SkyscraperCity Forum banner
1 - 7 of 7 Posts

· 'tou na lua...
Joined
·
66,387 Posts
Pena que seja só a tecnologia e não outras áreas, como as humanidades, o desenvolvimento intelectual, do pensamento crítico, da verdadeira ocupação...
Mesmo na tecnologia é bom haver todo o desenvolvimento, computadores, laboratórios... o pior é que um jovem licenciado na área depende de projectos de investigação e de bolsas para trabalhar, não tendo um trabalho fixo numa qualquer instituição de investigação...
 

· 'tou na lua...
Joined
·
66,387 Posts
Falan de que o tecido empresarial mudou. É um país terciarizado, mas sustentar o crescimento na banca é perigoso pois nunca se sabe o que pode acontecer com ela. Tivémos o BPP, nos EUA o Lehman Brothers e outros... o terciário é muito importante, mas perder o primário (pescas e agricultura) significa um aumento enorme das importações e do desemprego, além de o país não produzir bastante do seu sustento. Perder o secundário (boa parte da indústria transformadora) foi muito mau para muita gente. Algumas poder-se-iam ter requalificado, sim, mas perder fábricas de vestuário, cerâmicas, significou a estagnação de muitas economias locais e a estagnação social de bairros e comunidades inteiras. Não podemos só pensar no tecnológico, mas também no resto da cadeia de produção, daquilo que consumimos, de um sector para uma parte das pessoas quando as outras são ignoradas. Nem todos podem ser biólogos ou engºs químicos, também há costureiros, agricultores, pescadores... e a perda de alguns sectores tem mais culpas que dos próprios, pois foi o governo que aceitou as quotas de produção e o abate da frota pesqueira com muitos pequenos produtores, por exemplo.
 

· 'tou na lua...
Joined
·
66,387 Posts
Muitos foram pagos para não cultivar as terras, basicamente... olha quando Portugal teve que deitar fora milhares de litros de leite... há campos em que poderiam ter sido melhor utilizados, técnicas, mas algumas terras secaram tb devido a políticas (como a cerealífera) que secaram as terras pela sua intensividade e desadequação do tipo de terra.
Mas vejo, por exemplo, no Baixo Mondego, que o arroz carolino ali produzido não é comercializado e não é divulgado. Mas vieram com a mania do arroz agulha que prejudicou o carolino nacional, e não há sequer marketing destes arrozais...
Há tb culpa de algumas cooperativas locais, mas também de quem embala e vende no mercado final.
 

· 'tou na lua...
Joined
·
66,387 Posts
É marca espanhola mas se estão no nosso mercado podem produzir cá, tipo a Coca Cola... até ficaria mais barato vender arroz nosso que transportar desde lá...
 

· 'tou na lua...
Joined
·
66,387 Posts
Na zona de Coimbra, a família do noivo tradicionalmente anunciava o casamento oferecendo uma travessa / cesta, coberta com um pano de Almalaguês e com arroz doce (aqui não se usa ovos). Uma semana depois a família ia buscar a cesta e o presente.
E há quem continue a tradição para convidar os noivos...

http://www.portugal.gastronomias.com/beira_litoral009.html
 
1 - 7 of 7 Posts
This is an older thread, you may not receive a response, and could be reviving an old thread. Please consider creating a new thread.
Top