Skyscraper City Forum banner
1 - 20 of 22 Posts

·
Banned
Joined
·
1,169 Posts
Discussion Starter · #1 ·
O Estado de S. Paulo - Brasil terá 30 mil quilômetros de novos trilhos até 2010 - SP, 10 de junho de 2007

Obras incluem Ferroanel de São Paulo, Transnordestina e Ferrovia Norte-Sul; BNDES projeta investimentos de R$ 12,5 bi

Os megaempreendimentos do setor ferroviário devem elevar em 2 mil km a malha ferroviária brasileira até 2010. Com isso, o País passará a contar com 30 mil km de novos trilhos. Nessa expansão, estão incluídas as obras do Ferroanel de São Paulo, Transnordestina, Norte-Sul, além de alguns contornos de cidades e variantes para dar mais agilidade e eficiência ao sistema, afirma o diretor-executivo da Associação Nacional de Transporte Ferroviário (ANTF), Rodrigo Vilaça.

Segundo ele, a seqüência de obras tem um grande significado para o setor, que nos últimos anos viu sua malha encolher algumas centenas de quilômetros. 'Mas ainda é muito pouco perto do que deveríamos ter', ressalta. Na avaliação dele, o ideal seria o País contar com uma malha superior a 55 mil km. Além dos 2 mil km de expansão, o setor agora vai contar com a correia transportadora da MRS, que ampliará a capacidade do transporte ferroviário no Porto de Santos e, conseqüentemente, do Brasil.

Hoje, apenas 26% do transporte é feito por meio das ferrovias, o que explica o caos vivido nos terminais marítimos brasileiros em época de safra. Todos os anos, o retrato é o mesmo: gigantes filas de caminhões esperando para embarcar os produtos rumo ao exterior. Fato que eleva o chamado custo Brasil e reduz a competitividade do produto brasileiro no mercado internacional.

Um dos projetos que devem desafogar os portos do Sul e Sudeste é a Ferrovia Norte-Sul, em construção pelo governo federal. O empreendimento, que ligará o Centro-Oeste ao Porto de Itaqui, em São Luís, no Maranhão, em breve terá novidades. Segundo o presidente da Valec, Juquinha das Neves, responsável pelo projeto, o leilão de subconcessão de um trecho da ferrovia está previsto para ocorrer até o fim deste mês.

'A Valec e a ANTT (Associação Nacional de Transporte Terrestre) fizeram todas as correções recomendadas pelo TCU (Tribunal de Contas da União). Portanto, não há mais por que esperar', diz o executivo. O leilão da ferrovia foi adiado mais de três vezes no ano passado. Alguns dizem que o preço não teria atraído investidores na época.

O modelo de subconcessão da Norte-Sul foi a forma encontrada pela Valec para fazer avançar a ferrovia, projeto lançado pelo ex-presidente José Sarney, na década de 80. O governo cogitou fazer Parceria Público-Privada (PPP), mas acabou optando pela subconcessão. Com o dinheiro arrecadado no leilão, a Valec pretende pagar empreiteiras contratadas para implantar a linha de 360 km entre Araguaína e Palmas, no Tocantins.

O projeto beneficiará nove Estados da região, desde o Maranhão até a Bahia, interligando os pólos de produção agrícola, mineral e industrial do Nordeste. O investimento total da Transnordestina está estimado em cerca de R$ 4,5 bilhões, envolvendo recursos da CSN, do BNDES, do Finor e do Fundo de Desenvolvimento do Nordeste (FDNE).

Enquanto os megaprojetos não são concluídos, as concessionárias têm cuidado do que está nas suas mãos. Só neste ano, afirma Rodrigo Vilaça, as companhias vão investir R$ 2,4 bilhões em manutenção da via, treinamento de pessoal, novas tecnologias e, principalmente, locomotivas e vagões para atender a uma demanda cada vez maior. A estimativa do BNDES é de que, até 2010, o sistema ferroviário receba cerca de R$ 12,5 bilhões em investimentos.
 

·
Registered
Joined
·
686 Posts
Que adianta, ferrovia só pra frete? tem que usar as ferrovias pra ambos, transporte de cargas e passageiros!
 

·
Registered
Joined
·
406 Posts
O Estado de S. Paulo - Brasil terá 30 mil quilômetros de novos trilhos até 2010 - SP, 10 de junho de 2007

Obras incluem Ferroanel de São Paulo, Transnordestina e Ferrovia Norte-Sul; BNDES projeta investimentos de R$ 12,5 bi

Os megaempreendimentos do setor ferroviário devem elevar em 2 mil km a malha ferroviária brasileira até 2010. Com isso, o País passará a contar com 30 mil km de novos trilhos. Nessa expansão, estão incluídas as obras do Ferroanel de São Paulo, Transnordestina, Norte-Sul, além de alguns contornos de cidades e variantes para dar mais agilidade e eficiência ao sistema, afirma o diretor-executivo da Associação Nacional de Transporte Ferroviário (ANTF), Rodrigo Vilaça.

Segundo ele, a seqüência de obras tem um grande significado para o setor, que nos últimos anos viu sua malha encolher algumas centenas de quilômetros. 'Mas ainda é muito pouco perto do que deveríamos ter', ressalta. Na avaliação dele, o ideal seria o País contar com uma malha superior a 55 mil km. Além dos 2 mil km de expansão, o setor agora vai contar com a correia transportadora da MRS, que ampliará a capacidade do transporte ferroviário no Porto de Santos e, conseqüentemente, do Brasil.

Hoje, apenas 26% do transporte é feito por meio das ferrovias, o que explica o caos vivido nos terminais marítimos brasileiros em época de safra. Todos os anos, o retrato é o mesmo: gigantes filas de caminhões esperando para embarcar os produtos rumo ao exterior. Fato que eleva o chamado custo Brasil e reduz a competitividade do produto brasileiro no mercado internacional.

Um dos projetos que devem desafogar os portos do Sul e Sudeste é a Ferrovia Norte-Sul, em construção pelo governo federal. O empreendimento, que ligará o Centro-Oeste ao Porto de Itaqui, em São Luís, no Maranhão, em breve terá novidades. Segundo o presidente da Valec, Juquinha das Neves, responsável pelo projeto, o leilão de subconcessão de um trecho da ferrovia está previsto para ocorrer até o fim deste mês.

'A Valec e a ANTT (Associação Nacional de Transporte Terrestre) fizeram todas as correções recomendadas pelo TCU (Tribunal de Contas da União). Portanto, não há mais por que esperar', diz o executivo. O leilão da ferrovia foi adiado mais de três vezes no ano passado. Alguns dizem que o preço não teria atraído investidores na época.

O modelo de subconcessão da Norte-Sul foi a forma encontrada pela Valec para fazer avançar a ferrovia, projeto lançado pelo ex-presidente José Sarney, na década de 80. O governo cogitou fazer Parceria Público-Privada (PPP), mas acabou optando pela subconcessão. Com o dinheiro arrecadado no leilão, a Valec pretende pagar empreiteiras contratadas para implantar a linha de 360 km entre Araguaína e Palmas, no Tocantins.

O projeto beneficiará nove Estados da região, desde o Maranhão até a Bahia, interligando os pólos de produção agrícola, mineral e industrial do Nordeste. O investimento total da Transnordestina está estimado em cerca de R$ 4,5 bilhões, envolvendo recursos da CSN, do BNDES, do Finor e do Fundo de Desenvolvimento do Nordeste (FDNE).

Enquanto os megaprojetos não são concluídos, as concessionárias têm cuidado do que está nas suas mãos. Só neste ano, afirma Rodrigo Vilaça, as companhias vão investir R$ 2,4 bilhões em manutenção da via, treinamento de pessoal, novas tecnologias e, principalmente, locomotivas e vagões para atender a uma demanda cada vez maior. A estimativa do BNDES é de que, até 2010, o sistema ferroviário receba cerca de R$ 12,5 bilhões em investimentos.
Brasil terá 2 mil quilômetros de novos trilhos até 2010
 

·
R.I.P. Niki
Joined
·
15,218 Posts
Nem citam a Ferronorte... :eek:hno:
 

·
Registered
Joined
·
3,274 Posts
Que adianta, ferrovia só pra frete? tem que usar as ferrovias pra ambos, transporte de cargas e passageiros!
De que adianta?!?!?? putz... Soh eh fundamental para solucionar o gargalo de infraestrutura do pais, que eh fundamental para o crescimento economico... Fora outras varias consequencias positivas, como o diminuicao da frota de caminhoes nas estradas.
Sem duvida seria melhor que tb estivessem construindo para passageiros, mas nao estarem fazendo isso tb nao significa e o de carga nao sirva pra nd. Alem disso, sobretudo no momento q o pais passa, o trasnporte de carga eh mto mais importante...
 

·
Banned
Joined
·
1,169 Posts
Discussion Starter · #9 ·
De que adianta?!?!?? putz... Soh eh fundamental para solucionar o gargalo de infraestrutura do pais, que eh fundamental para o crescimento economico... Fora outras varias consequencias positivas, como o diminuicao da frota de caminhoes nas estradas.
Sem duvida seria melhor que tb estivessem construindo para passageiros, mas nao estarem fazendo isso tb nao significa e o de carga nao sirva pra nd. Alem disso, sobretudo no momento q o pais passa, o trasnporte de carga eh mto mais importante...

Ótima observação.
Tem comentários que mostram a falta de conhecimento. É só ler a matéria.
 

·
Banned
Joined
·
27,387 Posts
Somente o Trem de Alto Desempenho de Brasília/Goiânia e o Trem Bala Rio/Sampa vai ter no seu total 600 km, só para ver a comparação em termos desses novos 2 mil km, insignificação.
 

·
Registered
Joined
·
3,069 Posts
2.000 Km em três anos e meio ?!?! Se fossem 2.000 km na Alemanha ou Reino Unido, onde não tem mais onde por ferrovia tudo bem...Mas aqui é pura enrolação para os mais leigos...
 

·
22°52'S 47°03'W
Joined
·
20,840 Posts
A vocação principal das ferrovias é o transporte de cargas.
Transporte de passageiros, só onde houver alta velocidade e boa demanda.
Não adianta colocar linha de passageiros que percorra 300km em 6, 7, 8 ou até mais horas. Só compensa se for bem mais rápido que ônibus e não muito mais caro.
 

·
Subway and train Forever!
Joined
·
17,073 Posts
Silvios para de acreditar em duendes e vai pescar!
2.000 KM tem de ferrovia só na região metropolitana daqui de Toyko, somando-se os trens e metrôs....sem contar os demais modais de transporte como o monorail, VLT e outros....
 

·
Registered
Joined
·
686 Posts
De que adianta?!?!?? putz... Soh eh fundamental para solucionar o gargalo de infraestrutura do pais, que eh fundamental para o crescimento economico... Fora outras varias consequencias positivas, como o diminuicao da frota de caminhoes nas estradas.
Sem duvida seria melhor que tb estivessem construindo para passageiros, mas nao estarem fazendo isso tb nao significa e o de carga nao sirva pra nd. Alem disso, sobretudo no momento q o pais passa, o trasnporte de carga eh mto mais importante...
é verdade... olhando por este ponto...
 

·
NON FVCOR FVCO
Joined
·
1,676 Posts
Meu sonho é estradas sem caminhões e cidades sem ônibus.... tudo por trens nas estradas e metrô nas cidades.
Doce ilusão.....
 

·
Banned
Joined
·
27,387 Posts
Olha eu não sei, somente eu vi o projeto da Norte/Sul que sai da altura de Anápolis e chegando em TO, aonde teria uma birfucação. Ou vc iria para São Luis ou seguiria até o Porto de Belem do Pará.

Somente a malha ferrea até São Luiz está pronta e operacional, falta a parte no estado do Pará, e olha que é chão até Belem.

O mesmo digo no trecho que falta do Tocantins até Anápolis.
 
1 - 20 of 22 Posts
Top