SkyscraperCity banner
1 - 4 of 4 Posts

·
Registered
Joined
·
1,359 Posts
Discussion Starter · #1 ·
A shipyard Arenys de Mar, the company's Aresa Boat sailing has led the construction of two hundred and five fisheries patrols by the government of Angola. The project includes training of crews, who once taught, will go to Angola to work as a fishing patterns.



 

·
Registered
Joined
·
40,873 Posts
i DON´T KNOW WHERE TO PUT IT; HENCE I PUT IT HERE....


23-12-2011 19:03

Transporte
Luanda vai ter terminais marítimos de passageiros em 2012


Luanda – Um sistema de transporte marítimo e fluvial deverá arrancar, em 2012, na província de Luanda, com a construção de terminais para passageiros no Panguila, Cacuaco, Porto de Luanda, Chicala, Mussulo, Benfica e Museu da Escravatura, informou hoje (sexta-feira), em Luanda, o ministro dos Transportes, Augusto da Silva Tomás.

De acordo com o governante, que falava na cerimónia de cumprimentos de fim de ano aos funcionários do ministério, a par dos projectos de Luanda estão em curso estudos para ligação marítima entre as cidades de Cabinda, Soyo/Pedra do Feitiço e Nzeto (Zaire), Dande (Bengo), Porto Amboim (Kwanza Sul), Lobito/Benguela e Namibe.

Já no sector fluvial, o ministro referiu-se à intenção de activar o transporte de passageiros e bens no rio Luvumbo (Kuando Kubando), por forma a ligar, por via fluvial, a província do Kuando Kubango à vizinha República da Zâmbia.

Disse que em relação às instalações portuárias no Porto Amboim, no Kwanza Sul, serão concluídos os projectos necessários, tendo em vista a construção de um porto de média dimensão. “O mesmo acontecerá em relação ao Porto do Soyo, na província do Zaire”.

Relativamente ao sector ferroviário, alertou para a necessidade de consolidar o processo de reformas em curso. Segundo afirmou, é um processo que vai decorrer a curto, médio e longo prazo.

Realçou que em Janeiro próximo a linha dos caminhos-de-ferro de Benguela vai chegar à província do Bié e no final do primeiro semestre de 2012 à cidade do Luena, no (Moxico).

http://www.portalangop.co.ao/motix/...012,5c2d813f-8316-4c99-a26e-2755bffecb73.html
 

·
Registered
Joined
·
6,698 Posts


Angola prepara recepção do primeiro ferryboat para garantir ligação a Cabinda

A Damen Shipyards prepara-se para concluir a construção do primeiro ferryboat, encomendado pelo Governo angolano e que vai assegurar a rota marítima entre Luanda e o enclave de Cabinda, anunciou o Ministério dos Transportes de Angola.


Ferryboat da Damen, construído para a Costa do Marfim (Foto: DR)

A informação resulta da visita do ministro dos Transportes angolano, Augusto Tomás, aos estaleiros em Singapura, onde assistiu hoje à cerimónia de lançamento à água do navio, do tipo "fast ferryboat", em fase final de construção naqueles estaleiros, detidos pelo grupo holandês Damen.

"O navio, adquirido pelo Governo angolano nos termos de um contrato de construção e fornecimento celebrado entre os dois países, transportará para além de passageiros, viaturas ligeiras, camiões, contentores, equipamentos e carga geral", explica o Ministério dos transportes.

Segundo a Damen, este tipo de ferryboat tem mais de 40 metros de comprimento e capacidade para transportar cerca de 450 passageiros.

Está previsto ainda o fornecimento de um navio para transporte de carga e de outro navio do tipo "fast ferry boat", para a rota Luanda - Soyo - Cabinda, de acordo com a informação disponibilizada hoje.

O objectivo passa por facilitar a ligação ao enclave de Cabinda, acessível apenas por mar ou ligação aérea, envolvendo este trabalho em curso a construção do quebra-mar e do Terminal Marítimo de Passageiros na província de Cabinda e do Terminal Fluvial de Passageiros no Soyo, província do Zaire.

O Governo não adiantou mais pormenores sobre este negócio, mas a Lusa noticiou anteriormente, em Novembro de 2016, que os holandeses do ING Bank assumiram o financiamento à compra pelo Estado angolano de um ferryboat no valor de mais de 13 milhões de euros, para assegurar as ligações ao enclave de Cabinda.

De acordo com o despacho, assinado pelo então Presidente José Eduardo dos Santos, ao qual a Lusa teve acesso, trata-se de um projecto do Ministério dos Transportes, através do Instituto Marítimo Portuário de Angola, incluído no Plano de Investimento Público.

O banco holandês ING Bank seria o "financiador do projecto", segundo o despacho, que justifica a aquisição do navio com a "necessidade de tornar mais célere o tempo de viagem de barco para a província de Cabinda no transporte de passageiros, carga contentorizada, viaturas pesadas e ligeiras".

Anteriormente, em Janeiro de 2015, o Ministério dos Transportes angolano assumiu a encomenda ao estaleiro holandês Damen para a construção de um ferryboat para assegurar as ligações ao enclave de Cabinda, a norte do país, um negócio autorizado por despacho presidencial.

De acordo com o documento, trata-se de um investimento que o executivo angolano explica com a necessidade de implementar a ligação marítima-fluvial entre Luanda (capital), Soyo e o enclave de Cabinda.

O contrato com o grupo Damen Shipyards Gorichem envolvia a construção e fornecimento de um navio ferryboat para transporte de passageiros e viaturas ligeiras no valor de 1.613 milhões de kwanzas (cerca de 13,5 milhões de euros, à taxa de câmbio da data).

O grupo holandês Damen é um dos maiores do mundo no sector e tem vindo a fornecer vários meios navais a Angola.​
 

·
Registered
Joined
·
1,359 Posts
Discussion Starter · #4 ·
Fast Ferry for Angola

Fast Ferry for Angolan Transport Ministry launched at Damen Shipyards



BY MAREX 2018-04-25 21:41:00

In a ceremony held at Damen Shipyards Singapore on 19 April, His Excellency, Dr. Augusto da Silva Tomás, Minister of Transport for the Republic of Angola officially launched the new Damen Fast RoPax Ferry 4812 ordered by the Ministerio dos Transportes through IMPA (Instituto Marítimo e Portuário de Angola). The vessel will be operated by TMA Express (Transporte Marítimo de Angola) and operate on Angola’s Atlantic coastline between the capital Luanda and Cabinda, around 400 kilometers to the north, via Soyo.

The Fast RoPax Ferry 4812 is the latest addition to Damen’s state-of-the-art Fast RoPax Ferry range. Built in aluminium, these modern vessels are fast, comfortable and fuel efficient, with a top speed of 20.5 knots and a range of 815 nm. 60 passengers can be carried on the upper deck while the lower deck can carry up to 10 cars or the equivalent and nine containers. Total cargo capacity is 123 tonnes. Two of the similar but slightly smaller 4512 series are currently operating in the Cape Verde islands.

Following her launch, the 4812 for IMPA is now completing her fitting out and finishing, and is scheduled for delivery towards the end of June 2018.

Damen Shipyards Group
 
1 - 4 of 4 Posts
Top