Skyscraper City Forum banner
1 - 14 of 14 Posts

·
Home, sweet home
Joined
·
10,753 Posts
Discussion Starter · #1 ·
Da curta viagem que acabo de fazer pela Beira Alta descobri lugares mágicos e inesquecíveis. Uma combinação perfeita entre a natureza e os velhos edifícios graníticos, que parecem emergir do solo.

A primeira parte da viagem começa na cidade de Trancoso.



Trancoso é uma cidade portuguesa, pertencente ao Distrito da Guarda, região Centro e sub-região da Beira Interior Norte, com cerca de 3 500 habitantes.
Foi elevada à categoria de cidade em 9 de Dezembro de 2004.
É sede de um município com 364,54 km² de área e 10 889 habitantes (2001), subdividido em 29 freguesias. O município é limitado a norte pelo município de Penedono, a nordeste por Meda, a leste por Pinhel, a sul por Celorico da Beira, a sudoeste por Fornos de Algodres, a oeste por Aguiar da Beira e a noroeste por Sernancelhe.
Trancoso encontra-se hoje rodeada de muralhas, da época dionisiana, com um belo castelo, também medieval, a coroar esse majestoso conjunto fortificado.
Com os seus numerosos monumentos, da arquitectura civil e religiosa, constitui um dos mais expressivos e belos centros históricos do país, visitado anualmente por muitos milhares de pessoas. Destacam-se, entre todos, as igrejas paroquiais de Santa Maria e de São Pedro, a Casa dos Arcos, do século XVI, a igreja da Misericórdia, a Casa do Gato Preto (um curioso edifício do antigo bairro judaico), e o Pelourinho, bela peça do mais puro estilo manuelino. Não esquecendo a antiguidade, Trancoso mantém traços medievais no centro histórico quase inalteráveis, sendo no exterior um meio urbano já moderno e planeado.
Aqui se travaram importantes batalhas, entre as quais a de Trancoso, em 1385, num planalto a poucos quilómetros do centro histórico, que impôs pesada derrota às tropas invasoras e que antecipou o resultado da batalha de Aljubarrota.


Imagem de satélite da cidade de Trancoso




Imagem de satélite do Centro Histórico de Trancoso




Após duas horas de viagem, chegámos finalmente ao Município de Trancoso!

01.


02.


03.



Começámos a aproximar-nos. Lá ao fundo já era possível avistar a cidade e o seu castelo

04.



05.



Fomos directamente ao Centro Histórico. A muralha é imponente.

06.



O Largo Eduarda Lapa fica situado mesmo no centro da zona amuralhada. Neste espaço localizam-se alguns dos edifícios mais emblemáticos da cidade, nomeadamente as suas igrejas e o pelourinho.

07.


08.


09.


10.


11.


12.


13.



A bem conservada Rua dos Cavaleiros.

14.


15.



E mais uma igreja!

16.



Regressámos ao Largo Eduarda Lapa

17.


18.


19.


20.



E subimos até ao Castelo.

21.


22.



Dali, as vistas são... :drool:

23.


24.



Saímos da zona fortificada. No exterior, edifícios modernos convivem pacificamente com a zona histórica.

25.


26.


27.


28.


29.


30.



O imponente e belíssimo Edifício Multiusos também está perfeitamente integrado.

31.


32.


33.



O Convento de São Francisco foi remodelado e transformado num Centro Cultural.

34.


35.


36.


37.


38.


39.


40.


41.



Continuámos a visita à zona nova da cidade, seguindo pela longa Avenida Heróis de São Marcos. Os novos edifícios residenciais não apresentam grande valor do ponto de vista arquitectónico, mas as zonas ajardinadas e arborizadas conferem um aspecto muito agradável aos novos bairros da cidade.

42.


43.


44.


45.


46.


47.


48.


49.



Na área de transição entre a cidade nova e o Centro Histórico, localiza-se o Parque Municipal, espaço que merece bem uma visita.

50.


51.


52.


53.


54.


55.


56.



Dali também temos uma visão priveligiada para os territórios à volta da cidade.

57.



Passando junto do Multiusos, regressámos novamente ao Centro Histórico, desta vez para uma pausa e para almoçar.

58.


59.



Entrámos pela Rua da Corredoura e fizémos uma breve visita à Câmara Municipal.

60.


61.


62.



No final do almoço, continuámos a vaguear pelo Centro Histórico, por Largos, Ruas e Vielas.

63.


64.


65.


66.



De cima das muralhas, conseguimos avistar praticamente toda a zona Histórica e o imponente Castelo.

67.


68.


69.


70.


71.


72.



Enquanto nos dirigimos para o carro, fomos apreciando a imponência da muralha, e os jardins cuidadosamente tratados.

73.


74.


75.


76.



Despedímo-nos de Trancoso, rumo a Pinhel.
A cidade foi ficando para trás. Até breve!

77.


78.
 

·
Home, sweet home
Joined
·
10,753 Posts
Discussion Starter · #4 ·

·
Banned
Joined
·
623 Posts
Não vejo onde está a graça:lol: Há muitas localidades brasileiras com nome de portuguesas;)
 

·
Home, sweet home
Joined
·
10,753 Posts
Discussion Starter · #8 ·
Parabéns pelas fotos. Excelentes.

Espero que em breve possa ir a Trancoso.
Muita bonita a cidade. Engraçado que temos no Brasil uma Trancoso também.
Obrigado! :)
Uma grande parte das cidades portuguesas, sobretudo as mais antgas, têm cidades com o mesmo nome no Brasil. :yes:
 

·
Registered
Joined
·
973 Posts
Mais dois dias seguidos de folga e mais um passeio. O trajecto desta vez foi Coimbra-Luso e Buçaco-Mangualde-Penalva do Castelo-Aguiar da Beira-Trancoso-Pinhel-Figueira de Castelo Rodrigo-Freixo de Espada à Cinta-Torre de Moncorvo-Vila Nova de Foz Côa no primeiro dia. No segundo dia foi Vila Nova de Foz Côa-Mêda-Penedono-Sernancelhe-Moimenta da Beira-Tabuaço-Armamar-Coimbra.

Aqui vos deixo mais fotografias de Trancoso.





































































































































 
1 - 14 of 14 Posts
Top