SkyscraperCity banner
1 - 20 of 135 Posts

·
Registered
Joined
·
21,083 Posts
Discussion Starter · #1 ·
COIMBRA VAI TER NOVO HOSPITAL PEDIÁTRICO

O ministro da Saúde anunciou esta sexta-feira a antecipação em dez meses do prazo de conclusão do novo Hospital Pediátrico de Coimbra, que assim ficará pronto em Junho de 2009, noticia a agência Lusa.

Actualmente, a obra, cujo valor ascende a quase 45 milhões de euros, encontra-se executada em 34 por cento, mas hoje foi assumido publicamente um compromisso com o empreiteiro para encurtar os prazos, que estavam fixados em Maio de 2010.

«Há um duplo compromisso», declarou Correia de Campos durante a visita à obra, admitindo que a avaliação que irá ser feita sobre os benefícios e custos da antecipação apontem para «um equilíbrio, um resultado neutro»

Obra já teve vários atrasos

Confrontado com os atrasos que esta obra já teve, devido a imprevistos surgidos ao longo da execução dos trabalhos, nomeadamente com as linhas de água no subsolo, o governante salientou que o seu interesse «não é escarafunchar no passado», mas viabilizar o mais rápido possível um equipamento para as crianças da Região Centro.

Na opinião do ministro, é possível também, durante a obra, ir instalando os equipamentos, para que entre em funcionamento de imediato, ou pouco tempo depois. Os equipamentos para o novo Hospital Pediátrico de Coimbra estão orçados em 25 milhões de euros.

163 camas para doentes

«Não venho aqui assumir o compromisso, e que vocês fiquem de asa solta a fazer críticas» observou em relação ao novo hospital, que terá 163 camas para doentes, e uma área de construção de 90 mil metros quadrados.

O Hospital Pediátrico de Coimbra (HPC) e o Hospital Pediátrico David Bernardino, de Luanda, inauguraram no início de Novembro último uma consulta de telemedicina, que já permitiu avaliar os casos clínicos de 34 crianças em 8 sessões semanais.

fonte





Estado das obras:
 

·
Registered
Joined
·
21,083 Posts
Discussion Starter · #2 ·
ficará pronto em Junho de 2009 (...) foi assumido publicamente um compromisso com o empreiteiro para encurtar os prazos, que estavam fixados em Maio de 2010.
já era suposto iniciar funcionamento em.. Setembro de 2008.. depois de inicialmente estar previsto em 2007:
Avançam as obras do Hospital Pediátrico do Centro Hospitalar de Coimbra, cujo prazo de conclusão estava inicialmente previsto para 2007, depois de uma paragem parcial da obra em Maio de 2005 devido a problemas técnicos decorrentes da passagem de uma linha de água no terreno.
(...) para um hospital que serve toda a região centro. A nova data de conclusão da obra é agora Setembro de 2008.

fonte
 

·
Registered
Joined
·
6,374 Posts
Qualquer dia abandonam aquilo e depois ficamos com um lugar fixe para podermos injectar o cavalo.

Essa parte do "encurtar os prazos" assusta-me...
 

·
'tou na lua...
Joined
·
41,754 Posts
Espero que andem com aquilo, mas com pés e cabeça. Continuar com o actual é que não, que buraco...
 

·
Registered
Joined
·
4,279 Posts
FINALMENTE!

Escrito por João Henriques
Saúde

Abertura do novo Pediátrico
deve acontecer em Outubro

Antes do final de 2009 é de certeza, mas o secretário de Estado da Saúde espera que o novo edifício esteja “equipado e em condições de abrir” no décimo mês deste ano

«Estamos a trabalhar para ter o novo Hospital Pediátrico de Coimbra [HPC] equipado e em condições de abrir no mês de Outubro». Esta foi a garantia dada, ontem, nas instalações do “velhinho” Pediátrico, por Manuel Pizarro, secretário de Estado da Saúde, reforçando que «temos muita esperança de inaugurar o novo hospital durante o mês de Outubro», antes de sublinhar que «a grande notícia é que o novo HPC está quase pronto a entrar em funções».
O governante admitiu que «possa não acontecer automaticamente», pois, explicou, «há pequenos factores de incerteza que podem fazer com que não seja em Outubro». Contudo, o secretário de Estado da Saúde afirmou que, «se a margem for até ao final do ano, seguramente estará em funcionamento», lembrando que «a transferência não será feita num dia», pois, acrescentou, «há um plano de transferência cuidadosa, dia após dia e faseada dos serviços».
Em relação às recentes críticas feitas pela Comissão de Utentes do HPC, que apontou alguns «erros estruturais» ao novo edifício, Manuel Pizarro disse que «revelam que quem as fez, fez a visita ao hospital com escassa atenção ao que foi explicado». O secretário de Estado da Saúde revelou que «aceitamos críticas sobre o facto da pala da Urgência não ter a dimensão suficiente», mas, sublinhou, «se, ao fim deste tempo todo, o problema do novo HPC for a pala, sinto-me tranquilo».
«Coimbra vai ter um Pediátrico ao nível do melhor que há no mundo», assumiu Pizarro, que, de pronto, explicou que, «do ponto de vista da construção física, o hospital está pronto e é visível». Rui Pato, presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar de Coimbra, onde se integra o Pediátrico, garantiu que as obras estão «na fase de acabamentos», embora ainda haja «muito trabalho que terá de ser feito pelo município ao nível dos acessos, da zona envolvente e das ligações da água, saneamento, electricidade e gás».
Manuel Pizarro assistiu, ontem, no HPC, a uma consulta de telemedicina na área da cardiologia pediátrica, entre esta unidade de saúde e o hospital de Luanda, em Angola, com o objectivo de «avaliar no local o funcionamento do programa da telemedicina, nas vertentes do apoio a um conjunto de hospitais de toda a região Centro, mais Vila Real e da cooperação internacional com Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa». «A telemedicina tem esta combinação extraordinária: a proximidade [dos utentes] e o benefício da diferenciação técnica», constatou o governante.
Dirigido por Eduardo Castela, o Serviço de Cardiologia Pediátrica do HPC realizou, entre 1998 e 2008, cerca de oito mil teleconsultas a nível nacional na área da cardiologia pediátrica e fetal. Além de Luanda e Benguela (Angola), o serviço colabora, também, com a Cidade da Praia (Cabo Verde). Para breve, está previsto o alargamento ao Mindelo (Cabo Verde) e a S. Tomé e Príncipe.

Diário de Coimbra
 

·
Registered
Joined
·
20,282 Posts
Tendo em conta a idade do projecto e a sua inalterabilidade aquando da sua recente construção cabe perguntar quem vai pagar os custos acrescidos - e hoje perfeitamente dispensáveis - com a sua manutenção...:eek:hno:
 

·
Registered
Joined
·
1,397 Posts
Na tentativa de pareceres snob, acabaste por elaborar demasiado a frase ao ponto da mensagem que querias transmitir se ter tornado praticamente imperceptível.
 

·
Registered
Joined
·
20,282 Posts
^^

Não entendeste o meu snobismo? Então passo a traduzir detalhadamente...

1 - O projecto é velho de pelo menos uma década.

2 - Não foi minimamente alterado aquando da sua recente construção.

3 - Significa que não incorpora as últimas tecnologias no que respeita ao consumo (poupança) de electricidade, gás e água. Em termos de isolamento, materias utilizados e exposição solar não houve qualquer cuidado em torná-lo "verde".

4 - Como resultado desses defeitos de construção vai ter uma manutenção cara.

5 - Ou em alternativa fazem-se obras de adaptação, o que em edifícios já construídos é sempre mais complicado, custoso até e na maior parte das vezes com resultados inferiores ao desejado.

6 - Logo...

Espero que agora tenha dado para entender...
 

·
Registered
Joined
·
21,083 Posts
Discussion Starter · #11 ·
1 - O projecto é velho de pelo menos uma década.

2 - Não foi minimamente alterado aquando da sua recente construção.

3 - Significa que não incorpora as últimas tecnologias no que respeita ao consumo (poupança) de electricidade, gás e água. Em termos de isolamento, materias utilizados e exposição solar não houve qualquer cuidado em torná-lo "verde".
Onde obteste estas informações que realcei?
 

·
Registered
Joined
·
20,282 Posts
^^

Não estou autorizado a divulgar as minhas fontes...:lol:

(Se por acaso ela estiver errada agradeço a correcção...)
 

·
President and CEO
Joined
·
17,578 Posts
Alguns dos problemas enumerados podem ser resolvidos. Hoje em dia empresas como a GE e a Philips possuem soluções muito eficientes em termos de iluminação, IT, energia, água, sistemas médicos, etc...
 

·
Registered
Joined
·
20,282 Posts
^^

Claro que podem. Mas com custos acrescidos. E desnecessários se o planeamento tivesse sido bem feito...:eek:hno:
 

·
Registered
Joined
·
21,083 Posts
Discussion Starter · #15 ·
Não estou autorizado a divulgar as minhas fontes...:lol:
Mas estás ligado ao projecto? Só queria saber se estavas a falar por alto ou se sabias realmente o que lá tinha sido colocado.. É que, dessa obra, só conheço os problemas estruturais..
 

·
Registered
Joined
·
20,282 Posts
^^

Também tem problemas estruturais??? Dessa não sabia... E em resposta ao que me perguntas não estou ligado ao projecto... quanto à fonte o que posso dizer no máximo é que é bastante próxima do projecto... e mais não digo...:)
 

·
'tou na lua...
Joined
·
41,754 Posts
Passei lá ontem e tirei umas fotos com o telelé...




que edifício é este?


A obra parece adiantada :)
 

·
'tou na lua...
Joined
·
41,754 Posts
Nice :) Qualquer dia a zona parece a rua que vai da Cruz de Celas para o hospital com prédios, estrada... depois ali um bar com uma esplanada a aproveitar as vistas sobre o vale é que era! Faltam bares assim na urbe, tirando o Claustro e o Rest. Itália...
Venha o pediátrico... o actual inteiro cabe num piso deste em construção....
 
1 - 20 of 135 Posts
Top