SkyscraperCity banner
1 - 2 of 2 Posts

·
Registered
Joined
·
1,897 Posts
Discussion Starter · #1 ·
O ministro da Ciência e Tecnologia (MCT), Sergio Rezende, disse, nesta terça-feira (21), em São Carlos, na cerimônia de entrega da câmera multiespectral MUX, que esse aparelho coloca o País na vanguarda da tecnologia, uma vez que tem condições de atender “os mais complexos desafios”. Rezende ressaltou que a fabricação da câmera multiespectral MUX é um avanço, pois vários entraves tecnológicos foram superados. “Além de reforçar a capacidade e a formação dos pesquisadores brasileiros" acrescentou.

A câmera multiespectral MUX é a primeira do gênero inteiramente desenvolvida e produzida no Brasil e faz parte da carga útil dos satélites Cbers 3 e 4, programados para serem lançados em 2011 e 2014, respectivamente.

Para o diretor-geral do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe/MCT), Gilberto Câmara, também presente na cerimônia, a entrega da câmera mostra que o Brasil não está mais na fase de fazer demonstrações, mas de entregar resultados para a sociedade.

Ele lembrou que quando o equipamento começou a ser desenvolvido, houve um boicote dos Estados Unidos que não permitiram que o Brasil recebesse alguns componentes que são fundamentais para a construção das câmeras de alta resolução.

“Houve a necessidade de se fazer um reajuste no projeto. Foi aí que o Brasil conseguiu desenvolver uma tecnologia própria”, reforçou.

A câmera MUX tem resolução de 20 metros no solo e produz imagens destinadas ao monitoramento ambiental e gerenciamento de recursos naturais.

O equipamento será embarcado em satélites da série Cbers e seu desenvolvimento cumpre uma das funções do programa espacial brasileiro, que é a qualificação da indústria nacional.
 
1 - 2 of 2 Posts
Top