2 com o retorno do funcionamento de bares e restaurantes na capital baiana como um ponto positivo para a cidade.
“Óbvio que é um risco, mas é um risco calculado. Quando você coloca na balança o risco e o benefício, o entendimento nosso é que existem mais benefícios do que riscos. Se houver qualquer aceleração na transmissão, nós temos leitos para poder absorver essa demanda e teremos tempos de tomar qualquer decisão e voltar atrás”.

 

·
.
Joined
·
129,270 Posts
Ocupação de UTIs em hospital de campanha de Feira chegou a 50%, diz Colbert
Ao bahia.ba, prefeito afirmou que deve flexibilizar medidas de restrições nos próximos dias
Alexandre Santos / Matheus Morais

Colbert Martins (MDB), prefeito de Feira de Santana (Foto: Matheus Moraius/bahia.ba)
Colbert Martins (MDB), prefeito de Feira de Santana (Foto: Matheus Morais/bahia.ba)

O prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins (MDB), informou que 50% dos leitos de UTI para pacientes de Covid-19 do hospital de campanha do município estavam ocupados na manhã desta sexta-feira (7). Segundo o prefeito, com a atual taxa de ocupação, a gestão deverá flexibilizar nos próximos dias algumas medidas de restrição adotadas para conter o avanço da doença.
“É um momento em que há um decréscimo da quantidade de casos novos. Quando eu saí de lá [de Feira], nós tínhamos, dos 18 leitos de UTI no hospital de campanha, nove ocupados, 50%. Dos cinquenta leitos clínicos, 22 ocupados, praticamente alguma coisa em torno de 18% a 25%. Existe um nível de queda da incidência de casos novos e da incidência de casos novos. Não significa que a transmissão diminuiu. Ela reduziu, mas continua tão grave quanto”, declarou Colbert ao bahia.ba.
“Nós estamos nos pondo agora para fazer algumas flexibilizações com base nessa melhora nessa condição de transmissibilidade e, consequentemente, na diminuição dos casos graves”, acrescentou o prefeito feirense.
As declarações foram dadas no Parque de Exposições da capital, onde o governador Rui Costa (PT) entregou 74 novas ambulâncias a gestores de cidades do interior.
Na quinta (6), um boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde (Sesab) apontava que a incidência do novo coronavírus em Feira está com um coeficiente de 1.358 por 100 mil habitantes, bem abaixo de Salvador, com 2.032, de Lauro de Freitas, que registra 2.277, Candeias (1.813), além da maior parte dos municípios da região metropolitana da capital.

 

·
Registered
Joined
·
95,358 Posts
Confira como vai ser a flexibilização do transporte intermunicipal na Bahia
Cidades distantes até 100 km de Salvador terão a circulação de ônibus liberada entre si e transportes hidroviários voltam a operar nos horários regulares

[Confira como vai ser a flexibilização do transporte intermunicipal na Bahia]
Foto : Alberto Coutinho/GOVBA

A flexibilização do sistema de transporte intermunicipal na Bahia terá diversos protocolos de segurança e valerá para ônibus, lanchas, ferry-boats e catamarãs. O governador Rui Costa divulgou ontem (6), durante o programa Papo Correria, que caso a taxa de ocupação dos leitos de UTI em Salvador permaneça abaixo de 70%, o serviço será retomado de forma gradativa. O ponto de partida será a liberação da circulação de ônibus e embarcações entre cidades distantes até 100 quilômetros da capital.
No sistema hidroviário (Ferry-boat e lanchas), continua valendo a ocupação máxima em 50%, mas serão retomados os horários regulares, incluindo sábados, domingos e feriados. As lanchas voltam a funcionar a partir das 5h00 até as 21h, e os ferries com saídas de hora em hora, de 5h às 23h30. A operação dos catamarãs que fazem a travessia para Morro de São Paulo será retomada, cumprindo o quadro de horário regular e também com restrição de embarque de 50% da capacidade das embarcações.
Os ônibus intermunicipais vão poder circular com 50% de ocupação, venda de passagens antecipadas e testagem dos funcionários. Fazem parte desta categoria 42 municípios, que terão os transportes liberados entre si, a exemplo das cidades de Salvador, Feira de Santana, Alagoinhas e Santo Antônio de Jesus, não podendo operar fora do raio definido.
As saídas e chegadas de transporte interestadual também poderão ser retomadas apenas nas 42 cidades listadas a seguir, cumprindo todos os protocolos citados, a exemplo de Salvador X Aracaju. Linhas interestaduais de municípios que não estão na lista não poderão operar.
Já as operações das linhas metropolitanas serão retomadas em todas as cidades com ligação rodoviária. Salvador, Lauro de Freitas e Simões Filho, que mantinham linhas operando devido à ligação física entre os municípios, passam a operar também com Camaçari, Candeias, Dias D’Ávila, Madre de Deus, Mata de São João, Pojuca, São Francisco do Conde e São Sebastião do Passé.
Além das novas regras, continuam em vigor medidas de higienização regular e proibição de entrada e permanência de passageiros sem máscara facial em embarcações, veículos e terminais. Nos terminais, o funcionamento dos guichês deverá cumprir os protocolos impostos pelos órgãos de saúde e fazer cumprir medidas de distanciamento entre passageiros e funcionários. As medidas serão adotadas em todo o plano de retomada dos serviços em transportes, e foram definidas a partir de critérios técnicos.

Confira como fica a retomada gradativa de cada categoria
TRANSPORTE HIDROVIÁRIO

  • Ferry-boat (Salvador – Itaparica)
    • Saídas de hora em hora, nos dois sentidos, das 5h00 às 23h30
  • Lanchas (Salvador – Vera Cruz)
    • Saídas de Vera Cruz: 5h00 às 19h30
    • Saídas de Salvador: 6h30 às 21h00
  • Catamarãs (Salvador - Morro de São Paulo)
    • Saídas de Salvador: 9h00, 10h30, 13h30 e 14h30
    • Saídas de Morro de São Paulo: 9h00, 11h30 e 15h00
TRANSPORTE METROPOLITANO
  • Retorno das operações de linhas entre as cidades de:
    • Camaçari
    • Candeias
    • Dias D’Ávila
    • Madre de Deus
    • Mata de São João
    • Pojuca
    • São Francisco do Conde
    • São Sebastião do Passé
TRANSPORTE RODOVIÁRIO INTERMUNICIPAL - 42 cidades
  • Autorizado retorno de mais de 100 linhas de longa distância, intermunicipais, distantes de Salvador em até 100 km. Cidades fora deste raio não estão autorizadas a retomar os transportes, com quadro de horário regular.
  • Retorno das operações de linhas entre as cidades de:
    • ALAGOINHAS
    • AMÉLIA RODRIGUES
    • ANTONIO CARDOSO
    • ARAÇAS
    • ARAMARI
    • ARATUÍPE
    • CACHOEIRA
    • CATU
    • CONCEIÇÃO DA FEIRA
    • CONCEIÇÃO DO ALMEIDA
    • CONCEIÇÃO DO JACUIPE
    • CORAÇÃO DE MARIA
    • CRUZ DAS ALMAS
    • DOM MACEDO COSTA
    • FEIRA DE SANTANA
    • GOVERNADOR MANGABEIRA
    • IPECAETÁ
    • IRARÁ
    • ITANAGRA
    • JAGUARIPE
    • MARAGOGIPE
    • MUNIZ FERREIRA
    • MURITIBA
    • NAZARÉ
    • PEDRÃO
    • SALINAS DA MARGARIDA
    • SANTO AMARO
    • SANTO ANTÔNIO DE JESUS
    • SANTO ESTEVÃO
    • SÃO FELIPE
    • SÃO FELIX
    • SÃO GONÇALO DOS CAMPOS
    • SAUBARA
    • TEODORO SAMPAIO
    • CAMAÇARI
    • CANDEIAS
    • DIAS D'ÁVILA
    • MADRE DE DEUS
    • MATA DE SÃO JOÃO
    • POJUCA
    • SÃO FRANCISCO DO CONDE
    • SÃO SEBASTIÃO DO PASSÉ
 

·
.
Joined
·
129,270 Posts
Prefeita suspende ‘toque de recolher’ e autoriza reabertura de bares e praias
Decreto também permite o funcionamento de barracas na praia e restaurante
Redação

Foto: Reprodução/Porto na Balada
Foto: Reprodução/Porto na Balada

A prefeita de Porto Seguro, Cláudia Oliveira (PSD), editou nesta quinta-feira (6), o decreto nº 10 970/20, suspendendo as restrições de circulação no município e autorizou a reabertura de bares, restaurantes e as praias para banhistas e comerciantes.
No entanto, só poderão reabrir as barracas de praia que tiverem o selo do programa “Porto Mais Seguro”. Os estabelecimentos ainda terão que cumprir outras como ocupação máxima de 50% da capacidade, o que vale também para os bares e restaurantes, além das regras de higiene e distanciamento social.
Outros estabelecimentos comerciais e serviços, além de casas noturnas, escolas e cinema seguem ainda sem autorização para reabrirem as portas.

 

·
Registered
Joined
·
95,358 Posts
SAÚDE: ESTADO INVESTE R$ 5 MILHÕES PARA ENTREGA DE AMBULÂNCIAS A MUNICÍPIOS BAIANOS
SAÚDE: ESTADO INVESTE R$ 5 MILHÕES PARA ENTREGA DE AMBULÂNCIAS A MUNICÍPIOS BAIANOS
admin 7 Agosto, 2020
O governador Rui Costa entregou 74 ambulâncias e seis veículos administrativos para municípios de diferentes regiões do estado. A entrega ocorreu no Parque de Exposições com a presença de prefeitos, prefeitas e os deputados que destinaram suas emendas parlamentares para viabilizar a entrega dos veículos.
“Essas ambulâncias chegam em um momento muito oportuno. Já havíamos entregue uma quantidade na semana passada para os municípios da Bahia, e hoje entregamos mais 74 ambulâncias pra reforçar a atenção básica dos pacientes. Na próxima semana teremos uma nova entrega de mais uma quantidade de ambulâncias para quem sabe em breve chegar próximo ao número de 400 municípios com novas ambulâncias, dando assistência também aos pacientes de Covid-19”, afirmou o governador.
A entrega representa um investimento de aproximadamente R$ 5 milhões e beneficia 63 municípios, o Hospital de Base de Vitória da Conquista e a Santa Casa de Oliveira dos Campinhos em Santo Amaro. Cinco veículos administrativos, incluindo uma picape modelo Ranger foram destinados a Feira de Santana e outro veículo para Ibipeba.
Entre as cidades que receberam uma ambulância nova está Nova Soure, que fica a 250 quilômetros de Salvador. O prefeito do município, Cassinho, afirma que o veículo melhora a prestação de serviço à população. “Nós temos muita demanda de transferência, de viagem, transferência, consulta e um equipamento novo como esse traz conforto, dignidade e respeito à população”.
Os municípios que receberam as ambulâncias são: Amargosa, Anagé, Andorinha, Aracatu, Barro Alto, Belmonte, Biritinga, Botuporã, Brejões, Cairu, Camamu, Campo Formoso, Candeias, Cândido Sales, Canudos, Capela do Alto Alegre, Capim Grosso, Coité, Crisópolis, Curaçá, Dom Basílio, Elísio Medrado, Esplanada, Euclides da Cunha, Filadélfia, Ibipeba, Igrapiúna, Ipecaetá, Ipirá, Iramaia, Itabuna, Itagimirim, Itaguaçu da Bahia, Itamari, Itiúba, Ituberá, Jandaíra, Lauro de Freitas, Licínio de Almeida, Maragogipe, Mascote, Miguel Calmon, Mirangaba, Morro do Chapéu, Nova Fátima, Nova Ibiá, Nova Soure, Olindina, Paulo Afonso, Pedro Alexandre, Pilão Arcado, Porto Seguro, Remanso, Rio Real, Rodelas, Santa Luz, Santo Amaro (Santa Casa de Oliveira dos Campinhos), Saubara, Serra Preta, Ubaíra, Ubatã, Uibaí e Vitória da Conquista.

 
  • Like
Reactions: Will_NE

·
Registered
Joined
·
95,358 Posts
Agricultura irrigada qualifica vinhos produzidos na região do São Francisco
Comitiva com o Ministério de Desenvolvimento Regional visitou três vinícolas da região, e foi liderada pelo vice-governador e secretário de Desenvolvimento, João Leão


Foto: Ascom/SDE

Foto: Ascom/SDE

Além da safra de uvas de qualidade, a agricultura irrigada na região do Vale do São Francisco possibilitou também a produção de variedade de rótulos premiados de vinhos. Nesta sexta-feira (7), uma comitiva técnica do Governo da Bahia visita as instalações de três casos de sucesso na região: a Miolo Wine Group, a Rio Sol e a GrandValle.
Chefiada pelo vice-governador da Bahia, João Leão, secretário de Desenvolvimento Econômico, a delegação está na região desde a última quarta-feira (05) e é composta pelas secretarias estaduais da Agricultura (Seagri) e do Desenvolvimento Rural (SDR), por membros do Ministério de Desenvolvimento Regional (MDR), Federação da Agricultura e Pecuária do Estado da Bahia (Faeb), Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) e Universidade do Vale do São Francisco (Univasf).
“Esta é uma região abençoada, além da aptidão agrícola, da produção de vinhos premiados, espumantes de qualidade, sucos, doces e geleias, a vocação para o enoturismo começa a chamar a atenção e atrair interesses de turistas. E não teria junção melhor que a receptividade do baiano em uma região lindíssima, onde as pessoas podem consumir produtos regionais com atributos locais. Queremos incentivar ainda mais, para que o desenvolvimento continue crescente”, destaca o vice-governador João Leão, titular da SDE.
Foto: Ascom/SDE

Foto: Ascom/SDE

De acordo com o secretário da SDR, Josias Gomes, o cultivo de uva na Bahia vem crescendo com uma expressiva importância, tanto do ponto de vista econômico quanto da expansão na agricultura baiana: “Temos uma diversidade de cultivos e a possibilidade de ampliar o uso da uva. Além da produção vinícola, que tem sido destaque e ganhado concursos, inclusive internacional, enxergamos a possibilidade de especializar agricultores familiares, que já produzem uvas em Casa Nova, na fabricação de sucos e vinhos através de uma cooperativa”, afirma.
“A gente fica super entusiasmado quando chega aqui no Vale do São Francisco, não só na Bahia, mas também em Pernambuco, estado com quem mantemos uma parceria. Temos uma aptidão agrícola espetacular, um recurso hídrico que nos ajuda muito, através do Rio São Francisco. O que a gente vê é essa aptidão da região com bons vinhos que tem se destacado de forma internacional, agregando mais valor à produção da nossa de uva. Visitando algumas vinícolas com nosso vice-governador, ficamos muito satisfeitos com o a qualidade e quantidade produzida por hectare”, diz Lucas Costa, secretário de Agricultura.
Miolo
No último ano, a Miolo Wine Group, que produz 3,3 mil toneladas de uvas por ano e gera 120 empregos diretos, investiu R$ 1 milhão em melhorias na unidade baiana. Com a modificação da caldeira de óleo diesel para gás, passaram a usar uma energia mais limpa. Um novo maquinário foi adquirido para aumentar a quantidade de garrafas/dia, além da compra de máquinas agrícolas e investimento para melhorar capacidade de processamento de frutas. A Vinícola Terranova, no município baiano de Casa Nova, produz 2,5 milhões de garrafas de espumante por ano, representando 85% de toda produção de espumante do grupo.
Rio Sol
A matéria-prima dos vinhos brasileiros da marca Rio Sol vem da Vitivinícola Santa Maria, que apostou na implantação de sua unidade no Vale de São Francisco, uma faixa de terra entre Pernambuco e Bahia. Com sol o ano inteiro e um sistema de irrigação por gotejamento, os técnicos da empresa conseguem simular o período de hibernação da planta em um tempo menor, o que permite duas safras de uvas por ano. Entre as espécies plantadas nos 120 hectares da fazenda, estão uvas como a Cabernet Sauvignon, Syrah, Touriga Nacional, Alicante Bouschet e Tempranillo, além de uvas brancas como Chenin Blanc, Viognier, Arinto, Fernão Pires e Moscato Canelli. No total, são cerca de 2 milhões de garrafas por ano, entre espumantes e vinhos. A empresa possui 10 hectares de área experimental, onde novas variedades são testadas e como se adaptam à região.
GrandValle
Instalados há 32 anos em Casa Nova, na Bahia, a GrandValle possui 700 hectares de fazenda própria e produtos diversificados. O vinho de mesa é elaborado com uva americana, disponível na versão seca e suave. Suas receitas de doces e geleias são de família e prometem o gostinho das frutas produzidas na própria fazenda. O suco de uva é 100% natural sem adição de açúcar, água ou conservantes. A pecuária é outro negócio da empresa que investe em cordeiros de corte.


 
  • Like
Reactions: Will_NE

·
Registered
Joined
·
95,358 Posts
Municípios do oeste baiano disponibilizam tabela do Valor da Terra Nua 2020







O VTN é o valor do imóvel rural, em hectares. (Foto: Aiba/Ascom)Com o objetivo de estabelecer parâmetros para o cálculo do Imposto Territorial Rural (ITR), que incide diretamente nos custos da produção agrícola, os departamentos de tributos dos municípios disponibilizam, anualmente, o Valor da Terra Nua (VTN). A Lei nº 9.393, de 1996, determina que o VTN é o valor do imóvel rural, em hectares, excluindo os preços de mercado relacionados às construções, instalações e benfeitorias; culturas permanentes e temporárias; pastagens cultivadas e florestas plantadas.
Em 2020, a Receita Federal prorrogou o prazo, e os entes federativos tiveram até 30 de junho para enviar as declarações. Confira, abaixo, o VTN para os municípios de Baianópolis, Barreiras, Correntina, Formosa do Rio Preto, Jaborandi, Luís Eduardo Magalhães, Riachão das Neves e São Desidério.
Em 15 de março de 2019 a Receita Federal publicou a Instrução Normativa 1.877, estabelecendo novos critérios para a definição do VTN. Os critérios anteriores, mais abstratos, deram lugar a regras substanciais, tendo como base três elementos principais: localização do imóvel, dimensão das terras e a capacidade – aptidão – de exploração dos recursos pelo proprietário.


 

·
Registered
Joined
·
95,358 Posts
#Chapada: Lençóis apresenta ‘plano de controle e reabertura do turismo’; previsão é que atividades retornem em setembro
O prefeito Marcão aponta que, caso haja aumento expressivo do número de casos de covid-19, poderá ser decretado novamente o fechamento ou mesmo o ‘lockdown’.



A expectativa é que a partir de 1º de setembro de 2020 visitantes possam entrar na cidade | FOTO: Túlio Saraiva |


A prefeitura de Lençóis, na Chapada Diamantina, apresentou na última terça-feira (4), durante transmissão ao vivo pelas redes sociais, a fase de preparação e adequação do ‘plano de controle e reabertura do turismo’ no município. Conforme nota de assessoria, a expectativa é que a partir de 1º de setembro de 2020 visitantes possam entrar na cidade. No entanto, isso dependerá diretamente da adesão e comprovação das empresas de turismo aos novos protocolos sanitários e também da situação geral do sistema de saúde.
O prefeito Marcos Airton (Republicanos), o popular Marcão, ressalta, por exemplo, que caso haja aumento expressivo do número de casos de covid-19 “poderá ser decretado novamente o fechamento ou mesmo o ‘lockdown’ na cidade”. Ele destaca ainda que as atividades serão retomadas de forma gradual e monitorada. “A ideia não é, nesse primeiro momento, lotar a cidade, mas sim reaquecer aos poucos a economia e oferecer a oportunidade de nos adequarmos gradualmente às novas normas e comportamentos sanitários. Temos um grande compromisso social e este passo tem que ser dado com responsabilidade”, frisa o gestor.
A outra novidade que vem sendo estudada para melhoria constante do setor é a cobrança de taxa de turismo, que deve ser implantada em breve. No primeiro momento da abertura, apenas visitantes com reservas já realizadas em meios de hospedagem com o cadastro do Ministério do Turismo (Cadastur) e alvará de funcionamento especial pandemia, e com apresentação do comprovante na barreira sanitária, poderão entrar em Lençóis. O processo de autorização de funcionamento incluirá instruções online para cumprimento de protocolos, vistoria pela equipe de saúde com orientações personalizadas e assinatura de termo de responsabilidade sanitária.
Os protocolos exigem, por exemplo, a aferição de temperatura antes do ‘check-in’ e consumo em restaurantes, suspensão de funcionamento de área de lazer infantil e uso obrigatório de máscara. Recomendam ainda a elaboração de políticas específicas a serem adotadas e comunicadas aos visitantes pelos prestadores de serviços turísticos: para remarcação da viagem, cancelamento, no-show (não comparecimento), por exemplo. Além disso, há também orientações caso seja identificado um suspeito de contaminação.
O plano de controle da reabertura do turismo de Lençóis baseou-se nos manuais atualizados das entidades representativas, de qualificação, e nas demais normas vigentes de saúde, analisados em longas reuniões setoriais no Conselho Municipal de Turismo (Contur). O termo de responsabilidade sanitária precisará ser assinado e cumprido por todas as empresas ligadas aos diferentes setores do turismo: meios de hospedagem, alimentos e bebidas; agências de turismo; transporte turístico; atrativos turísticos; guias de turismo e condutores; eventos e artesanato (produção associada ao turismo).
Confira alguns dos prazos principais estabelecidos no plano:
Até 10 de agosto –
prazo para que empresas de turismo e prestadores de serviços enviem por e-mail ([email protected]) os protocolos já criados para análise e validação pela Prefeitura Municipal. Estabelecimentos devem indicar fontes de pesquisa utilizadas para criação dos protocolos. Caso ainda não possua o documento, poderá aguardar a publicação no Diário Oficial e divulgação pela Secretaria de Turismo e Cultura e Conselho Municipal de Turismo.
Até 14 de agosto – publicação oficial da lista municipal de protocolos sanitários obrigatórios para prestadores de serviço e empresas do turismo em Lençóis.
A partir de 14 de agosto – realização de eventos online para orientações sobre os protocolos e marcação das vistorias.
A partir de 20 de agosto – realização de vistorias aos estabelecimentos interessados na abertura.
A partir de 20 de agosto – assinatura do Termo Sanitário pelas empresas aptas a voltar a funcionar.
A partir de 20 de agosto – análise do percentual de empresas adequadas e dos serviços que poderão ser oferecidos aos visitantes.
1º de setembro – Possível reabertura para o turismo em Lençóis – Essa data poderá ser alterada a qualquer momento. Condicionada ao número de empresas com termo sanitário aprovado pela Vigilância Sanitária; às condições gerais do sistema de saúde; e às recomendações das autoridades sanitárias sobre a pandemia do novo coronavírus.

 

·
.
Joined
·
129,270 Posts
Bahia tem 4,2 mil novos casos e passa de 187,8 mil infectados pelo coronavírus
Apesar dos números, proporção de pessoas recuperadas é maior: 90,1% dos pacientes venceram a doença, o que representa 169.322 pessoas

Estela Marques

Foto: Bruno Concha/ Secom PMSFoto: Bruno Concha/ Secom PMS

Os números da pandemia do novo coronavírus na Bahia foram atualizados pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab) no início da noite desta sexta-feira (7). Chega a 187.892 o total de casos confirmados da Covid-19 no estado, desde o início da pandemia, após a inclusão de 4.202 novos diagnósticos nas últimas 24 horas.
O número de óbitos também foi alterado, subindo para 3.843 com as 54 notificações no mesmo período. A taxa de letalidade da doença no estado está em 2,06%, a sétima menor entre as unidades da federação do país.
Apesar dos números, a proporção de pessoas recuperadas é maior. Segundo informado pela Sesab, 90,1% dos pacientes se recuperaram da Covid-19. Em números absolutos, são 169.322 pessoas que venceram o novo coronavírus.
Outras 14.727 pessoas ainda estão com o vírus ativo. Dessas, 13.248 estão se tratando em casa. Os outros 1.479 pacientes estão internadas em leitos clínicos (724), o que representa taxa de ocupação de 45%, e em leitos de UTI (755), o que deixa a taxa de ocupação em 64%.
Salvador segue com maior proporção dos casos de Covid-19 no estado, com 61.547 diagnósticos desde o início da pandemia. O número de óbitos chega a 2.322.
Nesta sexta-feira (7), a capital chegou à marca de 59% de ocupação dos leitos de UTI, mantendo a tendência de queda dos últimos dois dias. A taxa de ocupação dos leitos clínicos Covid-19 na cidade é 50%.

 

·
.
Joined
·
129,270 Posts
Justiça extingue mandato de prefeito de Fernando Gomes em Itabuna
Juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública determinou também a perda dos direitos políticos do até então prefeito
Redação

Foto: Rodrigo Aguiar/ bahia.baFoto: Rodrigo Aguiar/ bahia.ba

Eleito vice-prefeito, Fernando Vita vai assumir a gestão do município de Itabuna., Isso porquê o juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública de Itabuna, Ulisses Maynard Salgado, determinou a extinção do mandato do prefeito Fernando Gomes (PTC). A ação é movida pelo Ministério Público Estadual.
Gomes ficou conhecido durante a pandemia quando afirmou que iria reabrir o comércio “morra quem morrer”. Na decisão da Justiça publicada nesta sexta-feira, ele também foi condenado à perda dos direitos.
O prefeito afastado havia sido condenado em primeira instância por crime de improbidade administrativa e a defesa teria perdido prazo para recurso no Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), o que resultou em condenação à perda do cargo.
Segundo o site local Pimenta, o presidente da Câmara de Vereadores de Itabuna, Ricardo Xavier, tem 15 dias para empossar Fernando Vita (MDB). Fernando Gomes afirmou que não foi comunicado da decisão e que vai recorrer. A seu ver, não houve perda de prazo para o recurso ao TJ.

 
4661 - 4671 of 4671 Posts
Top