SkyscraperCity banner

1 - 20 of 164 Posts

·
Registered
Joined
·
7,056 Posts
Apresentação

Cabeça é uma aldeia do concelho de Seia, localizada na vertente oeste do Parque Natural da Serra da Estrela, pertencente à União de Freguesias de Vide e Cabeça com 8,55 km² de área e 178 habitantes (2011).

Esteve integrada no concelho de Loriga até à sua extinção em 1855, data em que passou para o concelho de Seia. Conhecida como S. Romão da Cabeça ou Cabeça de S. Romão, a capela nela existente tinha S. Romão como orago. Nas memórias Paroquiais de Loriga de 1758, Cabeça surge identificada como um dos lugares da paróquia com a designação de Casal da Cabeça. Só muito tardiamente se constituiu em freguesia, o que sucedeu em 13 de Janeiro de 1800, por Alvará do Príncipe regente, D. João, futuro D. João VI.

Integrada numa área de xisto, Cabeça apresenta xistos mosqueados, quartzitos e xistos argilosos, por entre os quais emergem alguns afloramentos de granito. O tipo de rochas e a inclinação das vertentes origina um solo bastante ácido e pobre, com poucas condições para a agricultura. Não surpreende, pois, que a sua actividade económica assente sobretudo na pastorícia e na silvicultura, não obstante o esforço hercúleo que possibilitou a prática da agricultura durante muitas décadas depois da revolução da água.

Foi considerada a primeira Aldeia LED do país – designação atribuída pelo investimento em medidas de eficiência energética evidentes ao nível da iluminação pública, realizadas juntamente com a requalificação do núcleo urbano concluída em 2011.

(Adaptado de https://cabecaaldeianatal.files.wordpress.com/2013/11/aldeias_de_montanha_cabeca_.pdf)

Localização


Vista geral da aldeia ([email protected])
 

·
Registered
Joined
·
7,056 Posts
Discussion Starter · #2 ·
Cabeça – Aldeia Natal 2014

A Aldeia Natal resulta de uma candidatura submetida pelos habitantes da aldeia e pela comissão de melhoramentos local ao concurso ‘Seia, Comunidade Participativa’, promovido pelo Município de Seia. Os munícipes foram desafiados a apresentar ideias com interesse para a comunidade, com o sentido da promoção e valorização do território. A ideia de Cabeça foi sagrada vencedora, tendo recebido do Município o prémio devido de 5.000 € e posta em prática pela primeira vez no ano passado, tendo recebido cerca de 15 000 visitantes. O sucesso da primeira edição trouxe novo evento para esta quadra natalícia, e as ruas do centro da aldeia estão novamente enfeitadas com iluminações de Natal e decoração feita com materiais de origem natural concebidos pela própria população, sendo que no fim-de-semana e dias festivos existe animação no largo principal e em diversas tasquinhas espalhadas pelas ruas.

Site Oficial





Reportagem SIC (01/12):


As fotos foram tiradas ao anoitecer com um telemóvel, pelo que a qualidade das mesmas não é a melhor e não faz justiça à beleza da aldeia e ao trabalho desenvolvido. Também não são muitas, mas mesmo assim penso que merecem um tópico próprio.

1. Vista nocturna da aldeia


2. Entrada no núcleo central da aldeia. À frente localiza-se o Largo da Igreja (à direita) onde se concentra o maior movimento e as principais actividades


E onde está, é claro, a árvore de Natal!

3.


4. Rua de São Romão


5.


6. Igreja de São Romão


7. Travessa da Igreja


8. Rua de Santo António


9.


10. Travessa Padre Emídio


11. Travessa da Liberdade


12. Rua do Rego


13. Travessa de Santo António. Nesta foto podem ver em primeiro plano os adornos utilizados para enfeitar as casas e as ruas, presentes um pouco por toda a aldeia


Para mais e melhores fotos podem (devem!) visitar o sítio oficial ou fazer uma pesquisa pelo Google. A iniciativa termina no próximo Domingo.

Permitam-me ainda louvar o espírito de iniciativa que a malta desta terra tem demonstrado nos últimos anos. São poucos mas são muito unidos e têm sabido aproveitar as oportunidades que surgiram para a melhorar e dinamizar, de onde se destaca primeiro a aldeia LED e agora, em definitivo, a Aldeia Natal. São um exemplo para muitas terras do nosso país, incluindo uma um bocado maior e ligeiramente mais acima na serra ;)
 

·
'tou na lua...
Joined
·
41,754 Posts
Bonita!! :) essas aldeias são mesmo aldeias-natal.
A evolução demográfica... se na cidade se nota, nas aldeias pior é, para haver alternativas e ter uma vida melhor a emigração para a cidade ou estrangeiro é solução.... não há investimento no interior, fecham os serviços todos....
 

·
'tou na lua...
Joined
·
41,754 Posts
Serviços, empresas... acabam os bancos, hospitais, fecham escolas, centros de saúde....
 

·
Registered
Joined
·
20,281 Posts
Interessante a aldeia. Em 40 anos perdeu 60% da população... Mas pergunta-se o que há lá que possa cativar as pessoas a lá residirem? Empregos, sobretudo? E ainda por cima numa zona de difícil acesso.
 

·
Premium Member
Joined
·
71,549 Posts
Assim toda decorada e de noite é difícil dar uma opinião. Parece ser pacata, mas faz-me pensar naquelas gajas que se maquilham todas e que vemos de noite. São giras mas depois de manhã ao acordar :runaway:
 

·
Moderator
Joined
·
179,868 Posts
Interessante a aldeia. Em 40 anos perdeu 60% da população... Mas pergunta-se o que há lá que possa cativar as pessoas a lá residirem? Empregos, sobretudo? E ainda por cima numa zona de difícil acesso.
Então todas as zonas de difícil acesso estão condenadas...

Há alguns projetos turísticos e mesmo alguns jovens agricultores...

Acho que isto melhorava se as aldeias fossem vendidas ao desbarato aos jovens casais talvez..
 
1 - 20 of 164 Posts
Top