SkyscraperCity banner

21 - 40 of 45 Posts

·
A Metrópole da Amazônia!
Joined
·
4,110 Posts
Linda Cametá. Um dia vou conhecer essa bela cidade Paraense.
 

·
Carioca
Joined
·
16,317 Posts
Belo thread Luis!!
Cametá é muito bonita
Uma cidade bem cuidada, limpa e com um patrimonio historico bem preservado.
Um dia vou conhecer
 

·
...
Joined
·
44,027 Posts
ultimamente as cidades do interior do pará estão causando surpresa em muita gente... Santarém, Castanhal, Bragança, Paragominas e agora Cametá...

a próxima sera Salinas, aguardem :cheers: :D
 

·
Clube do Remo
Joined
·
3,454 Posts
Discussion Starter #27
valeu luis.

Belo tread, Interessante cameta. Gostei dos pontos turisticos e centro historico...

Deu trabalho montar o tread.,

E porq terra dos notaveis?
O termo "terras dos notáveis" se sefere a figuras ilustres da política paraense e nacional que nasceram na cidade de Cametá, a cidade também é conhecida pelo nome de "Terras dos Romualdos" (bispos cametaenses: Romualdo Coelho, Romualdo de Seixas e Milton Pereira.)

Dom Romualdo Antônio de Seixas
Dom Romualdo Antônio de Seixas (Cametá, 1 de novembro de 1787 — Salvador, 29 de dezembro de 1860) foi um bispo católico e político brasileiro. Foi o 16º Arcebispo da Bahia, conde e marquês de Santa Cruz.

Romualdo de Seixas nasceu em Cametá, filho de Francisco Justiniano de Seixas e de Ângela de Sousa Bittencourt, e sobrinho de Dom Romualdo de Sousa Coelho, oitavo bispo do Pará. Finalizou os estudos eclesiásticos em Lisboa.

Com a chegada da Família Real Portuguesa ao Brasil, em 1808, o bispo do Pará, Dom Manuel enviou o Padre Manuel Evaristo de Brito Mendes e o diácono Romualdo de Seixas cumprimentar El Rei em nome do clero paraense. Manuel e Romualdo voltaram a Belém com a nomeação de cônegos da Sé Paraense e Cavaleiros da Real Ordem de Cristo.

Romualdo de Seixas foi ordenado presbítero em Belém, a 1 de novembro de 1810, por Dom Manuel de Almeida de Carvalho. Foi nomeado pároco de Cametá e posteriormente Vigário Capitular.

O cônego Romualdo de Seixas presidiu a Junta Governativa Provisória da província do Grão-Pará e Rio ***** de 1821 a 1822 e em 1823.

O Imperador do Brasil, D. Pedro I, por decreto de 12 de outubro de 1826 o nomeou 16º Arcebispo da Bahia. O Papa Leão XII confirma a nomeação a 30 de maio de 1827.

O Cônego Romualdo foi ordenado bispo a 28 de outubro de 1827, pelo Bispo Capelão-Mor Dom José Caetano da Silva Coutinho, bispo do Rio de Janeiro.

Recebeu o pálio arquiepiscopal a 4 de novembro de 1827. Em 31 de janeiro de 1828 tomou posse por procuração e fez sua entrada solene na catedral de Salvador a 26 de novembro de 1828.

Foi deputado pelo Pará e pela Bahia, tendo presidido a Câmara em 1828 e 1829. Recebeu de Pedro I o título de pregador da Capela Imperial e a grande dignitária da Imperial Ordem da Rosa e de Pedro II a grã-cruz da Imperial Ordem de Cristo.

Em 1841 presidiu a solenidade de sagração de D. Pedro II, Imperador do Brasil, e dele recebeu a Grã-Cruz da Real Ordem de Cristo. Recebeu o título de Conde de Santa Cruz, por decreto imperial de 2 de dezembro de 1858. Em 14 de março de 1860 foi nomeado Marquês de Santa Cruz.

Dom Romualdo pertenceu ao grupo dos bispos ultramontanos ou reformadores, como Dom Antônio Ferreira Viçoso, de Mariana Dom Antônio Joaquim de Melo, de São Paulo, Dom Antônio de Macedo Costa, do Pará, e Dom Vital de Oliveira, de Pernambuco.

Foi sócio da Academia de Munique, do Instituto da África em Paris; do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, Sociedade Real dos Antiquários do Norte e outras sociedades de ciências e letras.

Correspondeu-se com Martius e Spix após manter contato pessoal quando da viagem destes à Amazônia. Ao regressarem à Europa, os naturalistas lhe enviaram de lá o diploma de sócio da Real Academia das Ciências de Munique.

Homenagens
Em Cametá há uma escola com seu nome Grupo Escolar Dom Romualdo de Seixas que é o mais antigo da cidade.


Dom Romualdo de Sousa Coelho
Dom Romualdo de Sousa Coelho (Cametá, 7 de fevereiro de 1762 — Belém, 15 de fevereiro de 1841) foi um bispo católico. Foi o oitavo bispo do Pará.

Dom Romualdo foi ordenado presbítero pelas mãos de seu bispo, Dom Frei Caetano Brandão , a 19 de fevereiro de 1785. No dia 15 de novembro de 1806, o rei Dom João VI apresenta o cônego Romualdo Coelho para ser o arcipreste do cabido do Pará.

Em 1816, quado da coroação de Dom João VI, os cônegos Raimundo Antônio Martins e Romualdo de Sousa Coelho deslocam-se até o Rio de Janeiro para cumprimentar o novo monarca em nome do clero do Pará.

Em 1818, ao falecer Dom Manuel de Almeida de Carvalho, o cônego Romualdo Coelho é eleito vigário capitular, por que já era público e notório sua futura assunção ao sólio episcopal paraense. No ano seguinte, a 22 de janeiro, seu nome é apresentado à Santa Sé, por Dom João VI, para ser o 8º bispo do Pará. Em 1820, a 29 de agosto, o Papa Pio VII confirma a indicação.

Em 1821, no dia 1º de janeiro, o arcipreste Romualdo Coelho é eleito presidente da Junta Provisória do Governo da Província do Pará.

No dia 1º de abril de 1821, no Rio de Janeiro, Romualdo Coelho é ordenado bispo, pelas mãos de Dom José Caetano da Silva Coutinho, bispo do Rio de Janeiro.

Foi o primeiro paraense e um dos primeiros brasileiros a ascender ao episcopado.

Dom Romualdo será Deputado efetivo eleito pela Comarca de Belém, no dia 10 de dezembro de 1821. Foi a Portugal e tomou assento nas “Côrtes Geraes, Extraordinárias, e Constituintes da Nação Portugueza”.

No dia 15 de agosto de 1823, depois de solene Te Deum na Catedral, Dom Romualdo proclamou a adesão do Pará ao Império do Brasil.

Durante a Cabanagem (1835-1840) terá papel de destaque.

Falece em Belém em 1841, após governar a Diocese de Belém do Pará durante 20 anos, enfrentando graves problemas sociais e políticos. Está sepultado na Catedral Metropolitana de Belém.

A cidade de Cametá teve papel destacado, durante todo o Movimento da
Cabanagem, tendo sido por por um breve período, a sede do Governo da Província.
Convém ressaltar que o Município sempre teve destacado papel na história do Pará.

CURIOSIDADES DOS NOTÁVEIS DE CAMETÁ
Foi Dom Romuldo de Seixas, que sagrou o imperador DOM PEDRO II!
 

·
Clube do Remo
Joined
·
3,454 Posts
Discussion Starter #30 (Edited)
Obrigado pelos comentários de elogios pessoal!
:)
 

·
...
Joined
·
44,027 Posts
^^


a cidade tem um lindo patrimônio histórico, espero que com passar do tempo, seus moradores e o poder público saibam preservar seu passado! :)
 

·
Clube do Remo
Joined
·
3,454 Posts
Discussion Starter #33
^^
Quero ver se eu encontro a outra revista, vou procurar em bibliotecas ela, eles fizeram uma reportagem sobre a festa junina de cametá, festas religiosas e do carnaval, ambos são tradição na cidade, vai muita gente visitar nessas épocas. A cidade é muito católica!
:)
 

·
Ééééééguuuuaaaa
Joined
·
6,070 Posts
Não sabia que cametá era as terras dos Romualdos hauhauah para mim era a do Gerson Peres.


Valeu Luis pelas fotos e pelas informações.


Belo trabalho.
 

·
Clube do Remo
Joined
·
3,454 Posts
Discussion Starter #36

·
.
Joined
·
13,726 Posts
Gostei da cidade, bem antiga, muito acervo histórico e um belo rio em suas margens.

Obrigado por nos mostrar Cametá.
 

·
Clube do Remo
Joined
·
3,454 Posts
Discussion Starter #38
Gostei da cidade, bem antiga, muito acervo histórico e um belo rio em suas margens.

Obrigado por nos mostrar Cametá.
A cidade tem um belo rio (rio tocantins), mas os atrativos mais procurados são os igarapés e balneário, tem aos monte lá!
:)
 
21 - 40 of 45 Posts
Top