SkyscraperCity banner

Status
Not open for further replies.
361 - 380 of 670 Posts

·
Registered
Joined
·
7,018 Posts
^^
O pior de tudo foram as placas de concreto colocadas nas janelas da torre concluída, que tiraram 2/3 da vista. Espero que terminem a torre H com um vidro claro, do piso ao teto.
 

·
Registered
Joined
·
24,397 Posts
pmoretzs said:
^^
O pior de tudo foram as placas de concreto colocadas nas janelas da torre concluída, que tiraram 2/3 da vista. Espero que terminem a torre H com um vidro claro, do piso ao teto.
Tem
Foto?
 

·
The Modernist
Joined
·
1,080 Posts
Um janelão desses de cima ao teto e me fazem o favor de tapar metade da área com blocoes brancos pra tirar toda a vista.
-----
Esses blocoes em forma de colmeia não parecem ser estruturais, poderiam tirar tudo pra fazer janelões... Essa torre com uma bela mordenizada seria um baita apartamento.
Acredito que eles tenham alguma função estrutural sim. Niemeyer sempre teve tendência de abrir bastante as vistas, e planta sugere poucos pontos estruturais longe do perímetro.
 

·
Registered
Joined
·
7,018 Posts
Acredito que eles tenham alguma função estrutural sim. Niemeyer sempre teve tendência de abrir bastante as vistas, e planta sugere poucos pontos estruturais longe do perímetro.
Não vejo qualquer função estrutural.

Repare que toda a extremidade do prédio se encontra em balanço, havendo, portanto, momento fletor negativo nas bordas das lajes:



As hastes verticais servem como contraventamento, igualando os deslocamentos e evitando um problema que ocorreu durante a construção do prédio do BNDES: vidros quebrados em série em razão do deslocamento diferenciado das lajes.



As placas de concreto poderiam servir apenas como contraventamento entre essas hastes, mas como não há tensões relevantes no plano horizontal (salvo as cargas eólicas diluídas pela própria curvatura do prédio), certamente não possuem função estrutural.
 

·
The Modernist
Joined
·
1,080 Posts
^^
Realmente, de fato as paredes radiais são estruturais. Mas dado um balanço tão menor, o contraventamento necessário deveria ser bastante pequeno, o que ainda deixa dúvidas sobre as molduras...
Niemeyer queria apenas a forma nova, novamente? Provavelmente...
 

·
Registered
Joined
·
7,018 Posts
^^
Comparando com o prédio do BNDES, realmente o balanço é bem menor e, consequentemente, o módulo dos momentos fletores.

No BNDES, a solução para o deslocamento diferencial no plano vertical foi o reforço das lajes com nervuras; nas torres de Athaydeville, a colocação de hastes verticais.

Talvez Niemeyer tenha pensado em quebrar o ritmo muito marcado por essas hastes com um elemento mais marcante do que a própria transparência do vidro. Certo é que o velhinho não fazia nada só por fazer. Tudo é justificado, ainda que de forma às vezes um pouco vaga.
 

·
The Modernist
Joined
·
1,080 Posts
^^
É, mas isso foi se perdendo com a idade dele. A década de 80 (é dessa época o Athayde?) na obra dele ainda precisa ser mais estudada. Mas belo edifício, sem dúvidas.
 

·
Registered
Joined
·
1,661 Posts
Essas "brises" verticais do anúncio do jornal não existem na Torre Ernest Hemingway, outra torre redonda (mas envidraçada) que fica na Barra, a menos que eu esteja redondamente enganado. Eu gosto do detalhe. Poderiam fazer algo similar nas torres gêmeas ali do Athaydeville.

Interessante ver, também, que a torre inacabada era composta de apartamentos muito mais espaçosos e melhores que o da que foi concluída.
 

·
Registered
Joined
·
7,018 Posts
^^
De fato o contraventamento foi dispensado na Torre Ernest Hemingway:









Creio que não seria necessário nas duas outras torres, pois o balanço é pequeno, mas é difícil dizer sem analisar o memorial de cálculos.
 

·
The Modernist
Joined
·
1,080 Posts
^^
Foi o que pensei. Os brises verticais da outra torre lembram a pequena igreja projetada por Oscar numa das favelas do rio, não me lembro qual. Lá sim, eles tinham função estrutural, obviamente algo mais simples do que num edifício em altura.
Mas foi bastante interessante esse levantamento do Paraíso Ocupado. Bom trabalho! Me lembra do Hotel Nacional, em São Conrado, tão abandonado, ainda, mesmo com os projetos e a nova bandeira.
 

·
Registered
Joined
·
7,018 Posts
^^
Alguns elementos, tais como alvenarias, divisórias, mobiliário fixo etc., não possuem função estrutural no sistema trilítico (pilar, viga e laje), sendo considerados apenas como cargas para efeito de cálculo, mas contribuem involuntariamente com o contraventamento da estrutura, reduzindo momentos fletores e tensões de cisalhamento. Posso estar errado, mas acho que esse é um fenômeno pouco estudado pela engenharia de estruturas.
 

·
Banned
Joined
·
9,643 Posts
Essas "brises" verticais do anúncio do jornal não existem na Torre Ernest Hemingway, outra torre redonda (mas envidraçada) que fica na Barra, a menos que eu esteja redondamente enganado. Eu gosto do detalhe. Poderiam fazer algo similar nas torres gêmeas ali do Athaydeville.

Interessante ver, também, que a torre inacabada era composta de apartamentos muito mais espaçosos e melhores que o da que foi concluída.
Não é não , é exatamente a mesma coisa.
 

·
Registered
Joined
·
4,335 Posts
...
Sobre o acesso ao mergulhão na Alvorada pra quem vem da Av. das Américas

Hoje passei no local e estão fazendo uma nova agulha que parece ter esse desenho.




As agulhas da Ayrton Senna terão de ser refeitas também. Eles tem de alongar mais aquelas agulhas sobre o canteiro que divide a central da lateral.
 

·
Banned
Joined
·
5,380 Posts
Tem gente que paga



Começaram as obras do edifício que vai acolher a mais cara cobertura linear do Rio. A expectativa é que, quando ficar pronta, em 2015, por ela sejam cobrados quase 50 milhões de reais — e, por incrível que possa parecer, já se acotovelam dois empresários paulistas e um carioca na fila dos pretendentes. A 30 metros da praia, o Grand Hyatt Residences será erguido numa área de 45 000 metros quadrados (o prédio ocupará apenas 20% desse total), em um terreno localizado entre o condomínio Alfabarra e o futuro Parque Natural Municipal da Barra da Tijuca. Confira, acima, o layout da piscina e, no quadro, os números impressionantes do empreendimento.

http://vejario.abril.com.br/edicao-...ium=facebook&utm_campaign=redesabril_vejario&

O ruim é que vai ser o primeiro qua abrirá precedentes na Reserva. Falaram que o Luciano Huck que comprou.
 

·
Registered
Joined
·
8,072 Posts
Discussion Starter #379
Aparentemente, vai sair o primeiro Burger King de rua da Barra. Bati o olho no sobrado em construção na Av. das Américas, 1880, ao lado do Freeway, e percebi na hora que seria um BK. Pela construção, está parecendo que ele terá drive-thru.
 
361 - 380 of 670 Posts
Status
Not open for further replies.
Top