Skyscraper City Forum banner
Status
Not open for further replies.
1 - 20 of 555 Posts

·
Registered
Joined
·
5,057 Posts
SEST SENAT inaugura Unidade em Paragominas





A instituição vai oferecer formação e capacitação profissional, atendimentos na área de saúde, além esporte, lazer e cultura para trabalhadores do transporte e seus familiares

O SEST SENAT (Serviço Social do Transporte e Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte) inaugura, na próxima segunda-feira (4), às 9h, sua Unidade no município de Paragominas (PA). Localizada em uma região com muitos profissionais do transporte, a nova Unidade, que fica no bairro Jardim Atlântico na Rodovia dos Pioneiros, tem capacidade para realizar mais de 36 mil atendimentos anuais e será a quarta em terras paraenses. O estado já conta com Unidades em Belém, Marabá e Santarém.

Com uma infraestrutura completa para a realização de cursos, a unidade possui nove salas de aula e dois laboratórios de informática, com capacidade para 25 alunos cada sala. Também conta com sala para 40 alunos do treinamento de MOPP (Movimentação de Produtos Perigosos) e 3 salas de atividades práticas da Oficina Pedagógica.

Na área de saúde, O SEST SENAT de Paragominas está equipado para prestar atendimento em fisioterapia, psicologia, nutrição e odontologia clínica em oito consultórios. Conta ainda com um centro de eventos, quadra poliesportiva e palco para atividades de esporte e lazer.
 

·
Registered
Joined
·
5,057 Posts
Obras de Restauro e Requalificação do 2º BPMPA em novembro





R2 Arquitetura
 

·
Registered
Joined
·
5,057 Posts
Cosanpa vistoria obra de ampliação do sistema de abastecimento de água de Moju



A conclusão da ampliação do sistema de abastecimento de água da cidade de Moju, no estado do Pará, está prevista para ocorrer em fevereiro de 2019, segundo a Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa).

Nesta terça-feira, 12, o presidente da Cosanpa, Cláudio Conde, o diretor de operações Antonio Crisóstomo e uma comitiva de engenheiros e assessores foram até Moju para inspecionar o andamento das obras. “São visitas que temos feito em todas as nossas obras e aqui em Moju constatamos que a obra segue em ritmo normal”, afirmou Cláudio Conde.

A obra que vai beneficiar mais de 25 mil habitantes, envolve a construção de estrutura de captação, reservatórios, assentamento de adutora e de 35 mil metros de rede de distribuição de água, além da execução de 2.830 ligações domiciliares hidrometradas; implantação de macromedição e sistema de automação; construção da nova loja de atendimento ao público.

O total do investimento que será feito para a melhoria do abastecimento de água para a população de Moju é de R$28,79 mi, sendo R$11,16 mi do Governo do Estado e R$17,63 mi do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC II) do Governo Federal. “Nós já temos 41,78% do percentual físico da obra de Moju concluído e esperamos que até fevereiro de 2019, possamos concluir o restante dos 58,22%”, completou o presidente da Cosanpa.
 

·
Registered
Joined
·
5,057 Posts
Empresas de Rússia e China estudam parceria com governo do Pará para construir ferrovia

Duas empresas chinesas e uma russa já demonstraram interesse e estão estudando o projeto de construção de linhas férreas de mais de mil quilômetros no estado do Pará, cujo contrato deverá ser assinado na primeira metade do ano que vem.

A viabilidade da Ferrovia Paraense, ainda de acordo com a Sedeme, é atestada pelo interesse de grandes empresas do setor, como as chinesas CREC (China Railways Corporation) e CCCC (China Communications Construction Company) e a estatal russa RZD (Ferrovias Russas), uma das maiores companhias ferroviárias do mundo. A secretaria afirma que todas já conheceram o projeto e estão estudando a possibilidade de se tornarem parceiras do governo do Pará no empreendimento.

"O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) também declarou que quer participar do financiamento da obra. Em 24 de novembro passado, o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, Paulo Rabello, anunciou o projeto como de grande valor estratégico, garantindo ao secretário Adnan Demacki, em encontro na sede da Sedeme, em Belém, que o BNDES tem interesse que a ferrovia, assim como outros grandes projetos do Pará que estão sob análise do banco, saia do papel e vire realidade."
 

·
Registered
Joined
·
5,057 Posts
Tem tapumes do MB Capital também no início da Gentil (Batista Campos) ao lado do hotel New Inn, já são 2 novos lançamentos + esse na Braz :cheers:

Espero que saia também aquele comercial dos maioranas na Braz.
 

·
Registered
Joined
·
5,057 Posts
Aquele prédio espelhado no Reduto próximo a Villa Áurea será escola profissionalizante do Senat depois de anos sem uso desde que ficou pronto.
 

·
Registered
Joined
·
5,057 Posts
Google Street View atualizou para jul de 2017 várias partes da cidade, vi no Umarizal, Reduto, Nazaré...
 
  • Like
Reactions: davde

·
Registered
Joined
·
5,057 Posts
Cargill investirá 700 milhões de reais em um novo porto fluvial próximo a Abaetetuba e Barcarena.
Mauro Bonna
 

·
Registered
Joined
·
5,057 Posts
Hospital Materno-infantil de Capanema funcionará nos moldes da Santa Casa





Totalmente financiado com recursos do tesouro estadual, por meio de operação de crédito junto ao BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), o projeto tem custo de R$ 37 milhões, sendo R$ 25 milhões para as obras físicas e outros R$ 12 milhões para aquisição de equipamentos, que vão garantir o melhor atendimento às mulheres da região.

Ao todo, o Hospital terá 60 leitos, sendo 10 de UTI adulto e outros 10 para UTI neonatal. “Vamos oferecer todas as especialidades e sub-especialidades voltadas para a saúde das mulheres e das crianças, um conjunto completo de diagnóstico avançado para o atendimento das mães e seus bebês, ou seja, uma porta de entrada para assegurar esse tipo de atendimento, tornando-se um grande suporte dentro da rede de saúde do Estado, desconcentrando o serviço que até então somente a Santa Casa, em Belém, oferecia”, explica Vitor Mateus, secretário de Saúde do Pará.

Cento e vinte homens trabalham de segunda a sábado, das 7h às 12h e das 13h às 17h, para entregar a estrutura física do novo hospital até julho de 2018. As obras já passaram pelas etapas de fundação e estrutura, e na próxima semana iniciam as vedações e revestimento de paredes e pisos. Ao todo, a área onde funcionará o hospital tem 5.451m², sendo 4.142m² de área construída, com 31 leitos de internação, 20 leitos de UTI, quatro consultórios, três salas de centro cirúrgico, agência transfusional, laboratório e banco de leite, entre outros serviços, para atender não apenas a população de Capanema, mais de outros 17 municípios próximos.

Obras em andamento - O Governo do Pará vem executando outras obras na área da saúde, uma das prioridades da gestão atual, que canalizou recursos do tesouro estadual e de operações de crédito para garantir a construção ou ampliação de centros hospitalares. Entre elas estão as do Hospital Regional de Itaituba, que terá 180 leitos; do Abelardo Santos, em Icoaraci, com 269 leitos; do Hospital Regional de Castanhal, com suporte avançado em várias especialidades, inclusive oncológica, e o de Capanema.

Além desses, estão sendo construídos outros que funcionarão como hospitais de retaguarda, na assistência à população dos municípios de Mojuí dos Campos, Novo Progresso, Castelo dos Sonhos (distrito de Altamira), Ipixuna do Pará, Garrafão do Norte, Abaetetuba, Barcarena, Concórdia do Pará e São Caetano de Odivelas. Reforçam esse frente de trabalhos as obras de ampliação do Hospital Regional de Marabá. “Somando todos esses empreendimentos, temos 18 unidades que estão sendo ampliadas ou construídas para dar suporte à rede de saúde do Estado”, finaliza Vitor Mateus, da Sespa.
 

·
Registered
Joined
·
5,057 Posts
Hospital Geral de Abaetetuba será entregue pelo governo no primeiro trimestre de 2018





A população de Abaetetuba contará com um novo e moderno hospital já no primeiro trimestre de 2018. As obras civis do Hospital Santa Rosa, que passa por um projeto de ampliação e reforma, já chegaram a 80% de conclusão geral e devem ser finalizadas até o dia 31 de janeiro do próximo ano.

Atualmente, 60 operários trabalham no local realizando serviços de acabamento interno, montagem da subestação de energia, construção do estacionamento, trabalhos na estação de esgoto e finalização da construção do pórtico de entrada do hospital.

Com uma área construída de 5.878 m² inserida em um terreno de 23.483 m², o hospital é dividido em oito blocos e terá 97 leitos, sendo 72 operacionais, 20 complementares (10 de UTI adulto e 10 de UTI neonatal) e mais cinco PPP’s (pré-parto, parto e pós-parto), para a realização de parto humanizado.

O Hospital Municipal Santa Rosa, localizado na Avenida Pedro Rodrigues, no bairro de Santa Rosa, em Abaetetuba, contará também com serviços de internação obstétrica, internação pediátrica (com playground e brinquedoteca), internação cirúrgica, internação clínica, centro cirúrgico com três salas de cirurgia, seis consultórios médicos, laboratório de análises clínicas, métodos gráficos e apoio diagnóstico e banco de leite humano.

Executada com recursos do tesouro do Estado no valor de R$ 18,22 milhões, sendo R$ 8 milhões para a compra de equipamentos, essa não é a única obra que o Governo do Pará vem realizando na área da saúde. Além de Abaetetuba, Barcarena também terá um novo hospital, o Materno Infantil, que também está com obras adiantadas.

Também estão em andamento as obras do Hospital Regional de Itaituba, que terá 180 leitos; do Abelardo Santos, em Icoaraci, com 269 leitos; do Hospital Regional de Castanhal, com suporte avançado em várias especialidades, inclusive oncológica, e o Materno Infantil de Capanema, com 60 leitos.

Estão sendo construídas, ainda, outras unidades que funcionarão como hospitais de retaguarda, na assistência à população dos municípios de Mojuí dos Campos, Novo Progresso, Castelo dos Sonhos (distrito de Altamira), Ipixuna do Pará, Garrafão do Norte, Abaetetuba, Barcarena, Concórdia do Pará e São Caetano de Odivelas. Reforçam essa frente de trabalho as obras de ampliação do Hospital Regional de Marabá.

O secretário de Saúde da Sespa, Vitor Mateus, destaca o trabalho que o Governo do Estado vem fazendo. “O governador teve a decisão de investir os recursos do tesouro em construção, reformas e ampliações de vários hospitais, canalizando recursos para executar e implantar essas unidades hospitalares, pois é prioridade para ele. Somando todos esses empreendimentos, temos 18 unidades que estão sendo ampliadas ou construídas para dar suporte à rede de saúde do Estado”, finalizou Vitor Mateus, da Sespa.
 

·
Registered
Joined
·
5,057 Posts
Governo do Estado quer dragar canal de acesso ao Porto de Vila do Conde

O Governo do Pará reiterou nesta terça-feira (19), em Brasília (DF), o pedido para assumir o Processo de Manifestação Pública de Interesse (MPI) que vai proceder aos estudos de dragagem e licitação do Canal do Quiriri, principal meio de acesso ao Porto de Vila do Conde, no município de Barcarena. O Estado também reivindicou a construção de 58 quilômetros de malha ferroviária entre os municípios de Rondon do Pará (no sudeste paraense) e Açailândia (no Maranhão), o que na prática significa interligar definitivamente a Ferrovia Paraense à Norte-Sul, de âmbito federal.

O secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia, Adnan Demachki, explicou que o trajeto de apenas 58 km entre Rondon do Pará e Açailândia abre caminho para uma nova alternativa de escoamento de carga por um porto paraense. Esse é um dos atrativos do projeto paraense para a iniciativa privada, pois permite o acesso às cargas de todo o Brasil às rotas estratégicas de exportação pelo porto de Barcarena.

“O Porto de Vila do Conde encurta a distância entre o Brasil e os principais destinos de exportações, a exemplo dos portos de Rotterdã, na Europa; Xangai, na China, e Miami e Los Angeles, nos Estados Unidos, normalmente acessados pelos portos de Santos (SP) e Paranaguá (PR). Isso é de extrema importância para os operadores da navegação comercial competitiva’’, argumentou Adnan Demachki, representado na reunião desta terça-feira com o ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, em Brasília, pelo secretário adjunto da Sedeme, Eduardo Leão. O encontrou contou ainda com a participação do senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA).

Para incluir a ferrovia paraense definitivamente no Sistema Nacional Ferroviário é necessária autorização do Congresso Nacional. O senador Flexa Ribeiro garantiu estar determinado a buscar essa aprovação assim que iniciar o ano legislativo de 2018.
 

·
Registered
Joined
·
5,057 Posts
Depois da Avianca agora é a Copa, a volta dos que não foram não vai terminar por aí rs
 

·
Registered
Joined
·
5,057 Posts
Acho engracado o Helder Barbalho gastar as verbas que ele conseguiu em outras cidade e nem um tapa na cidade natal consegue? kkk...
Porto do Futuro? Ficou e vai ficar só na maquete :lol:

Mais uma vez a desativação daqueles galpões ociosos do porto vão continuar ociosos até... :eek:hno:
 

·
Registered
Joined
·
5,057 Posts
Ginásio poliesportivo em Santarém será um dos mais modernos da região Norte





A região oeste do Pará vai ganhar um moderno e amplo ginásio poliesportivo, mais um grande investimento do governo do Estado. A praça esportiva e de lazer fica no município de Santarém e já alcançou 53% de obras concluídas.

A população já percebe que o novo espaço, com capacidade para receber até cinco mil pessoas sentadas, toma forma e vai contribuir para a realização de eventos esportivos, culturais e de lazer.

Instalado em um terreno de 21 mil m² de área total e 6.500 m² de área construída, no bairro Aparecida, o ginásio está orçado em R$ 16.209.927,35. De acordo com a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas (Sedop), a estrutura terá duas bilheterias, recepção, saguão de entrada, setor de apoio ao turista, duas lanchonetes, academia de ginástica e academia exclusiva para atletas, sala de juízes, estacionamento e um palco de 350 metros quadrados e três de altura, que poderá receber grandes shows. O complexo terá ainda salas voltadas ao atendimento de segurança, saúde e projeto de acessibilidade, em conformidade com os critérios preconizados pelo Ministério do Esporte.

Atualmente, os operários da empresa responsável pela obra movem as estruturas metálicas para erguer a cobertura do ginásio, etapa que iniciou no mês passado. Dessa forma, os trabalhos não serão comprometidos mesmo com o período chuvoso.

Arena multiuso - O engenheiro da Sedop, Arnaldo Dopazo, reitera que Santarém receberá muito mais que um ginásio. “Na verdade, é uma arena multiuso, porque vai ter um palco para eventos e shows. Além disso, o espaço terá camarins e quadra destinada aos eventos esportivos. A gente espera que brevemente a cobertura já esteja assentada e o espaço coberto”, explica.

Segundo Arnaldo Dopazo, o ginásio de Santarém, que será o maior da região oeste, e um dos maiores da região Norte, segue os padrões internacionais. A obra integra as ações do governo do Estado que promovem a valorização de atividades esportivas, culturais e de lazer, fortalecendo a inserção da comunidade, principalmente de crianças e jovens.
Depois de anos retomaram as obras dele, estava até entrando no esquecimento, porque será que retomaram heim... :|
 

·
Registered
Joined
·
5,057 Posts
Fora as demais obras que continuam paradas, aguardando conclusão

Conjunto Mapiri
Orla do Mapiri ate o Iate Clube
Colosso do Tapajos

E entrou mais essas na lista

Pavimentacão Alter/Pindobal
Duplicacão Fernando Gulhon e Everaldo Martins
Duplicacão BR 163 ate a Serra
Duplicacão PA 457 ate a Serra
Algumas dessas obras são da prefeitura, então dá pra adicionar aí o Hospital Materno Infantil.
 

·
Registered
Joined
·
5,057 Posts
^^ Quem ´tenta` fazer tudo acaba não fazendo nada :nuts:
 

·
Registered
Joined
·
5,057 Posts
Moradores do Baixo Tocantins ganharão hospital referência em atendimento materno infantil





O município de Barcarena, na região do Baixo Tocantins, está prestes a receber um dos hospitais mais modernos do Estado. O Materno Infantil do município, que terá capacidade para 60 leitos, sendo 10 de UTI adulto, 10 de UTI Neonatal e 10 de UCI Neonatal, está com as obras civis praticamente acabadas. Com 98% das obras concluídas, faltam apenas pequenos retoques em seu bloco de apoio para que o prédio seja entregue. A expectativa é que a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) receba o prédio até 30 de janeiro de 2018, e partir daí comece a equipar o hospital.

As obras de reforma e ampliação do Hospital Materno Infantil de Barcarena iniciaram em junho de 2013 e duplicaram a capacidade do hospital, atendendo todas as normativas da Vigilância Sanitária e do Ministério da Saúde. O valor total de investimento foi de R$ 30 milhões, incluindo obras físicas e os equipamentos.

O hospital, que terá atendimento direcionado especificamente às mulheres e crianças, está localizado na Rua José Pinheiro Rodrigues, no bairro Novo, em uma área total de 10.710,00 m². A área construída é de 6.311,99 mil m² distribuídos em cinco blocos. No primeiro estão a área administrativa; quatro consultórios; dois laboratórios; Raio-X; ultrassonografia e mamografia. O segundo bloco possui duas salas, uma de emergência e outra de observação infantil e adulto; dois consultórios; uma sala de inalação; uma sala de curativo; uma sala de isolamento; uma sala de gesso; o bloco cirúrgico com três salas cirúrgicas; uma sala de recuperação pós-cirúrgica.
 

·
Registered
Joined
·
5,057 Posts
Sobre essa proibição, não vejo diferença, a galera que bebe chega horas antes dos jogos pra encher a cara antes do jogo e até depois, então qual o sentido de não beber lá dentro se fora todo mundo bebe :lol:
 
1 - 20 of 555 Posts
Status
Not open for further replies.
Top