SkyscraperCity banner

1 - 20 of 421 Posts

·
Banned
Joined
·
2,618 Posts
Discussion Starter #1
:) A Câmara Municipal de Ribeira de Pena deu a conhecer na semana passado um ambicioso projecto que passa pela construção de uma pista permanente.

Ribeira de Pena é um concelho transmontano que possui 7 freguesias e, apesar da sua riqueza natural e histórica, sofre as consequências da sua localização. O facto de autoestrada A7 / IC5 ter um novo lanço que termina mesmo em Ribeira de Pena, faz com que a deslocação para este concelho do interior se torna mais fácil, já que dista a menos de 30m de automóvel de Guimarães, ficando a sensivelmente à mesma distância da capital da Trás os Montes - Vila Real.

No entanto, a Câmara Municipal local quer colocar Ribeira de Pena no mapa do mundo automóvel com o projecto que apresentou e que implicará um investimento de 20 milhões de Euros.

Para além da construçõa de um circuito permanente com um perímetro de 3,5km, a construção de um kartodrómo outdoor e indoor e de uma panóplia de estruturas de apoio estão também previstas, como seja o caso de um hotel. A área total desta empreendimento é de 70 hectares e a sua localização é unto ao parque industrial de Ribeira de Pena.

Sendo a pista permanente a principal atracção deste projecto, os responsáveis querem que a sua utilização vá muito além das corridas de automóveis, desejando que a mesma seja também um centro de ensino de condução e que fique ainda disponível para os construtores efectuarem testes e acções promocionais.

O facto de autoestrada A7 / IC5 ter um novo lanço que termina mesmo em Ribeira de Pena, faz com que a deslocação para este concelho do interior se torna mais fácil, já que dista a menos de 30m de automóvel de Guimarães, ficando a sensivelmente à mesma distância da capital da Trás os Montes - Vila Real.

Neste momento projecto não passa disso mesmo, não tendo sequer sido adiantados prazos de conclusão, no entanto está previsto o início das obras em meados de 2006. Também não nos devemos esquecer que estamos em época de pré-campanha eleitoral, havendo uma apetência enorme para o nascimento de porjectos. Para já o Clube Automóvel de Vila Real é uma das entidades que tem seguido de perto o avançar do projecto, ao mesmo tempo que seguem também a possibilidade de nascer a pista citadina da cidade de Vila Real.
 

·
Uma dúzia de anos disto..
Joined
·
30,735 Posts
TeKnO_Lx said:
não sei se será um elefante branco..
Tambem tenho as minhas duvidas...:|
 

·
Banned
Joined
·
2,618 Posts
Discussion Starter #8
Não sejam cépticos. Elefantes brancos são a maioria dos estádios do Euro2004.
O que tem a região para atrair turistas? Um circuito no meio do nada iria atrair todos os "Petrol Heads" de Portugal. Não se esqueçam que a seguir à bola, são os automóveis que mais gente mobiliza!
 

·
Banned
Joined
·
8,524 Posts
04/12/2006
Aquanattur abre em 2008
A serem alvo de profundas obras de renovação, os parques lúdico termais das Pedras Salgadas e de Vidago vão reabrir em 2008, segundo anunciou António Pires de Lima, Presidente Executivo da Unicer. O projecto de reconversão Aquanattur, a cargo do arquitecto Álvaro Siza Vieira, representa um investimento de cerca de 50 milhões de euros, pela Unicer.
Num encontro que decorreu em Lisboa, na semana passada, Pires de Lima revelou que Vidago e Pedras fazem parte dos negócios tradicionalmente pouco rentáveis da Unicer, por isso, a haver um processo de requalificação, esse “teria que ser profundo (o suficiente) para contrariar as baixas taxas de ocupação registadas nos últimos 5 a 10 anos”. Com este objectivo, a Unicer contratou Siza Vieira, que assina o projecto, e que garantiu que vai “preservar a nostalgia que nos foi transmitida pelos nossos avós e conciliá-la com as novas exigências” das estâncias termais. O futuro Vidago Palace será um hotel de cinco estrelas, associado a centros turísticos de excelência. Em Pedras, no local do Hotel Avelames, vai nascer um hotel moderno de quatro estrelas.
 

·
12 Years of SSC!
Joined
·
8,381 Posts
A o entrarem nos quartos, os próximos clientes do Palace Vidago Hotel, uma jóia do néo-romântico com quase um século, já não sentirão a desilusão que só a imponência da fachada do edifício e o charme da escadaria da recepção e da sala de jantar conseguiam atenuar. Em finais de 2008, quando o Palace Vidago reabrir, com mais uma estrela, cinco, os clientes terão quartos e casas de banho amplas e, certamente, já não ouvirão o ranger da madeira, colocada no longínquo ano de 1908.

Mais de um ano depois de encerrar ao público para obras de requalificação, com a assinatura do arquitecto Siza Vieira, a Unicer (a empresa que detém a concessão do parque onde se situa o hotel) apresentou, ontem, detalhadamente, o projecto de arquitectura e promoveu uma visita às obras já em curso.

"A zona dos quartos do hotel vai ser aquela onde se vai mexer mais", disse Carlos Leite Pereira, um dos arquitectos do gabinete de Siza Vieira.

Obras acopladas demolidas

A fachada do edifício, com tantas janelas quantos os dias do ano, será mantida intacta, à excepção da caixilharia o PVC será substituído por madeira, como estava no projecto original. Aliás, foi também no sentido de devolver a essência ao projecto que foram já demolidas algumas obras que, ao longo do tempo, foram acopladas ao edifício principal e que o descaracterizavam.

"Mantendo a traça original, será requalificado para cinco estrelas, ficando, assim, com 76 quartos ao nível do melhor que existe no mundo", resumiu o presidente da Unicer, Pires de Lima.

Pólo de Serralves

No entanto, apesar de ser a mais emblemática, a intervenção no Palace, que prevê também a construção de um SPA contíguo, é apenas parte do projecto de turismo Aquanatur da Unicer, que abrange também o parque termal de Pedras Salgadas.

Com um investimento estimado de cerca de 50 milhões de euros até 2012/2013, o projecto inclui ainda a construção, a partir de um edifício já existente, de um Clube House para dar apoio ao campo de golfe, que de nove passará para 18 buracos.

A partir das antigas garagens do parque nascerá uma espécie de pólo de Serralves.

Prevista está também a construção de unidades de alojamento com atelier comum, destinadas a acolher artistas em períodos de dois a três meses. O resultado da criação fará, depois, parte do espólio do pólo de exposição de Serralves.

Norte da Europa na mira

Destinado a um público de classe alta, além do mercado ibérico, o investimento pretende também chegar a outros públicos mais a norte da Europa ingleses, escandinavos e alemães. E, deste modo, tornar a região de Trás-os-Montes e Alto Douro no quarto pólo turístico.

Unicer quer envolver comunidade local no projecto

A Unicer assinou, também ontem, dois protocolos de colaboração. Um deles prevê uma ajuda financeira para apoiar projectos das juntas de freguesia de Vidago e Oura, que, inicialmente, se mostraram muito relutantes em relação ao projecto. Contestavam, sobretudo, a deslocalização da fábrica de enchimento das águas de Vidago, existente no interior do Parque, para Pedras Salgadas. O outro protocolo envolve a Câmara de Chaves, a Associação de Desenvolvimento do Alto Tâmega e o Instituto Português de Administração e Marketing. E irá apoiar iniciativas desenvolvidas pelas três entidades que expliquem à comunidade local o impacto do projecto da Unicer e mostrem de que forma este investimento e a consequente vinda de turistas poderá ser aproveitado para o desenvolvimento da economia local (artesanato, produtos regionais...).
 

·
Feliz 2020 ;)!
Joined
·
30,638 Posts
boa não vão alterar nada na fachada :yes:
Ainda bem :yes:!
Excelente notícia, tenho de o visitar [quando abrir, claro] :eek:kay:!
 

·
Feliz 2020 ;)!
Joined
·
30,638 Posts

·
Registered
Joined
·
261 Posts
O que há no Vidago para atrair Turismo de Alta-Qualidade?
 
1 - 20 of 421 Posts
Top