SkyscraperCity Forum banner
221 - 240 of 1469 Posts

·
Registered
Joined
·
197 Posts
Na minha opinião eu penso que o final do VLT deveria ser subterrâneo e com uma estação na avenida Abolição, pois assim ficaria mais próximo da zona hoteleira e não mais afastado de lá.
também concordo, mas acho que não fizeram assim porque demoraria mais tempo e gastaria muito dinheiro. de certa forma seria inviável, mas seria uma boa opção ele ser subterrâneo.
 

·
Registered
Joined
·
1,794 Posts
Estado inicia negociações para desapropriação para obras do VLT

A obra do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) começou pelos trechos em que não era necessário desapropriar. Com o avanço dos trabalhos, o governo já iniciou as negociações com moradores da Parangaba


FOTO: GABRIEL GONÇALVES


Na ordem das obras de implantação do ramal Parangaba Mucuripe do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), a execução das bases da estação Parangaba é a primeira da lista. O elevado da Parangaba vem em segundo. Por isso, o Governo do Estado já iniciou as negociações para desapropriação de famílias no bairro, que será o mais afetado de todas as 22 áreas por onde passará o VLT.

“A Seinfra (Secretaria da Infraestrutura do Estado) deu início à obra pelos trechos em que não era necessário desapropriar ninguém. À medida que a obra foi avançando, percebemos a necessidade de negociarmos com as famílias impactadas por este avanço”, detalhou Edilson Aragão, diretor de Desenvolvimento e Tecnologia do Metrô de Fortaleza. Segundo ele, além de indenizar as famílias, o Governo vai oferecer uma unidade habitacional do programa Minha Casa Minha Vida, viabilizada pelo Projeto do Condomínio Cidade Jardim, a ser construído no Bairro José Walter. Existe um apartamento modelo construído no local para visitação do público e as obras devem ter início no primeiro semestre de 2013.

O prazo para conclusão das primeiras unidades é de um ano. No total, serão construídos 346 blocos de 16 apartamentos cada, totalizando 5.536 famílias beneficiadas.

Após o imbróglio político entre Governo do Estado e Prefeitura de Fortaleza em setembro sobre a responsabilidade das desapropriações na Via Expressa, a mediação passou para a esfera federal, com o Grupo da Copa do Governo Federal (Gcopa). Embora o prefeito eleito já tenha se comprometido com as desapropriações, o Gcopa desconhece a decisão: “Todos os parceiros na organização da Copa precisam chegar a um ponto comum. Hoje a situação é mais favorável para uma resolução, mas ainda não há decisão”. (Juliana Diógenes)



http://www.opovo.com.br/app/opovo/f...s-para-desapropriacao-para-obras-do-vlt.shtml
 

·
Registered
Joined
·
1,624 Posts
Sem remoções
VLT tem 21% das obras concluídas


Ainda sem a lista de remoções consolidada desde que sofreu mudança no projeto original por conta da saída da comunidade Aldacir Barbosa da lista de removidos, o VLT Parangaba-Mucuripe já tem 21% das obras concluídas. A informação foi divulgada depois que o secretário adjunto da Secretaria de Infraestrutura do Ceará (Seinfra-CE), Otacílio Borges Filho, e o diretor de Desenvolvimento e Tecnologia do Metrô de Fortaleza (Metrofor), Edilson Aragão, estiveram nos canteiros, na manhã de ontem.


Intervenções seguem sem chegar nas comunidades afetadas pelo traçado do trilho do VLT Foto: José Leomar

"Os trabalhos estão sendo executados inicialmente em áreas onde não estão sendo necessárias desapropriações de moradores na faixa de domínio da linha", afirma nota da assessoria de imprensa da secretaria.

Em andamento

Entre as estruturas já em processo de construção a Seinfra-CE citou: pilares nas avenidas Santos Dumont e Alberto Sá, dois elevados na Aguanambi e Germano Frank, além de passarelas na Pontes Vieira e Via Expressa.

http://diariodonordeste.globo.com/materia.asp?codigo=1220523
 

·
Registered
Joined
·
7,537 Posts
O Governo do Estado já não fala na ultima estação no terminal de passageiros. Deveriam rever essa decisão. Seria excelente a ligação das estações aeroportuária, rodoviária e portouária.
Isso é essencial, mobilidade total pela rede de transporte coletivo. Seria a redenção dos congestionamentos e taxis caros.
 

·
Lord Chaos
Joined
·
1,334 Posts
Uma ameaça à população cearense que vem pelos trilhos

Obras do VLT em Fortaleza causam desapropriações em 22 comunidades e moradores resistem a ir para o 'fim do mundo'



FORTALEZA - Maria Edileuza Alves Silva caminha com passos curtos e apressados. Tem olhar desconfiado. A respiração é ofegante, reflexo da asma. O coração não dá para perceber, mas certamente anda apertado. Ela faz parte de uma das 4 mil famílias que, calcula-se, serão retiradas de suas casas para a construção do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) em Fortaleza, uma das obras da capital cearense para a Copa de 2014.

O VLT vai ligar o Porto de Mucuripe ao bairro de Parangaba, de onde será possível alcançar a zona hoteleira da cidade. Serão 12,7 km de extensão ao custo previsto de R$ 265, 5 milhões de acordo com a Matriz de Responsabilidade. Vai passar por 22 bairros e, para sua execução, são necessárias muitas desapropriações.

Esse é o motivo da aflição da vendedora Maria Edileuza, de 51 anos. Moradora há décadas da Comunidade Trilha do Senhor, sente-se ameaçada duplamente. Pelo risco de remoção e por desconfiar que nessa história de desapropriação há algo mais do que a necessidade de remover construções por conta do VLT.

"Aqui, temos toda infraestrutura. Escolas, hospitais, nossos parentes estão perto", enumera. "Tem gente morando aqui há mais de 65 anos (a comunidade tem cerca de 80 anos). Gente que quando chegou era tudo mato. Agora, querem nos tirar. Pobre não pode viver ao lado de rico?"

Ela se refere ao fato de a Trilha do Senhor estar na Aldeota, bairro nobre de Fortaleza. Da comunidade é possível observar prédios de alto padrão, recém-construídos, além de um dos principais shoppings da cidade.

O governo cearense garante que as remoções obedecem apenas a critérios técnicos - serão construídas duas linhas para o VLT, paralelas à via férrea que já existe. Promete assistir e indenizar todas as famílias removidas e diz que nem todas terão de sair.

Esse é outro ponto de divergência. Basicamente, o governo oferece indenização de até R$ 40 mil por unidade e um apartamento num outro bairro. Mas proprietários de imóveis cuja avaliação for superior aos R$ 40 mil serão enquadrados no programa Minha Casa Minha Vida, do governo federal, e terão de pagar prestação pelo imóvel que receberão. Também se compromete a pagar o aluguel social de R$ 400,00 enquanto os imóveis não forem entregues.

"Essa proposta do Minha Casa Minha Vida é uma armadilha para nós. Vão nos tirar daqui e ainda vamos ter de pagar?", diz Cássia Sales, a Cassinha, hoje com 40 anos. Ela chegou à Trilha do Senhor com dois meses de idade. Lá foi criada, cresceu, estudou, namorou, casou... "Minha vida está aqui."

O diretor de desenvolvimento e tecnologia do Metrô de Fortaleza (Metrofor), responsável pela obra do VLT, Edilson Aragão, rebate. "As indenizações seguem os preços de mercado, e além da indenização a comunidade receberá os apartamentos."

Os apartamentos ficarão no bairro José Walter, que, de acordo com os ameaçados de desapropriação, além de estar a 18 quilômetros de onde vivem, não tem nenhuma infraestrutura. O governo cearense reagiu anunciando a criação, no local, do projeto "Cidade Jardim" que, promete, terá infraestrutura, acesso fácil e todos os equipamentos necessários para uma comunidade, como postos de saúde, hospitais, escola e áreas de lazer.

No entanto, não informa quando o Cidade Jardim estará concluído. Não será, certamente, até fevereiro de 2014, data prevista para a entrega do VLT.

Aragão nega ter existido coação de vários moradores para preencher o cadastro de desapropriação - também há relatos de agressão física - e que muita gente teve a casa marcada pela Metrofor na calada da noite. "Não procede. Foram realizadas mais de 20 audiências com as comunidades que aceitaram dialogar. Algumas não aceitaram."

Por causa do impasse e também por orientação da Defensoria Pública, o governo cearense está elaborando uma cartilha com explicações sobre remoções e reassentamentos, para ser entregue às pessoas sob risco. "Essa cartilha parece mais uma tentativa de ludibriar o povo", entende Cassinha.

José Lino Fonteles da Silveira, da Defensoria, dá certa razão à moradora. "Houve pouco diálogo até agora'', considera. Reconhece que o governo fez melhorias na negociação com os moradores, mas alerta: "Para a maioria das pessoas, é um desespero sair das comunidades em que estão."



Rosalinda teme que saída da comunidade prejudique o tratamento do filho deficiente


Todas as casas que ficam próximas ao trilho do trem deverão ser demolidas


A linha do VLT, em fase de terraplenagem, vai correr paralela à linha do trem


O trilho existente atende a um trem de carga que vai até o porto de Mucuripe


A comunidade é cercada por prédios residenciais, alguns de alto padrão


Maria Edileuza e Cássia são duas das líderes da Comunidade Trilha do Senhor


As obras já causam transtornos ao trânsito da zona leste de Fortaleza


A capela Nossa Senhora das Graças foi construída pelos moradores da Comunidade Trilha do Senhor


A pesquisadora e geógrafa Mariana Fernandes Mendes defende as comunidades


Cássia Sales tem 40 anos e mora na Trilha do Senhor desde os dois meses de idade


Os cearenses ameaçados de desapropriação fazem campanha contra as remoções


As obras estão a pleno vapor em alguns trechos da futura linha do VLT


http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,uma-ameaca-a-populacao-cearense-que-vem-pelos-trilhos,1004470,0.htm
 
  • Like
Reactions: Kaique

·
Banned
Joined
·
791 Posts
Obra do VLT avança, sem acordo sobre remoção de famílias, no Ceará
São famílias que moram há mais de 50 anos no local.
Governo do Estado promete indenização e casa para morar.


A obra para a implantação do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), na linha Parangaba-Mucuripe, em Fortaleza, aproxima-se da área residencial, mas moradores dizem que vão permanecer no local e discordam das propostas do Governo do Estado sobre a forma de remoção. Há famílias que moram no local, nas proximidas da Via Expressa, há mais de 50 anos. Dezenas de operários que trabalham para entregar a linha do VLT em 2014, um dos projetos de mobilidade para Copa do Mundo.

Uma das alternativas apresentadas pelo governo para abrigar as famílias desapropriadas é removê-las para um conjunto habitacional que está sendo construído no Conjunto Prefeito José Walter, em Fortaleza. Para os moradores, uma mudança inviável. "Fica muito difícil para mim, é muito longe e o meu setor de trabalho é aqui", diz a dona de casa Giseuda Barbosa. Muitos garantem que vão permanecer no local e negam que tenham havido qualquer proposta do Governo do Estado para que deixem as casas.

Estão em estudo opções para acomodar as pessoas em áreas mais próximas de onde elas vivem hoje. O governo do estado disse que as famílias só vão ser retiradas quando tiverem um lugar para morar. "Estamos executando as obras do VLT nos pontos onde não há interferência comercial ou residencial e nenhuma família será retirada da sua casa sem que tenha uma indenização digna paga e mais uma casa para morar", disse o governador Cid Gomes.

Legislação

A lei que trata das indenizações e realocações de moradores por onde vai passar o metrô de Fortaleza no trecho Parangaba-Mucuripe foi publicada no Diário Oficial do Estado em 12 dezembro de 2011. Pela lei, os proprietários dos imóveis avaliados em até R$ 40 mil, receberão, além da indenização com esse valor, uma moradia com prestações custeadas pelo Governo do Estado. O local escolhido, segundo a Seinfra, será o condomínio Cidade Jardim, dentro do Programa Minha Casa Minha Vida (PMCMV), da Caixa Econômica Federal (CEF), no Conjunto Prefeito José Walter.

Já os proprietários de imóveis com preço avaliado acima de R$ 40 mil vão receber, segundo a Seinfra, a indenização em dinheiro e podem receber a unidade habitacional do PMCMV, desde que custeiem as prestações na Caixa Econômica.

De acordo com a Secretaria de Infraestrutura do Estado (Seinfra), os posseiros de terrenos na área pela legislação civil e que morem há pelo menos 12 meses antes da data da publicação da lei 15.056, também receberão um imóvel quitado pelo Governo do Estado. Quem for posseiro há menos de 12 meses receberá o imóvel do PMCMV, caso pague as prestações à CEF.

Inquilinos que comprovarem que residem na área há pelo menos 12 meses podem adquirir unidades habitacionais pelo Programa Minha Casa Minha Vida, desde que paguem as prestações à Caixa Econômica. Segundo a lei, o Governo do Estado também vai custear o aluguel social de R$ 200 mensais às famílias que tiverem seus imóveis avaliados abaixo de R$ 16 mil até a unidade habitacional do PMCMV ficar pronta.

Prefeitura

A Prefeitura de Fortaleza está fazendo desapropriações na Via Expressa, para a execução obra de três túneis que devem acabar com os sinais nos cruzamentos das vias. De acordo com a administração do município, são 43 imóveis comerciais e as negociações já estão em andamento. As obras têm previsão de início entre abrill e maio.

Outra obra de responsabilidade da Prefeitura é o complexo de viadutos que devem ser construídos no cruzamento entre as avenidas Raul Barbosa e Murilo Borges. Sâo 490 imóveis que precisam ser desapropriados, dos quais 190 já foram negociados. Para o coordenador de Perícia e Avaliações, da Prefeitura de Fortaleza, André Daher, "a intenção do governo é dialogar ao máximo com essas pessoas para evitar transtornos e minimizar o prejuízo dessas pessoas". As obras também devem ser iniciadas entre abril e maio.

http://g1.globo.com/ceara/noticia/2...cordo-sobre-remocao-de-familias-no-ceara.html
..
 

·
Banned
Joined
·
791 Posts
Eu peguei esse post de outro tópico (notícias do ceará). E como eu quis manter os créditos de quem postou (bairrista cearense) eu quotei. Mas o site exige que eu escreva dois caracteres depois do quote, então eu digitei dois pontos.
:yes:
 

·
Ela olha no olho...
Joined
·
6,526 Posts

·
Registered
Joined
·
4,433 Posts
^^ Nosssssssssssssssssssssa, como vocÊ é ruim Tom
ora, se eu nao compro comida de rua pq ja penso na fuligem dos carros caindo no óleo de fritura e na água fervente do milho... imagina oq eu vou pensar de um trem passando por cima de alimentos...XD
 

·
Registered
Joined
·
30,866 Posts

·
Registered
Joined
·
30,866 Posts
221 - 240 of 1469 Posts
Top