SkyscraperCity banner

2861 - 2880 of 3441 Posts

·
.
Joined
·
126,057 Posts
9,1 milhões de baianos moram em casas onde alguém recebeu auxílio emergencial
Em média, o auxílio ficou em R$ 885 por domicílio na Bahia, aumentando renda média, diz IBGE

A Bahia tinha no mês de maio o segundo maior número de pessoas do país morando em residências em que alguém recebeu o auxílio emergencial do governo por conta da covid-19. Um total de 9,1 milhões de baianos de alguma maneira foram atendidos pelo auxílio, segundo o IBGE, o que significa 6 em cada 10 pessoas no estado, ou 61,2% da população. O estado que ficou à frente da Bahia foi São Paulo, com 15,2 milhões de pessoas vivendo em domicílios atendidos pelo auxílio.

Segundo os dados divulgados pelo IBGE nesta terça-feira (30), mais da metade das residências baianas receberam o auxílio em maio - 2,6 milhões de 4,8 milhões. Também é o segundo maior número absoluto, atrás somente de SP.
O auxílio emergencial é voltado aos trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos e desempregados.
Em média, o auxílio ficou em R$ 885 por domicílio na Bahia - 13º maior entre todas as unidades da federação. Pelo número de residências atendidas, o estado teve o segundo maior valor destinado às famílias nesse combate aos efeitos da pandemia. Foram cerca de R$ 2,4 bilhões. Amapá (R$ 1.028), Amazonas (R$ 983) e Maranhão (R$ 979) tiveram os maiores valores médios por domicílio, em maio.

Com o auxílio, o rendimento domiciliar per capita médio na Bahia aumentou 25,9% em maio, passando de R$ 628,70 para R$ 791,50. Ainda assim, é a quinta menor média entre os estados brasileiros.
O IBGE aponta ainda que cerca de 70% dos recursos do auxílio foram para domicílios com renda per capita de até R$ 374,90. Mas 1 em cada 5 das residências nas duas faixas mais baixas de renda (até R$ 70,70) não receberam o auxílio no mês passado, indica. São 907 mil domicílios baianos nessas duas faixas e 179,5 mil não receberam o auxílio no período. Neles vivem cerca de 476 mil pessoas não atendidas.

 

·
.
Joined
·
126,057 Posts
Centro voltará a ter medidas restritivas, anuncia ACM Neto
Pernambués, incluindo agora Saramandaia, Cabula com o Cabula VI e Resgate, Fazenda Coutos e Coutos foram incluídos na lista

O prefeito ACM Neto afirmou nesta terça-feira (30) que partes do Centro voltarão a ser incluídas nas medidas de restrições que buscam conter o avanço da covid-19. As atividades serão suspensas por sete dias na Avenida Joana Angélica, na Avenida Sete de Setembro, no Dois de Julho, na Rua Carlos Gomes e na região da Baixa dos Sapateiros. Ele ainda anunciou novos bairros que serão incluídos (veja abaixo). Todas as medidas começam a valer na quinta-feira (2).

Neto citou a aglomeração constante de pessoas na região que chamou de Centro ampliado como motivo para a retomada das restrições. O Centro registrou 491 casos do novo coronavírus, 448 destes nos últimos 30 dias e 226 apenas nos últimos sete dias, segundo dados da prefeitura.
Ele contou que foi pessoalmente à Joana Angélica ontem para observar a movimentação. "Nós havíamos alertado que era necessário que ambulantes e feirantes respeitassem as regras. Isso não aconteceu. Infelizmente não nos resta outra alternativa a não ser promover mais uma vez a interdição da Avenida Joana Angélica", diz.
O prefeito disse que mesmo com esforço da fiscalização, as aglomerações voltaram a acontecer nessa região. Haverá interdições no trânsito nas Avenidas Joana Angélica e Sete de Setembro, e no Dois de Julho. Segundo ele, somante moradores terão acesso aos locais, comprovando residência.

O número de casos da doença registrado no Centro da cidade acendeu o alerta. "Quando vi o numero eu fiquei preocupado, pessoalmente resolvi ontem visitar as ruas para ver como é que estava, de carro, e vi os problemas, tomei a decisão da gente voltar para o Centro. É fundamental esse retorno, não tem jeito", explica.
Bairros
Também hoje o prefeito prorrogou por mais sete dias o decreto com restrições em Santa Cruz, Imbuí, São Cristóvão e Beiru/Tancredo Neves. Já os bairros de Paripe, Fazenda Grande do Retiro, Engenho Velho de Brotas, Federação e Engenho Velho da Federação tiveram encerramento das medidas. Pernambués, incluindo agora a Saramandaia, Cabula com o Cabula VI e Resgate, Fazenda Coutos e Coutos foram incluídas na lista.
"Foram mais de 4 semanas em Paripe, conseguimos melhorar bastante a situação de contaminação na região. O que não significa dizer que mais adiante não tenhamos que voltar", avaliou Neto. Já em Tancredo Neves, onde a ação já vai para a terceira semana, os números de testagem positiva continuam altos, diz. "A gente vem registrando lá em geral números que oscilam entre 35% e 40% de resultados positivos dos testes aplicados pela prefeitura", diz.

Ele explicou o retorno a Pernambués, que é o terceiro bairro com mais casos de covid-19 em Salvador, atrás apenas de Brotas e Pituba. "Na primeira entrada nossa não tínhamos incluído Saramandaia, dessa vez incluiremos", afirmou. São 733 casos ao todo no bairro, com 35 em Saramandaia. Nos últimos 30 dias foram 613 casos - 198 destes em apenas sete dias.
Também o Cabula volta a ter a medida, mas agora incluindo o Cabula VI e o Resgate, ao contrário do que aconteceu da primeira vez. O bairro tem 593 casos de covid-19. "Toda poligonal vai ser alcançada".
Bairros com restrições prorrogadas
Santa Cruz
Imbuí
São Cristóvão
Beiru/Tancredo Neves

Bairros com restrições a partir do dia 2
Centro ampliado
Pernambués, incluindo agora a Saramandaia
Cabula com o Cabula VI e Resgate
Fazenda Coutos e Coutos

Bairro com restrição vigente até o dia 1º
Pau da Lima

 

·
.
Joined
·
126,057 Posts
Quarta parcela do Salvador por Todos começa a ser paga na próxima sexta (3)
Ambulantes, baianas de acarajé, guardadores de carro, taxistas, mototaxistas e motoristas de app estão entre os que têm direito

O pagamento da quarta parcela do benefício Salvador por Todos, no valor de R$ 270, começa a ser realizado na próxima sexta-feira (3) . De acordo com a legislação aprovada na Câmara de Vereadores e sancionada pelo prefeito ACM Neto, o benefício continuará a ser concedido a trabalhadores informais em julho, podendo ser prorrogável por outros dois meses.

O auxílio já alcançou mais de 37 mil trabalhadores informais nas três etapas anteriores. Em julho, um total de 19.716 pessoas serão beneficiadas. Criado para minimizar os efeitos econômicos e sociais da da pandemia do novo coronavírus, o Salvador por Todos está sendo pago em agências da Caixa Econômica Federal (CEF), do Bradesco e lotéricas, de acordo com o cronograma definido por ordem alfabética dos nomes dos beneficiários.
Para a secretária da Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza (Sempre), Juliana Portela, o planejamento evita aglomeração nas agências. “Vamos iniciar o pagamento da quarta parcela do auxílio para trabalhadores com inicial do nome letra A, ainda nesta semana, na sexta-feira. É um suporte fundamental para famílias que foram afetadas com a crise da pandemia, e que demonstra o cuidado da gestão municipal com a população mais vulnerável”, afirmou.
Ambulantes, barraqueiros, donos de quiosques, baianas de acarajé, guardadores de carro, recicladores, baleiros, taxistas, mototaxistas e motoristas de aplicativo - as três últimas categorias a partir de 60 anos - estão entre os que têm direito ao benefício.

Documentos – Os trabalhadores informais e individuais com direito ao benefício que pretendem sacá-lo na rede lotérica ou nos caixas eletrônicos de autoatendimento das agências bancárias devem levar documento de identidade e um dos seguintes cartões: Primeiro Passo, Cartão Cidadão ou do Bolsa Família. Quem não possui nenhum destes precisa se dirigir ao atendimento de balcão em qualquer agência portando o número do NIS e documento de
identidade.

 

·
.
Joined
·
126,057 Posts
ACM Neto prorroga decretos que suspendem atividades em Salvador
Prorrogação vale por sete dias; prefeitura e governo trabalham em protocolo para retomada

O prefeito ACM Neto prorrogou nesta terça-feira (30) por mais sete dias todos os decretos de atividades econômicas em Salvador, o que significa que shoppings, restaurantes, bares e outros comércios devem continuar fechados. "Chegou a hora, sim, da gente apresentar esse plano de retomada", diz Neto, que explicou porque isso não aconteceu hoje.

Ao invés de prorrogar por 15 dias, como fazia normalmente, Neto explicou que optou por um período mais curto porque está fechando um planejamento conjunto com o governo do estado para a retomada de algumas atividades, como mencionou ontem. Ele acredita que em uma semana esse protocolo já deve estar concluído e será apresentado.
Com a decisão, continuam sem poder funcionar shoppings, bares, restaurantes, serviços não essenciais, teatros, casas de show e academia, entre outros, pelo menos até 7 de julho. A flexibilização das atividades deve seguir planos com protocolos para cada área específica. "Desde sempre venho colocando que essa retomada quando acontecer será de forma lenta, gradual e progressiva", diz.
Para Neto, é importante prefeitura e governo terem um plano conjunto. "A experiência que se sucedeu em outros lugares mostra que essa (planos separados) não é a melhor estratégia. Você corre riscos de ter critério, regras distintas. Isso pode gerar confusão nas pessoas diretamente afetadas, nos cidadãos, na imprensa", explica. Antes, cada um trabalhava em um protocolo próprio, mas agora haverá um comitê unificado. O trabalho já começou, mas segundo o prefeito ainda faltam "alguns ajustes".

"Mesmo que a gente apresentasse nosso plano hoje nenhuma atividade voltaria antes do dia 7", disse ainda. "Então não há nenhum prejuízo na prática", diz.
As escolas das redes públicas e privadas, conforme o prefeito já havia adiantado, terão suspensão de atividades prorrogadas por mais 15 dias.

 

·
.
Joined
·
126,057 Posts
Mais de 80% dos 417 municípios baianos estão com transporte suspenso
Novo decreto inclui mais 41 municípios com restrições no transporte; total chega a 345

O transporte intermunicipal será suspenso em Araçás, Aracatu, Barra do Mendes, Boa Vista do Tupim, Bom Jesus da Serra, Boquira, Cafarnaum, Canavieiras, Canudos, Carinhanha, Cipó, Fátima, Feira da Mata, Firmino Alves, Heliópolis, Ibiassucê, Ibiquera, Ichu, Itagi, Itagimirim, Itamari, Itaquara, Itiruçu, Jacaraci, Jiquiriçá, Jucuruçu, Lajedo do Tabocal, Macururé, Mucugê, Palmas de Monte Alto, Paratinga, Pé de Serra, Piritiba, Presidente Jânio Quadros, Ribeirão do Largo, Santa Maria da Vitória, Santana, Santa Rita de Cássia, São Félix do Coribe, São Miguel das Matas e Tremedal, a partir de quarta-feira (1º de julho).

A decisão, que foi publicada em decreto no Diário Oficial do Estado (DOE) nesta terça (30), tem o objetivo de conter o avanço do coronavírus na população baiana. Ficam proibidas nesses municípios a circulação, a saída e a chegada de qualquer transporte coletivo intermunicipal, público e privado, rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de vans. Também continuam suspensas, até o dia 6 de julho, a circulação, a saída e a chegada de ônibus interestaduais no território baiano.
O decreto ainda autoriza a retomada do transporte intermunicipal em Biritinga, Boa Nova, Catolândia, Mirante, Piatã e Várzea da Roça, cidades com 14 dias ou mais sem novos casos de Covid-19. No total, Bahia possui 345 municípios com transporte suspenso.

 

·
.
Joined
·
126,057 Posts
Desfile do 2 de Julho não vai acontecer pela primeira vez na história
Tradição acontece há 197 anos; homenagens serão simbólicas e sem público



As comemorações da Independência da Bahia nunca passaram por um baque como o do próximo Doisde Julho em seus quase 200 anos de história. A pandemia do coronavírus impôs uma nova rotina e impediu que baianos e turistas acompanhem o cortejo pelas ruas do Centro Histórico de Salvador. Ou mesmo que o fogo simbólico saia de Cachoeira em desfile, com destino à capital.

O CORREIO foi atrás de historiadores para procurar saber sobre eventuais crises que a festa do Dois de Julho sofreu no decorrer da história e a resposta foi unânime: não há registros que tenham freado o dia da Independência de forma tão brusca.
Membro do Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal da Bahia, Milton Moura conta que durante a II Guerra Mundial (1939-1945) o Carnaval chegou a ficar suspenso, mas o Dois de Julho continuou acontecendo normalmente.
No ano de 1943, por exemplo, a festa aconteceu debaixo de uma chuva muito forte. Há registros de uma multidão protegida com guarda-chuvas fazendo o cortejo.

Um dos maiores revezes que a festa da Independência da Bahia sofreu foi justamente no ano de seu centenário, em 1923, quando o Brasil vivia o chamado período da República Velha.
A escravidão tinha sido abolida menos de 40 anos antes, em 1888, e Milton Moura explica que essa abolição foi jurídica e formal, mas as pessoas negras escravizadas e seus descendentes seguiam sendo vistas como inferiores para as elites do país, que naquela época vivia o auge de seu processo de eugenia, com a imigração de europeus no intuito de embranquecer o país e torná-lo mais parecido com a Inglaterra e a França, as duas potências europeias da época.
Por conta disso, a imagem do Caboclo foi abolida. Não era um europeu ou um homem branco e portanto não fazia parte da imagem que o país queria ter.

"As elites baianas e brasileiras de um modo geral queriam fazer um embraquecimento do Brasil. E o Caboclo era a marca de uma independência representada por um elemento mestiço vestido de índio. E eles queriam tudo branco. Nesse tempo se acirrou a perseguição aos batuques de candomblé. Era uma coisa obsessiva de fazer o Brasil parecer um país europeu", diz Milton Moura.
O historiador Daniel Rebouças classifica esse ato de retirar o Caboclo para colocar o Senhor do Bonfim no desfile da Independência como o ápice da eugenia que se tentava no Brasil.
Ele também afirma que nem mesmo no período da Gripe Espanhola, que assolou o mundo a partir de 2018, houve algo assim, com a proibição de pessoas nas ruas.

"O 2 de Julho foi meio cambaleante durante a história. Há a procissão cívica e a popular, que normalmente é materializado nos carros do Caboclo e da Cabocla. Teve anos que o carro da Cabocla ficou preso dentro do Pavilhão da Lapinha, mas havia comemoração da Independência nas ruas, no Instituto Histórico... mas assim zero de comemoração zero, pública, na rua, eu realmente desconheço", conta.
O prefeito ACM Neto afirmou que uma parte da Fundação Gregório de Mattos até chegou a sugerir que o Caboclo desfilasse sem aglomeração e sem pessoas na ruas. Contudo, ele acredita que essa medida seria arriscada: pessoas poderiam querer seguir o percurso e moradores do Centro poderiam sair para as sacadas de suas casas para acompanhar o desfile.
"Decidimos que não haverá nenhum tipo de desfile, mesmo que fosse só do Caboclo. O que vai ocorrer é um ato pela manhã com as presenças minha e do governador. Nós vamos fazer o hasteamento da bandeira, a deposição das flores na Lapinha, sem que as pessoas tenham acesso. Será proibido o acesso de qualquer pessoa", disse o prefeito de Salvador.
Em nota, a Prefeitura de Cachoeira, município de onde sai o Fogo Simbólico na antevéspera do dia da Independência, afirmou que "reafirma seu compromisso em continuar servindo o povo cachoeirano, principalmente neste momento difícil de enfrentamento ao Coronavírus. E, de forma simbólica, lembramos e homenageamos as heroínas e heróis desta data".
Após sair de Cachoeira, a tocha passa por Saubara, Santo Amaro, São Francisco do Conde, Candeias e Simões Filho, até chegar em Pirajá no primeiro dia de julho.
Neste dia, são realizados atos simbólicos como o acendimento da Pira do largo de Pirajá, hasteamento de bandeiras e colocação de flores no túmulo de General Labatut, o mercenário francês que liderou o Exército Pacificador na Bahia.
O grande dia começa numa alvorada com queima de fogos na Lapinha, seguida do hasteamento da bandeira por autoridades.
Em seguida, acontece a colocação de Flores no monumento ao General Labatut e, na sequência, os carros emblemáticos do caboclo e da cabocla iniciam o desfile pelas ruas do bairro da Liberdade, Santo Antônio Além do Carmo, Pelourinho e Avenida Sete de Setembro, em direção ao Largo Dois de Julho.
Presidente da Fundação Gregório de Mattos (FGM), Fernando Guerreiro confessa que tem uma relação profunda com a festa e por isso postergou a decisão de cancelar os festejos o mais tarde possível.
No entanto, a FGM não vai deixar o dia da Independência da Bahia passar batido: fará uma série de ações como a exibição de documentários, palestras e outras iniciativas que, nas palavras de Guerreiro, "darão oportunidade de ver a festa de binóculo e voltar com mais estudo e animação".
"O Fois de Julho é uma festa absolutamente identitária. Só tem aqui na Bahia e não existe nada parecido em lugar nenhum do mundo. É uma festa cívica, religiosa e profana. Foi uma dor muito grande cancelar o desfile, mas é um evento que tem aglomeração por si só e realmente não seria possível de fazer", disse Guerreiro.
O tema, que já estava definido antes mesmo da pandemia, dialoga muito com o que se vive na capital, no estado, no país e no mundo. "Sonho de Liberdade". Um mote simbólico, forte e resistente. Combina com a Independência. Combina com a Bahia.

 

·
.
Joined
·
126,057 Posts
'Não dá para liberar praias', define ACM Neto
Neto também afirmou que eventos não serão incluídos no planejamento de retomada das atividades econômicas
['Não dá para liberar praias', define ACM Neto]
Foto : Macaco Gordo
Por João Brandão e Danielle Campos no dia 30 de Junho de 2020 ⋅ 11:22
O prefeito de Salvador, ACM Neto, descartou hoje (30) a flexibilização na liberação das praias nos próximos dias.
Em coletiva de imprensa, o gestor da capital baiana disse que não pensa em liberar as praias, mesmo que para atividades esportivas, pois gera aglomeração.
"Não dá para liberar praias. se abrir para prática esportivas, terão aglomerações nas praias, de pessoas indo fazer atividade de lazer. Não dá para liberar com 80% dos leitos ocupados. É um sacrifício que temos que fazer. Cabe ao prefeito a decisão e minha decisão é essa. Não faço com gosto, com vontade", afirmou.
O prefeito também afirmou que eventos não serão incluídos no planejamento que está sendo elaborado junto ao Governo da Bahia para volta de atividades econômicas. "No caso de eventos, não dá pra gente imaginar ainda a hipótese de um protocolo de retomada de atividades", disse.

 

·
.
Joined
·
126,057 Posts
Penalty investe R$ 43,7 milhões na ampliação de unidades e gera 235 novos empregos
O valor de R$ 43,7 milhões será aplicado nas unidades instaladas no Sul do Estado, localizadas em Itabuna e Itajuípe
Redação

Foto: Ascom/SDEFoto: Ascom/SDE

A Bahia vai receber investimentos de R$ 45,7 milhões vindos de três fábricas que serão ampliadas. Segundo o governo do estado, a Cambuci, gestora da marca de material esportivo Penalty, será responsável pela maior fatia desse montante.
O valor de R$ 43,7 milhões será aplicado nas unidades instaladas no Sul do Estado, localizadas em Itabuna e Itajuípe. Já as Indústrias Reunidas Santos Carvalho vão investir R$ 2 milhões para ampliar indústria em Feira de Santana. Os protocolos de intenções foram assinados na segunda-feira (29), na Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado (SDE).
“Se uma empresa amplia seus investimentos, é sinal de que os negócios vão bem e sinaliza uma retomada de crescimento econômico no Estado pós-pandemia. Hoje anunciamos três empreendimentos que serão ampliados no interior do Estado. O trabalho de atração de investimentos do Governo do Estado, por meio da SDE, não para por aqui. Além de atrair novas empresas, mantemos o ambiente de negócios saudável para que outros investimentos possam ser ampliados, gerando oportunidade de emprego para o povo baiano”, afirma o vice-governador João Leão, titular da pasta.
A unidade da Penalty em Itabuna, destinada à fabricação de bolas, receberá investimentos de R$ 31 milhões e produzirá 725,6 mil produtos a mais por ano. Além de manter os 352 empregos diretos, vai gerar 127 novas vagas. Em Itajuípe, onde são produzidos confecções, meias e equipamentos, serão investidos R$ 12,7 milhões. Com a ampliação e modernização, a capacidade de produção terá um aumento de 5,5 milhões de peças ao ano e a geração de 108 novos empregos diretos, além de manter os 202 existentes.

 

·
.
Joined
·
126,057 Posts
Feira de Santana

Em Feira de Santana, as Indústrias Reunidas Santos Carvalho vão investir R$ 2 milhões na sua ampliação, com incremento da capacidade de produção de 195,3 mil fardos/ano, 206 mil litros/ano e 21,8 mil caixas/ano. A unidade industrial é responsável pela fabricação de removedor, querosene, lubrificante KO e óleo de jacarandá, vaselina KO, naftalina, água sanitária, pedra sanitária, prendedor de roupas, hastes flexíveis, palito de churrasco, palito de dente, álcool e cloro em gel. Serão criados 20 empregos e mantidos 16 já existentes.

 

·
.
Joined
·
126,057 Posts
Filarmônicas realizam encontro musical virtual para celebrar o Dois de Julho
Nove bandas de várias regiões da Bahia participam com seus maestros
Redação

Foto:: Camila Souza/GOVBA
Foto:: Camila Souza/GOVBA

Todos os anos o sol nasce diferente na Bahia no dia 2 de julho. Todos os anos, as filarmônicas da Bahia fazem um encontro em Salvador sob o céu do Dois de Julho. Este ano elas não deixarão de celebrar a grande vitória do povo da Bahia, do Brasil, mas farão cada uma sob o céu de sua cidade, no Primeiro Encontro Virtual de Filarmônicas da Bahia/29º Encontro de Filarmônicas, que marca o 29º ano consecutivo em que elas se encontram para tocar.
Tudo começa na live que acontece a partir das 18h no Facebook da FUB – Filarmônicas Unidas da Bahia e no Youtube da Fundação Gregório de Mattos, que está apoiando o evento. Com mediação de Felipe Dias, que contará com a parceria do maestro Fred Dantas na apresentação, uma extensa programação será realizada.
Na abertura, um vídeo com o Hino ao 2 de Julho, com novo arranjo feito pelo maestro Fred Dantas, dá início à celebração. Executado de forma isolada pela “Filarmônica Virtual Unida da Bahia”, com partituras editadas por Ronald Magnavita Filho, vídeo editado por Gival Filho e tocado por músicos de filarmônicas das cidades de Cachoeira, Camaçari, Caravelas, Central, Irará, Itiúba, Jacobina, Maragogipe, Morro do Chapéu, Salvador, Senhor do Bonfim e Serrinha.
As nove filarmônicas que participarão farão então suas apresentações através de vídeos e para cada filarmônica que mostrar sua música na live haverá uma entrevista ao vivo com o seu maestro. A live também estará aberta para que o público se manifeste e faça perguntas e será encerrada com o Hino ao 2 de Julho.

 

·
.
Joined
·
126,057 Posts
Escritor baiano, Edgard Abbehusen, prepara trabalho para plataforma de streaming
A produção é uma parceria com o roteirista e humorista Dudu Guimarães, que trabalhou no Programa do Porchat
Bianca Andrade

Foto: Catherine Avilés
Foto: Catherine Avilés

Quem conheceu o escritor baiano Edgard Abbehusen falando de amor nas redes sociais, pode esperar em breve ver o nome do jornalista estampando os créditos de uma série em uma plataforma de streaming.
O escritor vem trabalhando para transformar um dos seus sonhos em realidade, ao levar suas palavras para um terceiro palco.
Após conquistar as redes sociais e atualmente ocupar espaço no jornal Correio* como colunista, o jornalista contou ao bahia.ba em live, que pretende levar o piloto de uma série roteirizada em dupla com Dudu Guimarães, para frente.
“Já estou inclusive escrevendo uma série com um colega roteirista lá de São Paulo, Dudu Guimarães, a gente já tem o piloto de uma série pronta. Ele foi roteirista do Programa do Porchat, faz alguns roteiros com Paulo Vieira. É uma série que a gente já tem uma abertura para entregar tanto a Globoplay, quanto a Netflix, eu já tenho passeado nos bastidores com esse objetivo, para chegar lá”, contou.
Para o escritor, essa possibilidade só foi possível devido ao sucesso que seus textos fazem nas redes sociais. “Tudo é uma consequência do que esse público que me acompanha me deu”.
Em tempo, o baiano lança seu terceiro livro, ‘Acredite Na Sua Capacidade de Superar’, que traz um momento de reflexão para os leitores e incentiva a buscar novos caminhos, fazer novas escolhas e aprender a conviver com o que ficou.

 

·
.
Joined
·
126,057 Posts
Presidente da Andifes diz que situação de ministro da Educação é 'constrangedora'
Para Salles, mais do que ter atenção, comunidade acadêmica deve cobrar políticas públicas para a educação do país
[Presidente da Andifes diz que situação de ministro da Educação é 'constrangedora']
Foto : Metropress
Por Matheus Simoni no dia 30 de Junho de 2020 ⋅ 13:25
O reitor da Universidade Federal da Bahia (Ufba) e presidente da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), João Carlos Salles, comentou a situação do ministro da Educação, Carlos Alberto Decotelli, que já foi desmentido por três instituições sobre sua formação acadêmica. "Todos estão me procurando querendo uma posição da Andifes sobre o currículo do ministro. Não vou comentar. O que interessa à Andifes é comentar o que o ministro pode fazer e apresentar de política, qualquer que seja o ministro", declarou, em entrevista à Metrópole hoje (30).
Na avaliação de Salles, a saída esperada de Abraham Weintraub, antigo ocupante do MEC, foi um alívio, mas não representou uma esperança de dias melhores na educação do país. "Estávamos vivendo uma situação de tamanha agressividade, éramos agredidos de forma tão imensa que as pessoas imaginavam que a substituição da grosseria pela polidez resolveria os problemas. Ao contrário. A polidez pode ser mais eficaz em processos de destruição da universidade. Nossa cautela é pensar a política. Esquecer o nome, mas tendo atenção a isso. Não deixa de ser constrangedor o que estamos vendo", disse o reitor.


 

·
.
Joined
·
126,057 Posts
Gasoduto Caburé tem autorização de operação definitiva concedida pela ANP
Empreendimento na Bacia do Recôncavo integra sistema com quatro campos, explorados pela Alvopetro e Imetame
Redação

Foto: Pedro Ventura/ Agência Brasília/ Fotos Públicas
Foto: Pedro Ventura/ Agência Brasília/ Fotos Públicas

A canadense Alvopetro tem autorização definitiva para operar o gasoduto Caburé, na Bacia do Recôncavo, na Bahia. O aval da Agência Nacional do Petróleo (ANP) foi publicado no Diário Oficial da União desta terça-feira (30). O empreendiemnto integra sistema de escoamento dos campos de Cardeal do Nordeste e Cardeal do Nordeste Leste – operados pela capixaba Imetame – e Caburé e Caburé Leste, a cargo também da Alvopetro.
Neste sistema, o gás produzido pela Imetame segue até a Usina Termelétrica Prosperidade 1, em Camaçari, também operada pelo grupo capixaba. Já a Alvopetro vai escoar o proudto até a Unidade de Processamento de Gás Natural (UPGN) Caburé, em Mata de São João, que deve entrar em operação na quarta-feira (1º).
Operada pela empresa do Canadá,a UPGN será a primeira não operada pelo grupo Petrobras. O gás originado desta unidade será comercializado pela Bahiagás. O volume mensal escoado deve subir de 140 mil metros cúbicos por dia (m3/d) para 300 mil m3/d.

 

·
Registered
Joined
·
94,051 Posts
Diversos hotéis e resorts que anunciaram protocolos de reabertura estão colocando o pé no freio
Diversos hotéis e resorts que anunciaram protocolos de reabertura estão colocando o pé no freio


Os apaixonados por viagens podem começar a se planejar, mas com calma. Diversos hotéis e resorts que anunciaram protocolos de reabertura estão colando o pé no freio e reanalisando o cenário. O mais luxuoso de Itacaré já voltou atrás e adiou a sua retomada, prevista para julho, por mais 15 dias. Em Praia do Forte, um estabelecimento de grande porte pensou em começar a funcionar em 1º de setembro, mas está revisando essa data.

 

·
.
Joined
·
126,057 Posts
"Cortejo virtual" do Dois de Julho tem programação divulgada


Este ano, por conta dos limites gerados pela pandemia da Covid-19, a Academia de Ciências da Bahia (ACB) vai comemorar o 2 de julho, que marca as celebrações pelas lutas de Independência do Brasil na Bahia, de forma virtual. Substituindo o tradicional cortejo que percorre o Centro Histórico de Salvador, encontro ao vivo na rede reunirá instituições como Universidade Federal da Bahia e outras universidades e entidades federais e estaduais.
Além de nomes de destaque, como o presidente da Academia Brasileira de Ciências, Luiz Davidovich, o presidente da Andifes (Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior) e reitor da UFBA, João Carlos Salles, e a secretária de Ciência, Tecnologia e Inovação da Bahia, Adélia Pinheiro também estão inseridos na programação.
“O 2 de Julho é uma data de grande importância para a Bahia e o Brasil. Simboliza a verdadeira Independência do país. Nesse sentido, a ACB resolveu, mais uma vez, liderar uma manifestação neste dia. O nosso objetivo é despertar e reforçar na população o “valor da ciência”, bem como revelar o perigo que a atual situação de penúria orçamentaria representa para o seu futuro”, observa Jailson Andrade, presidente da Academia de Ciências da Bahia.
A comemoração virtual do 2 de Julho será marcada por um ampla programação de atividades, a partir das 9 horas, quando acontece a mesa de abertura, com pronunciamentos do presidente da ACB, Jailson Andrade, e convidados. Na parte da tarde, das 14 às 17 horas, estão concentradas as mesas de discussões, que abordarão temas como o próprio significado histórico, político e social da data, além de questões relacionadas com a pesquisa e o desenvolvimento científico na Bahia.
O sistema de transmissão online da programação é o mesmo que foi adotado recentemente pelo Congresso Virtual da UFBA, que teve uma grande audiência em todas as suas sessões. Importante observar que a Academia de Ciências da Bahia mantém o seu pioneirismo em articular as diversas áreas de atuação da ciência com um objetivo comum. “Somos a única academia do Brasil que possui representação das diferentes manifestações das ciências, pois na Academia estão reunidos pesquisadores das Ciências da Vida, Humanas, da Cultura e das Artes, presentes de forma expressiva neste ato”, lembra Jailson Andrade.
Programação
A programação do “Dois de Julho em Defesa da Ciência” terá início às 9hs, com a mesa de abertura coordenada pelo presidente da Academia de Ciências da Bahia, Jailson Andrade, com participação do presidente da SBPC, Ildeu de Castro Moreira; do presidente da Academia Brasileira de Ciências, Luiz Davidovich; do presidente da ANDIFES (Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior) e reitor da UFBA, João Carlos Salles; do presidente da Associação Brasileira dos Reitores das Universidades Estaduais e Municipais (ABRUEM), Antônio Guedes Rangel Junior; e do presidente do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (CONIF), Jadir José Pela.
Às 10 horas, a programação prossegue com uma Sessão em homenagem aos 120 anos da FIOCRUZ, que terá a participação da diretora da entidade na Bahia, Marilda de Souza Gonçalves; do presidente da Academia de Ciências da Bahia, Jailson Andrade; do presidente da Academia Bahiana de Medicina, Antônio Carlos Vieira Lopes; da secretária de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado da Bahia, Adelia Pinheiro, da presidente da Fundação Oswaldo Cruz, Nisia Trindade Lima.
Na parte da tarde, entre 14 e 17 horas, serão realizadas mesas de debates paralelas sobre temas como “Água e Desenvolvimento Sustentável”, “A Bahia e seu Papel na Década dos Oceanos”, “As Ciências Básicas”, “Os Desafios da Economia em Tempos de Covid-19 ”, “Redução das Desigualdades”, “Cultura e Arte”, além da conferência “Dois de Julho: o portal da Independência”.
Na sessão de encerramento, as 16h30, participarão o presidente da Academia de Ciências da Bahia, Jailson Andrade; a secretária da Secti, Adélia Pinheiro; o secretário estadual de Educação da Bahia, Jeronimo Rodrigues; e o diretor geral da Fapesb, Márcio Costa.

 

·
Registered
Joined
·
94,051 Posts
Contenção de encosta em Plataforma é entregue; obra vai beneficiar 300 famílias
Contenção de encosta em Plataforma é entregue; obra vai beneficiar 300 famílias

Foto: Divulgação
Cerca de 300 famílias do bairro de Plataforma, em Salvador, foram beneficiadas com a conclusão da obra de contenção de encosta na Rua Belo Monte, entregue nesta terça-feira (30).

A obra contou com investimento de R$ 984,3 mil e contemplou os serviços de solo grampeado e drenagem, com alvenaria de pedra e implantação de passeio em concreto.

O ato contou com a presença do vice-prefeito Bruno Reis (DEM) e do secretário de Infraestrutura e Obras Públicas, Luciano Sandes. “No período das chuvas, as famílias que moram lá em cima, na Rua Belo Monte, viviam preocupadas, não conseguiam ter uma noite de sono tranquila, com medo da possibilidade de acontecer um deslizamento de terra”, assinalou Bruno Reis, lembrando que o primeiro semestre de 2020 registrou a maior intensidade pluviométrica dos últimos 36 anos.

De acordo com o vice-prefeito, Salvador está mais preparada para enfrentar os períodos de chuvas intensas do que no passado. Ele destacou os investimentos para a construção de proteções de encostas, com geomantas, aplicadas em mais de 200 áreas, e também a tecnologia de solo grampeado ou cortina atirantada, levando uma solução definitiva para quase 100 locais da cidade.

O vice-prefeito ainda informou que a gestão municipal pretende instalar lâmpadas em LED em todas as ruas de Plataforma e São João do Cabrito, por meio do programa Iluminando Nosso Bairro, além de reformar cerca de 200 imóveis em situação precária pelo Morar Melhor, na região.

 

·
Registered
Joined
·
94,051 Posts
Prefeito ACM Neto é multado pelo TCM
SALVADOR



Na sessão desta terça-feira (30), realizada por meio eletrônico, o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) julgou parcialmente procedente o termo de ocorrência que apontou irregularidades relacionadas a processos seletivos simplificados para contratação de servidores pela Prefeitura de Salvador, para provimento de 1.039 vagas, no exercício de 2017. O prefeito ACM Neto foi penalizado com multa de R$3 mil, proposta pelo conselheiro Francisco Netto, relator do processo.

Segundo o relator, após análise do processo, foram encontradas irregularidades no que diz respeito a contratação de “técnico de nível superior I – suporte administrativo operacional”, vez que as atividades a serem executadas eram finalísticas da administração pública municipal, o que impede, desta forma, a contratação com base na Lei Complementar Municipal nº 65/2017. O edital previa para a função atribuições de “contribuir com a implantação e implementação de programas e projetos; contribuir para elaborar o planejamento estratégico da Prefeitura Municipal do Salvador; contribuir com estudos relacionados ao desempenho organizacional”, e exigia qualificação de nível superior de escolaridade.

Em relação à declaração do prefeito de que o aumento das despesas estaria adequado com a Lei Orçamentária Anual (LOA), compatível com o plano plurianual – PPA e com a lei de diretrizes orçamentárias – LDO, o conselheiro Francisco Netto, em concordância com o Ministério Público de Contas, afirmou que era possível a contratação de apenas 399 pessoas, enquanto que os editais previam número muito superior, com mais de 900 vagas, configurando, assim, mais uma irregularidade.

Cabe recurso da decisão.


 

·
Registered
Joined
·
94,051 Posts
Mortes violentas têm redução de 62% em Camaçari




De acordo com a Secretária de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), o município de Camaçari, o maior e mais populoso da Região Metropolitana de Salvador (RMS), registrou queda de 62,5% das mortes violentas em junho. O combate ao tráfico de drogas, responsável direto e indireto por 80% desse crimes, foi intensificado pelo 12° Batalhão da PM, pela 4ª Delegacia de Homicídios e pela 18ª Delegacia Territorial.

Foto: Divulgação SSP

Ainda segundo a SSP, entre os dias 1 e 20 de junho, deste ano, foram contabilizados seis crimes contra a vida. Nos primeiros 20 dias de maio a polícia havia contabilizado 16 mortes violentas. Em números absolutos foram dez casos a menos.
“Nos últimos 90 dias acumulamos 87 prisões, sete criminosos mortos em confronto e 29 armas apreendidas”, informou o comandante do 12° Batalhão da PM (Camaçari), tenente-coronel Gabriel Neto. Acrescentou ainda que 33 mil pessoas passaram por abordagens.
Investigações
O titular da 4ª Delegacia de Homicídios (DH), delegado Yves Silva Correia, destacou a prisão do líder de uma facção, que integrava o Baralho do Crime da SSP. “Importante ressaltar também as capturas de homicidas em Sergipe e nas cidades baianas de Alagoinhas e Ribeira do Pombal. Todos matavam em Camaçari”, explicou.
Responsável pela 18ª Delegacia Territorial (DT), a delegada Thais Siqueira, por sua vez, enfatizou a união de forças. “Estamos integrados, PM e PC, buscando soluções. A região tem complicadores como grande público flutuante de trabalhadores e turistas. Torna a cidade lucrativa pra quem comercializa drogas, pois existe alto consumo. Atuamos contra tudo isso”, completou.

 

·
Registered
Joined
·
94,051 Posts
#Bahia: Deputado quer capacitar guias turísticos e trabalhadores de restaurantes e pousadas para o pós-pandemia
O deputado cita Itaetê, Andaraí, Mucugê, Ibicoara e Morro do Chapéu, na Chapada Diamantina, Maraú, Ilhéus, Una, Taperoá, Ituberá e Canavieiras, no litoral, Bom Jesus da Lapa, com seu turismo religioso às margens do rio São Francisco, Salvador e outros municípios turísticos que têm no setor uma importante fonte de renda para milhares de trabalhadores.



O deputado estadual Eduardo Salles | FOTO: Montagem do JC/Divulgação |

Preparar guias, monitores e condutores turísticos e donos e trabalhadores de pousadas, bares e restaurantes para atuarem em conformidade às recomendações sanitárias dos órgãos de saúde em relação aos cuidados necessários à diminuição das chances de contaminação do novo coronavírus é uma preocupação do deputado estadual Eduardo Salles (PP). Presidente da Frente Parlamentar do Setor Produtivo: Agropecuária, Indústria, Comércio e Serviços, Eduardo Salles acredita que capacitar os trabalhadores ligados às áreas de turismo, eventos e lazer para a futura reabertura econômica desses setores fundamental à economia de diversos municípios turísticos.
Por meio de ofícios, Eduardo Salles já fez a solicitação ao secretário estadual de Turismo, Fausto Franco, para a capacitação de guias, monitores e condutores, e ao presidente da Fecomércio, Carlos Andrade, para o Senac (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial) treinar donos e trabalhadores de pousadas, restaurantes e bares de municípios turísticos. “Precisamos estar prontos no momento da reabertura e acredito que a qualificação dos profissionais ligados ao atendimento ao turista será um fator que permitirá a retomada de milhares de empregos à economia baiana”, justifica Eduardo Salles.
O deputado cita Itaetê, Andaraí, Mucugê, Ibicoara e Morro do Chapéu, na Chapada Diamantina, Maraú, Ilhéus, Una, Taperoá, Ituberá e Canavieiras, no litoral, Bom Jesus da Lapa, com seu turismo religioso às margens do rio São Francisco, Salvador e outros municípios turísticos que têm no setor uma importante fonte de renda para milhares de trabalhadores. “Informações sobre a importância de manter a distância, a utilização de equipamentos de segurança, como máscara e álcool em gel a 70%, a disposição do mobiliário nos estabelecimentos e outras orientações fundamentais para o turista se sentir seguro ao visitar esses municípios são apenas alguns exemplos de como podemos capacitar os trabalhadores desse setor”, explica Eduardo Salles.
“Essa capacitação vai diminuir a possibilidade de ocorrer o que acontece em outros países e estados brasileiros, que têm reaberto a economia, mas, em função do aumento de casos de contaminação pelo novo coronavírus, precisam novamente fechar o setor produtivo”, finalizou o parlamentar.


 
2861 - 2880 of 3441 Posts
Top