Skyscraper City Forum banner
1 - 20 of 71 Posts

·
Registered
Joined
·
17,157 Posts
Discussion Starter · #1 · (Edited)
Olá pessoal, nessa semana foram divulgados alguns dados espantosos sobre o cooperativismo no Paraná, as 240 cooperativas paranaenses
anunciaram um resultado de R$ 28 bilhões em 2010, valor que supera em 3 bilhões orçamento do estado. A maior parte dessa riqueza
(cerca de 90%) vem das cooperativas agropecuárias, uma rede de geração de renda que se tornou um dos pilares da economia paranaense.

Cooperativismo é o centro da vida das colônias de Entre Rios (são 5), distrito de Guarapuava, PR e o título do thread se refere a um estilo europeizado na arquitetura e organização dessas colônias (espero que gostem).

Edit: atualização na página 3.

Localização:



1-Sede do município de Guarapuava

Fonte Prefeitura Municipal

Um pouco da história:

No final da segunda guerra mundial, a organização humanitária "Schweizer Europahilfe" (Ajuda Suíça à Europa), com o apoio da ONU intermediou a imigração de 500 famílias de refugiados germânicos que foram assentados nas terras de Guarapuava
em 1951.

Entre Rios é o nome do conjunto de cinco colônias que se formaram, Jordãozinho, Cachoeira, Vitória, Samambaia e Socorro.
A população atual é estimada em 10 mil habitantes.

No mesmo ano em que foram fundadas as colônias, criou-se a Cooperativa Agrária, que existe até hoje e fornece recursos
para os produtores agrícolas da região. No período de inverno, planta-se na região cevada, aveia e trigo e no verão, soja e milho.


2-Cooperativa Agrária

Foto Cooperativa Agrária

Em épocas de colheita, não raro se vê famílias inteiras cercadas de equipamentos agrícolas trabalhando nos domingo e feriados

3-Entre Rios

Colheita........ por André U. De Salis, no Flickr


A cultura é, talvez, o traço mais marcante do lugar. A praça central é rodeada pela Igreja e pelo galpão de festas. As casas repetem
a arquitetura tradicional com os jardins floridos. Nas calçadas, grandes pinheiros enfileirados remetem às paisagens das antigas
cidades germânicas do leste europeu. O lanche da tarde é também uma herança das tradições alemãs, vidros de conservas,
geléias caseiras e bolachas variadas estão sempre à mesa.

4-Café Colonial

Foto Gerson Sobreira

5-Col. Vitória

Foto Georges Lemos

6-Praça Col. Vitória

Foto Márcio de Sequeira

7-Col. Vitória

Estrada por Douglas KS, no Flickr

Já na quarta geração, a língua predominante é ainda o alemão. Na realidade, um dialeto com fortes influências iugoslavas. E na escola, as crianças
aprendem os dois idiomas: português e alemão.

8-Colônia Jordãozinho.

Foto Sabinebh

9-"Kindergarten"

Foto Sabinebh

Um passeio de um dia é o suficiente para conhecer o que há de mais interessante: uma caminhada pelas colônias, algumas lojinhas de souvenirs,
artesanato local etc. Quem busca por um recanto para descansar, pode ser o programa perfeito. Além da possibilidade de se conhecer um pouco de
uma cultura diferente, é um lugar muito tranquilo, ideal para o descanso.

10-Entre Rios

Foto Ali Ckel

11-Igreja de Madeira na colonia Samambaia

Foto Luis Marcel Pereira

12-Col. Vitória

Foto Georges Lemos

13-Entre Rios

Foto Márcio de Sequeira

14-Ruas

Foto Ademir Zanin

15-Ruas

Foto Ademir Zanin

16-Entre Rios

Foto DouglasKS

17-Praça Nova Pátria

Foto Ademir Zanin

18-Placa em alemão e português

Foto Ademir Zanin

A maior parte das famílias reside nas colônias e possui terras para o plantio em áreas mais afastadas.

19-Foto Colonia Samambaia

Foto André U. de Salis


A Agromalte, indústria de malte que pertence a Agrária, é a maior produtora de malte do Brasil, matéria prima que vai nas cervejinhas pelo país então não poderia faltar uma micro-cervejaria produzindo chopp com lúpulo da Alemanha, fermento da Croácia e malte da Agromalte, é claro.

20-Donau Bier, Col. Cachoeira

Foto Andre U. de Salis

A riqueza gerada pela agricultura e agroindústria, criou um local de excelente qualidade de vida e renda per capita, com escolas eficientes, um bom
hospital, parques, praças, museu, estádio, emissora de rádio e bom comércio.

Via de regra, as casas dos cooperados são padrão alto:

21-Entre Rios

Foto André U. de Salis

22-Col. Vitória

Entre Rios, Paraná por Georges Lemos, no Flickr

23-Entre Rios

Foto Loivinho A. M. França

24-Entre Rios

Foto Ademir Zanin

25-Entre Rios

Foto Moacir Cruz

26-Entre Rios

Foto Wollweiter

27-Entre Rios



28-Col. Vitória

Foto Douglas KS

29-Col. Cachoeira

Moacir P. Cruz

30-Entre Rios


31-Col. Vitória

Entre Rios, Paraná por Georges Lemos, no Flickr

32-Centro Cultural Mathias Leh (exterior), na Colônia Vitória

Foto Georges Lemos

No mês de outubro, é realizada a Festa da Cevada em comemoração ao fim da colheita. A organização é da Cooperativa Agrária e a festa tem duração de
uma semana, sendo que na abertura acontece um tradicional jantar. Outras festas menores acontecem ao longo do ano.

33-Centro Cultural (interior)

Foto Georges Lemos

34-Entre Rios

Foto Zuba2008

"aquarelas do Brasil" :)

35

Colônia Entrerios - Distrito/Guarapuava por André U. De Salis, no Flickr

36

Aquarela Fields por Jean Wichinoski Fotografia, no Flickr

37

Por do sol - Entrerios (Guarapuava) por André U. De Salis, no Flickr
 

·
Lucas Santana Lima
Joined
·
461 Posts
Este lugar é muito espetacular, eu amo o estado do Paraná e o modus operandi de lá... gosto do minifundio e do cooperativismo, que traz progresso... gostei do café colonial e do centro de convenções, esses lugares mostraram q Entre Rios é além de tudo, sofisticada! ;D
 

·
M.Salim
Joined
·
618 Posts
Tomei chopp de em uma choperia artesanal em Entre Rios dois dias atrás (edit: agora que vi, era a da foto 20)!! Honestamente apesar do thread ser ótimo, o lugar ao vivo consegue ser ainda mais bonito. São várias pequenas colônias abslutamente lindas e ao mesmo tempo ricas, pois tem uma mega-cooperativa na região.

Não sei se é verdade, mas alguém do local me disse que 1/4 do malte produzido no Brasil vem dali. Portanto, a cada 4 copos de cerveja que você tomar, um deles tem o malte vindo desta região :)
 

·
Brazil
Joined
·
2,307 Posts
Uau, adorei o thread, Passageiro! Parabéns! :eek:kay:

Já sabia que Entre Rios era uma colônia elitizada... e estão aí as fotos, belíssimo lugar! Certamente um recanto de fazendeiros "mini-magnatas" da região...

Aliás, o Paraná tem várias "colônias" rurais assim e com um padrão de vida extremamente elevado... Entre Rios em Guarapuava, Witmarsum em Palmeira, Castrolanda em Castro... Até aqui em Araucária, na zona rural, tem uma vila polonesa com muitos pequenos palacetes também. Acho muito legal isso! Meu Paraná! :D

E vendo essas fotos me deu uma saudades do interior... Ponta Grossa que me espere, fds que vem estarei lá e já para passar algum tempo das férias! :lol:
 
  • Like
Reactions: snt3000

·
Registered
Joined
·
113 Posts
As colônias são muito lindas realmente. Mas, NEM TUDO SÃO FLORES.
Estou morando atualmente em Guarapuava para estudar na Unicentro, e assim, pude conhecer a formação das colônias e da própria cidade.
Grande parte das terras que hoje pertencem aos colonos alemães foram adquiridas por meios não tão claros, incluindo terras pertencentes à um quilombo próximo dali, que são reivindicadas até hoje por remanescentes de escravos, mas claro, com todo o poder político que os alemães possuem na região, o processo parece caminhar para o lado do mais forte.

Outro fato que não é real e que foi dito aqui, é de que as colônias são baseadas no minifundio. Isso não ocorre, as colônias estão no meio de grandes latifundios que dominam a região, praticamente não há pequenas propriedades, e os bairros pobres guarapuavanos concentram a maior parte dos ex-pequenos produtores regionais que migraram para a cidade devido ao processo de mecanização do campo e avanço dos latifundios, tanto é que essa região é uma das mais pobres do Paraná.

Uma pena vermos que o desenvolvimento e a riqueza mostrados aqui ficaram restritos a um pequeno grupo de estrangeiros que receberam grande incentivo governamental, enquanto outros ficaram a margem desse processo.
 

·
Registered
Joined
·
17,157 Posts
Discussion Starter · #11 · (Edited)
As colônias são muito lindas realmente. Mas, NEM TUDO SÃO FLORES.
Estou morando atualmente em Guarapuava para estudar na Unicentro, e assim, pude conhecer a formação das colônias e da própria cidade.
Grande parte das terras que hoje pertencem aos colonos alemães foram adquiridas por meios não tão claros, incluindo terras pertencentes à um quilombo próximo dali, que são reivindicadas até hoje por remanescentes de escravos, mas claro, com todo o poder político que os alemães possuem na região, o processo parece caminhar para o lado do mais forte.

Outro fato que não é real e que foi dito aqui, é de que as colônias são baseadas no minifundio. Isso não ocorre, as colônias estão no meio de grandes latifundios que dominam a região, praticamente não há pequenas propriedades, e os bairros pobres guarapuavanos concentram a maior parte dos ex-pequenos produtores regionais que migraram para a cidade devido ao processo de mecanização do campo e avanço dos latifundios, tanto é que essa região é uma das mais pobres do Paraná.

Uma pena vermos que o desenvolvimento e a riqueza mostrados aqui ficaram restritos a um pequeno grupo de estrangeiros que receberam grande incentivo governamental, enquanto outros ficaram a margem desse processo.
Tenho amigos "na colônia" :) brasileiros, guarapuavanos, quase todos falam português e alemão fluente, gente amiga, trabalhadora, contribuem significativamente para o desenvolvimento regional, por isso não acho que eles foram ou são um problema, pelo contrário: fazem parte da solução.
 

·
Registered
Joined
·
17,157 Posts
Discussion Starter · #13 · (Edited)
Realmente parece ser muito bonita e prospera!
:)
Um lugar encantador e muito próspero, o Paraná é uma potência. Otima seleção, valeu por postar. :cheers:
Este lugar é muito espetacular, eu amo o estado do Paraná e o modus operandi de lá... gosto do minifundio e do cooperativismo, que traz progresso... gostei do café colonial e do centro de convenções, esses lugares mostraram q Entre Rios é além de tudo, sofisticada! ;D
Valeu! :eek:kay:

Tomei chopp de em uma choperia artesanal em Entre Rios dois dias atrás (edit: agora que vi, era a da foto 20)!! Honestamente apesar do thread ser ótimo, o lugar ao vivo consegue ser ainda mais bonito. São várias pequenas colônias abslutamente lindas e ao mesmo tempo ricas, pois tem uma mega-cooperativa na região.

Não sei se é verdade, mas alguém do local me disse que 1/4 do malte produzido no Brasil vem dali. Portanto, a cada 4 copos de cerveja que você tomar, um veio desta região :)
Legal que você conheceu Entre Rios, M.S.! É verdade, eles respondem por 25% da produção nacional de malte. Se for lá novamente experimente o café colonial pois o melhor chopp da região você já experimentou!

Uau, adorei o thread, Passageiro! Parabéns! :eek:kay:

Já sabia que Entre Rios era uma colônia elitizada... e estão aí as fotos, belíssimo lugar! Certamente um recanto de fazendeiros "mini-magnatas" da região...

Aliás, o Paraná tem várias "colônias" rurais assim e com um padrão de vida extremamente elevado... Entre Rios em Guarapuava, Witmarsum em Palmeira, Castrolanda em Castro... Até aqui em Araucária, na zona rural, tem uma vila polonesa com muitos pequenos palacetes também. Acho muito legal isso! Meu Paraná! :D

E vendo essas fotos me deu uma saudades do interior... Ponta Grossa que me espere, fds que vem estarei lá e já para passar algum tempo das férias! :lol:
Castrolanda e Carambeí são muito bonitas e interessantes. Sobre essa vila polonesa na zona rural de Araucária, como é mesmo o nome?

Acho muito legal essas igrejas de madeira, características do interior do Paraná.
Babei horrores na foto 4.
Valeu Rene e Ushiro!
 

·
Registered
Joined
·
6,614 Posts
:drool::drool::drool:

Eu acho INCRÍVEL a prosperidade dessas cooperativas Paraná a fora. Tanto pela riqueza dos cooperados, muito caprichosos com suas casas quanto pela riqueza e desenvolvimento que essas cooperativas agregam a sua região. Juro que nunca tinha ouvido falar desse distrito de Entre Rios em Guarapuava, foi uma ótima surpresa :D

Aqui nos Campos Gerais temos algo semelhante como em todo Paraná: a Castrolanda é uma cooperativa com sede em Castro, e tem uma logística muito semelhante a de Entre Rios; com muitas mansões ao redor de sua sede, é o lugar mais lindo que eu conheço no Paraná tratando-se de áreas residenciais.
 

·
Registered
Joined
·
123 Posts
17-Praça Nova Pátria

Foto Ademir Zanin

Tá aí algo que poderia ser bem aproveitado pelos cooperados dessas colônias, que seria bom para Guarapuava como um todo. Falo do turismo de inverno que é muito pouco trabalhado no Paraná.
Na verdade não sei se não existe nenhum projeto a respeito, mas se existe pode expandir-se sem nenhuma dúvida!!
 

·
Registered
Joined
·
17,157 Posts
Discussion Starter · #16 · (Edited)
:drool::drool::drool:

Eu acho INCRÍVEL a prosperidade dessas cooperativas Paraná a fora. Tanto pela riqueza dos cooperados, muito caprichosos com suas casas quanto pela riqueza e desenvolvimento que essas cooperativas agregam a sua região. Juro que nunca tinha ouvido falar desse distrito de Entre Rios em Guarapuava, foi uma ótima surpresa :D

Aqui nos Campos Gerais temos algo semelhante como em todo Paraná: a Castrolanda é uma cooperativa com sede em Castro, e tem uma logística muito semelhante a de Entre Rios; com muitas mansões ao redor de sua sede, é o lugar mais lindo que eu conheço no Paraná tratando-se de áreas residenciais.
Gui, Castrolanda é linda mesmo, eu aproveitei para conhecer quando fui para o Cânion do Guartelá (outro lugar lindo nos Campos Gerais).


Foto Skyscrapercity
 

·
Registered
Joined
·
17,157 Posts
Discussion Starter · #17 · (Edited)
17-Praça Nova Pátria

Tá aí algo que poderia ser bem aproveitado pelos cooperados dessas colônias, que seria bom para Guarapuava como um todo. Falo do turismo de inverno que é muito pouco trabalhado no Paraná.
Na verdade não sei se não existe nenhum projeto a respeito, mas se existe pode expandir-se sem nenhuma dúvida!!
Verdade, o turismo de inverno e turismo no centro sul poderia ser muito melhor trabalhado. A foto 17 é uma "pegadinha" eheheh, não é neve, é granizo. Houve uma forte precipitação de granizo no dia 15/11 em Entre Rios, ficou tudo branco (e lindo) parecendo neve. Mas atrações turísticas na região não faltam como as cachoeiras de Prudentópolis. Pouca gente sabe mas a maior queda d`água do sul do Brasil fica num parque em Guarapuava, o Salto São Francisco, 196 metros de altura. Olha aí a foto:


Foto Aderson Sant´Ana
 
1 - 20 of 71 Posts
Top